A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Brasilia, 06 de julho de 2006 INICIATIVA NACIONAL DE INOVAÇÃO PROGRAMAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Brasilia, 06 de julho de 2006 INICIATIVA NACIONAL DE INOVAÇÃO PROGRAMAS."— Transcrição da apresentação:

1 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Brasilia, 06 de julho de 2006 INICIATIVA NACIONAL DE INOVAÇÃO PROGRAMAS & AÇÕES DA ABDI Alessandro G. Teixeira Presidente

2 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Estudo do International Council for Science demonstra que só através do planejamento e implementação de uma política nacional de inovação as economias são sustentavelmente competitivas. INTRODUÇÃO

3 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Perfil das empresas Inovação na Indústria Brasileira (IPEA, 2005)

4 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 AUMENTAR A CAPACIDADE INOVADORA DAS EMPRESAS FORTALECER E EXPANDIR A BASE INDUSTRIAL BRASILEIRA Restrições ao Desenvolvimento Industrial, Tecnológico e de Comércio Exterior Estratégia da Iniciativa Brasileira Indústria ameaçada por baixo pela concorrência de produtores que se apóiam em baixos salários e por cima por produtores que têm alto potencial de inovação e criação de produtos e serviços. Visão de Presente Mudança do patamar da indústria pela inovação e diferenciação de produtos e serviços, com inserção e reconhecimento nos principais mercados do mundo. Visão de Futuro

5 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Política Industrial Brasileira Reconhecimento da importância da ação do Estado, em parceria com o setor privado. Busca de padrões de competitividade internacional. Articulação dos investimentos públicos e privados nas áreas estratégicas e portadoras de futuro. Harmonização dos interesses do Estado, da iniciativa privada e da sociedade civil em prol do desenvolvimento industrial do país.

6 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Desafios Recuperar a prática de formular e gerenciar política industrial e tecnológica integrada Aumentar o investimento privado em P&D Aumentar a inovatividade das empresas brasileiras Aumentar o porte das empresas brasileiras

7 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Política Industrial Brasileira Inovação e desenvolvimento tecnológico Mudança do patamar competitivo da indústria brasileira Modernização industrial, com ênfase setorial

8 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Política Industrial Brasileira Prioridades setoriais Ações horizontais Áreas portadoras de futuro FinanciamentosMarco regulatório Gestão da inovação nas empresas Formação educação e extensão biotecnologia nanotecnologia biomassa Prioridades transversais Compras governamentais

9 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Iniciativa Nacional de Inovação - INI - Objetivo: Articular os diferentes atores institucionais relacionados ao desenvolvimento da capacidade inovativa empresarial para promover ações de elevação do patamar competitivo da indústria brasileira.

10 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 PROJETOS MOBILIZAÇÃO DA INI Projeto I – Mobilização dos empresários para o Pacto Nacional da Inovação; Projeto II – Inventário dos Ativos do Sistema Nacional de Inovação; Projeto III – Formação de gestores de pequenas e médias empresas em gestão da inovação; Projeto IV – Divulgação das Ações e Projetos da INI; Projeto V – Desenvolvimento e divulgação dos casos de empreendedores inovadores; Projeto VI - Recursos Humanos para a Inovação;

11 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 TEMAS DA INI - AÇÕES TRANSVERSAIS BLOCO 1 – Ambiente Institucional para Inovação 1. Financiamento 2. Marco Regulatório 3. Compras Governamentais BLOCO 2 – Formação e Instrumentos de Geração de Inovação 4. Formação Educação e Extensionismo 5. Gestão da Inovação na Empresa

12 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 BLOCO 3 – Infra-Estrutura Críticas para o Processo de Inovação Brasileira 6. Infra-Estrutura de Transportes -CNDI 7. Energias Renováveis BLOCO 4 – Tecnologias Críticas Portadoras de Futuro 8. Biotecnologia 9. Nanotecnologia 10. TIC's TEMAS DA INI – AÇÕES VERTICAIS

13 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Atividades portadoras de futuro Biotecnologia Coordenar e implementar programas de melhoria: marcos regulatórios, investimentos, recursos humanos e infra- estrutura, para: Promover o ambiente adequado para o desenvolvimento de produtos e processos biotecnológicos inovadores; Estimular a capacidade de inovação das empresas, absorção de tecnologias, geração de negócios e a expansão das exportações. Monitorar e acompanhar programas nas áreas de saúde humana,agropecuária e industrial.

14 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Alessandro G. Teixeira Presidente (61)


Carregar ppt "PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL, TECNOLÓGICO E DE COMÉRCIO EXTERIOR HORIZONTE 2008 Brasilia, 06 de julho de 2006 INICIATIVA NACIONAL DE INOVAÇÃO PROGRAMAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google