A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

30/ 11 / 2006 Adm. José Acurcio Vaz Sousa Adm. José Acurcio Vaz Sousa Coordenador da Qualidade Coordenador da Qualidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "30/ 11 / 2006 Adm. José Acurcio Vaz Sousa Adm. José Acurcio Vaz Sousa Coordenador da Qualidade Coordenador da Qualidade."— Transcrição da apresentação:

1 30/ 11 / 2006 Adm. José Acurcio Vaz Sousa Adm. José Acurcio Vaz Sousa Coordenador da Qualidade Coordenador da Qualidade

2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Assessorias Departamentos Divisões Sup.Comercial/Departamentos Divisões Departamentos Superintendências Unidades de Negócios Diretoria de Operação Diretoria Financeira e Comercial Diretoria Administrativa Conselho de Administração Presidência Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente SEDUR EMBASA Departamentos Sup. De Meio Ambiente e Proj.

3 Base: dez/2005 Municípios atendidos pela Embasa por Unidades de Negócios ÁREAS DE ATUAÇÃO

4 MISSÃO Assegurar o abastecimento de água e o esgotamento sanitário, garantindo a satisfação dos clientes, acionistas, colaboradores e poder concedente, interagindo com fornecedores, buscando o equilíbrio econômico - financeiro, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da sociedade e a preservação do meio ambiente. VISÃO 2007 Ser reconhecida nacionalmente como uma empresa de excelência no setor de saneamento. VALORES Ética Comprometimento Criatividade Responsabilidade Ambiental e Social Integração Valorização e Desenvolvimento das Pessoas IDENTIDADE ORGANIZACIONAL

5 RANKING FATURAMENTO BRUTO (RECEITA DE VENDAS) (RECEITA DE VENDAS) 414ª entre as 500 maiores empresas do Brasil segundo a Receita Operacional Bruta (ROB) 54ª entre as maiores do Norte-Nordeste segundo a ROB 33ª entre as 50 maiores estatais segundo a ROB 6ª em crescimento no Estado segundo a ROB Fonte: Exame - Melhores e Maiores - As 500 maiores Empresas do Brasil - Edição Abril/2006 Dados: Balanço do Exercício 2005 A EMPRESA

6 Crescimento sustentável (variação da ROL / variação do patrimônio líquido ajustado; Fonte: Revista Valor Econômico - Valor 1000 Dados: Balanços do Exercício ª do Nordeste emROL; Rentabilidade (lucro líquido / patrimônio líquido); Margem da atividade (lucro / ROL); Liquidez corrente (AC / PC); Geração de valor (Ebitda / ROL); Cobertura de dívidas (Ebitda / despesas financeiras); Giro do ativo (ROL / ativo total). POSIÇÃO NO RANKING DO SANEAMENTO (Critérios Revista Valor Econômico) 1ª em cobertura de dívidas (EBITDA sobre despesas financeiras) entre as empresas de Água e Saneamento do Brasil. A EMPRESA

7 Baixos níveis de atendimento (água: 74,4%; esgoto: 9,8%) Sistemas obsoletos com vida útil esgotada Atraso tecnológico nas áreas fins e áreas meio Baixa produtividade / Desmotivação / Greves Contínuas Descontinuidade Administrativa Elevado nível de insatisfação dos clientes Imagem negativa da Empresa SITUAÇÃO INÍCIO ANOS 90

8 100% da Arrecadação comprometida com despesas de pessoal Dívidas com os Principais Fornecedores ( Coelba, Produtos Químicos) Ameaças de suspensão no fornecimento de insumos Suspensão do pagamento de Encargos Sociais e Trabalhistas Sistema de Faturamento e Cobrança sem confiabilidade Tarifas defasadas / Balanços Atrasados/ Gastos sem Controle Ausência de Investimentos SITUAÇÃO INÍCIO ANOS 90

9 ESTADO ATUAL DE ALGUMAS ORGANIZAÇÕES Visão Metas Globais Estratégias Estratégias Ações Ações Ações Ações GESTÃO NAS ORGANIZAÇÕES

10 PMSS - Projeto de Modernização do Setor Saneamento Adesão ao Programa Qualidade Bahia º Planejamento Estratégico 1996 / Implantação do Programa GQT 1996 MARCOS REFERENCIAIS DA MUDANÇA MARCOS REFERENCIAIS DA MUDANÇA

11 GORR GORR ISO 9000 GESTÃO ESTRATÉGICA PROGRAMA GQT 5S GERENCIAMENTO DA ROTINA GPD ATENDIMENTO A CLIENTE CRITÉRIOS CRITÉRIOSPNQ ISO GORR CCQ FRENTES DO PROGRAMA

12 COMITÊ DIRETIVO DA QUALIDADE (Função Estratégica) PLANEJAMENTO & DIRETRIZES (Metas Prioritárias) COMITÊ GERENCIAL DA QUALIDADE (Função Tática) PROPOSTAS & PLANOS GLOBAIS COORDENAÇÃO DA QUALIDADE (Função Assessoramento) ORIENTAÇÃO, ANÁLISE & AVALIAÇÃO (Metas Setoriais) GRUPOS DE TRABALHO e COMITÊS SETORIAIS (Função Operacional) (Função Operacional) TREINAMENTO & ACOMPANHAMENTO (Facilitadores e Multiplicadores) (Facilitadores e Multiplicadores) SISTEMA DE GESTÃO

13 Participação no Prêmio ABES da Qualidade - PAQ (PNQS) (Camaçari) Participação no Prêmio Gestão Qualidade Bahia (PGQB) (Cabula e Stº Antonio) CONHECENDO A CULTURA DA EXCELÊNCIA CONHECENDO A CULTURA DA EXCELÊNCIA

14 CRITÉRIOS PNQ

15 ESTRATÉGICO TÁTICO OPERACIONAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DEFINIÇÕES ESTRATÉGICAS DESDOBRAR METAS E MEDIDAS ATINGIR METAS INDICADORES POLÍTICAS VALORES MISSÃO / VISÃO

16 MACRO INDICADOR

17 Índice de Atendimento de Água* Índice de Atendimento de Esgoto* INDICADORES

18

19 94 %

20 INDICADORES

21 SINTO ORGULHO DE TRABALHAR NA EMBASA SINTO ORGULHO DE TRABALHAR NA EMBASA 76% 18% 5% 1% Concordo totalmente/ Concordo em grande parte Concordo mais ou menos Discordo em grande parte/ Discordo totalmente Sem Resposta DATAQUALY INDICADORES

22 Resistência a Mudanças / Descrença Visão Equivocada Qualidade X Trabalho Dimensão (Porte) da Empresa Acordos Coletivos Pendentes PDV Processo de Terceirização Ansiedade Quanto ao Cenário Futuro (Privatização ) DIFICULDADES NO PERCURSO

23 Metodologia focada em resultados Melhoria do desempenho empresarial Envolvimento de todas as áreas da Empresa Motivação da Força de Trabalho Implementação do PPR GANHOS OBTIDOS COM A GQT GANHOS OBTIDOS COM A GQT

24 Prêmio Gestão Qualidade Bahia - PGQB 1 Troféu ouro 02 bronze no Nível 2 (500 pontos) 1 Placa no Nível 1 (250 pontos) Prêmio Nacional da Qualidade em Saneamento - PNQS 3 Troféus ouro Nível 2 (500 pontos) 1 Troféu bronze e 06 Diplomas no Nível 1 (250 ) Prêmio Nacional da Gestão Pública - PQGF Premiação Faixa ouro ( pontos) RECONHECIMENTOS EXTERNOS 2006 RECONHECIMENTOS EXTERNOS 2006

25 Melhoria dos Indicadores Empresariais ligados às várias Partes Interessadas (Especialmente Clientes) Melhoria da Imagem da Empresa e do Clima Organizacional Conquista de 60 premiações de 1998 a 2006 (36 pelo PGQB, 23 pelo PNQS, 01 PQGF) Certificações: 6 pela Norma ISO 9001 e 5 pela Norma ISO 14000) Formação de uma Cultura de Gestão focada em resultados Estímulo ao Aprendizado Coletivo permanente RESULTADOS / CONQUISTAS / APRENDIZADOS RESULTADOS / CONQUISTAS / APRENDIZADOS

26 Comprometimento da Alta Direção Resultados das Áreas Piloto Educação e treinamento Engajamento da Força de Trabalho Surgimento de Novas Lideranças Objetividade e Simplicidade da Metodologia GQT FATORES DE SUCESSO DA GESTÃO FATORES DE SUCESSO DA GESTÃO

27 O homem não é produto das circunstâncias. As circunstâncias são produtos do homem. As circunstâncias são produtos do homem. Benjamim Disraeli

28 OBRIGADO ! Contato: /


Carregar ppt "30/ 11 / 2006 Adm. José Acurcio Vaz Sousa Adm. José Acurcio Vaz Sousa Coordenador da Qualidade Coordenador da Qualidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google