A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Noções de Economia, Finanças e Estatística São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Noções de Economia, Finanças e Estatística São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os."— Transcrição da apresentação:

1 Noções de Economia, Finanças e Estatística São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os próximos anos b) Definir a taxa SElIC meta e seu eventual viés e implementar a política monetária c) Definir a meta de inflação e a meta do PIB para s próximos anos d) Implementar a política cambial, definindo a taxa de câmbio

2 Noções de Economia, Finanças e Estatística São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os próximos anos Não existe meta de PIB e se tivesse, não seria o COPOM b) Definir a taxa SELIC meta e seu eventual viés e implementar a política monetária c) Definir a meta de inflação (Conselho Montério Nacional) e a meta do PIB para s próximos anos d) Implementar a política cambial, definindo a taxa de câmbio O Bacen implementa política cambial, mas não o COPOM.. A taxa de câmbio é definida pelo mercado, até 1999 tinhamos apenas uma meta de taxa de câmbio O COPOM é um orgão do Sistema Financeiro. O Banco Central é subordinado a este orgão. O COPOM define a meta da taxa SELIC. A Taxa SELIC é definida pelo mercado

3 Noções de Economia, Finanças e Estatística A função da CETIP é a liquidação e custódia de, fundamentalmente: a) Títulos privados b) Títulos públicos c) Títulos públicos e privados d) Todos os títulos e valores mobiliários

4 Noções de Economia, Finanças e Estatística A função da CETIP é a liquidação e custódia de, fundamentalmente: a) Títulos privados b) Títulos públicos c) Títulos públicos e privados d) Todos os títulos e valores mobiliários A CETIP também registra títulos públicos municipais e estaduais, além dos privados do mercado à vista e da SWAP. Derivativos são custodiados na CBLC Títulos públicos federais na SELIC

5 Noções de Economia, Finanças e Estatística Uma aplicação financeira obteve ganho de 15%. Se considerarmos que nesse período a inflação acumulada foi de 5%, poderemos concluir que a taxa real será: a) Igual a 20% b) Igual a 10% c) Superior a 10% d) Inferior a 10%

6 Noções de Economia, Finanças e Estatística Uma aplicação financeira obteve ganho de 15%. Se considerarmos que nesse período a inflação acumulada foi de 5%, poderemos concluir que a taxa real será: a) Igual a 20% b) Igual a 10% c) Superior a 10% d) Inferior a 10% Taxa Real = Taxa Nominal - Inflação

7 Qual das afirmativas abaixo não correspondem a realidade? a) Supondo-se a normalidade, 95% das observações encontram-se+ ou – 2 desvios padrões da média b) A área sob uma curva normal é sempre igual a 1 c) desvio padrão é o quadrado da variância d) A soma dos desvios dos pontos em relação à sua média aritimética é sempre zero Noções de Economia, Finanças e Estatística

8 Qual das afirmativas abaixo não correspondem a realidade? a) Supondo-se a normalidade, 95% das observações encontram-se+ ou – 2 desvios padrões da média b) A área sob uma curva normal é sempre igual a 1 c) desvio padrão é o quadrado da variância d) A soma dos desvios dos pontos em relação à sua média aritmética é sempre zero – por isso se calcula a variância como o quadrado dos desvios. A contrário, o desvio padrão é a raiz da variância. Noções de Economia, Finanças e Estatística

9 Suponha que a rentabilidade de um fundo DI tenha sido de 0,8% em um determinado mês e que o CDI no mesmo período tenha variado 1,0%. Nesse caso, pode-se afirmar que: a) a rentabilidade absoluta do fundo foi de 20%. b) a rentabilidade absoluta do fundo foi de 80%. c) a rentabilidade relativa do fundo foi de 80% do CDI. d) a rentabilidade relativa do fundo foi de 20% do CDI. Noções de Economia, Finanças e Estatística

10 Suponha que a rentabilidade de um fundo DI tenha sido de 0,8% em um determinado mês e que o CDI no mesmo período tenha variado 1,0%. Nesse caso, pode-se afirmar que: a) a rentabilidade absoluta do fundo foi de 20%. b) a rentabilidade absoluta do fundo foi de 80%. c) a rentabilidade relativa do fundo foi de 80% do CDI. d) a rentabilidade relativa do fundo foi de 20% do CDI. A rentabilidade absoluta do fundo foi 0,8% (o valor que rendeu). Este fundo rendeu 80% do CDI (esta é a rentabilidade relativa). Rentabilidade relativa é relativa a alguma coisa (benchmark), no caso, ela é relativa ao CDI Noções de Economia, Finanças e Estatística

11 Fundos de Investimentos É responsabilidade do administrador. a) contratar prestadores de serviços para o fundo de investimento b) aumentar a taxa de administração c) pagar imposto de renda sobre os rendimentos do fundo de investimento d) cobrir eventuais perdas que o fundo vier a ter, em função da política de investimento.

12 Fundos de Investimentos É responsabilidade do administrador. a) contratar prestadores de serviços para o fundo de investimento b) aumentar a taxa de administração - só com aprovação em assembleia de cotistas. c) pagar imposto de renda sobre os rendimentos do fundo de investimento – o cotista que paga, o administrador só recolhe na fonte. d) cobrir eventuais perdas que o fundo vier a ter, em função da política de investimento. – responsabilidade do cotista. O cotista é quem paga o IR, o administrador tem que apenas recolher.

13 Fundos de Investimentos Em um fundo de investimento com carência a) não há valor mínimo de investimento inicial b) estabelece-se um período mínimo no qual o cotista não poderá sacar, senão perderá os rendimentos. c) Oferece-se liquidez diária sem perda de rentabilidade. d) reembolsa-se o IOF que o investidor pagou

14 Fundos de Investimentos Em um fundo de investimento com carência a) não há valor mínimo de investimento inicial b) estabelece-se um período mínimo no qual o cotista não poderá sacar, senão perderá os rendimentos. c) Oferece-se liquidez diária sem perda de rentabilidade. d) reembolsa-se o IOF que o investidor pagou

15 Fundos de Investimentos A instituição financeira X faliu e era administradora do fundo de investimento Y. apesar da falência da instituição financeira X. as carteiras do fundo Y continuam com bons ativos e seu patrimônio líquido permanece positivo. Nessa situação, o fundo de investimento Y: a) faliu, já que nenhum fundo de investimento pode operar sem seu administrador. b) não faliu, já que possui personalidade jurídica separada da instituição financeira e escolherá um novo administrador de seus recursos. c) faliu, já que seus ativos pertencem à instituição financeira X d) não faliu, porém terá que arcar com eventuais dívidas trabalhistas da instituição financeira X.

16 Fundos de Investimentos A instituição financeira X faliu e era administradora do fundo de investimento Y. apesar da falência da instituição financeira X. as carteiras do fundo Y continuam com bons ativos e seu patrimônio líquido permanece positivo. Nessa situação, o fundo de investimento Y: a) faliu, já que nenhum fundo de investimento pode operar sem seu administrador. b) não faliu, já que possui personalidade jurídica separada da instituição financeira e escolherá um novo administrador de seus recursos. c) faliu, já que seus ativos pertencem à instituição financeira X d) não faliu, porém terá que arcar com eventuais dívidas trabalhistas da instituição financeira X. Fundos de investimento são separados do banco. O ativo é dos cotistas. Eles podem trocar o administrador.

17 Fundos de Investimentos Um investidor procura um fundo de renda fixa que trabalhe com cota de abertura. Este investidor: a) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo for de longo prazo; b) não terá dificuldade, pois todos os fundos do tipo renda fica podem trabalhar com cota de abertura; c) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo não for de longo prazo; d) não conseguirá encontrar um fundo deste tipo, pois fundos do tipo renda fixa somente podem trabalhar com cota de fechamento.

18 Fundos de Investimentos Um investidor procura um fundo de renda fixa que trabalhe com cota de abertura. Este investidor: a) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo for de longo prazo; b) não terá dificuldade, pois todos os fundos do tipo renda fica podem trabalhar com cota de abertura; c) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo não for de longo prazo; d) não conseguirá encontrar um fundo deste tipo, pois fundos do tipo renda fixa somente podem trabalhar com cota de fechamento. Apenas fundos de curto prazo e referenciados DI podem trabalhar com cota de abertura. Outros fundos podem ter oscilações durante o dia, fazendo com que o administrador tenha que honrar perdas.

19 Fundos de Investimento A rentabilidade de um fundo de investimento pode ser comparada a um benchmark desde que o parâmetro: a)Esteja explícito no regulamento ou prospecto do fundo b)Seja o utilizado no mercado c)Seja um indicador econômico d)Seja alterado a cada 6 meses

20 Fundos de Investimento A rentabilidade de um fundo de investimento pode ser comparada a um benchmark desde que o parâmetro: a)Esteja explícito no regulamento ou prospecto do fundo b)Seja o utilizado no mercado c)Seja um indicador econômico d)Seja alterado a cada 6 meses Tudo que é de interesse do investidor tem que estar no regulamento e prospecto do fundo. Fundos de renda fixa são normalmente comparados com CDI e ações com IBOVESPA.

21 Fundos de Investimentos Os cotistas de um fundo de investimento possuem diversos direitos, entre os quais, receber: a) mensalmente extrato de investimentos e participar ativamente da administração do fundo. b) anualmente extrato de investimento e participar diretamente da administração do fundo de investimento. c) semestralmente extrato de investimentos e anualmente informações sobre rendimentos no ano, número e valor das cotas. d) mensalmente extrato de investimentos e anualmente informações sobre rendimentos no ano, número e valor das cotas.

22 Fundos de Investimentos os cotistas de um fundo de investimento possuem diversos direitos, entre os quais, receber: a) mensalmente extrato de investimentos e participar ativamente da administração do fundo. b) anualmente extrato de investimento e participar diretamente da administração do fundo de investimento. c) semestralmente extrato de investimentos e anualmente informações sobre rendimentos no ano, número e valor das cotas. d) mensalmente extrato de investimentos e anualmente informações sobre rendimentos no ano, número e valor das cotas.

23 Fundos de Investimentos Um investidor avesso a risco, ao lhe ser recomendado um fundo referenciado DI, questionou a informação constante no prospecto de que o fundo utiliza instrumentos de derivativos. O gerente argumentou que a frase do prospecto é padrão, exigência do código da ANBIMA, e o fundo não apresenta risco, pois não utiliza instrumento de derivativo. O esclarecimento do gerente está: a) correto, pois é vedado o uso de derivativo em fundos referenciados. b) incorreto, pois fundos referenciados DI podem utilizar derivativos para alavancagem da carteira. c) incorreto, pois fundos referenciados DI podem utilizar derivativos para proteção da carteira d) correto, pois prospectos são padronizados pela ANBIMA e podem não refletir a realidade de cada fundo

24 Fundos de Investimentos Um investidor avesso a risco, ao lhe ser recomendado um fundo referenciado DI, questionou a informação constante no prospecto de que o fundo utiliza instrumentos de derivativos. O gerente argumentou que a frase do prospecto é padrão, exigência do código da ANBIMA, e o fundo não apresenta risco, pois não utiliza instrumento de derivativo. O esclarecimento do gerente está: a) correto, pois é vedado o uso de derivativo em fundos referenciados. – pode para Hedge. b) incorreto, pois fundos referenciados DI podem utilizar derivativos para alavancagem da carteira. – não pode. c) incorreto, pois fundos referenciados DI podem utilizar derivativos para proteção da carteira d) correto, pois prospectos são padronizados pela ANBIMA e podem não refletir a realidade de cada fundo Derivativos também podem ser utilizados como Hedge, visando reduzir o risco de uma carteira de investimento

25 Fundos de Investimentos De acordo com a instrução 450 da CVM, o fundo de investimento é uma comunhão de ativos financeiros, constituída sob a forma de condomínio, destinado à aplicação em ativos financeiros. Observe os itens a seguir: I.Títulos da dívida pública II.Contratos de derivativos III.Ações, debêntures e bônus de subscrição IV.Ouro ativo financeiro, desde que negociado em padrão internacionalmente aceito. São ativos financeiros: a) I e II. b) II e III c) I, II e III d) I, II, III e IV

26 Fundos de Investimentos De acordo com a instrução 450 da CVM, o fundo de investimento é uma comunhão de ativos financeiros, constituída sob a forma de condomínio, destinado à aplicação em ativos financeiros. Observe os itens a seguir: I.Títulos da dívida pública II.Contratos de derivativos III.Ações, debêntures e bônus de subscrição IV.Ouro ativo financeiro, desde que negociado em padrão internacionalmente aceito. – trata-se de uma mercadoria, negociado na BM&F, como café, açúcar, arroba de boi, barril de petróleo, ferro. São ativos financeiros: a) I e II. b) II e III c) I, II e III d) I, II, III e IV

27 Marque a alternativa errada a) PIBB é um fundo constituído sob a forma de condomínio fechado b) As cotas do PIBB são negociadas em bolsa c) Os FIDCs podem ter sua carteira até 50% do patrimônio em renda fixa d) Os Fundos de Investimento Imobiliários são constituídos sob a forma de condomínio fechado Fundos de Investimento

28 Marque a alternativa errada a) PIBB é um fundo constituído sob a forma de condomínio fechado b) As cotas do PIBB são negociadas em bolsa c) Os FIDCs podem ter sua carteira até 50% do patrimônio em renda fixa d) Os Fundos de Investimento Imobiliários são constituídos sob a forma de condomínio fechado PIBB é um fundo aberto, o investidor pode resgatar em dinheiro ou em ações. Fundos de Investimento

29 Ter um selo Anbima em um documento significa que: a) o documento do elaborado em conformidade com todos os requisitos estabelecidos no código de regulação da Anbima para aquela finalidade b) a instituição foi autorizada a funcionar pela Anbima c) os distribuidores são certificados pela Anbima d) a Anbima garante a veracidade das informações contidas no documento Fundos de Investimento

30 Ter um selo Anbima em um documento significa que: a) o documento do elaborado em conformidade com todos os requisitos estabelecidos no código de regulação da Anbima para aquela finalidade b) a instituição foi autorizada a funcionar pela Anbima – quem autoriza é a CVM c) os distribuidores são certificados pela Anbima – são os vendedores, não é necessário d) a Anbima garante a veracidade das informações contidas no documento a Anbima não garante. Fundos de Investimento

31 É vedada a cobrança de taxa de performance quando: a) o valor da cota do fundo for superior ao seu valor por ocasião da última cobrança efetuada b) o valor do índice de referência for inferior ao seu valor por ocasião da última cobrança efetuada c) o valor da cota do fundo for inferior ao seu valor por ocasião da última cobrança efetuada, exceto para fundos destinados exclusivamente a investidores qualificados d) o fundo foi destinado a investidores qualificados Fundos de Investimento

32 É vedada a cobrança de taxa de performance quando: a) o valor da cota do fundo for superior ao seu valor por ocasião da última cobrança efetuada b) o valor do índice de referência for inferior ao seu valor por ocasião da última cobrança efetuada c) o valor da cota do fundo for inferior ao seu valor por ocasião da última cobrança efetuada, exceto para fundos destinados exclusivamente a investidores qualificados d) o fundo foi destinado a investidores qualificados A alternativa é a mais completa e que mais defende o cliente. Veja que investidor qualificado não precisa de tanta proteção Fundos de Investimento

33 Ao aplicar ou resgatar de um fundo de ações, será utilizada cota de: a) fechamento D+1 b) abertura D+2 c) fechamento D+3 d) abertura D+1 Fundos de Investimento

34 Ao aplicar ou resgatar de um fundo de ações, será utilizada cota de: a) fechamento D+1 b) abertura D+2 c) fechamento D+3 d) abertura D+1 Fundos de ações não podem usar cota de abertura. Um fundo de ações precisa usar a cota de fechamento do dia seguinte para dar tempo ao gestor vender ativos do fundo. Fundos de Investimento

35 O múltiplo P/L ou Preço/Lucro indica: a) o número de anos que a empresa leva para ter retorno b) que quanto maior o P/L, mais interessante é a ação c) o número de anos que o acionista levará para ter o retorno sobre o preço da ação, de forma simplificada d) o número de anos que a empresa levará para que o patrimônio líquido seja pago pelo lucro, de uma forma simplificada. Produtos de Investimento

36 O múltiplo P/L ou Preço/Lucro indica: a) o número de anos que a empresa leva para ter retorno - a Anbima não se preocupa com a empresa, mas om o investidor b) que quanto maior o P/L, mais interessante é a ação – ao contrário c) o número de anos que o acionista levará para ter o retorno sobre o preço da ação, de forma simplificada d) o número de anos que a empresa levará para que o patrimônio líquido seja pago pelo lucro, de uma forma simplificada. – se fosse isso, o nome seria patrimônio líquido sobre lucro. Produtos de Investimento

37 Qual das frases abaixo está correta do ponto de vista de análise de ações? a) A escola técnica mostra como os preços se comportaram e a escola fundamentalista mostra porque os valores se comportam desta forma b) A escola fundamentalista afirma que não existe estatísticas para esperanças, atos do governo, humor, medo e informações secretas. c) Através dos gráficos da Escola Fundamentalista, é possível avaliar as tendências do mercado e o retorno das ações. d) Análise técnica permite projetar o preço alvo da ação com base em diversos múltiplos. Produtos de Investimento

38 Qual das frases abaixo está correta do ponto de vista de análise de ações? a) A escola técnica mostra como os preços se comportaram e a escola fundamentalista mostra porque os valores se comportam desta forma b) A escola fundamentalista afirma que não existe estatísticas para esperanças, atos do governo, humor, medo e informações secretas. c) Através dos gráficos da Escola Fundamentalista, é possível avaliar as tendências do mercado e o retorno das ações. d) Análise técnica permite projetar o preço alvo da ação com base em diversos múltiplos. Escola fundamentalista se baseia apenas em dados do balanço das empresas e traça expectativas de lucros. Escola técnica analisa gráficos de tendência de preços. Produtos de Investimento

39 Complete a frase: Diferentemente de uma bolsa, o mercado de balcão... a) é um ambiente de negociação físico apenas, não contando com sistemas eletrônicos b) não negocia debentures c) negocia somente ativos que não são possíveis de serem negociados em bolsa d) é um ambiente de negociação que pode ter a supervisão da CVM Produtos de Investimento

40 Complete a frase: Diferentemente de uma bolsa, o mercado de balcão... a) é um ambiente de negociação físico apenas, não contando com sistemas eletrônicos b) não negocia debentures c) negocia somente ativos que não são possíveis de serem negociados em bolsa d) é um ambiente de negociação que pode ter a supervisão da CVM Menos radical, não restringe e não cria normas. Produtos de Investimento

41 Com relação a oferta pública de valores mobiliários pode-se afirmar que: a) uma distribuidora ou corretora de valores pode exercer este papel b) somente bancos de investimento podem exercer esta função c) o coordenador apenas coordena a operação, mas a responsabilidade de registro junto a CVM cabe a companhia que emitirá os títulos. d) quando a oferta pública for feita em mercado de balcão, não há necessidade de contratar um Banco Coordenador. Produtos de Investimento

42 Com relação a oferta pública de valores mobiliários pode-se afirmar que: a) uma distribuidora ou corretora de valores pode exercer este papel b) somente bancos de investimento podem exercer esta função - radical c) o coordenador apenas coordena a operação, mas a responsabilidade de registro junto a CVM cabe a companhia que emitirá os títulos. – CVM fala com instituições financeiras, não com empresas d) quando a oferta pública for feita em mercado de balcão, não há necessidade de contratar um Banco Coordenador. – oferta pública sempre é feita em mercado de balcão organizado. Produtos de Investimento

43 Marque a alternativa certa a) O commercial paper, também conhecido como nota promissória comercial, tem prazo mínimo de emissão de 360 dias b) todo CDB tem que ter prazo mínimo de 30 dias c) A rentabilidade para o vendedor de um título é maior quando ele é negociado com ágil d) a Taxa DI corrige a LFT Produtos de Investimento

44 Marque a alternativa certa a) O commercial paper, também conhecido como nota promissória comercial, tem prazo mínimo de emissão de 360 dias – prazo máximo de 360 dias (empresas capital fechado prazo máximo é 180 dias, igual o cheque) b) todo CDB tem que ter prazo mínimo de 30 dias (não, pode ter qualquer prazo, restringe) c) A rentabilidade para o vendedor de um título é maior quando ele é negociado com ágil d) a Taxa DI corrige a LFT – é a taxa Selic, não a DI. Trata-se de título público. Se o juro caiu, o título subiu (ou seja, foi vendido com ágil ou preço mais alto). Bom para o vendedor. Produtos de Investimento

45 Indique a afirmativa incorreta: a) O agente fiduciário somente é obrigatório nas emissões públicas de debentures. b) Tanto emissões públicas como privadas de debentures precisam de registro na CVM c) O Agente fiduciário é responsável por fiscalizar o cumprimento dos covenants d) O Agende fiduciário é responsável por zelar pelos direitos dos debenturistas. Produtos de Investimento

46 Indique a afirmativa incorreta: a) O agente fiduciário somente é obrigatório nas emissões públicas de debentures. b) Tanto emissões públicas como privadas de debentures precisam de registro na CVM c) O Agente fiduciário é responsável por fiscalizar o cumprimento dos covenants d) O Agende fiduciário é responsável por zelar pelos direitos dos debenturistas. Emissões privadas não precisam de registro na CVM. A CVM é pública, do governo, não regula relações privadas. Isso cabe no máximo a justiça Produtos de Investimento

47 Em relação ao CDB, não podemos afirmar que: a) é um depósito a prazo remunerado b) incide depósito compulsório c) não há prazo de pagamento mínimo d) são garantidos pelo fundo garantidor de crédito Produtos de Investimento

48 Em relação ao CDB, não podemos afirmar que: a) é um depósito a prazo remunerado b) incide depósito compulsório c) não há prazo de pagamento mínimo d) são garantidos pelo fundo garantidor de crédito Todo CDB é vendido com prazo para resgate. Eles podem ser resgatado antecipadamente. Produtos de Investimento

49 O código de regulação da Anbima referente a ofertas públicas de títulos e valores mobiliários estabelece que o prospecto dessas operações deve descrever fatores de risco do emissor, incluindo: a) planejamento estratégico para os próximos 10 anos b) negócios, processos produtivos e mercados de atuação do emissor e suas subsidiárias c) planejamento estratégico para os próximos 5 anos d) negócios, processos produtivos e mercados de atuação dos principais fornecedores e clientes Produtos de Investimento

50 O código de regulação da Anbima referente a ofertas públicas de títulos e valores mobiliários estabelece que o prospecto dessas operações deve descrever fatores de risco do emissor, incluindo: a) planejamento estratégico para os próximos 10 anos b) negócios, processos produtivos e mercados de atuação do emissor e suas subsidiárias c) planejamento estratégico para os próximos 5 anos d) negócios, processos produtivos e mercados de atuação dos principais fornecedores e clientes Estamos falando da empresa no prospecto. A alternativa é a que mais protege o investidor. Produtos de Investimento

51 Uma distribuição pública de ações a) só acontece quando há aumento de capital da empresa, com a entrada de novos recursos para ela b) provoca necessariamente a diluição na participação na empresa para os atuais acionistas. c) tem que ser feita através de bolsa d) pode ocorrer através de uma emissão primária ou de uma distribuição secundária Produtos de Investimento

52 Uma distribuição pública de ações a) só acontece quando há aumento de capital da empresa, com a entrada de novos recursos para ela - os sócios podem estar vendendo b) provoca necessariamente a diluição na participação na empresa para os atuais acionistas – se dá direitos de subscrição para que isso não ocorra c) tem que ser feita através de bolsa – mercado primário (ofertas públicas primárias ou secundárias), são sempre feitos no mercado de balcão organizado. d) pode ocorrer através de uma emissão primária ou de uma distribuição secundária Distribuição primária é quando a empresa faz o IPO (primeiro lançamento). Secundária é quando faz um novo lançamento, mas já tem ações na bolsa. Produtos de Investimento

53 O rating fictício da empresa Tempo Alegre dado pela S & P é BBB- e o da empresa Nuvem Branca é BB+. Com relação ao rating das duas empresas, pode-se afirmar que: a) apenas a empresa Nuvem Branca tem o grau de investimento b) a empresa Tempo Alegre pode ser considerada grau de investimento c) a empresa Tempo Alegre pode ser considerada grau especulativo d) nenhuma das empresas é grau de investimento que requer o rating A, no mínimo. Produtos de Investimento

54 O rating fictício da empresa Tempo Alegre dado pela S & P é BBB- e o da empresa Nuvem Branca é BB+. Com relação ao rating das duas empresas, pode-se afirmar que: a) apenas a empresa Nuvem Branca tem o grau de investimento b) a empresa Tempo Alegre pode ser considerada grau de investimento c) a empresa Tempo Alegre pode ser considerada grau especulativo d) nenhuma das empresas é grau de investimento que requer o rating A, no mínimo. Classificação A- já é grau de investimento. Notas A são grau de investimento, B e C são grau especulativo e D estão em default (calote). Produtos de Investimento

55 Indique a alternativa que não é um instrumento de salvaguarda das operações em mercados futuros na BM&FBovespa a) Ajuste diário e margens de garantia b) Limites de posições em aberto e limites de oscilação de preço c) Caução de títulos e fundos especiais de liquidação d) Aceitação de qualquer valor mobiliário como garantia Produtos de Investimento

56 Indique a alternativa que não é um instrumento de salvaguarda das operações em mercados futuros na BM&FBovespa a) Ajuste diário e margens de garantia b) Limites de posições em aberto e limites de oscilação de preço c) Caução de títulos e fundos especiais de liquidação d) Aceitação de qualquer valor mobiliário como garantia Existem valores mobiliários com baixa liquidez, que não podem servir de garantia pois não são facilmente vendidos. Produtos de Investimento

57 Assinale a alternativa que representa uma proteção para um importador contra eventual elevação da cotação do dólar a) compra de uma opção de venda de dólares b) Comprar um contrato futuro de dólar c) Vender uma opção de compra de dólares d) Vender contrato futuro de dólar Produtos de Investimento

58 Assinale a alternativa que representa uma proteção para um importador contra eventual elevação da cotação do dólar a) compra de uma opção de venda de dólares – não existe b) Comprar um contrato futuro de dólar c) Vender uma opção de compra de dólares – não existe d) Vender contrato futuro de dólar – bom para o exportador O importador precisará comprar dólares no futuro para poder pagar o fornecedor estrangeiro. Por isso, ele deve comprar contratos futuros de dólares. O exportador deve vender estes contratos, pois precisará vender dólares no futuro. Não existem opções de compra e venda de dólares, só de ações. Produtos de Investimento

59 Uma opção de compra com preço de exercício de R$ 59,00 está sendo negociada a R$ 3,00. O ativo objeto está sendo negociado no mercado à vista por R$ 58,00. O valor intrínseco da opção é: a) zero b) R$ 1,00 c) R$ 3,00 d) – R$ 2,00 Produtos de Investimento

60 Uma opção de compra com preço de exercício de R$ 59,00 está sendo negociada a R$ 3,00. O ativo objeto está sendo negociado no mercado à vista por R$ 58,00. O valor intrínseco da opção é: a) zero b) R$ 1,00 – seria se a ação estivesse negociada a R$ 60,00 c) R$ 3,00 – esse é o valor extrínseco desta opção. Para ter este valor intrínseco, a ação teria que ser negociada por R$ 62,00 d) – R$ 2,00 – não existe valores negativos Opções out of the money só tem valor extrínseco, nenhum intrínseco. Quando estão in Ther Money, o valor intrínseco é o valor de mercado da ação – preço de exercício. Valor Extrínseco é o preço da opção – valor intrínseco Produtos de Investimento

61 Tributação Um investidor aliena uma NTN-B depois de 3 anos. Ele irá pagar de imposto de renda: a) 22,5% sobre o rendimento nominal b) 15% sobre o rendimento nominal c) 15% sobre o rendimento real d) 22,5% sobre o rendimento real

62 Tributação Um investidor aliena uma NTN-B depois de 3 anos. Ele irá pagar de imposto de renda: a) 22,5% sobre o rendimento nominal b) 15% sobre o rendimento nominal c) 15% sobre o rendimento real d) 22,5% sobre o rendimento real O imposto de renda analisa o rendimento nominal das aplicações. Pela tabela, após 360 dias o IR passa a ser 15%

63 Tributação O fato gerador de imposto de renda incidente em operações financeiras em fundos de investimento imobiliário é: a) a aquisição de cota de fundo de imobiliário ou o aumento do número de cotistas do fundo b) a valorização do fundo apurada por marcação a mercado c) a apuração de rendimentos em regime de competência d) distribuição de rendimentos e ganhos líquidos apurados segundo regime de caixa, e/ou a alienação ou resgate de quotas do fundo.

64 Tributação O fato gerador de imposto de renda incidente em operações financeiras em fundos de investimento imobiliário é: a) a aquisição de cota de fundo de imobiliário ou o aumento do número de cotistas do fundo – no ato da aplicação não gera imposto, só no resgate. b) a valorização do fundo apurada por marcação a mercado – não tem marcação a mercado, é um fundo fechado, portanto não precisa. c) a apuração de rendimentos em regime de competência – não é na apuração e sim na distribuição (pagamento) dos rendimentos. d) distribuição de rendimentos e ganhos líquidos apurados segundo regime de caixa, e/ou a alienação ou resgate de quotas do fundo. Fundo imobiliário vive de aluguel, deve pagar IR como aluguel, 20%.

65 Ganhos auferidos por uma pessoa física em operações cujo o valor seja inferior a R$ 20 mil estão isentos de tributação quando o ativo alienado for a) títulos públicos federais b) ações c) ativos indexados ao dólar d) CDB Tributação

66 Ganhos auferidos por uma pessoa física em operações cujo o valor seja inferior a R$ 20 mil estão isentos de tributação quando o ativo alienado for a) títulos públicos federais b) ações c) ativos indexados ao dólar d) CDB Tributação

67 A base de cálculo do IR para aplicações financeiras em fundos de investimento imobiliário é: a) o valor da reserva técnica do fundo b) o valor do patrimônio líquido do fundo c) o valor do rendimento ou do ganho de capital auferido d) o percentual do valor do patrimônio líquido do fundo, indexado conforme a variação média da bolsa de valores ou de mercadorias e futuros. Tributação

68 A base de cálculo do IR para aplicações financeiras em fundos de investimento imobiliário é: a) o valor da reserva técnica do fundo b) o valor do patrimônio líquido do fundo c) o valor do rendimento ou do ganho de capital auferido d) o percentual do valor do patrimônio líquido do fundo, indexado conforme a variação média da bolsa de valores ou de mercadorias e futuros. É cobrado quando o cliente recebe dinheiro. No fundo imobiliário, isso acontece dos rendimentos mensais e do ganho de captial auferido na venda das cotas. A alíquota é de 20% e descontado na fonte. Tributação

69 O IOF é cobrado sobre: a) Apenas títulos e fundos de renda fixa b) Apenas em operações com derivativos c) Apenas em títulos e fundos de renda fixa, exceto títulos públicos d) Em qualquer aplicação financeira, exceto com fins imobiliários e agrícolas. Tributação

70 O IOF é cobrado sobre: a) Apenas títulos e fundos de renda fixa b) Apenas em operações com derivativos c) Apenas em títulos e fundos de renda fixa, exceto títulos públicos d) Em qualquer aplicação financeira, exceto com fins imobiliários e agrícolas. Tributação

71 O Conselho monetário Nacional, dentro do sistema financeiro nacional, possui função: a) fiscalizadora b) executora c) operacional d) deliberativa Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

72 O Conselho monetário Nacional, dentro do sistema financeiro nacional, possui função: a) fiscalizadora – Bacen, CVM e SUSEP b) executora – Bacen, na política monetária e cambial c) operacional - bancos d) deliberativa Deliberativa ou normativa Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

73 A existência do selo Anbima na capa do prospecto de um fundo de investimento indica que: a) Aquele fundo segue as disposições do Código Anbima, independente das normas da CVM b) A Anbima aprovou a divulgação do prospecto e recomenda a aplicação neste fundo c) A Anbima garante a veracidade das informações prestadas pelo administrador a respeito do fundo. d) O prospecto foi elaborado de acordo com as disposições do código de autorregulação da Anbima e as normas da CVM Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

74 A existência do selo Anbima na capa do prospecto de um fundo de investimento indica que: a) Aquele fundo segue as disposições do Código Anbima, independente das normas da CVM – além de seguir a Anbima, tem que cumprir as leis da CVM b) A Anbima aprovou a divulgação do prospecto e recomenda a aplicação neste fundo – a Anbima não recomenda aplicações. c) A Anbima garante a veracidade das informações prestadas pelo administrador a respeito do fundo. – A anbima não dá garantias d) O prospecto foi elaborado de acordo com as disposições do código de autorregulação da Anbima e as normas da CVM Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

75 Um banco múltiplo com carteira de arrendamento mercantil e de securitização é autorizado a: a) Receber depósito à vista b) Administrar fundos de investimento c) Executar ordem de seus clientes no pregão das bolsas d) Emitir letras de câmbio Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

76 Um banco múltiplo com carteira de arrendamento mercantil e de securitização é autorizado a: a) Receber depósito à vista b) Administrar fundos de investimento - precisa ter carteira de investimento c) Executar ordem de seus clientes no pregão das bolsas – precisa ser corretora d) Emitir letras de câmbio – somente o Banco Central faz isso. Todo banco múltiplo é um banco comercial obrigatoriamente, além de ter outras carteiras. Portanto, pode receber depósitos à vista. Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

77 Considere as seguintes atribuições: I.Realizar operações de compra e venda de ações na bolsa de valores II.Estruturar operações de debêntures III.Conceder financiamento imobiliário Está correto com relação as corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários, o que se afirma apenas: a) I b) II c) I e II d) II e III Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

78 Considere as seguintes atribuições: I.Realizar operações de compra e venda de ações na bolsa de valores II.Estruturar operações de debêntures – Banco de investimento III.Conceder financiamento imobiliário – companhias securitizadoras e sociedades de poupança Está correto com relação as corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários, o que se afirma apenas: a) I b) II c) I e II d) II e III Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

79 De acordo com a CVM, uma entidade de previdência fechada é classificada como: a) sociedade seguradora b) investidor qualificado c) instituição financeira d) investidor não residente Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

80 De acordo com a CVM, uma entidade de previdência fechada é classificada como: a) sociedade seguradora b) investidor qualificado c) instituição financeira d) investidor não residente Não é função da CVM classificar as entidades de previdência fechada (ou complementar) e sim a Previc. A única ação da CVM é classifica-las como investidoras qualificadas para poderem aplicar livremente no mercado. Órgãos de Regulação e Participantes do mercado

81 Associam-se a risco legal as perdas oriundas por: a) incapacidade de pagamento da empresa b) má reputação no mercado c) desinteresse em atuar como banco mandatário d) aplicação de leis ou regulação pouco clara Compliance, Ética e Análise do Investidor

82 Associam-se a risco legal as perdas oriundas por: a) incapacidade de pagamento da empresa - risco de crédito b) má reputação no mercado - risco de imagem c) desinteresse em atuar como banco mandatário - não há problema com isso, é decisão de estratégia d) aplicação de leis ou regulação pouco clara Risco legal são perdas ocorridas por não conseguir cumprir a lei. Compliance, Ética e Análise do Investidor

83 Uma adequada estrutura de controles internos deve estabelecer um comitê interno composto basicamente pelas seguintes áreas: a) Diretoria Executiva, auditoria, TI, jurídico e área de cobrança b) Diretoria Executiva, auditoria, TI, recursos humanos, vendas e produtos c) Diretoria Executiva, auditoria, controladoria, TI, segmento de controles internos e compliance d) Vendas, auditoria, controladoria e TI Compliance, Ética e Análise do Investidor

84 Uma adequada estrutura de controles internos deve estabelecer um comitê interno composto basicamente pelas seguintes áreas: a) Diretoria Executiva, auditoria, TI, jurídico e área de cobrança – área de cobrança é unidade de negócio. b) Diretoria Executiva, auditoria, TI, recursos humanos, vendas e produtos – RH e vendas são áreas de negócios c) Diretoria Executiva, auditoria, controladoria, TI, segmento de controles internos e compliance d) Vendas, auditoria, controladoria e TI – vendas é áreas e negócios Deve-se analisar quais são as áreas que podem realizar controles internos e responsáveis pelo banco. Compliance, Ética e Análise do Investidor

85 Uma instituição financeira solicita explicações ao cliente sobre determinada movimentação financeira incompatível com a capacidade econômica dele. Sem obter resposta, comunica ao órgão competente sobre a operação considerada suspeita três dias após a tal movimentação. A instituição: a) agiu corretamente porque a comunicação a respeito de uma suspeita deve ser feita a qualquer tempo b) agiu incorretamente porque a comunicação deve ser feita no prazo máximo de 48 horas da movimentação suspeita c) acertou ao suspeitar e comunicar ao órgão competente, mas errou quanto ao prazo de comunicação, que é de 24 horas a partir da movimentação suspeita d) errou porque primeiro ela deveria atualizar a ficha cadastral do cliente antes de comunicar ao órgão competente Compliance, Ética e Análise do Investidor

86 Uma instituição financeira solicita explicações ao cliente sobre determinada movimentação financeira incompatível com a capacidade econômica dele. Sem obter resposta, comunica ao órgão competente sobre a operação considerada suspeita três dias após a tal movimentação. A instituição: a) agiu corretamente porque a comunicação a respeito de uma suspeita deve ser feita a qualquer tempo - pode ser feito a qualquer tempo, mas deve ser feito em 48 horas. b) agiu incorretamente porque a comunicação deve ser feita no prazo máximo de 48 horas da movimentação suspeita – acertou ao suspeitar, mas errou no prazo. Não está completa a resposta. c) acertou ao suspeitar e comunicar ao órgão competente, mas errou quanto ao prazo de comunicação, que é de 24 horas a partir da movimentação suspeita d) errou porque primeiro ela deveria atualizar a ficha cadastral do cliente antes de comunicar ao órgão competente - o banco não conseguiu explicações do cliente, não tem nada a ver com cadastro Quanto mais completo, melhor. Compliance, Ética e Análise do Investidor

87 Refere-se a procedimento de prevenção a lavagem de dinheiro: a) Enviar relatório mensalmente ao Bacen contendo todas as movimentações em dinheiro, independente do valor b) Registro no Bacen das operações dos clientes com patrimônio superior a R$ 100 mil c) Comunicar aos órgãos competentes as operações que seriamente indicam processo de lavagem de dinheiro, sem avisar o cliente d) Comunicar à CVM o nome dos clientes que investiram acima de R$ 100 mil em fundos Compliance, Ética e Análise do Investidor

88 Refere-se a procedimento de prevenção a lavagem de dinheiro: a) Enviar relatório mensalmente ao Bacen contendo todas as movimentações em dinheiro, independente do valor - seriam muitas informações, sem possibilidade de análise. b) Registro no Bacen das operações dos clientes com patrimônio superior a R$ 100 mil – atenção que a questão confunde, são depósitos em espécie superiores a R$ 100 mil e não patrimônio c) Comunicar aos órgãos competentes as operações que seriamente indicam processo de lavagem de dinheiro, sem avisar o cliente d) Comunicar à CVM o nome dos clientes que investiram acima de R$ 100 mil em fundos – o dinheiro já está dentro do sistema financeiro Só se erra essa questão por falta de atenção. Compliance, Ética e Análise do Investidor

89 As chamadas contas fantasmas, ou seja, contas correntes falsas, são utilizadas no crime de lavagem de dinheiro principalmente na fase de: a) prospecção b) colocação c) integração d) ocultação Compliance, Ética e Análise do Investidor

90 As chamadas contas fantasmas, ou seja, contas correntes falsas, são utilizadas no crime de lavagem de dinheiro principalmente na fase de: a) prospecção b) colocação c) integração d) ocultação Na ocultação o dinheiro é transferido de uma conta corrente para outras de forma a se perder o rastro do dinheiro e esconder o dinheiro. Compliance, Ética e Análise do Investidor

91 Prática não equitativa de negociação com ações, vedada pela legislação em vigor, para impedir que pessoas que possuam informação privilegiada sobre companhias realizem negócios em proveito próprio e/ou prejudiciais aos investidores: a) Insider trading b) Front Runner c) Venda casada d) Marcação a mercado Compliance, Ética e Análise do Investidor

92 Prática não equitativa de negociação com ações, vedada pela legislação em vigor, para impedir que pessoas que possuam informação privilegiada sobre companhias realizem negócios em proveito próprio e/ou prejudiciais aos investidores: a) Insider trading b) Front Runner – operar antes para si e depois para o cliente. c) Venda casada – vender um produto como condição para o outro. d) Marcação a mercado – analisar o valor do título todo dia. Insider trading é ter informações privilegiadas Compliance, Ética e Análise do Investidor

93 Para traçar o perfil do investidor, os bancos devem realizar: a) uma entrevista com cada cliente que deseja realizar alguma aplicação financeira, perguntado sobre a idade, valor disponível para a aplicação, horizonte de tempo para investimento, finalidade da aplicação, tolerância ao risco e experiência com investimentos b) um questionário com cada cliente que deseja realizar alguma aplicação financeira, contendo questões sobre idade, valor disponível para a aplicação, horizonte de tempo para investimento, finalidade da aplicação, tolerância ao risco e experiência com investimentos c) uma entrevista com cada cliente perguntando se ele é conservador, moderado ou agressivo d) um questionário com cada cliente perguntando se ele é conservador, moderado ou agressivo Compliance, Ética e Análise do Investidor

94 Para traçar o perfil do investidor, os bancos devem realizar: a) uma entrevista com cada cliente que deseja realizar alguma aplicação financeira, perguntado sobre a idade, valor disponível para a aplicação, horizonte de tempo para investimento, finalidade da aplicação, tolerância ao risco e experiência com investimentos - questionário é padronizado, pode ser controlado b) um questionário com cada cliente que deseja realizar alguma aplicação financeira, contendo questões sobre idade, valor disponível para a aplicação, horizonte de tempo para investimento, finalidade da aplicação, tolerância ao risco e experiência com investimentos c) uma entrevista com cada cliente perguntando se ele é conservador, moderado ou agressivo - o cliente não sabe se é conservador, moderado ou agressivo d) um questionário com cada cliente perguntando se ele é conservador, moderado ou agressivo - o cliente não sabe se é conservador, moderado ou agressivo Compliance, Ética e Análise do Investidor

95 Em um jantar de família, um parente que trabalha em uma instituição financeira concorrente lhe conta sobre a situação crítica da instituição onde trabalha. No dia seguinte, você telefona para os seus clientes mais chegados informando do problema no concorrente e aproveita para vender CDB da sua instituição, batendo a meta. De acordo com o código da Anbima, você: a) infringiu o código, porque contribuiu para a veiculação de informações imprecisas sobre o mercado financeiro b) infringiu o código, porque não se pode comentar sobre um concorrente com cliente em nenhuma hipótese c) não infringiu o código, porque você, inclusive, estava preservando o patrimônio do seus clientes d) não infringiu o código, porque o código não está acima da lei. Ética Compliance, Ética e Análise do Investidor

96 Em um jantar de família, um parente que trabalha em uma instituição financeira concorrente lhe conta sobre a situação crítica da instituição onde trabalha. No dia seguinte, você telefona para os seus clientes mais chegados informando do problema no concorrente e aproveita para vender CDB da sua instituição, batendo a meta. De acordo com o código da Anbima, você: a) infringiu o código, porque contribuiu para a veiculação de informações imprecisas sobre o mercado financeiro b) infringiu o código, porque não se pode comentar sobre um concorrente com cliente em nenhuma hipótese – afirmativas radicais normalmente são erradas c) não infringiu o código, porque você, inclusive, estava preservando o patrimônio do seus clientes – infringiu, o código proíbe boatos, mas não proíbe fatos. d) não infringiu o código, porque o código não está acima da lei – não infringiu a lei, mas infringiu o código. Fatos sobre os concorrentes podem ser falados, com ética e respeito, mas não se pode falar de boatos Compliance, Ética e Análise do Investidor

97 A caderneta de poupança rendeu 97% da taxa DI em Essa afirmação refere-se ao conceito de rentabilidade a) Esperada b) Real c) Nominal d) Relativa Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

98 A caderneta de poupança rendeu 97% da taxa DI em Essa afirmação refere-se ao conceito de rentabilidade a) Esperada - futuro. b) Real – taxa nominal absoluta menos a inflação. c) Nominal – taxa absoluta d) Relativa Rentabilidade relativa é relativa a algum benchmark. Rentabilidades esperadas devem ser sempre relativas. Rentabilidades passadas podem ser relativas ou absolutas (ex. 1% a.m.) Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

99 Em um diagrama risco x retorno, para um dado retorno, o risco de uma carteira formada por dois ativos: a) aumenta à medida que a correlação entre eles diminui b) independe da correlação entre eles c) diminui à medida que a correlação entre eles também diminui d) diminui à medida que a correlação entre eles aumenta Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

100 Em um diagrama risco x retorno, para um dado retorno, o risco de uma carteira formada por dois ativos: a) aumenta à medida que a correlação entre eles diminui b) independe da correlação entre eles c) diminui à medida que a correlação entre eles também diminui d) diminui à medida que a correlação entre eles aumenta Se a correlação entre dois ativos é pequena, o risco diversificável é reduzido. Se a correlação entre dois ativos é alta, o risco diversificável continua elevado. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

101 A poupança sofreu uma alteração na sua regra. Podemos dizer que atualmente a poupança possui uma rentabilidade a) observada b) relativa c) nominal d) prefixada Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

102 A poupança sofreu uma alteração na sua regra. Podemos dizer que atualmente a poupança possui uma rentabilidade a) observada – não está correta, a taxa da poupança vale para o futuro b) relativa c) nominal - a regra antiga da poupança dava uma taxa nominal, 0,5% + TR. d) prefixada – a poupança foi prefixada, 0,5% + TR, atualmente é pós fixada, 70% da Selic A poupança atualmente pós fixadas, tem uma rentabilidade relativa, 70% da Selic. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

103 Assinale a alternativa falsa a) elevando, de maneira diversificada, o número de títulos de uma carteira, é possível promover a redução de seu risco b) a partir de um determinado número de títulos, a redução do risco de uma carteira praticamente deixa de existir, convertendo a carteira apenas certo nível de risco, chamado sistemático. c) o risco de uma carteira depende não somente do risco de cada ativo que compõe, mas também da forma como esses ativos se relacionam entre si. d) o risco de uma carteira é igual à média ponderada dos riscos dos ativos que a compõe Mensuração, Gestão de Performance e Risco

104 Assinale a alternativa falsa a) elevando, de maneira diversificada, o número de títulos de uma carteira, é possível promover a redução de seu risco - correto, mas títulos menos risco b) a partir de um determinado número de títulos, a redução do risco de uma carteira praticamente deixa de existir, convertendo a carteira apenas certo nível de risco, chamado sistemático. – correto, o risco não sistemático tende a ser zero. c) o risco de uma carteira depende não somente do risco de cada ativo que compõe, mas também da forma como esses ativos se relacionam entre si. – correto, os ativos precisam ter correlação baixa ou negativa. Ativos com correlação de 1 não diversificam o risco da carteira d) o risco de uma carteira é igual à média ponderada dos riscos dos ativos que a compõe Mensuração, Gestão de Performance e Risco

105 O banco Martelo montou um fundo de investimento em ações apenas com ações de energia elétrica. Em relação a um fundo de ações passivo do mesmo banco, podemos dizer que a) O fundo de ações em energia elétrica tem maior risco de liquidez. b) O fundo de ações passivo tem maior risco de mercado. c) Se tiver um Beta menor que 1, o fundo de ações em energia elétrica terão menor risco de mercado que o fundo de ações passivo, que tem beta igual a 1. d) Tem maior risco de mercado. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

106 O banco Martelo montou um fundo de investimento em ações apenas com ações de energia elétrica. Em relação a um fundo de ações passivo do mesmo banco, podemos dizer que a) O fundo de ações em energia elétrica tem maior risco de liquidez. b) O fundo de ações passivo tem maior risco de mercado. c) Se tiver um Beta menor que 1, o fundo de ações em energia elétrica terão menor risco de mercado que o fundo de ações passivo, que tem beta igual a 1. d) Tem maior risco de mercado. Comprar ações de um mesmo setor da economia tem maior risco de mercado não sistemático do que comprar um fundo diversificado, como o fundo passivo. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

107 Em relação ao índice de sharpe, pode-se dizer que: a) Revela o prêmio oferecido por um ativo para cada unidade adicional de risco assumido b) Revela a performance do fundo em relação ao seu benchmark c) Seu valor situa-se entre -1 e +1 d) É uma medida absoluta de retorno de um fundo e quanto maior, melhor Mensuração, Gestão de Performance e Risco

108 Em relação ao índice de sharpe, pode-se dizer que: a) Revela o prêmio oferecido por um ativo para cada unidade adicional de risco assumido b) Revela a performance do fundo em relação ao seu benchmark c) Seu valor situa-se entre -1 e +1 d) É uma medida absoluta de retorno de um fundo e quanto maior, melhor Índice de sharpe é uma medida de risco e retorno. Mensuração, Gestão de Performance e Risco

109 Uma carteira tem beta de 1,5. Assim, espera-se estatisticamente que, quando o índice de mercado se valoriza 10%, a carteira a) se valorizará 1,5% b) se desvalorizará 1,5% c) se valorizará 15% d) se desvalorizará 15% Mensuração, Gestão de Performance e Risco

110 Uma carteira tem beta de 1,5. Assim, espera-se estatisticamente que, quando o índice de mercado se valoriza 10%, a carteira a) se valorizará 1,5% b) se desvalorizará 1,5% c) se valorizará 15% d) se desvalorizará 15% Beta é uma medida de risco comparado a um benchmark. Serve para analisar o risco diversificável. Mensuração, Gestão de Performance e Risco

111 Considerando dois ativos de mesmo emissor e a mesma característica, o de menor liquidez provavelmente será: a) Mais caro. b) Mais barato. c) De mesmo preço. d) Mais negociado. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

112 Considerando dois ativos de mesmo emissor e a mesma característica, o de menor liquidez provavelmente será: a) Mais caro. b) Mais barato. c) De mesmo preço. d) Mais negociado. Se o risco é menor, o ativo fica mais caro. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

113 Uma das principais características do mercado à termo é: a) A existência de risco de contraparte b) A possibilidade de alongamentos de prazo c) A possibilidade de alavancagem de resultados d) A não padronização dos contratos Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

114 Uma das principais características do mercado à termo é: a) A existência de risco de contraparte b) A possibilidade de alongamentos de prazo c) A possibilidade de alavancagem de resultados d) A não padronização dos contratos Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

115 Em relação a marcação a mercado de um título de renda fixa prefixado é correto afirmar que quando a taxa de juros a) sobe, o valor do título sobe b) sobe, o valor do título cai c) cai, o valor do título não se altera d) cai, o valor do título também cai Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

116 Em relação a marcação a mercado de um título de renda fixa prefixado é correto afirmar que quando a taxa de juros a) sobe, o valor do título sobe b) sobe, o valor do título cai c) cai, o valor do título não se altera d) cai, o valor do título também cai Renda fixa prefixada é inversamente proporcional aos juros. Vamos ver mais para frente quando falarmos de fundo. Mensuração, Gestão de Perfomance e Risco

117 Determinado fundo de investimento tem retorno esperado de 1,5%. Seu regulamento prevê um VaR máximo de 1%. Podemos então afirmar que o gestor deste fundo a) tem a obrigação de realizar um back test sempre que a rentabilidade for inferior a 1% b) deve usar o stop loss sempre que a rentabilidade for inferior a 1% c) deve usar um stop loss sempre que o VaR aferido for superior a 1% d) Deve realizar um back test para certificar-se do cálculo do retorno esperado. Mensuração, Gestão de Performance e Risco

118 Determinado fundo de investimento tem retorno esperado de 1,5%. Seu regulamento prevê um VaR máximo de 1%. Podemos então afirmar que o gestor deste fundo a) tem a obrigação de realizar um back test sempre que a rentabilidade for inferior a 1% - tem que fazer back test sempre e esta é função do administrador, que precisa verficiar se o fundo está dentro do regulamento e do prospecto. b) deve usar o stop loss sempre que a rentabilidade for inferior a 1% c) deve usar um stop loss sempre que o VaR aferido for superior a 1% - O VaR foi definido e é teórico, o stop loss é usado para evitar que na prática, o VaR seja desrespeitado. d) Deve realizar um back test para certificar-se do cálculo do retorno esperado. – back test serve para medir variação da média, não retorno esperado. VaR é uma medida teórica, o gestor deve usar o Stop Loss quando sua carteira não está em acordo com o VaR estabelecido (estando abaixo ou acima do VaR) Mensuração, Gestão de Performance e Risco

119 Sobre a convexidade, podemos afirmar: a) os investidores de renda fixa evitam títulos com convexidade elevada b) seu efeito sobre o valor presente do ativo sempre será negativo, independente do movimento da taxa de juros c) terá efeito contrário a duration modificada d) seu efeito é desejado pelo investidor de renda fixa, pois compensará parte das perdas e aumentará os ganhos decorrentes das variações negativas da taxa de juros Mensuração, Gestão de Performance e Risco

120 Sobre a convexidade, podemos afirmar: a) os investidores de renda fixa evitam títulos com convexidade elevada b) seu efeito sobre o valor presente do ativo sempre será negativo, independente do movimento da taxa de juros c) terá efeito contrário a duration modificada d) seu efeito é desejado pelo investidor de renda fixa, pois compensará parte das perdas e aumentará os ganhos decorrentes das variações negativas da taxa de juros Convexidade é a medida da duration de macaulay. Analisa quando o título pré fixado sobe quando a taxa de juros cai. Mensuração, Gestão de Performance e Risco


Carregar ppt "Noções de Economia, Finanças e Estatística São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google