A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Noções de Economia e Finanças De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Noções de Economia e Finanças De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos."— Transcrição da apresentação:

1 Noções de Economia e Finanças De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos públicos, controle de câmbio. b) Compra e venda de títulos públicos, controle de taxa de juros e dos depósitos compulsórios dos bancos. c) Emissão de moeda, controle da taxa de juros e compra e venda de títulos públicos. d) Controle da taxa de juros, dos depósitos compulsórios dos bancos e da taxa de câmbio.

2 Noções de Economia e Finanças De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos públicos, controle de câmbio. Cambio é política cambial b) Compra e venda de títulos públicos, controle de taxa de juros e dos depósitos compulsórios dos bancos. c) Emissão de moeda, controle da taxa de juros e compra e venda de títulos públicos. Não é função do banco central emitir moeda. Isso cabe ao conselho monetário nacional d) Controle da taxa de juros, dos depósitos compulsórios dos bancos e da taxa de câmbio. Câmbio é política cambial Política monetária – aumentar o reduzir o dinheiro circulando. O Banco Central facilita ou reduz este dinheiro aumentando ou reduzindo os empréstimos bancários. Política Fiscal – aumento ou redução de impostos e gastos públicos. Política Cambial – Valorização ou desvalorização do valor do Real frente ao Dólar.

3 Noções de Economia e Finanças O mercado secundário é importante para o mercado primário porque: a) dá liquidez ao mercado e fornece parâmetros de valor de mercado; b) fornece liquidez e prazo de pagamento; c) diminui o risco de créditos dos títulos; d) é um indicativo da política econômica do Banco Central.

4 Noções de Economia e Finanças O mercado secundário é importante para o mercado primário porque: a) dá liquidez ao mercado e fornece parâmetros de valor de mercado; b) fornece liquidez e prazo de pagamento; Dar prazo de pagamento é função do mercado secundário, mas não ajuda o mercado primário c) diminui o risco de créditos dos títulos; O mercado secundário diminui o risco de liquidez d) é um indicativo da política econômica do Banco Central. Totalmente errada O mercado secundário é onde investidores negociam ações e títulos. O mercado primário é onde as empresas vendem ações e títulos para investidores

5 Noções de Economia e Finanças Qual a rentabilidade média mensal do CDI, sabendo-se que a sua rentabilidade acumulado em 12 meses foi de 15,00%? a) 15/12 b) 151/12 c) ((1,15)1/12 – 1) x 100 d) (15 – 1)1/12 x 100

6 Noções de Economia e Finanças Qual a rentabilidade média mensal do CDI, sabendo-se que a sua rentabilidade acumulado em 12 meses foi de 15,00%? a) 15/12 b) 151/12 c) ((1,15)1/12 – 1) x 100 d) (15 – 1)1/12 x 100 Fórmula de matemática financeira. A ANBIMA autoriza levar HP, mas não é necessário.

7 Noções de Economia e Finanças Assinale a alternativa INCORRETA: a) O Conselho Monetário Nacional é o órgão máximo do Sistema Financeiro Nacional. b) A Superintendência de Seguros Privados fiscaliza as seguradoras e as empresas de previdência privada fechada. c) O Ministro da Fazenda preside o Conselho Monetário Nacional. d) O Conselho Nacional de Seguros Privados normatiza as atividades de previdência privada aberta.

8 Noções de Economia e Finanças Assinale a alternativa INCORRETA: a) O Conselho Monetário Nacional é o órgão máximo do Sistema Financeiro Nacional. Correto, é a maior entidade b) A Superintendência de Seguros Privados fiscaliza as seguradoras e as empresas de previdência privada fechada. Atenção, fiscaliza previdência privada aberta, como do Itaú, BB Prev, etc. c) O Ministro da Fazenda preside o Conselho Monetário Nacional. Correto, é a pessoa mais importante da economia, interferindo em todos os órgãos fiscalizadores d) O Conselho Nacional de Seguros Privados normatiza as atividades de previdência privada aberta. Correto, o CNSP é o par de seguros do CMN O CMN é composto pelo ministro fazendo, presidente Bacen – Estão abaixo o Bacen e a CVM O CSNP é composto pelo ministro fazenda, ministro justiça, da previdência, Superindentente Susep, Bacen e CMN – Estão abaixo a Susep, Previc Previdência aberta – vendida a qualquer um. Itau prev, BB prev Previdência Fechada – vendida a uma classe. Petros, Aeros, sócios de sindicatos, entidades de classe.

9 Noções de Economia e Finanças Assinale a alternativa INCORRETA: a) A PTAX é divulgada diariamente pelo Banco Central do Brasil. b) A análise fundamentalista pode ser usada para precificar ações, mas tem por base os fundamentos macro e microeconômicos. c) A metodologia do IBrX-50 é idêntica a do Ibovespa, diferenciando-se apenas pela quantidade de ações. d) A taxa de DI é calculada diariamente pelo CETIP.

10 Noções de Economia e Finanças Assinale a alternativa INCORRETA: a) A PTAX é divulgada diariamente pelo Banco Central do Brasil Correto, o banco central controla o câmbio no Brasil b) A análise fundamentalista pode ser usada para precificar ações, mas tem por base os fundamentos macro e microeconômicos. Correto, a analise fundamentalista especula preços de ações que podem estar baratos ou caros. Normalmente, a análise fundamentalista precifica o preço das ações c) A metodologia do IBrX-50 é idêntica a do Ibovespa, diferenciando- se apenas pela quantidade de ações. d) A taxa de DI é calculada diariamente pelo CETIP. Correto, a CETIP registra todos os títulos de CDI e divulga taxa de juros a média pela qual os títulos foram negociados. Esta é a Taxa DI, calculada todo dia A metodologia do Ibovespa analisa valor negociado e liquidez, já o IBRx-50 analisa apenas o valor negociado. A CETIP registra todos os títulos privados e títulos públicos de governos estaduais e municipais

11 Noções de Economia e Finanças A cada seis semanas, o Copom se reúne para decidir sobre : a) aumento da alíquota do depósito compulsório; b) desenvolvimento econômico; c) taxa de câmbio; d) taxa Selic meta.

12 Noções de Economia e Finanças A cada seis semanas, o Copom se reúne para decidir sobre : a) aumento da alíquota do depósito compulsório; b) desenvolvimento econômico; c) taxa de câmbio; d) taxa Selic meta. O Copom é o conselho de Política Monetária, composto por diretores do Bacen.

13 É no mercado de capitais que: a) o Governo negocia os títulos públicos; b) as empresas buscam financiamento de médio e longo prazo através da emissão de títulos; c) o Banco Central e a CVM atuam como fiscalizadores; d) são negociadas as Letras Hipotecárias.

14 Noções de Economia e Finanças É no mercado de capitais que: a) o Governo negocia os títulos públicos; Na Selic e no tesouro b) as empresas buscam financiamento de médio e longo prazo através da emissão de títulos; são as debêntures c) o Banco Central e a CVM atuam como fiscalizadores; Só a CVM d) são negociadas as Letras Hipotecárias. Negociadas pelos bancos e sociedades de poupança nas agências

15 Noções de Economia e Finanças O Conselho Monetário Nacional, ao traçar as diretrizes econômicas, define a meta de inflação que deve ser perseguida pelo Banco Central do Brasil, que é medida pelo: a) IGPM; b) IGP-DI; c) IGPM d) IPC.

16 Noções de Economia e Finanças O Conselho Monetário Nacional, ao traçar as diretrizes econômicas, define a meta de inflação que deve ser perseguida pelo Banco Central do Brasil, que é medida pelo: a) IGPM; FGV b) IGP-DI; FGV c) IGPM IBGE d) IPC. FIPE

17 Noções de Economia e Finanças A metodologia de cálculo do Produto Interno ruto – PIB considera o valor a) adicionado ou agregado b) economico puro c) economico composto d) subordinado.

18 Noções de Economia e Finanças A metodologia de cálculo do Produto Interno ruto – PIB considera o valor a) adicionado ou agregado b) economico puro c) economico composto d) subordinado.

19 Noções de Economia e Finanças São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os próximos anos b) Definir a taxa SElix meta e seu envetual viés e implementar a política monetária c) Definir a meta de inflação e a meta do PIB para s próximos anos d) Implementar a política cambial, definindo a taxa de câmbio

20 Noções de Economia e Finanças São atribuições do COPOM – Comitê de Política Monetária a) definir a taxa SELIC meta e a meta do PIB para os próximos anos Não existe meta de PIB e se tivesse, não seria o COPOM b) Definir a taxa SElix meta e seu envetual viés e implementar a política monetária c) Definir a meta de inflação (Conselho Montério Nacional) e a meta do PIB para s próximos anos d) Implementar a política cambial, definindo a taxa de câmbio O Bacen implementa política cambial, mas não o COPOM.. A taxa de câmbio é definida pelo mercado, até 1999 tinhamos apenas uma meta de taxa de câmbio O COPOM é um orgão do sistema financeiro. O Banco Central é subordinado a este orgão. O COPOM define a meta da taxa SELIC. A Taxa SELIC é definida pelo mercado

21 Noções de Economia e Finanças A taxa SELIC over expressa a) meta da taxa de juros básica da economia b) média ponderada das oerações interfinenanceiras, por um dia, lastreadas em títulos públicos federais c) média ponderada das oerações interfinenanceiras, por um dia, lastreadas em CDI d) meta de inflação definida para o ano

22 Noções de Economia e Finanças A taxa SELIC over expressa a) meta da taxa de juros básica da economia – Definida pelo COPOM. O BACEN irá perseguir esta meta e fazer com que a Taxa SELIC over atinja o valor da meta b) média ponderada das oerações interfinenanceiras, por um dia, lastreadas em títulos públicos federais c) média ponderada das oerações interfinenanceiras, por um dia, lastreadas em CDI. Isto é o DI CETIP ou Taxa DI d) meta de inflação definida para o ano Definida pelo CMN

23 Noções de Economia e Finanças A taxa equivalente de 12 meses, da taxa de 1% ao mês, na capitalização composta é obtida pela formula: a) 0,01 x 12 b) 1,01 x 12 c) (1,01 – 1) x 100 d) (0,01 – 1) x

24 Noções de Economia e Finanças A taxa equivalente de 12 meses, da taxa de 1% ao mês, na capitalização composta é obtida pela formula: a) 0,01 x 12 b) 1,01 x 12 c) (1,01 – 1) x 100 d) (0,01 – 1) x

25 Noções de Economia e Finanças A Taxa Referenciada – TR é calculada com base nas operações de a) nota promissória b) letra de câmbio c) debenture d) CDB

26 Noções de Economia e Finanças A Taxa Referenciada – TR é calculada com base nas operações de a) nota promissória b) letra de câmbio c) debenture d) CDB Bom senso. É a única resposta que tem um título altamente negociável e comum do mercado. A TR = TBF – Redutor TBF = média da taxa de juros paga de negociação de CDBs pré fixados de 30 a 35 dias dos bancos.

27 Noções de Economia e Finanças A Taxa DI é a) divulgada diariamente pela SELIC b) calculada com base em 360 dias corridos c) base de cálculo para a TR – Taxa Referencial d) calculada com base nas operações do mercado interfinanceiro, de um dia, com lastro em CDI

28 Noções de Economia e Finanças A Taxa DI é a) divulgada diariamente pela SELIC – Esta é a Taxa SELIC b) calculada com base em 360 dias corridos – Calculada com base em operações de 1 dia e não de 360 dias. c) base de cálculo para a TR – Taxa Referencial – Quem serve de base é o CDB e a TBF, não o CDI d) calculada com base nas operações do mercado interfinanceiro, de um dia, com lastro em CDI Taxa DI CETIP, operações de um dia do mercado de CDI (mercado interbancário)

29 Noções de Economia e Finanças O IGP-M é o índice calcuilado mensalmente pela FGV apurado com preços coletados no periodo de a) 21 a 20 de cada mês, sendo divulgado no final do mês de referência b) 01 a 30 de cada mês, sendo divulgado no final do mês de referência c) 21 a 20 de cada mês, sendo divulgado no final do mês subsequente d) 01 a 30 de cada mês, sendo divulgado no final do mês subsequente

30 Noções de Economia e Finanças O IGP-M é o índice calcuilado mensalmente pela FGV apurado com preços coletados no periodo de a) 21 a 20 de cada mês, sendo divulgado no final do mês de referência b) 01 a 30 de cada mês, sendo divulgado no final do mês de referência c) 21 a 20 de cada mês, sendo divulgado no final do mês subsequente d) 01 a 30 de cada mês, sendo divulgado no final do mês subsequente – Este é o IGPM A idéia do IGP-M é divulgar o índice dentro do mesmo mês de apuração, por isso ele fecha no dia 20

31 Noções de Economia e Finanças O IPA (índice de preços no atacado), tece forte alta no mês passado. Esta alta influencia diretamente o: a) IGPM, índice composto pelo IPA, IPC, e INCC b) IPC, índice composto pelo IPA, IGPM, e INCC c) IGP-M, índice composto pelo IPA, IGPM, e INCC d) IGP-M, índice composto pelo IPA, IPC, e INCC

32 Noções de Economia e Finanças O IPA (índice de preços no atacado), tece forte alta no mês passado. Esta alta influencia diretamente o: a) IGPM, índice composto pelo IPA, IPC, e INCC b) IPC, índice composto pelo IPA, IGPM, e INCC c) IGP-M, índice composto pelo IPA, IGPM, e INCC d) IGP-M, índice composto pelo IPA, IPC, e INCC O IGP-M é composto pelo índice para as empresas, para as famílias e para a construção civil. O IGPM considera apenas a inflação para o cumsumo.

33 Noções de Economia e Finanças O mercado secundário se caracteriza por a) possibilitar negociações de ativos entre investidores b) gerar recursos para o emissor c) negociar ações de segunda linha d) lançamento de títulos pela empresa emissora

34 Noções de Economia e Finanças O mercado secundário se caracteriza por a) possibilitar negociações de ativos entre investidores b) gerar recursos para o emissor – Este é o mercado primário c) negociar ações de segunda linha – não importa o mercado d) lançamento de títulos pela empresa emissora – mercado primário O mercado secundário serve para dar liquidez ao mercado de títulos. Permite a troca de títulos entre investidores. Não gera caixa para as empresas.

35 Noções de Economia e Finanças A taxa SELIC-meta I.É determinada pelo COPOM em reuniões periodicas II.Reflete a média das operações interbancárias pelo prazo de 1 dsia, com lastro em títulos públicos III.É determinada pelo Coinselho Monetário Nacional Está correto o que se afirma em a) I e II apenas b) III apenas c) I, II e III d) I apenas

36 Noções de Economia e Finanças A taxa SELIC-meta I.É determinada pelo COPOM em reuniões periodicas II.Reflete a média das operações interbancárias pelo prazo de 1 dsia, com lastro em títulos públicos III.É determinada pelo Coinselho Monetário Nacional – Não, é pelo Copom Está correto o que se afirma em a) I e II apenas b) III apenas c) I, II e III d) I apenas Note que a I e a III não podem estar certo ao mesmo tempo.

37 Noções de Economia e Finanças Uma taxa de juros quadrimestral em percentual, na capitalização composta, possui taxa equivalente de 3% ao bimestre, obtida pela formula a) (1,03 - 1) x 100 b) (0,03 - 1) x 100 c) 1,03 x 2 d) 0,03 x 2 2 2

38 Noções de Economia e Finanças Uma taxa de juros quadrimestral em percentual, na capitalização composta, possui taxa equivalente de 3% ao bimestre, obtida pela formula a) (1,03 - 1) x 100 b) (0,03 - 1) x 100 c) 1,03 x 2 d) 0,03 x 2 2 2

39 Noções de Economia e Finanças Em um cenário de elevação da inflação o COPOM deverá adotar a estratégia de a) Reduzir a taxa de juros b) Elevar a taxa de juros c) Reduzir a taxa de câmbio d) Elevar a taxa de câmbio

40 Noções de Economia e Finanças Em um cenário de elevação da inflação o COPOM deverá adotar a estratégia de a) Reduzir a taxa de juros b) Elevar a taxa de juros c) Reduzir a taxa de câmbio d) Elevar a taxa de câmbio Política monetário, o COPOM deve aumentar a meta para reduzir o consumo e reduzir a inflação.

41 Noções de Economia e Finanças Foi observado na economia o crescimento do nível de consumo representado por bens e serviços comprados pelas fam´[ilias brasileiras. Odemos afirmar que este fato a) Provocará aumento do PIB b) Provocará redução do PIB c) Não provocará qualquer efeito no PIB d) Provavelmente reduzirá o nível de inflação

42 Noções de Economia e Finanças Foi observado na economia o crescimento do nível de consumo representado por bens e serviços comprados pelas fam´[ilias brasileiras. Odemos afirmar que este fato a) Provocará aumento do PIB b) Provocará redução do PIB c) Não provocará qualquer efeito no PIB d) Provavelmente reduzirá o nível de inflação PIB = aumento do valor agregado PIB = Consumo Nacional PIB = C + I + G + E - M


Carregar ppt "Noções de Economia e Finanças De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google