A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

15 a 19 de março - 2010 Reflexões sobre Mudanças Comportamentais e Organizacionais na Era da Revolução Digital Edmar Bulla / Sulfurico.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "15 a 19 de março - 2010 Reflexões sobre Mudanças Comportamentais e Organizacionais na Era da Revolução Digital Edmar Bulla / Sulfurico.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 15 a 19 de março Reflexões sobre Mudanças Comportamentais e Organizacionais na Era da Revolução Digital Edmar Bulla / Sulfurico.com.br

2

3 Você não está sozinho Tesarac é uma expressão nascida no bojo da confusão conceitual provocada pela quebra de modelos causada pela Internet.

4 Como será em cinco anos? Os especialistas de marketing usam tesarac para descrever a ausência de paradigmas, ou seja, um modelo de negócios agoniza mas o novo ainda não se consolidou e é impossível prever o desenrolar dos acontecimentos.

5 Você concorda? Tudo isto descreve mais ou menos o que está acontecendo na área do jornalismo, que é sem sombra de dúvida o setor da comunicação social mais afetado pelas mudanças provocadas pela Internet…. (Observatório da Imprensa)

6 E a receita publicitária? Saiu dia 15 a edição 2010 do The State of The News Media. O relatório informa que os jornais, incluindo os online, perderam 26% em receita publicitária em Nos últimos 3 anos, a perda chega a 43%. Também marcam quedas significativas as redes de TV (-8%), as revistas (-17%), o rádio (-22%) e as emissoras locais de TV (-22%). Apenas a TV a cabo não perdeu em receita publicitária.

7 Sustentabilidade financeira O estudo, assinado pelo Pew Project for Excellence in Journalism, pergunta que progressos têm sido feitos para encontrar novas formas de financiar o jornalismo diante da "crescente evidência de que a publicidade online convencional nunca sustentará a industria".

8 Tempo é dinheiro No caso dos jornais, compara o momento atual com uma ampulheta - os investimentos ainda feitos na mídia impressa representam o tempo que resta para inventar novos modelos de receita para o negócio. Os jornais precisam encontrar um novo modelo antes que o dinheiro (tempo) acabe.

9 Com a palavra, o diretor O jornal continua sendo um veículo de grande credibilidade, tanto que estudos indicam disposição de os consumidores pagarem pelo conteúdo online, porque reconhecem que a informação qualificada tem um custo. Sabemos que o modelo de negócio vai mudar. Não há fórmula sugerida, mas há uma luz ao indicar o valor que se dá ao meio jornal e depois, como já percebem algumas empresas, prevê-se que o modelo de negócio rentável vai combinar jornais impressos, que não desaparecerão, com versões online. Ricardo Pedreira, diretor executivo da Associação Nacional de Jornais (ANJ).

10 E finalizando... O papel vai sobreviver ao lado de outras plataformas, não nos formatos e volumes que têm hoje, haverá cortes de pessoal e também o desaparecimento de títulos líderes. O estudo feito pela consultoria PricewaterhouseCoopers em parceria com a Associação Mundial de Jornais (WAN) indica que os jornais impressos têm futuro a longo prazo. O estudo pode ser visto no endereço eletrônico em versões em inglês, espanhol e francês:

11 Notícias online são commodities? De acordo com o estudo, a perda de nome tradicionais da imprensa mundial acontecerá, particularmente, nas empresas que não perceberem que os consumidores vêem as notícias online como commodities. Logo, estão dispostos a pagar por conteúdo específico e cada vez mais aprofundado e opinativo. O jornal Seattle Post, de 146 anos, decidiu encerrar sua publicação impressa e se converteu no primeiro diário digital dos Estados Unidos.

12 Seria o blog um novo estilo jornalístico? Se há poucos anos ainda existiam dúvidas sobre a influência da blogosfera no jornalismo, nos dias atuais, além das dúvidas terem desaparecido, a simbiose que emerge da relação entre os blogues e os jornais é objeto de análise de diversos estudos. (Observatório da Imprensa, 09/03/2010)

13 Caminhos possíveis

14 Idéias? Na verdade, tendo como centro a edição da notícia, a plataforma escolhida fica secundária à marca, diz o estudo. 1.Maior integração com as novas tecnologias e não soluções voltadas para o corte de custos. 2.Busca de vantagens competitivas na adoção de, por exemplo, envio de noticiário via celulares ou outros aparelhos portáteis 3.Criação de nichos para informações especializadas empacotadas para canais de acesso específicos.

15 Relembrando: tesarac é quando o mundo anda mais rápido do que a gente consegue acompanhar.

16 Título

17

18 Recorrendo a Platão

19

20 Medo Você acha que é esse medo da mudança que está retardando a decolagem definitiva da publicidade na internet?

21 Geração Y

22

23 Tudo ao mesmo tempo Novo modo de interação: Multicanalidade. Evolução de 6 para 33% das vendas em canais não tradicionais, em 10 anos. Fonte: McKinsey Consulting.

24 Interatividade e vídeo Youtube é o 3º site de buscas mais acessado no mundo e tem penetração de mais de 50% no Brasil e no México. Fonte: McKinsey Consulting.

25 Word of mouth 63% de confiança na recomendação de outros usuários (índice maior que qualquer outra fonte). Fonte: McKinsey Consulting.

26 Alta utilização das redes sociais 85% dos internautas brasileiros e 73%dos mexicanos fazem parte de redes sociais (entre os maiores do mundo). Fonte: McKinsey Consulting.

27 Alta penetração da internet 70 milhões de internautas no Brasil, com penetração de 40% na classe C. Fonte: McKinsey Consulting.

28 Co-criação / UGC 66% dos usuários de Internet compartilham informações e 42% já publicaram conteúdo online. Fonte: McKinsey Consulting.

29 Crescente Mobilidade 115% de penetração de celulares na Argentina e 165 milhões de linhas celulares no Brasil. Fonte: McKinsey Consulting.

30 Navegação intensa 27 horas de navegação mensal por internauta no Brasil e 26 no México (entre os maiores do mundo) Fonte: McKinsey Consulting.

31 15 a 19 de março


Carregar ppt "15 a 19 de março - 2010 Reflexões sobre Mudanças Comportamentais e Organizacionais na Era da Revolução Digital Edmar Bulla / Sulfurico.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google