A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Anatomia Retina e Coróide Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo Setor de Retina e Vítreo Dr. Rafael Caiado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Anatomia Retina e Coróide Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo Setor de Retina e Vítreo Dr. Rafael Caiado."— Transcrição da apresentação:

1 Anatomia Retina e Coróide Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo Setor de Retina e Vítreo Dr. Rafael Caiado

2 Embriologia Derivada Neuroectoderma Derivada Neuroectoderma Embrião Vesícula óptica 1ª Cálice óptico Embrião Vesícula óptica 1ª Cálice óptico Folheto Interno Retina sensorial Folheto Interno Retina sensorial Folheto Externo EPR Folheto Externo EPR Espaço virtual Espaço virtual

3 Anatomia Mais interna 3 túnicas Mais interna 3 túnicas Int: vítreo (hialóide posterior) Int: vítreo (hialóide posterior) Ext: M. Bruch (Coróide) Ext: M. Bruch (Coróide) Ant: epitélio ciliar (pars plana). Forma ora serrata Ant: epitélio ciliar (pars plana). Forma ora serrata Adesão forte ao vítreo: base do vítreo (ora serrata), disco óptico, vasos e mácula. Adesão forte ao vítreo: base do vítreo (ora serrata), disco óptico, vasos e mácula.

4 Topografia Retina Central ou Pólo Posterior (5–6mm) Retina Central ou Pólo Posterior (5–6mm) - Localizada entre arcadas vasculares temporais - Disco Óptico: saem fibras nervosas, entram artéria e veia central da retina - Mácula (1,5 mm) - Pigmento xantofílico - Zona avascular foveal (sem capilares) - Fóvea (0,57 mm) - Espelho côncavo reflexo característico - Parte mais fina da retina (não possui céls.ganglionares)

5 Pólo Posterior

6

7 Topografia Retina Periférica Retina Periférica Zona entre a porção anterior das veias vorticosas (equador do olho) e a pars plana do corpo ciliar Zona entre a porção anterior das veias vorticosas (equador do olho) e a pars plana do corpo ciliar Torna-se mais fina quanto mais periférica Torna-se mais fina quanto mais periférica

8 Citologia Fotorreceptores Fotorreceptores Cones Cones Bastonetes Bastonetes Interneurônios Interneurônios Células Bipolares Células Bipolares Células Horizontais Células Horizontais Células Amácrinas Células Amácrinas Células Gliais Células Gliais Células de Müller Células de Müller Astrócitos Astrócitos Micróglia Micróglia Células Ganglionares Células Ganglionares

9 Fotorreceptores 6-7 milhões cones / 120 milhões bastonetes 6-7 milhões cones / 120 milhões bastonetes 1º Neurônio da via visual 1º Neurônio da via visual Segmento externo (pigm. visuais- absorvem luz) Segmento externo (pigm. visuais- absorvem luz) Segmento interno (núcleo da célula-renovado) Segmento interno (núcleo da célula-renovado)

10 Fotorreceptores Cones: visão detalhada e cores mácula e fóvea Cones: visão detalhada e cores mácula e fóvea Bastonetes Bastonetes movimentos e formas grosseiras. movimentos e formas grosseiras. Funcionam melhor no escuro (visão noturna) Funcionam melhor no escuro (visão noturna) Predominam na retina.Exceção na fóvea (ausentes) Predominam na retina.Exceção na fóvea (ausentes)

11 Interneurônios Células Bipolares Células Bipolares 2º Neurônio da via visual 2º Neurônio da via visual Conectam Fotorreceptores e céls ganglionares Conectam Fotorreceptores e céls ganglionares

12 Interneurônios Células Horizontais e Amácrinas Células Horizontais e Amácrinas Neurônio de circuito local (associação) Neurônio de circuito local (associação) Modulam e transformam a informação visual Modulam e transformam a informação visual

13 Células Ganglionares 3º neurônio da via visual 3º neurônio da via visual 2 tipos celulares: 2 tipos celulares: Células Magnocelulares ou células M: levam informação de movimento, localização e percepção de profundidade Células Magnocelulares ou células M: levam informação de movimento, localização e percepção de profundidade Células Parvocelulares ou célula P: transmitem sinais sobre cor, forma e textura dos objetos Células Parvocelulares ou célula P: transmitem sinais sobre cor, forma e textura dos objetos

14 Células Gliais Células de sustentação da retina: Müller Müller Maiores células da retina Maiores células da retina Estende da MLI até MLE Estende da MLI até MLE Servem de Suporte Servem de Suporte Função nutritiva (síntese de colágeno) Função nutritiva (síntese de colágeno) Astrócitos e micróglia Astrócitos e micróglia Células estreladas Células estreladas envolvem fibras nervosas e pequenos vasos envolvem fibras nervosas e pequenos vasos

15 Histologia 1 MLI 2 Fibras Nervosas 3 Células Ganglionares 4 Plexiforme Interna 5 Nuclear Interna 6 Plexiforme Externa 7 Nuclear Externa 8 MLE 9 Fotorreceptores 10 EPR

16 Histologia 1 MLI 2 Fibras Nervosas 3 Células Ganglionares 4 Plexiforme Interna 5 Nuclear Interna 6 Plexiforme Externa 7 Nuclear Externa 8 MLE 9 Fotorreceptores 10EPR 11Coróide

17 MLI Formada por: 1.Membranas das células gliais 2.Terminações das células de Müller 3.Fibras colágenas vítreo 4.Mucopolissacarídeos

18 Fibras Nervosas Formada pelos axônios amielínicos das céls ganglionares Convergem e formam o Nervo Óptico Mais espessa próximo ao nervo óptico Mas delgada na periferia da retina

19 Células Ganglionares Corpos celulares das células Glanglionares Mais espessa na mácula Desaparece na fovéola

20 Plexiforme Interna Conexão das céls Bipolares com céls Ganglionares Amácrinas e Processos das células de Müller também se conectam com bipolares e ganglionares Não está presente na mácula

21 Nuclear Interna Contém núcleos das céls Bipolares, Horizontais, Amácrinas e céls de Müller

22 Plexiforme Externa Sinapse com dendritos das céls bipolares e os processos das céls horizontais Na fóvea Camada Fibrosa de Henle

23 Nuclear Externa Contém os núcleos dos fotorreceptores

24 MLE Entre segmento externo e interno dos fotorreceptores Formada pelas células gliais, terminações das células de Müller e segmento interno dos fotorreceptores

25 Fotorreceptores Intimamente ligada ao EPR Formada pela porção externa dos cones e bastonetes Transdução: transforma energia luminosa em energia química e elétrica

26 EPR Única camada céls cúbicas Nervo óptico até ora serrata Núcleos na base Céls não regeneram Renovam seg. ext. fotorreceptores Metabolismo Vit. A Barreira hemato-retiniana Respostas atrófica, hipertrófica e hiperplásica a doença

27 Histologia da Mácula Centro do ponto focal do sistema óptico Alta concentração de cones Bastonetes começam a aparecer na periferia da fóvea Apresenta pelo menos 2 camadas de células ganglionares, estando ausente na fóvea Axônios das células fotorreceptoras seguem curso oblíquo formando camada de Henle (Plexiforme Externa) Axônios das células fotorreceptoras seguem curso oblíquo formando camada de Henle (Plexiforme Externa) Espaço extracelular potencialmente maior na mácula. (EMC) Espaço extracelular potencialmente maior na mácula. (EMC)

28 Vascularização da Retina 1. Artéria Central da Retina Nutre os 2/3 internos da retina Nutre os 2/3 internos da retina Nuclear interna, plexiforme interna, céls ganglionares, camada de fibras nervosas e MLI Nuclear interna, plexiforme interna, céls ganglionares, camada de fibras nervosas e MLI 2. Coriocapilar (coróide) Nutre o 1/3 externo da retina Nutre o 1/3 externo da retina EPR, Fotorreceptores, MLE, Nuclear externa e Plexiforme externa EPR, Fotorreceptores, MLE, Nuclear externa e Plexiforme externa MÁCULA MÁCULA

29 Vascularização da Retina Artéria Central da Retina Coriocapilar

30 Fotoquímica da Visão Fotorreceptores contêm subst. químicas – decompõem com exposição à luz. Fotorreceptores contêm subst. químicas – decompõem com exposição à luz. Bastonetes: rodopsina (semelhante ao dos cones=fotopsina) Bastonetes: rodopsina (semelhante ao dos cones=fotopsina) RODOPSINA RODOPSINACombinação Escotopsina: proteína + Escotopsina: proteína + 11-cisRetineno (derivado vitamina A) absorve luz Com a Luz: retineno começa a se separar da escotopsina e os radicais ionizados ficam expostos, excitando os bastonetes. Com a Luz: retineno começa a se separar da escotopsina e os radicais ionizados ficam expostos, excitando os bastonetes. Fotoquimica da visão cromática: pigm.azul, verde e vermelho Fotoquimica da visão cromática: pigm.azul, verde e vermelho

31 Fotoquímica da Visão Luz forte:maior parte da rodopsina armazenada será convertida em retineno, e após em vitamina A. Luz forte:maior parte da rodopsina armazenada será convertida em retineno, e após em vitamina A. Escuro: retineno converte-se em rodopsina,reduzindo a concentração de retineno, permitindo que a vitamina A seja convertida em Retineno, transformando-se em rodopsina em poucos minutos. Escuro: retineno converte-se em rodopsina,reduzindo a concentração de retineno, permitindo que a vitamina A seja convertida em Retineno, transformando-se em rodopsina em poucos minutos. As porções de retineno são exatamente as mesmas nos cones e bastonetes, assim as combinações sensíveis são retineno e fotopsinas. As porções de retineno são exatamente as mesmas nos cones e bastonetes, assim as combinações sensíveis são retineno e fotopsinas. Cones: 3 pigmentos sensíveis a cor: azul, verde e vermelho Cones: 3 pigmentos sensíveis a cor: azul, verde e vermelho

32 Fototransdução In the recovery phase, active retinal is reduced to its inactive form in the cells of the pigment layer. It then returns to the rod and recombines with the opsin to form rhodopsin. The cGMP levels are restored, Na channels open, cell depolarizes and tonic release of transmitter is resumed

33 Anatomia da Coróide Constitui a maior parte do trato uveal. Está entre a retina e a esclera, da ora serrata ao nervo óptico. Constitui a maior parte do trato uveal. Está entre a retina e a esclera, da ora serrata ao nervo óptico. Origem: Derivada do mesoderma. Origem: Derivada do mesoderma. Dimensões: » Espessura: - Anteriormente: 0,1mm » Posteriormente: 0,25mm Dimensões: » Espessura: - Anteriormente: 0,1mm » Posteriormente: 0,25mm

34 Histologia: Constituída de 4 camadas (de fora para dentro): Histologia: Constituída de 4 camadas (de fora para dentro): Lâmina supra- coroidéa: Constituída de células pigmentadas. Lâmina supra- coroidéa: Constituída de células pigmentadas. Lâmina vascular: Constituída de artérias (a partir das artérias ciliares posteriores curtas) e veias (que drenam para as veias vorticosas). Lâmina vascular: Constituída de artérias (a partir das artérias ciliares posteriores curtas) e veias (que drenam para as veias vorticosas). Lâmina coriocapilar: Constituída de capilares, onde mais externamente por vasos maiores (camada de Haller) e mais internamente por vasos médios (camada de Sattler). Lâmina coriocapilar: Constituída de capilares, onde mais externamente por vasos maiores (camada de Haller) e mais internamente por vasos médios (camada de Sattler). Lâmina basal ou Membrana de Bruch(5 camadas) Lâmina basal ou Membrana de Bruch(5 camadas) Inervação: Através dos nervos ciliares longos e curtos e nasociliar. Inervação: Através dos nervos ciliares longos e curtos e nasociliar.


Carregar ppt "Anatomia Retina e Coróide Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo Setor de Retina e Vítreo Dr. Rafael Caiado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google