A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PADRÃO DE SUSCEPTIBILIDADE AOS ANTIMICROBIANOS DE ENTEROBACTERIACEAE ISOLADAS NO HOSPITAL CENTRAL DE MAPUTO, 2009-2010. Leonel Monteiro Univ. Eduardo Mondlane.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PADRÃO DE SUSCEPTIBILIDADE AOS ANTIMICROBIANOS DE ENTEROBACTERIACEAE ISOLADAS NO HOSPITAL CENTRAL DE MAPUTO, 2009-2010. Leonel Monteiro Univ. Eduardo Mondlane."— Transcrição da apresentação:

1 PADRÃO DE SUSCEPTIBILIDADE AOS ANTIMICROBIANOS DE ENTEROBACTERIACEAE ISOLADAS NO HOSPITAL CENTRAL DE MAPUTO, Leonel Monteiro Univ. Eduardo Mondlane T Zimba; D Nota; B Skaggs 1 I Jornadas Cientificas do Hospital Central de Maputo, 27 e 28 de Maio de 2011

2 Introdução Susceptibilidade aos antimicrobianos S, I, R Resistência aos antimicrobianos Crescente ameaça para a Saúde Pública global (WHO, 2001) Natural ou adquirida Circulação de bactérias resistentes nos hospitais, falhas no tratamento, tratamento empírico inadequado (Tenover, 2006). 2

3 Gram-negativos Alta prevalência no mundo Carência de drogas modernas para o seu controlo (Bartoloni et. al., 2004 e Vlieghe et. al., 2009) Enterobacteriaceae Mais importantes patógenos humanos E. coli, K. pneumoniae, P. mirabilis, Enterobacter spp., e S. marcescens, mais isoladas (Karlowsky et. al., 2003). Dados Susceptibilidade aos antimicrobianos Vigilância e práticas clínicas WHONET 3

4

5 Objectivo Descrever o padrão de susceptibilidade aos antimicrobianos de Enterobacteriaceae isoladas no Hospital Central de Maputo, Outubro de 2009 a Outubro de

6 Metodologia Novembro de 2010; LAC do HCM; Amostras de pacientes internados e ambulatórios Métodos Microbiológicos TSA: Kirby-Bauer (WHO, 2001) – S, I, R; Halo de inibição/CLSI (Clinical and Laboratory Standard Institute). Dados de Outubro de 2009 a Outubro de 2010 WHONET 5.5. e Microsoft Office Excel

7 Distribuição dos isolados por tipo de paciente 7 n=813

8 Distribuição dos isolados por tipo de amostra 8 * Líquido Cefalorraquidiano ** Lavado bronqueoalveolar; líquido pleural, fluído gástrico, feridas, zaragatoas rectais. *** Serratia spp, Hafnia alvei, Morganella morganii, Ewingella americana.

9 Susceptibilidade aos antimicrobianos de Enterobacteriaceae, Outubro de 2009 a Outubro de

10 10

11 Susceptibilidade aos antimicrobianos de E. coli, Outubro de 2009 a Outubro de 2010 Ambulatórios (n=75) Internados (n=181) 11

12 Ambulatórios Internados 12

13 Susceptibilidade aos antimicrobianos de Klebsiella spp, Outubro de 2009 a Outubro de 2010 Ambulatórios (n=27) Internados (n=255) 13

14 Ambulatórios Internados 14

15 Susceptibilidade aos antimicrobianos de Proteus spp, Outubro de 2009 a Outubro de 2010 Internados (n=71) Ambulatórios (n=10) 15

16 Internados Ambulatórios 16

17 Conclusões Resistentes para maioria dos antimicrobianos Segunda linha: Amicacina, Piperacilina, Amoxicilina/ácido clavulâmico Mecanismos sistemáticos de avaliação da susceptibilidade aos antimicrobianos Uso de WHONET Armazenamento, controlo de qualidade, utilização da informação – melhor entendimento da magnitude do problema; Vigilância periódica Definir padrões específicos de resistência no HCM Uma vez por ano/Partilha com outros profissionais 17

18 18 OBRIGADO


Carregar ppt "PADRÃO DE SUSCEPTIBILIDADE AOS ANTIMICROBIANOS DE ENTEROBACTERIACEAE ISOLADAS NO HOSPITAL CENTRAL DE MAPUTO, 2009-2010. Leonel Monteiro Univ. Eduardo Mondlane."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google