A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mapas conceituais e V de Gowin Ana Velloso Carolina Ap. Sabatini Sidney Xavier dos Santos Estratégias de Ensino Prof. Drª. Salete Linhares Queiroz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mapas conceituais e V de Gowin Ana Velloso Carolina Ap. Sabatini Sidney Xavier dos Santos Estratégias de Ensino Prof. Drª. Salete Linhares Queiroz."— Transcrição da apresentação:

1 Mapas conceituais e V de Gowin Ana Velloso Carolina Ap. Sabatini Sidney Xavier dos Santos Estratégias de Ensino Prof. Drª. Salete Linhares Queiroz

2 Ciências em geral são tradicionalmente muito Ciências em geral são tradicionalmente muito difíceis para o entendimento dos estudantes. Ciências em geral são tradicionalmente muito Ciências em geral são tradicionalmente muito difíceis para o entendimento dos estudantes. Muitos estudiosos atribuem essa dificuldade ao fato dos livros serem organizados em unidades e capítulos, o que dificulta a conexão mental entre os diferentes assuntos. Muitos estudiosos atribuem essa dificuldade ao fato dos livros serem organizados em unidades e capítulos, o que dificulta a conexão mental entre os diferentes assuntos. Nicoll, G.; Francisco, J.; Nakhleh, M. J. Chem. Edu., v.78, n.8, , 2001.

3 São ferramentas que podem ser utilizadas pelo professor em sala de aula para facilitar a aprendizagem dos alunos. Estratégias de Ensino Exemplos: Livro didático, computador, filmes, aulas demonstrativas, maneira como os alunos ficam organizados, jogos, MAPAS CONCEITUAIS E V de GOWIN. Exemplos: Livro didático, computador, filmes, aulas demonstrativas, maneira como os alunos ficam organizados, jogos, MAPAS CONCEITUAIS E V de GOWIN.

4 Década de 60: Influência Behaviorista no auge. Ensino e aprendizagem estímulos, respostas e reforços, não como significados Década de 60: Influência Behaviorista no auge. Ensino e aprendizagem estímulos, respostas e reforços, não como significados não se fala em estímulos, resposta e reforço As palavras da ordem são: Aprendizagem significativa Mudança conceitual Construtivismo não se fala em estímulos, resposta e reforço As palavras da ordem são: Aprendizagem significativa Mudança conceitual Construtivismo Significado lógico significado psicológico Atualmente: Mas, David Ausubel teoria de aprendizagem significativa

5 Aprendizagem significativa: Aspectos relevantes da estrutura cognitiva pré-existentes do indivíduo Aspectos relevantes da estrutura cognitiva pré-existentes do indivíduo Nova informação InterageInterage subsunçoressubsunçores Quando não há interação, a aprendizagem é mecânica!

6 Na aprendizagem significativa, há uma interação entre o novo conhecimento(A) e o conhecimento já existente(a), na qual ambos se modificam. A + a = Aa A + a = Aa Na aprendizagem significativa, há uma interação entre o novo conhecimento(A) e o conhecimento já existente(a), na qual ambos se modificam. A + a = Aa A + a = Aa A estrutura cognitiva está sempre se reestruturando durante a aprendizagem significativa. O processo é dinâmico, o conhecimento vai sendo construído.

7 ~1977- Joseph Novak passou a colaborar com Ausubel. Assumiu a tarefa de divulgar e refinar a teoria. Assumiu a tarefa de divulgar e refinar a teoria. ~1977- Joseph Novak passou a colaborar com Ausubel. Assumiu a tarefa de divulgar e refinar a teoria. Assumiu a tarefa de divulgar e refinar a teoria. Novak deu novos significados a este conceito e estendeu o âmbito de sua aplicação. Novak ultrapassou a visão predominantemente cognitivista que Ausubel dava à aprendizagem significativa, imprimindo-lhe uma conotação humanista.

8 A aprendizagem significativa subjaz à integração construtiva entre pensamentos, sentimento e ação, que conduz ao engrandecimento humano. Para Novak:

9 Qualquer evento educativo é uma ação para trocar significados (pensar) e sentimentos entre o aprendiz e o professor. Qualquer evento educativo é uma ação para trocar significados (pensar) e sentimentos entre o aprendiz e o professor. Para entender esta idéia, é necessário introduzir a idéia de lugares comuns da educação, originalmente propostos por Schwab.

10 da aprendizagem do desempenho do grau de significância do efeito Evento Educacional Aprendiz Professor Matéria de ensino Contexto Schwab Avaliação Novak Conhecimento Troca de significados e sentimentos

11 O objetivo dessa troca é a aprendizagem significativa de um novo conhecimento contextualmente aceito. Novak propõe sua teoria como mais abrangente do que a teoria da aprendizagem significativa. Novak dedicou grande parte de sua teoria ao conceito de aprendizagem significativa e à facilitação desta aprendizagem por meio de duas estratégias instrucionais: Mapas Conceituais e V de Gowin Novak dedicou grande parte de sua teoria ao conceito de aprendizagem significativa e à facilitação desta aprendizagem por meio de duas estratégias instrucionais: Mapas Conceituais e V de Gowin

12 De um modo geral, os mapas conceituais são representações gráficas, que indicam relações entre conceitos ligados por palavras. De um modo geral, os mapas conceituais são representações gráficas, que indicam relações entre conceitos ligados por palavras. Foi desenvolvida pelo Prof. Joseph D. Novak na Universidade de Cornell em Foi desenvolvida pelo Prof. Joseph D. Novak na Universidade de Cornell em O que são mapas conceituais? Moreira, M.A. O ENSINO, N°23 a 28: 87-95, 1988.

13 Os mapas conceituais têm como proposta: facilitar a formação de conexões entre os diferentes conteúdos e áreas de ensino. Os mapas conceituais têm como proposta: facilitar a formação de conexões entre os diferentes conteúdos e áreas de ensino. É um método visual que ajuda os alunos a organizarem seus próprios pensamentos. É um método visual que ajuda os alunos a organizarem seus próprios pensamentos. Os mapas conceituais normalmente possuem uma organização hierárquica. Os mapas conceituais normalmente possuem uma organização hierárquica.

14 É uma ferramenta educacional; É uma forma de representação ou organização do conhecimento; É uma forma de representação ou organização do conhecimento; Mostra as relações entre os conceitos de forma explícita e concisa; Mostra as relações entre os conceitos de forma explícita e concisa; Mostra o pensamento do autor sobre qualquer assunto ou tópico; Mostra o pensamento do autor sobre qualquer assunto ou tópico; Não é auto-instrutivo De acordo com Novak (1984), o mapa conceitual :

15 Como construir um Mapa Conceitual? 1. Escrever dentro de um retângulo o conceito principal 2. Organizar outros retângulos contendo palavras relacionadas ao conceito principal 3. Conectar os conceitos com linhas e rotular essas linhas com uma ou mais palavras que explicitem a relação entre os conceitos; 4. Exemplos podem ser agregados ao mapa, embaixo dos conceitos correspondentes.

16 Corrente elétrica Bateria eletrólise Trabalha por meio de gera elétron íon é um movimento de Condutor elétrico Atua como São obtidos por oxidação redução do É baseada no fenômeno da Átomo Está contido núcleo Regis, A.; Albertazzi, P.G. J Chem. Edu., v.73, n.11, , 1996.

17 Para os professores, os mapas conceituais podem constituir-se em poderosos auxiliares nas suas tarefas rotineiras, tais como: Utilização Tornar claro os conceitos difíceis, arranjando-os em uma ordem sistemática; Manter os alunos mais atentos, permitindo a visualização dos conceitos chaves e suas inter-relações; Verificar a aprendizagem e identificar conceitos mal compreendidos pelos alunos; Auxiliar os professores na avaliação do processo de ensino;

18 Utilização Permite ao estudante: Fazer anotações Fazer anotações Resolver problemas Resolver problemas Planejar o estudo de grandes relatórios Planejar o estudo de grandes relatórios Preparar-se para as avaliações Preparar-se para as avaliações Identificar a integração dos tópicos Identificar a integração dos tópicos

19 Aplicações: Exploração do que os alunos já sabem; Roteiro de aprendizagem; Preparação de trabalhos escritos; Preparação de exposições orais; Extração dos significados dos livros e textos; Extração dos significados de trabalhos de laboratório e trabalhos de campos.

20 Vantagens Enfatizar a estrutura conceitual de uma disciplina e o papel dos sistemas conceituais em seu desenvolvimento; Mostrar que os conceitos de uma certa disciplina apresentam uma ordem hierárquica de inclusividade que facilite sua aprendizagem e retenção; Proporcionar uma visão integrada do assunto.

21 Desvantagens Se o mapa não tem significado para os alunos, ele pode ser encarado como algo mais a ser memorizado. Os mapas podem ser muito complexos ou confusos, dificultando a aprendizagem e retenção; A habilidade dos alunos em construir suas próprias hierarquias conceituais pode ser inibida pelo fato de já receberem prontas as estruturas propostas pelo professor.

22

23 Contribuição de Gowin Trabalho de doutorado: Filosofia da Trabalho de doutorado: Filosofia daCiência Ciência Problema: Problema: Alunos sem consciência no laboratório. Alunos sem consciência no laboratório. Seguem apenas receitas (protocolos Seguem apenas receitas (protocolos experimentais), sem se preocuparem com fundamentos. Problema: Problema: Alunos sem consciência no laboratório. Alunos sem consciência no laboratório. Seguem apenas receitas (protocolos Seguem apenas receitas (protocolos experimentais), sem se preocuparem com fundamentos.

24 Método da 5 perguntas 1. Qual é a pergunta determinante? 2. Quais são os conceitos "chaves"? 3. Quais são os métodos de pesquisa (compromisso com os procedimentos)? 4. Quais são as principais afirmações sobre conhecimentos? 5. Quais são os juízos de valor? O V de Gowin se deriva do "Método das cinco perguntas:

25 V Gowin Esta é uma técnica idealizada por Gowin e Novak em 1977; Auxilia na resolução de um problema ou para entender as estruturas utilizadas no processo de construção do conhecimento; Assume a forma de um "V";

26 PlanejamentoAção Juízo de Valor Juízo Cognitivo Transformação de Dados Dados Juízo de Valor Juízo Cognitivo Transformação de Dados Dados Filosofia Teoria Princípios e leis Conceitos Filosofia Teoria Princípios e leis Conceitos Construção Fenômenos, acontecimentos e objetos ConceitualMetodologia Pergunta chave

27 a)Eficiente b)eficiente c)eficiente d)ineficiente experimentação funil analítico, provetas e béqueres.

28 UtilizaçãoUtilização Recurso de aprendizagem Facilitar a aprendizagem significativa da ciência: a) na construção do conhecimento por parte dos alunos; b) no planejamento do ensino por parte do professor Facilitar a aprendizagem significativa da ciência: a) na construção do conhecimento por parte dos alunos; b) no planejamento do ensino por parte do professor

29 UtilizaçãoUtilização Auxiliar o estudante no laboratório Ajudar a tornar claro o conteúdo dos artigos, por vezes obscuros, com que ele tem de trabalhar Auxiliar na preparação de trabalhos escritos

30 Vantagens:Vantagens: Ao se basear nesse instrumento, o aluno deve: 1. Ter presente, a todo o momento, o objeto e o problema em estudo, não trabalhando às cegas; 2. Refletir sobre os conceitos e as relações entre eles; 3. Utilizar o quadro conceitual para atribuir significado aos registros efetuados; 4. De um modo geral, a aprendizagem é feita em menor tempo se comparado com o método tradicional

31 VantagensVantagens 5. Utilizar as teorias para reorganizar e transformar os dados em conclusões; 6. Interpretar as conclusões com base nas teorias; 7. Enriquecer os seus conceitos e aprimorar as suas teorias com base nas observações e conclusões; 8. Formular juízos cognitivos e de valor a cerca do trabalho efetuado com base nas teorias.

32 DesvantagensDesvantagens O V pode ser muito complexo ou confuso, dificultando a aprendizagem significativa do aluno A construção do V pelos alunos pode ficar inibida em função de já receberem prontas as estruturas propostas pelo professor Se o professor não orientar os alunos em relação ao uso do V eles podem encará-lo como algo mais a ser decorado

33 Fundamentação teórica É um instrumento que se enquadra perfeitamente no paradigma construtivista atual; A aprendizagem é uma estrutura em que a interação entre os acontecimentos, os conceitos e os fatos desempenham um papel decisivo; No processo de ensino-aprendizagem, o professor e o aluno estão intimamente envolvidos num compartilhar de significados a respeito dos conhecimentos veiculados pelo material educativo.

34 Conclusão: Mapas conceituais: Diagramas hierárquicos que procuram refletir a estrutura conceitual e relacional da matéria que está sendo ensinada. Mapas conceituais: Diagramas hierárquicos que procuram refletir a estrutura conceitual e relacional da matéria que está sendo ensinada. V de Gowin: Voltado mais para a questão da construção do conhecimento humano, enfatizando interação entre pensar e fazer. V de Gowin: Voltado mais para a questão da construção do conhecimento humano, enfatizando interação entre pensar e fazer.

35 Referências bibliográficas Nicoll, G.; Francisco, J.; Nakhleh, M. Na investigation of the value of using concept maps in general chemistry. Journal of Chemical Education, vol.78, n.8, p.1111, Nicoll, G.; Francisco, J.; Nakhleh, M. Na investigation of the value of using concept maps in general chemistry. Journal of Chemical Education, vol.78, n.8, p.1111, Regis, A.; Albertazzi, P. G. concept maps in chemistry education. Journal of Chemical Education, vol.73, n.11, p.1084, Regis, A.; Albertazzi, P. G. concept maps in chemistry education. Journal of Chemical Education, vol.73, n.11, p.1084, Moreira, M.A. Aprendizagem Significativa. Editora Unb, Brasília, Moreira, M.A. Aprendizagem Significativa. Editora Unb, Brasília, Moreira, M. A. Mapas conceituais e aprendizagem significativa. O ENSINO, N°23 a 28: 87-95, Nicoll, G.; Francisco, J.; Nakhleh, M. Na investigation of the value of using concept maps in general chemistry. Journal of Chemical Education, vol.78, n.8, p.1111, Nicoll, G.; Francisco, J.; Nakhleh, M. Na investigation of the value of using concept maps in general chemistry. Journal of Chemical Education, vol.78, n.8, p.1111, Regis, A.; Albertazzi, P. G. concept maps in chemistry education. Journal of Chemical Education, vol.73, n.11, p.1084, Regis, A.; Albertazzi, P. G. concept maps in chemistry education. Journal of Chemical Education, vol.73, n.11, p.1084, Moreira, M.A. Aprendizagem Significativa. Editora Unb, Brasília, Moreira, M.A. Aprendizagem Significativa. Editora Unb, Brasília, Moreira, M. A. Mapas conceituais e aprendizagem significativa. O ENSINO, N°23 a 28: 87-95, 1988.


Carregar ppt "Mapas conceituais e V de Gowin Ana Velloso Carolina Ap. Sabatini Sidney Xavier dos Santos Estratégias de Ensino Prof. Drª. Salete Linhares Queiroz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google