A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL DA DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE SERVIÇOS DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - DES-IF.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL DA DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE SERVIÇOS DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - DES-IF."— Transcrição da apresentação:

1 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL DA DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE SERVIÇOS DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - DES-IF

2 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF O QUE É A DES-IF? DOCUMENTO FISCAL: DECLARAÇÃO EXCLUSIVAMENTE DIGITIAL INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS Aquelas autorizadas pelo Banco Central e que são obrigadas a utilizar o Plano de Contas das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (COSIF).

3 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF PRINCIPAL OBJETIVO REGISTRO DA APURAÇÃO DO ISS Declaração de todas as contas que interferem no resultado Escrituração eletrônica da apuração do Imposto Sobre Serviços devido

4 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF GERAÇÃO DA DES-IF PROGRAMA VALIDADOR-ASSINADOR Importação dos Dados Validação Assinatura e Transmissão por Certificado Digital

5 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF NECESSIDADE DA OBRIGAÇÃO NÃO EMISSOR DE NFS-e POSSIBILIDADE DE CENTRALIZAÇÃO DA CONTABILIDADE (COSIF) CRESCIMENTO DAS RECEITAS CARACTERIZADAS COMO OUTRAS RECEITAS

6 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF INTERESSE DO BANCO CENTRAL FOCO DE ATUAÇÃO NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CENTRALIZADAS Por instituição, consolidado com suas agências, dependências no exterior e demais instituições financeiras e não financeiras, nas quais a Instituição Financeira tenha participação

7 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF NECESSIDADE DA OBRIGAÇÃO NÃO EMISSOR DE NFS-e POSSIBILIDADE DE CENTRALIZAÇÃO DA CONTABILIDADE (COSIF) CRESCIMENTO DAS RECEITAS CARACTERIZADAS COMO OUTRAS RECEITAS

8 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF TIPO DE RECEITASFN (ano: 2010 – R$mil)Participação RENDAS DE ADMINISTRAÇÃO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO % RENDAS DE ADMINISTRAÇÃO DE FUNDOS E PROGRAMAS % RENDAS DE ADMINISTRAÇÃO DE LOTERIAS % RENDAS DE ADMINISTRAÇÃO DE SOCIEDADES DE INVESTIMENTO % RENDAS DE ASSESSORIA TÉCNICA % RENDAS DE TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO DE CONSÓRCIOS % RENDAS DE COBRANÇA % RENDAS DE COMISSÕES DE COLOCAÇÃO DE TÍTULOS % RENDAS DE CORRETAGENS DE CÂMBIO % RENDAS DE ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS REDESCONTADOS 00% RENDAS DE CORRETAGENS DE OPERAÇÕES EM BOLSAS % RENDAS DE SERVIÇOS DE CUSTÓDIA % RENDAS DE SERVIÇOS PRESTADOS A LIGADAS % RENDAS DE TRANSFERÊNCIA DE FUNDOS % REND SERVICOS PRIORITARIOS-PF % RENDAS DE TARIFAS BANCÁRIAS-PJ % RENDAS DE OUTROS SERVICOS % RENDAS DE GARANTIAS PRESTADAS % TOTAL

9 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF CONSTRUÇÃO DO MODELO CONCEITUAL CÂMARA TÉCNICA PERMANENTE – ABRASF EXPERTISE COM A NFS-e

10 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF GRUPOS TÉCNICOS DA CTP-ABRASF GT-01 – Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) GT-02 – Dec. Eletrônica de Serviços de Inst. Financeiras (Des-IF) GT-03 – Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) GT-04 – Dívida Ativa GT-05 – Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) GT-06 – Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) GT-07 – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) GT-08 – Contabilidade Aplicada ao Setor Público GT-09 – Cadastro Nacional dos Prestadores de Serviços GT-10 – Simples Nacional GT-11 – Transferências Constitucionais

11 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF GRUPOS TÉCNICOS DA CTP-ABRASF GT-01 – Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) GT-02 – Dec. Eletrônica de Serviços de Inst. Financeiras (Des-IF) GT-03 – Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) GT-04 – Dívida Ativa GT-05 – Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) GT-06 – Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) GT-07 – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) GT-08 – Contabilidade Aplicada ao Setor Público GT-09 – Cadastro Nacional dos Prestadores de Serviços GT-10 – Simples Nacional GT-11 – Transferências Constitucionais

12 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF CONSTRUÇÃO DO MODELO CONCEITUAL CÂMARA TÉCNICA PERMANENTE – ABRASF EXPERTISE COM A NFS-e

13 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF HISTÓRICO CONSTRUÇÃO DO MODELO 1.0 CONSTRUÇÃO DO MODELO 2.0 E DO MÓDULO DE AUDITORIA 1.0 CONSTRUÇÃO DO MODELO 3.0 E DO MÓDULO DE AUDITORIA 2.0

14 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MÓDULO DE AUDITORIA SISTEMA INFORMATIZADO GERA INDICATIVOS PARA FISCALIZAÇÃO MECANISMOS PARA O TRABALHO DA AUDITORIA A modelagem da auditoria não será publicizada, devendo, inicialmente, apenas circular nas municipalidades integrantes da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais.

15 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF HISTÓRICO CONSTRUÇÃO DO MODELO 1.0 CONSTRUÇÃO DO MODELO 2.0 E DO MÓDULO DE AUDITORIA 1.0 CONSTRUÇÃO DO MODELO 3.0 E DO MÓDULO DE AUDITORIA 2.0

16 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL 3.0 MÓDULO INFORMAÇÕES COMUNS Identificação da Declaração Plano Geral de Contas Comentado – PGCC Tabela de Tarifas Bancárias Tabela de Identificação de Outros Produtos e Serviços

17 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL 3.0 MÓDULO APURAÇÃO MENSAL DO ISS Identificação da Declaração Identificação da Dependência Demonstrativo da Apuração da Receita Tributável e do ISS mensal devido por Subtítulo Demonstrativo do ISS Mensal a Recolher

18 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL 3.0 MÓDULO DEMONSTRATIVO CONTÁBIL Identificação da Declaração Identificação da Dependência Balancete Analítico Mensal Demonstrativo das Partidas dos Lançamentos Contábeis

19 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF VERSÃO 2.0 VERSÃO 3.0 PRINCIPAIS MODIFICAÇÕES a) Ajuste no tratamento das Contas Mistas b) Obrigatoriedade: Contas de Resultado c) Realocação do Módulo de Partidas Contábeis dentro dos Demonstrativos d) COSIF Equivalente nos Demonstrativos e) Critérios de Tratamento das Contas de Despesa pela Adm. Tributária Municipal

20 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF ESTÁGIO ATUAL DO PROJETO 1 MODELO 3.0 AINDA NÃO PUBLICADO a) Debate encerrado na CTP-ABRASF b) Necessidade de Homologação ou Sugestões de outras entidades 2 INTEGRAÇÃO AO SPED 3 PARALELISMO ENTRE DES-IF E NFS-E 4 PVA NACIONAL

21 IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF OBRIGADO! andreluismacedo André Macêdo


Carregar ppt "IX ENAT MODELO CONCEITUAL DA DES-IF MODELO CONCEITUAL DA DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE SERVIÇOS DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - DES-IF."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google