A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

POLICLÍNICA NAVAL NOSSA SENHORA D A GLÓRIA CF KARLA LACERDA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "POLICLÍNICA NAVAL NOSSA SENHORA D A GLÓRIA CF KARLA LACERDA."— Transcrição da apresentação:

1 POLICLÍNICA NAVAL NOSSA SENHORA D A GLÓRIA CF KARLA LACERDA

2 SEMINÁRIO DE SAÚDE CF KARLA LACERDA

3 PROCESSO DO ENVELHECIMENTO CF KARLA LACERDA

4 SUMÁRIO CONCEITO CONCEITO ALTERAÇÕES ANATÔMICAS E FUNCIONAIS NO ORGANISMO ALTERAÇÕES ANATÔMICAS E FUNCIONAIS NO ORGANISMO PERFIL EPIDEMIOLÓGICO NA MB PERFIL EPIDEMIOLÓGICO NA MB ATENDIMENTO NA SAÚDE ATENDIMENTO NA SAÚDE CONCLUSÃO CONCLUSÃO

5

6 TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA EM 1940 (4%) HOJE- 15 MILHÕES ( 9,6%) EM MILHÕES ( 15%) EM 2050 – ( 24%)

7

8

9

10

11

12

13

14

15 ENVELHECIMENTO O QUE ACONTECE COM UM ORGANISMO COM O PASSAR DO TEMPO. É UMA DAS FASES DE UMA LINHA DO TEMPO CHAMADA VIDA QUE COMEÇA AO NASCIMENTO E TERMINA COM A MORTE. UMA SÉRIE DE MUDANÇAS LETAIS QUE DIMINUEM AS PROBABILIDADES DE SOBREVIVÊNCIA. NÃO HÁ UM MARCADOR BIOFISIOLÓGICO DE SEU INÍCIO.

16

17 ENVELHECIMENTO É UM PROCESSO BIOLÓGICO, PROGRESSIVO E IRREVERSÍVEL NO QUAL OCORREM MODIFICAÇÕES FÍSICAS E FISIOLÓGICAS RESULTANTES DA AÇÃO DO TEMPO. ESTAS MUDANÇAS NÃO SÃO PRODUZIDAS POR DOENÇAS E VARIAM DE INDIVÍDUO PARA INDIVÍDUO. CARACTEÍSTICA - HETEROGENEIDADE

18 ENVELHECIMENTO NORMAL CORPO PELE E PÊLOS SISTEMA ÓSSEO E ARTICULAR SISTEMA MUSCULAR SISTEMA CARDIOVASCULAR SISTEMA RESPIRATÓRIO E DIGESTIVO SISTEMA URINÁRIO E REPRODUTOR SISTEMA NERVOSO

19

20 ENVELHECIMENTO NORMAL PELE E PÊLOS PERDA DE ELASTINA E COLÁGENO– RUGAS PERDA DA CAPACIDADE DE SUSTENTAÇÃO – BOLSAS ORBITAIS E SULCOS LABIAIS DIMINUIÇÃO DAS GLÂNDULAS- PELE SECA E ASPERA E POROS DILATADOS

21 ENVELHECIMENTO NORMAL PELE E PÊLOS PERDA DE PELOS ( 50 A 100 P/DIA ) PERDA DA PIGMENTAÇÃO COM ALTERAÇÃO NA COR

22 ENVELHECIMENTO NORMAL PELE E PÊLOS ALTERAÇÃO NOS MELANÓCITOS E ALÇAS CAPILARES – MANCHAS SENIS UNHAS FRÁGEIS

23 ENVELHECIMENTO NORMAL ESTATURA DIMINUI 1 CM / DÉCADA ACENTUAÇÃO APÓS 70 ANOS MODIFICAÇÕES : COLUNA VERTEBRAL CAIXA TORÁXICA

24

25 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA MUSCULAR DIMINUIÇÃO DA MASSA MUSCULAR

26 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA ÓSSEO OSSO POROSO E DELGADO- SUJEITO A FRATURAS PERDA DE MASSA AOS 60 ANOS- 5%

27 MARCHAMARCHA

28 MARCHAMARCHA

29 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA NERVOSO DIMINUIÇÃO DO PESO DO CÉREBRO ( APÓS 45 ANOS REDUÇÃO DE 20%.) DIMINUIÇÃO DAS SINAPSES NEURONAIS- RESPOSTAS REFLEXAS DIMINUÍDAS

30 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA CIRCULATÓRIO DIMINUI O NÚMERO DE CÉLULAS MUSCULARES QUE TEM SUA ELASTICIDADE REDUZIDA DIMINUIÇÃO DA RESPOSTA DE ELEVAÇÃO DA FREQUENCIA AOS ESFORÇOS – MENOR TOLERÂNCIA AO EXERCÍCIO OU SITUAÇÕES DE DEMANDA LIMITADA PERFORMANCE

31 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA CIRCULATÓRIO RIGIDEZ NA PAREDE DOS VASOS E DEPÓSITO DE PLACAS DE GORDURA – HIPERTENSÃO SISTÓLICA DIMINUIÇÃO DA RESPOSTA VASCULAR ÀS MUDANÇAS DE POSIÇÃO – MAIOR SUSCEPTIBILIDADE À HIPOTENSÃO

32 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA RESPIRATÓRIO RIGIDEZ DA PAREDE TORÁXICA E PERDA DA ELASTICIDADE PULMONAR DIMINUIÇÃO DA POTÊNCIA MOTORA E MUSCULAR POR PERDA DE MASSA MENOR RESERVA FUNCIONAL PIOR DESEMPENHO FÍSICO

33 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA DIGESTIVO ALTERAÇÕES DA MOTILIDADE E FUNÇÃO SECRETÓRIA : LENTIFICAÇÃO DO TRÂNSITO LEVANDO A PLENITUDE E CONSTIPAÇÃO DIMINUIÇÃO DA ABSORÇÃO DE NUTRIENTES ESPECÍFICOS COMO EXEMPLO A VIT B12, VIT. D, ACIDO FÓLICO PERDA DO PALADAR- INAPETÊNCIA DESGASTE DENTÁRIO COM PERDA DOS DENTES

34 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA DIGESTIVO REDUÇÃO DA METABOLIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS FEITA PELO FÍGADO DEVIDO AO MENOR FLUXO SANGUÍNEO E DA SUA FUNÇÃO – CUIDADO COM OS REMÉDIOS

35 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA URINÁRIO PERDA DA FUNÇÃO RENAL EM MÉDIA DE 1% PARA CADA ANO DE VIDA A PARTIR DOS 40 ANOS. DESARRANJO DO EQUILÍBRIO MUSCULAR DA BEXIGA - CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO COMPROMETIDA. AUMENTO DA PRÓSTATA (75%).

36 ENVELHECIMENTO NORMAL SISTEMA REPRODUTOR ATROFIA DOS ÓRGÃOS ATROFIA DA MUCOSA VAGINAL PERDA DA ELASTICIDADE UTERINA DIMINUIÇÃO DE PÊLOS PUBIANOS TECIDO FIBROSO SUBSTITUINDO TECIDO MAMÁRIO DIMINUIÇÃO DA PRODUÇÃO DE GAMETAS DIMINUIÇÃO DOS HORMÔNIOS

37 ENVELHECIMENTO NORMAL QUALIDADE DE SONO COMPROMETIDA ALTERAÇÕES NO CICLO SONO-VIGÍLIA – DESPERTARES MOMENTÂNEOS E DE SONO DIURNO ALTERAÇÃO NO SISTEMA DE TERMOREGULAÇÃO. DIMINUIÇÃO DO REFLEXO DA SEDE E TOSSE

38 ENVELHECIMENTO NORMAL DETERIORAÇÃO DA VISÃO NORMAL POR ALTERAÇÕES DEGENERATIVAS DO OLHO ( perda da nitidez de cores, redução do campo, capacidade de adaptação noturna diminuída. ) DETERIORAÇÃO DA AUDIÇÃO POR DISFUNÇÃO DOS COMPONENTES DO SISTEMA AUDITIVO ACÚMULO DE CERA NO CONDUTO

39 FATORES DE RISCO FUMO ALIMENTAÇÃO INATIVIDADE ÁLCOOL SAÚDE ORAL

40 RISCO DE TER DCV OSTEOPORESE AVC INATIVOS

41 ATIVIDADE FÍSICA Benefícios biológicos: EFEITO BENÉFICO NA MASSA ÓSSEA E MUSCULAR REDUZ O RISCO CARDIOVASCULAR MELHORA O EQUILÍBRIO E POSTURA PROMOVE A SOCIABILIZAÇÃO ENTRE IDOSOS MELHORA DA AUTO-ESTIMA

42 ATIVIDADE FÍSICA Exercícios resistência (musculação) equilíbrio (Tai Chi, yoga, ponta dos pés, subir e descer degraus....) aeróbicos (caminhar, pedalar, hidroginástica) flexibilidade (alongamentos)

43 FUMO É o fator de risco que representa a causa de morte prematura mais evitável. Seus efeitos são cumulativos e de longa duração. Risco de derrame diminui após dois anos de abstinência e após cinco anos torna-se igual a dos indivíduos que nunca fumaram.

44 ÁLCOOL A suscetibilidade dos idosos a doenças relacionadas ao álcool é maior, além do risco de quedas e interação medicamentosa.

45 A boca existe ! Visite seu dentista É ESSENCIAL PARA UMA CORRETA E EFICIENTE MASTIGAÇÃO ALÉM DE MELHORAR A AUTOCONFIANÇA E AUTOESTIMA SAÚDE BUCAL

46 Faça exercícios Alimente-se bem Não fume e não beba Não utilize remédios sem orientação Controle a pressão, a glicemia Elimine as tensões e o stress Fuja do isolamento Exercite sua mente Procure fazer o que gosta Não fique ocioso Mantenha a qualidade do sono

47 ENVELHECIMENTO POPULACIONAL Atualmente 14 milhões de idosos ,9 % população > de 60 anos % população > de 60 anos % da demanda serviço saúde % da demanda serviço saúde

48 Em 1984 apenas 4,73 % dos usuários tinham mais que 60 anos e hoje este percentual é de 26,7%. Dos usuários do SSM, têm idade superior a 60 anos. Destes, estão na área do 1º DN sendo que residem no Estado do Rio de Janeiro ( cidade RJ). Fonte: DSM (AGO/2013)

49 CENTRO DE ATENÇÃO À TERCEIRA IDADE CATI

50 Promover atenção qualificada ao usuário com idade igual ou superior a 60 anos, por equipe interdisciplinar, com o objetivo de : prevenir os agravos à saúde; contribuir para o envelhecimento saudável com manutenção da autonomia e independência; e melhorar a qualidade de vida. PROPÓSITO

51 Usuários do Sistema de Saúde da Marinha com idade igual ou superior a 60 anos, portadores de doenças crônicas e declínio cognitivo leve com capacidade funcional preservada. PÚBLICO ALVO HNMD - SIAD

52 ENFERMEIRO FARMACÊUTICO FONOAUDIÓLOGO NEUROPSICÓLOGO NUTRICIONISTA PSICÓLOGO ASSISTENTE SOCIAL FISIOTERAPEUTA MÉDICO GERIATRA PACIENTE EQUIPE

53 Assistência interdisciplinar de idosos (médico, fonoaudiológicos, fisioterapêuticos, psicológicos); Avaliação neuropsicológica; Oficinas (prevenção de quedas, grupo da memória, do cuidador, terapêutico); Acompanhamento de familiares/cuidadores; e Ciclo de palestras educativas. ATIVIDADES REALIZADAS

54 FLUXOGRAMA Encaminhamento ou demanda espontânea Avaliação na Enfermagem, Psicologia, Geriatria e Farmácia Avaliação pela equipe interdisciplinar Oficinas da memória, do movimento, de prevenção de quedas, do cuidador Programa de acompanhamento de no mínimo 3 meses Reavaliação pela equipe multidisciplinar Manter o programa Alta com orientações domiciliares

55 AVALIAÇÃO INTERDISCIPLINAR Enfermagem Médico Psicólogo

56 AVALIAÇÃO INTERDISCIPLINAR Atenção Farmacêutica Serviço Social

57 SALÃO DE ATIVIDADES

58 GRUPO DA MEMÓRIA

59 PREVENÇÃO DE QUEDAS

60 PALESTRAS GRUPO TERAPÊUTICO CUIDADORES

61 CONCLUSÃO O QUE SE QUER?

62 CONCLUSÃO QUALIDADE DE VIDA Depende de cada um de nós adotar estilos de vida saudáveis para obter longevidade com saúde que é envelhecer sem acúmulo de incapacidades e limitações.

63 OBRIGADA


Carregar ppt "POLICLÍNICA NAVAL NOSSA SENHORA D A GLÓRIA CF KARLA LACERDA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google