A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Leandro Totti Cavazzola Causas das Recidivas e Conduta nas Reoperações nas Hérnias Inguinais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Leandro Totti Cavazzola Causas das Recidivas e Conduta nas Reoperações nas Hérnias Inguinais."— Transcrição da apresentação:

1 Leandro Totti Cavazzola Causas das Recidivas e Conduta nas Reoperações nas Hérnias Inguinais

2 Sir Cecil Wakely President Royal College of Surgeons (Eng) 1948 A surgeon can do more for the community by operating on hernia cases and seeing that his recurrence rate is low than he can by operating on cases of malignant disease.

3 Níveis de Evidência Graus de Recomendação Meakins JL. Am J Surg. 2002;183: Oxford Center for EBM

4 Níveis de Evidência em Shein M. Crucial Controversies in Surgery, 1999 VI – Na minha série pessoal de XX casos (nunca publicados) não há nenhuma complicação VII – Me lembro de um caso... VIII – Este é o jeito que eu faço e é o melhor ! Cirurgia

5 Fitzgibons Jr RJ, Ciobbie-Hurder A, Cibbs JO, et al. JAMA 2006; 295: ODwyer PJ. Norrie J, Ahmed A, Duffy F, Horgan P. Ann Surg 2006; 244: Operar ou não operar ? Indicações ?

6 Fitzggibons Jr RJ, Giobbie-Hurder A, Cibbs JO, et al. JAMA 2006; 295: Ib, A - 23% observação crossoverp grupo cirurgia hérnia, dor hérnia, dor - 0,3% encarceramento 1.8/1000 pacientes ano - observação é aceitável para pouco sintomáticos - esperar para operar até sintomas

7 - Ib, A - Melhora escores qualidade de vida aos 6m - Crossover p grupo cirúrgico > que o esperado - Recomenda tratamento em hérnias assintomáticas ODwyer PJ,Norrie J, Ahmed A, Duffy F, Horgan P. Ann Surg 2006; 244:

8 Flum DR. JAMA 2006; 295(3): , D - Sugere não realizar correção até haver sintomas

9 Neumayer L. Ann Surg 2006; 244(2) : , D - Encarceramento, estrangulamento é muito raro - Não deve ser indicação para cirurgia - Pacientes que tem dor se beneficiam cirurgia - Alguns pctes tem dor após reparo avisar - Postergar reparo é seguro na > parte pctes.

10 - Ib, A - Técnicas com e sem tensão - Follow up 5 anos - recorrência VLP - dor PO VLP Liem MS, van Duyn EB, van Der Graaf Y. Ann Surg 2003; 237(1):

11 Memom MA, Cooper NJ, Memom B, Memom MI, Abrams KR. Br J Surg 2003; 90: Ia, A - Alta hospitalar + precoce - Retorno + rápido atividades - < índice complicações PO - Tempo círurgico > - Tendência a > recorrência - Diferença se mantém mesmo após estratificação para grupos com e sem tensão !!

12 - Ia, A - > tempo cirúrgico - índice complicações maiores - Retorno + rápido atividades - < índice dor crônica e parestesia - Recorrência < VLP X com tensão - Recorrência semelhante VLP x sem tensão EU Hernia Trialists Colaboration. The Cochrane Library Issue 3, 2004

13 - Ia, A - Tela risco recorrência - Não interessa maneira de colocação - dor EU Hernia Trialists Colaboration. Ann Surg 2002; 235; Uso de Tela

14 Puri V, Felix E, Fitzgibbons Jr RJ. Surg Endosc 2006; 20: Estudos Comparativos Cirurgia Aberta sem Tensão x Procedimentos Vídeo-Endoscópicos

15 Neumayer L, Giobbie-Hurder A, Jonasson O et al. N Engl J Med 2004; 350:

16 Cirurgia Aberta X Vídeo-Endoscópica Neumayer L, Giobbie-Hurder A, Jonasson O et al. N Engl J Med 2004; 350: Recorrência > VLP (10.1%) x Lichtenstein (4.9%) - índice de complicações - dor - Retorno mais precoce atividades CONCLUSÃO Cirurgia aberta sem tensão é superior à técnica VLP para reparo 1 ário

17 Neumayer L, Giobbie-Hurder A, Jonasson O et al. N Engl J Med 2004; 350: Análise Crítica do Artigo - Perfil da população estudada - Níveis de recorrência em ambas técnicas - Resultados em cirurgiões VLP + de 100 casos - Níveis recorrência similar para casos recidivados

18 Jacobs DO. N Engl J Med 2004; Procedimento com índices semelhantes à cirurgia aberta se realizado por cirurgiões HABITUAIS - Resultados diretamente relacionados PROFICIÊNCIA

19 McCormack K, Wake B, Perez J, et al. Health Technol Assess 2005;9(14): Ia, A - 37 ensaios clínicos efetividade/14 custos - Retorno + precoce atividades - < incidência de dor e parestesia - < infecção superficial e hematoma - Sem níveis recorrência - > custo, porém qdo incluia produtividade, custos =s

20 McCormack K, Wake B, Perez J, et al. Health Technol Assess 2005;9(14): Ia, A - Hérnia unilateral:+ custo melhor QV - Hérnias bilaterais: melhor relação custo benefício VLP - Necessidade de + treinamento

21 - Ib, A - Custos maiores para cirurgia VLP - TEP discretamente + barata TAPP - Sem diferença no retorno ao trabalho - Críticas: n o de pctes perfil Butler RE, Burke R, Schneider JJ, Brar H, Lucha Jr PA. Surg Endosc 2007; 21:387-90

22 - Ia, A - Apenas TEP – 4321 pctes, 23 estudos - > tempo cirúrgico - < tempo hospitalização - retorno + precoce ao trabalho - recorrência semelhante - > custo - Opção consistente para reparo primário hérnia inguinal Kuhry E, van Veen RN, Langeveld HR, et al. Surg Endosc 2007;

23 Nienhuijs S, Staal E, Strobbe L, et al. Am J Surg 2007; 194: Ia, A - Procedimentos endoscópicos x Lichtenstein x PHS - dor nos procedimentos endoscópicos

24 Puri V, Felix E, Fitzgibbons Jr RJ. Surg Endosc 2006; 20: , D - Melhor aspecto cosmético - dor PO - Retorno + precoce atividades

25 Puri V, Felix E, Fitzgibbons Jr RJ. Surg Endosc 2006; 20: Opção por VLP – depende experiência cirurgião - TREINAMENTO ADEQUADO - Cirurgiões experientes resultados semelhantes - Adequado para hérnias inguinais 1árias unilaterais Mathews D, Neumayer L. Curr Probl Surg 2008; 45:

26 - 14% das herniorrafias hoje EUA são VLP - 30 % Alemanha, 4% Inglaterra - Hérnias bilaterais e recidivadas – Opção X Padrão - Centros de referência - Habilitação do cirurgião nos s procedimentos - Cirurgião de Hérnia Grunwaldt LJ. J Am Coll Surg 2005; 200: Puri V, Felix E, Fitzgibbons Jr RJ. Surg Endosc 2006; 20:

27 Takata MC, Duh QY. Surg Clin North Am 2008; 88:

28

29 Goud J. Surg Clin North Am 2008; 88:

30 Curva de aprendizado pode ser drasticamente se as primeiras cirurgias forem acompanhadas por laparoscopista experiente casos Bittner R. American Hernia Society Annual Metting, Phoenix, AZ, 2008 Treinamento é a palavra chave !!

31 - Utilização de alternativas técnicas para fixação - Telas de baixa densidade - Foco em qualidade de vida, não recidivas Henniford T, Hernia Update 2008, Phoenix, AZ, 2008 Perspectivas Kehlet T, Hernia Update 2008, Phoenix, AZ, 2008 Kukleta J, Hernia Update 2008, Phoenix, AZ, 2008

32

33 - maior dificuldade técnica - > custo direto, porém custo direto, porém < custo indireto - melhor resultado estético - > tempo cirúrgico - complicações maiores - Retorno + rápido atividades - < índice dor crônica e parestesia - Recorrência semelhante x sem tensão - Diagnóstico de hérnias ocultas contralaterias Cirurgia Endoscópica

34 cavazzola gmail.com


Carregar ppt "Leandro Totti Cavazzola Causas das Recidivas e Conduta nas Reoperações nas Hérnias Inguinais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google