A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conhecimento e Aplicação Contábil Especialização Prof. Hoss, O., Dr.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conhecimento e Aplicação Contábil Especialização Prof. Hoss, O., Dr."— Transcrição da apresentação:

1 Conhecimento e Aplicação Contábil Especialização Prof. Hoss, O., Dr.

2 29/12/20132 Palestras Leitura Audiovisual Demonstrações Grupos de discussão Praticar fazendo Ensinar os outros/Uso Imediato Taxa média de Retenção A Pirâmide da Aprendizagem Fonte: NTL Institute for Applied Behavioral Sciences 5% 10% 20% 30% 50% 75% 80%

3 29/12/20133 dados informação

4 Onde está o lucro? 29/12/20134

5 Onde está o DINHEIRO? 29/12/20135

6 Conhecimento Contábil 29/12/20136 capacidade de gerar e fornecer e fornecer informações de maneira útil e relevante aos seus usuários a respeito dos patrimônios envolvidos para que possam tomar decisões.

7 INDÚSTRIA TÊXTIL ÉRICA Balanço Patrimonial – Em R$ Mil – 31/12/02 ATIVO PASSIVO + PL Circulante Disponível 500 Dupls. a Receber Estoques Fornecedores Salários a Pagar Emp. Bancários Realizável a Longo Exigível a Longo Prazo Emp. a Coligadas Financiamentos Permanente Patrimônio Líquido Investimentos 500 Imobilizado Capital Social Lucros Acums TOTAL

8 INDÚSTRIA TÊXTIL ÉRICA DRE – Em R$ Mil – 31/12/02 Vendas / Receitas ( - ) Despesas / Custos ( = ) Lucro Líquido1.500

9 Análise Índices Relações que se estabelecem entre duas grandezas Exemplo Ativo Circulante - $ Passivo Circulante - $ Conclusão: A empresa conseguirá pagar suas dívidas: AC > PC Para cada $ 1,00 de divida CP, a empresa dispõe de $ 1,25 de AC. Aspectos dos Índices: Índice Ativo Circulante Passivo Circulante == 1,25 1) Fórmula Ativo Circulante Passivo Circulante = 1,25 2) Interpretação Para cada $ 1,00 de Dívida de Curto Prazo, há $ 1,25 de Dinheiro e Valores a Receber no CP (Ativo Circulante) 3) Conceituação O Índice é bom ou ruim ? - Ramo de Atividade - Índices Padrão Prof. Zuinglio J. B. Braga Mas qual é a folga financeira exata ?

10 Índices de Liquidez Avalia a Capacidade de Pagamento da Empresa Curto Prazo 1) L. Corrente = Ativo Circulante Passivo Circulante Cálculo => = 1,25 Interpretação => Para cada $ 1,00 de dívida a Curto Prazo (Passivo Circulante) há $ 1,25 de Dinheiro e Valores que se transformarão em Dinheiro no CP (Ativo Circulante) Explicação - dividir o numerador e o denominador por um mesmo número Como o numerador é sempre igual ao resultado (coeficiente), podemos dizer: Para cada $ 1,00 no denominador (PC) dispõe-se de $ 1,25 no numerador, (AC) que é o mesmo do resultado No numerador (AC) $ 1,25 dispõe-se de para cada $ 1,00 no denominador (PC) LC = =1,25 =1,00 ÷ = 1,25 Comércio que vende à vista Ativo Circulante Disponível Estoques xxxx Serviços que vende à vista Ativo Circulante Disponívelxxxx Normalmente Conceituação => Indústria que vende a prazo Ativo Circulante Disponível Dupl. a receber Estoques xxxx

11 2) Liquidez Seca = Ativo Circulante (-) Estoques Passivo Circulante LG = = 1,22 (Bom Índice) Admita que a empresa adquira um novo financiamento de $ para Investimento em Máquinas e Equipamentos : PC ELP AC RLP500 A.P Nova LG = = 0, ? Ano 1 1,16 Ano 2 1,18 Ano 3 1,22 Ano 4 0,61 Por causa do Financiamento houve uma redução de 1,22 para 0,61 Análise Horizontal Ano 1 Ano 2 Ano 3 LS = – = 0, ) Liquidez Geral = Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo

12 4) Liquidez Imediata Prazo Imediato = Disponível Passivo Circulante LI = 0,13 LI = LI = Disponível PC OBS: Este Índice não é tão importante, porém torna-se imprescindível quando utilizamos fontes comerciais. Liquidez Imediata Ano 1 Ano 2 Ano 3 0,13 0,08 0,03 Atrasos Médios 25 ds. 35ds. 47ds. Exemplo:

13 Índices de Endividamento ( Estrutura de Capital ) PassivoLei da S.A.Dados Exigível (Capital de Terceiros) Circulante Exigível a Longo Prazo Sub Total Não Exigível (Capital Próprio) Total Patrimônio Líquido xxxxxxxx Quantidade de Endividamento => CT x CP 1) Participação de CT = Capital de Terceiros = = 45% Passivo Total Média BrasileiraPaíses Desenvolv. Érica CT 45% CP 55% Total 100% 58% 42% 100% 60% 40% 100% Concorrentes ? ? 100% Ideal ? ? 100% 2) Garantia do CP ao Capital de Terceiros = PL = = 122,22% CT ) Grau de Endividamento = CT = = 81,82% PL Qualidade da Dívida – Perfil do Endividamento 4) Composição = PC = = 88,88% CT Exemplo Pequenas Empr.Grandes Empr.Conc/PadrãoIdeal PC 88,88% ELP 11,12% Total 100% 100% 0% 100% 50% 100% ? ? ? ? 5) Participação de Dívidas Onerosas = Empréstimos Bancários Capital de Terceiros

14 Rentabilidade da Empresa General Motors Lucro $ 5 milhões Ind. Têxtil Érica Lucro $ 5 mil Qual é a mais rentável ? Grande EmpresaPequena Empresa Qual teve o maior retorno ? Comparar com Ativo, pois Ativo é quem gera Receita, que gera Lucro Ativo = Investimentos p/ se obter Lucro Quanto o Ativo gerou de Lucro ? Lucro Ativo = % ==> Taxa Taxa de Retorno (Lucro ou Prejuízo) sobre Investimentos (Ativo) TRI (Empresa) = ou = 0,15 ==> 15% L. Ativo Poder de Ganho da Empresa : p/ Cada $ 1,00 Investido no Ativo há um ganho anual de $ 0,15 (Retorno) Lucro Operacional Ativo Operacional TRI (ROI) = ou Lucro Líquido Ativo Total Pay Back (Tempo Médio de Retorno) = 1,00 0,15 100% 15% ou = 6,67 anos

15 Rentabilidade do Empresário AtivoPassivo Total CT PL DRE LL ===> = = 27,27% Para cada $ 100 Investido pelos proprietários há um retorno de $ 27,27 Pay Back = = 3,67 anos 1,0000 0,2727 Qual é o Pay Back da Caderneta de Poupança ? Diferença entre Rentabilidade da Empresa X Empresário AtivoPassivo Total CT PL Circulante R. L. P. 500 Permanente LL Admita : b) Se você fosse Administrador ? LL PL Taxa de Retorno do PL ( ROE ) = 1) O Banco x oferece um crédito de $ por um ano renovável; 2) O contador faz diversas simulações : a melhor é um acréscimo no lucro de $ se aplicar $ no Circulante e $ no Permanente; 3) Partindo do pressuposto que a empresa distribui TODO LUCRO em forma de dividendos, você concordaria aceitar este empréstimo: a) Se você fosse dono ?

16 AtivoAntesDepoisPassivoAntesDepois Circulante R. L. P. Permanente Total Total Cap. Terceiros Patrimônio Líquido LL PL = 27,27% Pay Back 3,67 anos ,45% Pay Back 2,2anos Melhorou Empresário (ROE) TRPL AdministradorFórmulaAntesDepois Resultado AC PC CT Passivo LL Ativo = 0, = 78% = 10% Pay Back 10 anos Piorou Sensível- mente Piorou Liquidez Corrente Endividamento Rentabilidade = 1, = 50% Pay Back 6,67anos = 15 %

17 Estudo Detalhado do TRI Desmembramento Margem de Lucro = (Lucratividade) Lucro Líquido Vendas5.000 = = 0,30 30% Empresas que ganham no preço: maior margem de lucro Vendas Ativo = = 0,50 vezes Empresas que ganham na quantidade: vende mais produtos L.L. X Vendas Vendas Ativo = ? Juntando Preço XQuantidade = ? M.Lucro XGiro Ativo = ? LL Ativo = TRI TRI = = 0,15 15% M. Lucro 30% Giro do Ativo = (Produtividade) 0,50 = 15% Giro do Ativo X OU

18 A Rentabilidade e os Ramos de Atividades EmpresasMargemGiroTRI 01- Telesp 02- Rhodia Nordeste 03- Votorantim 04- Suzano 05- Açonorte 06- Brahma 07- Petroflex 08- Arapuã 09- Goodyear 10- Sé Supermercados 11- Cooxupé 12- Sto. Amaro (Veíc.) 13- Atlantic 54,2% 29,8% 28,3% 18,3% 13,2% 8,4% 6,9% 4,7% 3,6% 3,2% 2,9% 2,4% 1,6% 0,19 0,30 0,35 0,51 0,72 1,22 1,55 2,09 2,16 3,31 3,35 4,27 6,03 XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX ========================== 10,4% 8,8% 9,8% 9,3% 9,5% 10,2% 10,7% 9,8% 7,8% 10,7% 9,6% 10,3% 9,7%

19 Índices de Prazos Médios ou Índices de Atividades 2º) Prazo Médio de Recebimento de Vendas Indica quantos dias em média levo para receber as minhas vendas a prazo. 1º) Prazo Médio de Renovação dos Estoques Indica quantos dias em média levo para renovar os meus estoques a prazo. PMRE = 30 dias PMRV = 20 dias 3º) Prazo Médio de Pagamentos e Fornecedores Indica quantos dias em média levo para pagar meus fornecedores. PMPF = 15 dias ( * ) CMV = EI + C - EF PMRE = Estoques C. M. V. * 360 dias PMRV = Duplicatas a Receber Vendas Líquidas * 360 dias PMPF = Fornecedores (*) Compras * 360 dias

20 Ciclo Operacional e Ciclo de Caixa Enquanto o ciclo operacional se inicia no momento da aquisição dos materiais, o ciclo de caixa (ou ciclo financeiro) compreende o período de tempo entre o momento do desembolso inicial de caixa para pagamento dos materiais e da data do recebimento da venda do produto acabado. Ciclo Operacional = 50 dias CC/CF = 50 – 15 = 35 dias Giro = 360 = 10,29 vezes no ano 35 Como eu poso melhorar o Ciclo de Caixa (CC)? Como financiar o Ciclo de Caixa? PMRE = 30 dias (C) PMPF = 15 dias (P) PMRV = 30 dias (R) - PMRE - PMRV - PMPF

21 1.Concessão de Créditos à Cia Playboy O Dr. Coelho Arruda assume a Diretoria da Cia. Playboy no início do ano de X5. Bastante conhecido como eficiente administrador, o Dr. Coelho dirigi-se ao seu velho amigo, Sr. Vesperal, presidente do Banco Exigente S.A., solicitando um financiamento de $ 50 milhões a Longo Prazo (cinco anos é o prazo que a financeira do Banco Exigente normalmente concede para os financiamentos). As Demonstrações Financeiras da Cia Playboy são as seguintes: EXERCÍCIOS DE ANÁLISE FINANCEIRA

22 CIA. Playboy Balanço Patrimonial – Em R$ Milhões ATIVO Circulante Disponível Duplicatas a Receber Estoques Total Circulante Permanente Investimentos Imobilizado (-) Depreciação Total do Permanente 31/12/X231/12/X431/12/X (4.000) (9.000) (18.000) Total PASSIVO e PL Circulante 31/12/X231/12/X431/12/X3 Fornecedores Tributos e Contribuições Empréstimos Diversos Total Circulante Patrimônio Líquido Capital Reservas Diversas Prejuízos Acumulados Total do PL Total Exigível a Longo Prazo Financiamentos (1.000) (1.400)(2.800)

23 Demonstração do Resultado do Exercício CIA. Playboy - Em $ milhões DescriçãoX2X3X4 Receita Bruta (-) Deduções (5.000)(8.000)( ) Receita Líquida (-) CPV (23.000)(36.800) Lucro Bruto (-) Despesas Operacionais De Vendas (6.000)(9.600)( ) Administrativas (2.000)(3.000)(4.500) Financeiras (17.000)(26.500)( ) subtotal(25.000)(39.100)( ) Resultado Operacional(3.000)(3.900)(8.700) Ganhos Não Operacionais Prejuízo do Exercício(1.000)(400)(1.400)

24 Informações Adicionais 4) Total de compras: , e em X2, X3 e X4 respectivamente (em $ 1 mil). Você está convidado a analisar a Cia Playboy e dar seu parecer. O Banco Exigente SA tem o seguinte o roteiro de análise: 1. A atividade da empresa é trefilar metal não ferroso e distribuí-lo como matéria-prima para outras empresas. Esse ramo de atividade é bastante promissor, pois a Cia. Playboy possui a maior quota para adquirir o metal não ferroso da maior siderúrgica do País, enquanto outras trefiladoras possuem uma pequena cota. 2. Não houve amortização de Financiamentos, apenas Variação Cambial contabilizada no grupo Despesas Financeiras e novos financiamentos. 3) O Manual de Normas do Banco Exigente SA determina que só concederá financiamentos para empresas cuja a situação econômico-financeira seja satisfatória. No entanto, qualquer determinação do presidente é o que vale.

25 19X419X319X2 CT/ Passivo PC/CT CT/PL Liquidez Corrente AC PC Geral AC + RPL PC + ELP Seca AC – EST PC Imediata DISP PC Tendência dos Índices (1) (2) (3) (4) Endivi- damento Rentabi- lidade Atividade LL/Ativo VB/Ativo LL/PL PMRE E x 360 CMV PMRV DR x 360 VB (5) (6) (7) (8) (9) (10) (11) (12) (13) PMPC F x 360 C Indicadores 0,610,44 0,32 0,030,040,06 0,940,83 0,75 0,560,640,74 piorar estabilizar piorar estabilizar piorar melhorar estabilizar 1,47 1,85 2,56 72 ds45 ds26 ds 36 ds38 ds34 ds 68%74%82% 78% 77%76% (3%)(1%)(2,5%) 209% 288%460% (9%)(3%)(14%) 94 ds93 ds80 ds Companhia Playboy 1)Quadro Clínico: fazer um check-up, um exame geral da empresa, por meio de seus indicadores econômico-financeiros.

26 Companhia Playboy B) Pontos Fortes obtidos no quadro clínico = B1) Rotação de Estoques (PMRE). B2) PM Recebimento de Vendas. B3) Vendas (aumento de Vendas em relação ao Ativo). 2. Diagnóstico : Vamos ver quais são os problemas do doente. O doente (no caso, a empresa) tem não só pontos fracos como também pontos fortes, pois se não tivesse nenhum ponto forte certamente estaria à morte. A)Pontos Fracos obtidos no quadro clínico = A1) Rentabilidade. A2) Liquidez. A3) Endividamento.

27 Comentários: A rentabilidade é deficitária, dá prejuízo; logo, é preciso procurar na DRE a causa desse prejuízo. Os CPV não estão aumentado mais do que as Vendas; logo, não são os responsáveis pela má Rentabilidade. Fazendo esta mesma análise com os outros itens, encontraremos que o grande responsável são as despesas financeiras. Todavia, se reduzíssemos um pouco (2 milhões) das despesas financeiras, teríamos um lucro de 600 mil no final (já que não ocorreria prejuízo). O problema é ter despesas financeiras muito elevadas. A empresa possui empréstimos diversos elevados, que geram prejuízo (devido aos seus juros). Problemas causados pelos empréstimos: A) Pontos Fracos (Motivos que levaram a empresa a possuí-los) A2) Liquidez A1) Rentabilidade 1º Empréstimos a Curto Prazo Seria interessante que fossem a longo prazo, para melhorar a liquidez corrente, seca etc. em X2 = CPV= = 46% V em X4 = CPV= = 46% V

28 As despesas financeiras são elevadas, representando, no último ano, $ de ônus financeiro contra uma dívida de $ º Tais empréstimos geram ônus financeiro muito alto (elevado). Juros altos veja DRE (desp. financeiras). Temos no ano de X desp. a curto prazo e desp. a longo prazo de dívida Além de ter grande dívida a curto prazo, o problema principal é: Temos CT/PL (7) em péssima situação, pois PL está diminuindo (no decorrer dos anos) por estar absorvendo os prejuízos. Logo, está sendo reduzido constantemente (PL) e aumentando, portanto, o índice de endividamento. A3) Endividamento OBS: o índice aumenta, porque o denominador diminui (devido à queda do PL e não tanto ao inchamento das dívidas).

29 Além disso, a empresa consegue produzir e vender mais rápido, em virtude do PMRE (veja PMRE gira mais rápido reduzi-las. Este potencial de vendas é consolidado por meio do índice VB /Ativo, o que demonstra que o índice empresarial aumenta em proporção maior do que se Ativo. De X2 para X3 Receita Bruta para (variação 60%) É uma característica positiva da empresa: possuir POTENCIAL DE VENDAS.

30 Parecer Final Podemos dar créditos à empresa, pois ela possui grande potencial de vendas. O mercado está disposto, pelo visto, a consumir a produção da empresa, mesmo reduzindo o seu prazo de vendas (financiamento de vendas – PMRV). A empresa necessita de 50 milhões; entretanto, antes de conceder-lhes o empréstimo, devem-se impor duas condições a ela, justamente por estar em situação precária, donde se conclui que os recursos não estão sendo bem administrados, apesar de apresentarem bom Potencial de Vendas. 3. Parecer do Analista : O analista fará um breve comentário sobre a situação da empresa e, em seguida Dará seu parecer, escolhendo uma das opções: ( ) a) Concedo o crédito irrestritamente. ( ) b) Não concedo o crédito (financiamento). ( ) c) Concedo o crédito impondo as seguintes condições: 1ª condição Com os 50 milhões, deve utilizar 30 milhões para sanar suas dívidas a curto prazo (que estão gerando elevado ônus). 2ª condição Aplicar os 20 milhões restantes no giro (Estoques empresarial por ela vender bem).

31 Endividamento melhorará por dois motivos: 1º) aumento do PL, uma vez que a empresa terá lucro; e 2º) composição do endividamento: troca de dívida de curto prazo por longo prazo. Liquidez será boa, considerando que se trocou dívida a curto prazo por dívida a longo prazo). Pago 30 milhões e deve ao banco 50 milhões (mas a longo prazo = 5 anos). Toda liquidez a curto prazo melhorará, exceto a liquidez geral (longo prazo). Se seguir tal esquema: Rentabilidade reduzindo sua Despesa Financeira, terá lucro (certamente, daqui para frente). Justificativa


Carregar ppt "Conhecimento e Aplicação Contábil Especialização Prof. Hoss, O., Dr."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google