A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Administração Jorge Surian Administração: Teoria Clássica Aula 03.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Administração Jorge Surian Administração: Teoria Clássica Aula 03."— Transcrição da apresentação:

1 Administração Jorge Surian e-mail: jsurian@uol.com.br Administração: Teoria Clássica Aula 03

2 2 2 HENRI FAYOL (França) 1841 - 1925 m Nasceu em Constantinopla, morreu em Paris. mDesenvolveu a Teoria Clássica na França. mEngenheiro de Minas aos 25 anos. mGerente Geral aos 47 anos. mViveu consequências da Revolução Industrial e da Primeira Guerra Mundial. TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

3 3 3 mOs aspectos organizacionais são analisados de cima para baixo (da direção, para execução) e do todo para as partes (da síntese para a análise), exatamente ao contrário da abordagem da administração científica. mOs objetivos tanto da Administração Científica quanto da Teoria Clássica são os mesmo: a busca da eficiência das organizações. TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

4 4 4 1. Funções Técnicas: relacionadas com a produção de bens ou de serviços da empresa. 2. Funções Comerciais: relacionadas com a compra, venda e permutação. 3. Funções Financeiras: relacionadas com a procura e gerência de capitais. 4. Funções de Segurança: relacionadas com a proteção e preservação dos bens e das pessoas. 5. Funções Contábeis: relacionadas com inventários, registros, balanços, custos e estatísticas. 6. Funções Administrativas: coordenam e sincronizam as demais funções. SEGUNDO FAYOL A EMPRESA TINHA 6 FUNÇÕES BÁSICAS: TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

5 5 5 As funções universais da Administração são: mPrevisão: envolve avaliação do futuro e aprovisionamento em funções dele. Unidade, continuidade, flexibilidade e apreciação são os aspectos principais de um plano de ação. mOrganização: Proporciona todas as coisas úteis ao funcionamento da empresa e pode ser dividida em organização material e organização social. mComando: Leva a organização a funcionar. Seu objetivo é alcançar o máximo retorno de todos os empregados no interesse dos aspectos globais. CONCEITO DE ADMINISTRAÇÃO TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

6 6 6 As funções universais da Administração são: mCoordenação: Harmoniza todas as atividades do negócio, facilitando seu trabalho e seu sucesso. Ela sincroniza coisas e ações em suas proporções certas e adapta os meios aos fins. mControle: Consiste na verificação para certificar se todas as coisas ocorrem em conformidade com o plano adotado, as instruções transmitidas e os princípios estabelecidos. O objetivo é localizar as fraquezas e os erros no sentido de retificá-los e prevenir a recorrência. TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO CONCEITO DE ADMINISTRAÇÃO

7 7 7 mPara Fayol, existe uma proporcionalidade da função administrativa, isto é, ela se reparte por todos os níveis da hierarquia da empresa e não é privativa da alta cúpula. Em outros termos, a função administrativa não se concentra exclusivamente no topo da empresa, nem é privilégio dos diretores, mas é distribuída proporcionalmente entre todos os níveis hierárquicos. À medida que se desce na escala hierárquica, mais aumenta a proporção das outras funções da empresa e, à medida que se sobe na escala hierárquica, mais aumenta a extensão e o volume das funções administrativas. PROPORCIONALIDADE DAS FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

8 8 8 mA Administração é o todo do qual a organização é uma das partes. mA organização pode ser usada com dois significados diferentes: 1. Organização como na unidade ou entidade social, na qual as pessoas interagem entre si para alcançar objetivos específicos. Ex.: A empresa. Pode ser formal ou informal. 2. Organização como função administrativa e parte do processo administrativo (como a previsão, o comando, a coordenação e o controle) neste sentido organização significa atos de organizar e estruturar. DIFERENÇA ENTRE A ADMINISTRAÇÃO E ORGANIZAÇÃO TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

9 9 9 1. Divisão do trabalho: Consiste na especialização das tarefas e das pessoas para aumentar a eficiência. 2. Autoridade e responsabilidade: Autoridade e o direito de dar ordens e o poder de esperar obediência. A responsabilidade é uma consequência natural da autoridade e significa o dever de prestar contas. Ambas devem estar equilibradas entre si. 3. Disciplina: Depende da obediência, aplicação, energia, comportamento e respeito aos acordos estabelecidos. 4. Unidade de comando: Cada empregado deve receber ordens apenas de um superior. É o princípio da autoridade única. PRINCÍPIOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO PARA FAYOL TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

10 10 5. Unidade de direção: Uma cabeça e um plano para cada conjunto de atividades que tenham o mesmo objetivo. 6. Subordinação dos interesses individuais aos gerais: Os interesses gerais da empresa devem sobrepor-se aos interesses particulares das pessoas. 7. Remuneração do pessoal: Deve haver justa e garantida satisfação para os empregados e para a organização em termos de retribuição. 8. Centralização: Refere-se à concentração da autoridade no topo da hierarquia da organização. 9. Cadeia escalar: É a linha de autoridade que vai do escalão mais alto ao mais baixo em função do princípio do comando. PRINCÍPIOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO PARA FAYOL TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

11 11 10. Ordem: Um lugar para cada coisa e cada coisa em seus lugar. É a ordem material e humana. 11. Equidade: Amabilidade e justiça para alcançar a lealdade do pessoal. 12. Estabilidade pessoal: A rotatividade do pessoal é prejudicial para a eficiência da organização. Quanto mais tempo uma pessoa permanecer no cargo, tanto melhor para a empresa. 13. Iniciativa: a capacidade de visualizar um plano e assegurar pessoalmente o seu sucesso. 14. Espírito de equipe: A harmonia entre as pessoas são grandes forças para a organização. PRINCÍPIOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO PARA FAYOL Os 14 princípios gerais, segundo Fayol, são: TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

12 12 1. A capacidade principal de um operário é a capacidade técnica. 2. A medida que se eleva na escala hierárquica, a importância relativa da capacidade administrativa aumenta, enquanto a capacidade técnica diminui. 3. A capacidade principal do diretor é a capacidade administrativa. Quanto mais elevado o nível hierárquico do diretor, mais essa capacidade domina. CONCLUSÕES SOBRE A CAPACIDADE DAS PESSOAS SEGUNDO FAYOL TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

13 13 Fayol afirma a necessidade de um ensino organizado e metodológico da Administração, de caráter geral para formar administradores, a partir de suas aptidões e qualidades pessoais. Em sua época, essa idéia era uma novidade. 1. Administração como Ciência TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

14 14 A Teoria Clássica concebe a organização como se fosse uma estrutura, forma e disposição das partes que a constituem, além do inter-relacionamento entre as partes. 2. Teoria da Organização TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

15 15 A divisão do trabalho constitui a base da organização; na verdade, é a própria razão da organização. A divisão do trabalho conduz à especialização e à diferenciação das tarefas, ou seja, à heterogeneidade. A Teoria Clássica ao contrário da Administração Científica se preocupa com a divisão no nível dos órgãos que compõem a organização, isto é, com os departamentos, divisões, seções e unidades. 3. Divisão do Trabalho e Especialização TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

16 16 A divisão do trabalho pode se dar em duas direções: 1. Verticalmente, segundo os níveis de autoridade e responsabilidade. Esta aumenta à medida que se sobe a hierarquia da Organização. 2. Horizontalmente, segundo os diferentes tipos de atividades desenvolvidas na organização. Num mesmo nível hierárquico, cada departamento passa a ser responsável por uma atividade específica e própria. 3. Divisão do Trabalho e Especialização TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

17 17 Fayol incluirá a coordenação como um dos elementos da Administração, enquanto outros autores clássicos a incluem nos Princípios de Administração. A coordenação indica que há um alvo ou objetivo a alcançar e que deve guiar os atos de todos. A pressuposição básica era de que quanto maior a organização e quanto maior a divisão do trabalho, tanto maior será a necessidade de coordenação, para assegurar a eficiência da organização como um todo. 4. Coordenação TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

18 18 Fayol dava a preferência pela organização linear, que constitui um dos tipos mais simples de organização. A organização linear se baseia nos princípios de: 1. Unidade de comando e supervisão técnica; 2. Unidade de direção; 3. Centralização da autoridade; 4. Cadeia escalar. 5. Conceito de Linha e Staff TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

19 19 A organização Linear é um tipo de estrutura que apresenta uma forma piramidal. mSupervisão linear, baseada na unidade de comando e que é o oposto da supervisão funcional proposta pela Administração Científica. mPresença de órgãos de staff ou de assessoria: fornecem aos órgãos de linha serviços, conselhos, recomendações, assessoria e consultoria, que esses órgãos não têm condições de prover por si próprios. 6. Organização Linear TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

20 20 TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO Qualidades, Conhecimentos e Experiências necessárias aos Administradores, segundo Fayol –Qualidades físicas: saúde, vigor, trato; –Qualidades mentais: habilidade de aprender e de entender, vigor mental e adaptabilidade; –Qualidades morais: energia, firmeza, iniciativa, lealdade, tato –Educação geral: familiaridade com outros assuntos; –Conhecimento especial: aquele peculiar à função; –Experiência: conhecimento advindo do próprio trabalho

21 21 TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO Seguidores de Fayol: –Luther Gulick (1892–1983): POSDCORB planning(planejamento), organizing(organização), staffing(assessoria), directing(direção), coordination(coordenação), reporting(informação), budgeting(orçamentação) –Lyndall Urwick (1891-1984): princípio da especialização (uma função); autoridade (linha clara); amplitude administrativa (chefe para 5 subordinados) –James Mooney & Alan Reiley(autores em 1931 da Indústria progressiva): princípios de eficiência organizacional que permitiriam o alcance dos objetivos industriais de lucro através de serviço. Líderes da história => superior x subordinado => princípio escalar

22 22 É considerado o autor mais erudito da Teoria Clássica. Propõe sete elementos da Administração: mPlanejamento; mOrganização; mAssessoria; mDireção; mCoordenação; mInformação; mOrçamento. Elementos da Administração para Gulick TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

23 23 As funções do Administrador, são sete: mInvestigação; mPrevisão; mPlanejamento; mOrganização; mCoordenação; mComando; mControle. Urwick foi um dos importantes autores da Escola Clássica, defendia quatro princípios: As atividades devem ser desempenhadas por quem melhor a conhece; Organização com fluxo de autoridade transparente; Gerentes com número de subordinados limitado; Estrutura de funções e responsabilidades bem definidas; Elementos da Administração para Urwick TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

24 24 1. Abordagem Simplificada da Organização Formal; 2. Ausência de Trabalhos Experimentais; 3. O Extremo Racionalismo na Concepção da Administração; 4. Teoria da Máquina; 5. Abordagem Incompleta da Organização; 6. Abordagem de Sistema Fechado; APRECIAÇÃO CRÍTICA DA TEORIA CLÁSSICA TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO

25 25 Copyright © 2009 Prof. Jorge Surian Todos direitos reservados. Reprodução ou divulgação total ou parcial deste documento é expressamente proíbido sem o consentimento formal, por escrito, do Professor Jorge Surian. Referências Bibliográficas: CHIAVENATO, Idalberto. Princípios de Administração: 1ª ed. São Paulo: Elsevier, 2009. FAYOL, Henri. Administração Industrial e Geral: previsão, organização, comando, coordenação e controle. 10 ed. São Paulo: Atlas, 1989 MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2005, v.1. RIBEIRO, ANTONIO DE LIMA. Introdução à Teoria Geral da Administração: ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004.


Carregar ppt "Administração Jorge Surian Administração: Teoria Clássica Aula 03."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google