A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estratégia: Conceito e Aplicação Estratégia: Conceito e Aplicação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estratégia: Conceito e Aplicação Estratégia: Conceito e Aplicação."— Transcrição da apresentação:

1 Estratégia: Conceito e Aplicação Estratégia: Conceito e Aplicação

2 ETAPA 1 DEFINIÇÃO DAS DIRETRIZES 1.Visão – é a imagem daquilo que a instituição aspira ser no futuro. 2.Missão – é a razão de existir da instituição e seu propósito. 3.Crenças e Valores – constitui a base de sustentação de todas as ações de gestores e colaboradores.

3 Definir missão, visão e conjunto de crenças e valores de uma empresa a sua escolha. Para fazer:

4 Missão QUAL É REALMENTE O NOSSO NEGÓCIO? Fabricação ou comercialização ou prestação de serviços (a atividade mais importante) Tipos de produtos Mercados de atuação em que quer se concentrar Filosofia de venda: preço baixo, grandes volumes, clientes especiais Pesquisas, inovação, moda, padrão de qualidade Linha de conduta, aspectos filosóficos internos, relações com comunidade ATIVIDADES PRODUTOS MERCADOS IDENTIDADE ÊNFASE OUTROS

5 Missão ATIVIDADES PRODUTOS MERCADOS IDENTIDADE ÊNFASE OUTROS Consolidar a MISSÃO em uma única frase:

6 Visão Consolidar a VISÃO em uma única frase: Como a Escola quer ser reconhecida? (determinar prazo)

7 Crenças e Valores O Comitê da Qualidade fará uma ampla consulta pedindo aos colaboradores que coloquem numa folha de papel cinco palavras ou frase que representam o jeito de ser da instituição. (positivas ou negativas) As redundâncias serão retiradas, culminando numa única lista. As características negativas poderão virar ações de melhoria do clima organizacional. As características positivas, e mais algumas que o Comitê queira acrescentar, devem ser transformadas num conjunto de crenças e valores. Transforme estas frases num cartaz e espalhe pela escola.

8 ETAPA 2 ANÁLISE DE CENÁRIO 1.Externo – Oportunidades e Ameaças 2.Interno – Forças e Fraquezas

9 -Você já tem subsídios de dados e fatos identificados internamente, bem como de dados e fatos identificados no ambiente externo para construir outra poderosa ferramenta de gestão estratégica chamada matriz SWOT (sigla em inglês que significa: S = strengs = pontos fortes; W = weaknesses = pontos fracos; O = opportunities = oportunidades; T = threats = ameaças). Antes de analisar campo de forças de uma organização.... Verifique se a palavra crise lhe remete a oportunidade ou ameaça mercadológica. Pare e pense... Vender geladeira no pólo norte para esquimó... é oportunidade ou ameaça?

10 PONTOS FORTES E FRACOS Pontos fortes Competências essenciais Recursos financeiros Boa imagem junto aos compradores Líder de mercado Economias de escala Tecnologia patenteada Vantagens de custo Melhor capacidade de produção Habilidades tecnológicas superiores Pontos fracos Sem direção estratégica clara Instalações obsoletas Falta de experiência e de talento gerencial Problemas operacionais internos Imagem pobre no mercado Recurso financeiro insuficiente Custos altos

11 OPORTUNIDADES E AMEAÇAS Oportunidades Habilidade para expandir para novos mercados/segmentos Formas de expandir linhas de produto Capacidade de transferir técnicas ou know-how tecnológico Menores barreiras comerciais Surgimento de novas tecnologias Ameaças Entrada de concorrentes com custos menores Crescimento das vendas de produtos substitutos Crescimento mais lento do mercado Mudanças adversas em mercados do exterior Requisitos regulatórios onerosos Vulnerabilidades a recessões Mudanças nas necessidades dos compradores

12 -Para você se adaptar a uma realidade em profundas e rápidas mudanças precisa conhecê-la. A forma mais utilizada é através da construção de cenários. -Você aplicará uma ferramenta largamente utilizada em gestão estratégica conhecida por 5 forças de Porter! -Quais são as forças que governam cada indústria?

13

14 GESTÃO ESTRATÉGICA Pare e pense...

15

16

17 ETAPA 3 ESTRATÉGIAS Um conjunto de decisões que orientam a definição das ações a serem tomadas e geram diferencial competitivo. EX: Baixo custo Satisfação do cliente

18 No conceito militar estratégia decide o que deve ser feito e tática se refere à forma como atingir o objetivo. São caminhos inteligentes que se utiliza para conquistar determinados objetivos em questão. Atualmente as organizações determinam seus objetivos e para alcançá-los estabelecem estratégias.... Mas o que é estratégia? A Origem Militar strategio - general stratos - exército agein - conduzir taktikos - organizar

19 ATIVIDADE: Leia o texto 3: A Arte da Guerra (Sun Tzu) e encaminhe 5 palavras-chave do texto para o tutor.

20 Segundo Michael Porter, as empresas competem criando vantagens competitivas em relação aos concorrentes. A habilidade de desenvolver competências distintas (respostas positivas às perguntas anteriores) favorece o estabelecimento de vantagens competitivas que, normalmente, se manifestam através de estratégias de diferenciação ou de liderança em baixo custo.

21 AONDE SITUA-SE SUA ORGANIZAÇÃO EDUCACIONAL? VANTAGEM COMPETITIVA X ESCOPO DE MERCADO LIDERANÇA EM CUSTO TOTAL DIFERENCIAÇÃO ENFOQUE BASEADO EM CUSTO ENFOQUE BASEADO EM DIFERENCIAÇÃO BAIXO CUSTODIFERENCIAÇÃO AMPLOAMPLO ESTREITOESTREITO ( )

22 A adoção de um pensamento estratégico faz-se essencial para a sobrevivência de uma organização nos momentos de grande turbulência. Leia o texto a seguir e confronte suas conclusões no fórum com seus colegas, ok?

23 Um homem de idade vivia sozinho em Minnesota. Ele queria virar a terra de seu jardim para plantar flores, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que normalmente o ajudava nesta tarefa, estava na prisão. O homem, então, escreveu a seguinte carta ao filho, reclamando de seu problema: Querido filho, estou triste porque, ao que parece, não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo porque sua mãe sempre adorou flores e esta é a época do plantio, mas estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar com o jardim, pois estás na prisão. Com amor, seu Pai. Pouco depois, o pai recebeu o seguinte telegrama: PELO AMOR DE DEUS, PAI, NÃO ESCAVE ESSE JARDIM! FOI LÁ QUE EU ESCONDI OS CORPOS. Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes do FBI e policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo. Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera. Essa foi a resposta: PODE PLANTAR SEU JARDIM AGORA, PAI. ISSO É O MÁXIMO QUE EU POSSO FAZER NO MOMENTO. Estratégia é tudo para um gestor e para profissionais competentes. Nada como o pensamento estratégico, para conseguir coisas que parecem impossíveis. Assim, é importante repensar nas pequenas coisas que muitas vezes, nós mesmos colocamos como obstáculos em nossas carreiras, em nossas empresas. Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional. (Autor desconhecido)

24 No cenário atual, de hipercompetição, a disputa não se dá mais na esfera da qualidade, da reengenharia, dos produtos ou serviços. Acontece sim na dimensão do processo como verdadeiro diferencial competitivo. O importante é o PROCESSO!

25 Processos como diferencial competitivo Qualidade Total Reengenharia Organização Orientada por Processos As 4 ondas do gerenciamento por processos

26 DO CÍRCULO VICIOSO PARA O CÍRCULO VIRTUOSO Gestores apagando incêndio Pouco progresso Pouco tempo livre Gestão por planos e processos Tempo para pensar Melhorias contínuas Poucos problemas Muitos problemas

27 ETAPA 4 META Meta é o resultado a ser atingido no futuro. É composta de valor e prazo. EX: Obter retorno de 90% de retorno nas pesquisas de satisfação de clientes em 2005 Meta tem que ser SMART: eS – específico M- mensurável A – atingível R – representativa T - tempo

28 ETAPA 5 INDICADOR Indicador quantifica o desempenho de processos, produtos e da organização. Normalmente são apresentados em forma de relação numérica. É FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ANÁLISE CRÍTICA PARA TOMADA DE DECISÕES

29 ETAPA 5 Outros Exemplos: % de acidentes % de horas extras % de faltas dos funcionários número de treinamentos realizados por ano x treinamentos previstos

30 PESSOAS AMBIENTE EXTERNO GESTÃO ESTRATÉGICA AÇÕES INDICADORES AVALIAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA

31 Leia com atenção a experiência de aventura radical deste paranaense que vai conquistar o K2, a segunda montanha mais alta do mundo. Depois de acompanhar esta aventura, tire suas conclusões em relação à realidade corporativa!

32 EMPREENDIMENTO Conquistar o K2, de 8.611m, na 2.ª montanha + alta do mundo É a + mortal, com 1 morte em cada 3 tentativas Em tentaram, nenhum conseguiu EXECUTIVO-PRINCIPAL Waldemar Niclevics, brasileiro, paranaense PARTIDA PARA O PAQUISTÃO início de junho de 1999 PATROCINADORES IRIDIUMLinkPermiteMkt Tel Cel, via satélite, mundial, de 400g Acoplado ao notebook, manda e- mail e fotos diárias que atualizam o site Internet do negócio. Realização de pesquisas climáticas. Relacionar-se com aventura e com gente capaz de se esforçar para realizar algo que nunca foi feito antes. NASALinkPermiteMkt Carregador de bateria, com painéis enroláveis notebook, filmadoras, câmeras, rádio, som Garantia de energia 24 h, em 4 tomadas tipo isqueiro, por não congelar o gel Oferta de tecnologia de qualidade e barata para aplicação diversa. Custo: 6 mil dol

33 CANONLinkPermiteMkt Câmera A1Conexão com Eqp eletrônico conduzido fotos para material promocional, livros, vídeos, internet Terá 70 rolos de 36 poses e 30 horas de filme BOTICÁRIOLinkPermiteMkt creme para o rostoResistência ao frio extremo e vento forte Utilização de bloqueador solar fator 30 permanentemente Testar produtos em condições extremas, aliando a marca à resistência crítica LEÃO JRLinkPermiteMkt chá reidratanteAlimento saudável para todos Melhorar condição física e psicológica Em jogo não só a vitória, mas toda uma preparação de caráter educativo NUTRIMENTALLinkPermiteMkt Barras de cereais e alimentos Desidratados, isotônicos e refrescos radicais Testar produtos em condições extremas Começou com Amir Klink buscando firmar-se como solucionadora de problemas de forma competente em situações radicais SONYLinkPermiteMkt VX filmadoras vídeo digital para TV e PD1- 1 filmadora digital multifunção Conexão ao capacete por trilho Filmar toda a escalada Por ser tipo maço de cigarro, pesando 520g, garante qualidade em miniatura

34 Estudo: tudo que se relaciona com montanha, inclusive livros de medicina aplicada. Pode haver graves da subida no organismo, lesão cerebral, edema pulmonar. Roupa: 1.ª camada cool- max, isolante térmico que absorve suor para deixar o corpo seco 2.ª camada, poliamida com forro polar. 3.ª camada, gorotex, tipo nylon, que permite evaporação do suor 4.ª camada, japona de duved, recheada de pena de ganso Carregadores: 150 homens auto-suficiência = 3meses 2.500kg Cozinheiros: 2 Apoio : 4 homens Oficial de enlace: 1 (facilitador exigido pelo Governo do Paquistão) TIME DE SUPORTE Alpinistas Abele Blanc (Ita) e Pepe Garcez (Esp)

35 Barraca: nylon resistente a ventos de 120km/h, aerodinâmica, montável em 2 min sob tempestade, armação flexível em liga especial para aviões. Estimativa econômica, com redu ç ão de carregadores e sem m é dicos Estimativa econômica, com redu ç ão de carregadores e sem m é dicos Or ç amento: 348 mil dol Inclui: escalada anterior de 5 das 14 maiores montanhas do mundo (> 8.000m). 2 j á foram escaladas, faltam 3, como prepara ç ão. In í cio do projeto: Jan 98 Patrocinadores afirmam : O trabalho do alpinista para alcan ç ar o cume é bastante similar ao que é desenvolvido dentro das empresas, pois envolve planejamento, metas a serem alcan ç adas, prepara ç ão profissional e capacidade para gerenciar o projeto durante o seu desenvolvimento, com todos os sucessos ou imprevistos que surjam.

36 - Que comparações podemos fazer desta aventura de escalada do K2 em relação à escalada diária da sua organização rumo à excelência? - A seguir, você vai aprender como fazer um plano de ação para um projeto, ou uma diretriz estabelecida por você e que precisa ser implementada a curto prazo! Veja como fazer! É simples e fundamental para facilitar o dia-a-dia.

37 ETAPA 6 PLANOS DE AÇÃO Refere-se aos principais propulsores organizacionais, resultantes do desdobramento das estratégias de curto e longo prazos. De maneira geral, os planos de ação são estabelecidos para realizar aquilo que a organização deve fazer bem feito para que sua estratégia seja bem-sucedida. O QUE? (Ações) COMO? (Método) POR QUE? (Objetivo) QUANDO? (Prazo) QUEM? (Responsável) ONDE?QUANTO?

38 GESTÃO ESTRATÉGICA O quê? Fazer uma viagem Por quê? Vou entrar de férias – vou fechar um negócio Para aonde? Paris – EUA – Amazônia – Friburgo Como? De avião – navio – trem – ônibus – automóvel Com quem? Com minha família – com a empresa Quando? – No mês que vem – próxima semana – amanhã Quanto custará? 2.000, 8.000, reais ou dólares? Qual a minha disponibilidade? 3.000, reais? Que período posso dispor? 07, 15 ou 30 dias? Quando você pensa em fazer uma viagem, o seu cérebro começa responder a várias perguntas... PLANEJAMENTO

39 Diretriz Estratégica: ___________________________________ O QUE? (Ações) COMO? (Método) POR QUE? (Objetivo) QUANDO? (Prazo) QUEM? (Responsável) ONDE?QUANTO?

40 O quadro a seguir apresenta para que tudo que foi estudo até agora vai ser útil para você! E, claro, logo após um gráfico que com a correlação da jornada de excelência e, como conseqüência, o aumento progressivo da lucratividade.

41 REALIZAR A MISSÃO ALCANÇAR A VISÃO PROJETAR A ORGANIZAÇÃO CONHECER O AMBIENTE DE NEGÓCIO GERAR VALOR CRIAR UMA VISÃO TANGÍVEL GERAR COMPROMETIMENTO DAS EQUIPES MINIMIZAR INCERTEZAS APRENDER COM OS ERROS DEFINIR PERFIS DE COLABORADORES GERAR UM PLANO DE AÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA PARA QUÊ? Plano de Ação Táticas & operações Metas Objetivos Missão Visão GESTÃO É ORGANIZAR PARA ATINGIR UM OBJETIVO. NÃO É ESFORÇO, É RESULTADO. GESTÃO ESTRATÉGICA

42 EBITDA - Lucro antes de impostos e taxas

43 Trazer resultado para os Investidores MAPA ESTRATÉGICO 5 Fortalecer competências em T.I. Ofertar um ambiente agradável para o aprendizado Otimizar utilização dos ativos Crescer Receita Perspectiva de Mercado Perspectiva de Processos Internos Perspectiva Aprendizado e Crescimento Cuidar da saúde fisica e emocional dos alunos Ter custos Competitivos Fortalecer a Criatividade Capacitar equipe técnica e gerencialmente Perspectiva Financeira Formar cidadãos Ser uma organização atraente para trabalhar ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO DE RECEITA ESTRATÉGIA DE PRODUTIVIDADE Manter conhecimentos atualizados


Carregar ppt "Estratégia: Conceito e Aplicação Estratégia: Conceito e Aplicação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google