A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. Façamos o Homem... 2. Não é bom que o homem esteja só... 3. Onde estiverem dois ou três reunidos... Mat.18:20. 4. Onde não há conselho fracassam os.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. Façamos o Homem... 2. Não é bom que o homem esteja só... 3. Onde estiverem dois ou três reunidos... Mat.18:20. 4. Onde não há conselho fracassam os."— Transcrição da apresentação:

1

2 1. Façamos o Homem Não é bom que o homem esteja só Onde estiverem dois ou três reunidos... Mat.18: Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com muitos conselheiros há bom êxito. Prov. 15: Façamos o Homem Não é bom que o homem esteja só Onde estiverem dois ou três reunidos... Mat.18: Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com muitos conselheiros há bom êxito. Prov. 15:22. O princípio, é Bíblico

3 5. Melhor é s erem dois do que um, porque tem melhor paga do seu trabalho. Porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porem, do que estiver só; pois caindo, não haverá quem o l evante. Se alguém quiser prevalecer c ontra um, os dois lhe resistirão; o cordão de três dobras não rebenta com facilidade. Ecle.4:9,10,12

4 O princípio, é Bíblico 6. Um ao outro ajudou e ao seu próximo disse: Sê forte. Assim o artífice anima ao ourives, e o que alisa com o martelo, ao que bate na bigorna... Isaías 41:6,7. 6. Um ao outro ajudou e ao seu próximo disse: Sê forte. Assim o artífice anima ao ourives, e o que alisa com o martelo, ao que bate na bigorna... Isaías 41:6,7.

5 Trabalho em Equipe O talento ganha o jogo, mas o trabalho de equipe e a inteligência ganham o campeonato. Eu prefiro ter cinco rapazes com menos talento que estão desejosos de se unirem como time, do que cinco rapazes que consideram- se estrelas e não estão dispostos a se sacrificarem. Michael Jordan, I Cant Accept Not Trying, San Francisco: Harper 1994, p. 24.

6 As boas Equipes Têm diversidade em: Técnica. Pensamento. Valores. Prioridades. Estilos. Técnica. Pensamento. Valores. Prioridades. Estilos.

7 Num time você vai encontrar quatro estilos de jogadores: Contribuidor Colaborador Comunicador Desafiador Contribuidor Colaborador Comunicador Desafiador

8 PRINCÍPIOS EFETIVOS PARA O TRABALHO EM EQUIPE 1. Coloque a equipe em primeiro lugar. 2. Ampla informação aberta. 3. Seja parte da solução. 1. Coloque a equipe em primeiro lugar. 2. Ampla informação aberta. 3. Seja parte da solução.

9 PRINCÍPIOS EFETIVOS PARA O TRABALHO EM EQUIPE 4. Respeite a opinião dos demais. 5. Construa confiança com integridade. 6. Faça um compromisso com a excelência.

10 PRINCÍPIOS EFETIVOS PARA O TRABALHO EM EQUIPE 7. Aceite os erros e aprenda com eles. 8. Aprenda continuamente. 9. Promova a interdependência dentro da equipe. 7. Aceite os erros e aprenda com eles. 8. Aprenda continuamente. 9. Promova a interdependência dentro da equipe.

11 Uma só lingua Muitos pastores, departamentais e administradores da igreja querem ter um plano diferente. O que necessitamos é falar uma só linguagem e ter um programa de ação integrado. Muitos pastores, departamentais e administradores da igreja querem ter um plano diferente. O que necessitamos é falar uma só linguagem e ter um programa de ação integrado.

12 Os elementos básicos para uma organização de êxito. Gênesis 11:1-9. Na história da Torre de Babel encontramos informações valiosas sobre a organização e o êxito de uma igreja. Gênesis 11:1-9. Na história da Torre de Babel encontramos informações valiosas sobre a organização e o êxito de uma igreja.

13 Os elementos básicos para uma organização de êxito. Miro Rach, diretor e presidente do Manegeman Trein Sistemas em Colorado Spring, em seu livro de Administração, enfatiza a importância que tem a história da Torre de Babel para as organizações que querem obter êxito.

14 Há 4 elementos básicos nesta passagem que devemos observar e tirar lições valiosas: 1.Tinham uma meta. Versos 3 e 4. 2.Tinham unidade de propósito. Verso 6 3.Tinham uma linguagem comum. Versos 1 e 6. 4.Não cumpriam a vontade de Deus. Versos 7 e 9 (A falta de cumprir a vontade de Deus os levou ao fracasso). 1.Tinham uma meta. Versos 3 e 4. 2.Tinham unidade de propósito. Verso 6 3.Tinham uma linguagem comum. Versos 1 e 6. 4.Não cumpriam a vontade de Deus. Versos 7 e 9 (A falta de cumprir a vontade de Deus os levou ao fracasso).

15 Há 4 elementos básicos nesta passagem que devemos observar e tirar lições valiosas: 1.Muitas veces trabalhamos sin alvos 2.No temos UNIDADE de propósito 3.No falamos uma linguagem comun 4.Mais todos desejamos facer a vontade de Deus 1.Muitas veces trabalhamos sin alvos 2.No temos UNIDADE de propósito 3.No falamos uma linguagem comun 4.Mais todos desejamos facer a vontade de Deus

16 Nós como igreja temos a intenção de cumprir a vontade de Deus. Mais não falamos a mesma linguagem porque cada um tem seu plano. Não temos unidade de propósito porque não estamos comprometidos com um plano integrado. Nós como igreja temos a intenção de cumprir a vontade de Deus. Mais não falamos a mesma linguagem porque cada um tem seu plano. Não temos unidade de propósito porque não estamos comprometidos com um plano integrado.

17 Não chegamos a uma meta comum porque não estamos unidos em nossos planos e propósitos e temos caído na doença da departamentalização.

18 Em outras palavras: 1.Cada um faz o que pode com o departamento que a igreja lhe deu para cuidar 2.De maneira egoísta crê que está fazendo a vontade de Deus. 3.Promove só o que lhe interessa. 1.Cada um faz o que pode com o departamento que a igreja lhe deu para cuidar 2.De maneira egoísta crê que está fazendo a vontade de Deus. 3.Promove só o que lhe interessa.

19 4. Chegou o momento de unir nossas forças em um plano integrado. 5. A chave do êxito é que todos falemos uma só linguagem. 6. Pense como seria maravilhoso se cada pastor, administrador e departamental da igreja se unissem em um plano integrado de evangelismo. 4. Chegou o momento de unir nossas forças em um plano integrado. 5. A chave do êxito é que todos falemos uma só linguagem. 6. Pense como seria maravilhoso se cada pastor, administrador e departamental da igreja se unissem em um plano integrado de evangelismo.

20 O Espírito de Profecia através de Ellen White nos diz: Não são numerosas instituições, grandes edificios ou larga ostentaçáo o que Deus requer, mas a açáo harmoniosa de un povo peculiar,un povo escolhido por Deus, e precioso. Cada um deve ficar em seu quinhão e lugar, pensando, falando, e agindo em harmonia com o Espírito de Deus. Então, e não antes, será a obra un todo completo, simétrico Serviço Cristão p, 74 Não são numerosas instituições, grandes edificios ou larga ostentaçáo o que Deus requer, mas a açáo harmoniosa de un povo peculiar,un povo escolhido por Deus, e precioso. Cada um deve ficar em seu quinhão e lugar, pensando, falando, e agindo em harmonia com o Espírito de Deus. Então, e não antes, será a obra un todo completo, simétrico Serviço Cristão p, 74

21 O Espírito de Profecia através de Ellen White nos diz: Trabalhando juntos e com harmonia para salvação dos homens, os que se negam a trabalhar em harmonia com os demais, desonram a Deus. Ele, o inimigo das almas se regozija quando vê os irmãos contradizendo-se uns aos outros no trabalho. Jóias dos Testemunios, vol. III p.244 Trabalhando juntos e com harmonia para salvação dos homens, os que se negam a trabalhar em harmonia com os demais, desonram a Deus. Ele, o inimigo das almas se regozija quando vê os irmãos contradizendo-se uns aos outros no trabalho. Jóias dos Testemunios, vol. III p.244

22 A vontade suprema de Deus é que trabalhemos unidos e em harmonia: O segredo de nosso êxito na Obra de Deus encontrar-se-á na operação harmoniosa de nosso povo. Tem de haver uma ação concentrada. Todo o membro do corpo de Cristo tem que fazer sua parte na causa de Deus segundo a capacidade que Ele lhe deu. Temos que conjugar esforços contra as dificuldades y obstáculos, ombro a ombro, e unidos pelo coração. Serviço Cristão p, 75 O segredo de nosso êxito na Obra de Deus encontrar-se-á na operação harmoniosa de nosso povo. Tem de haver uma ação concentrada. Todo o membro do corpo de Cristo tem que fazer sua parte na causa de Deus segundo a capacidade que Ele lhe deu. Temos que conjugar esforços contra as dificuldades y obstáculos, ombro a ombro, e unidos pelo coração. Serviço Cristão p, 75

23 Que poderosas orientações para os líderes de hoje! Se quisermos comover o mundo temos que unir as nossas forças. Chegou o momento de um evangelismo agressivo e integrado. Se estivermos dispostos a falar uma só linguagem, algo vai acontecer na igreja. Se quisermos comover o mundo temos que unir as nossas forças. Chegou o momento de um evangelismo agressivo e integrado. Se estivermos dispostos a falar uma só linguagem, algo vai acontecer na igreja.

24 Muitos não se integram porque pensam que vão perder sua identidade como departamento, mas não devemos temer. Isso não acontecerá, pelo contrário, trará a força de um plano para canalizar suas idéias e fazê-las mais efetivas.

25 Qual o segredo do êxito das igrejas que mais crescem ? As igrejas que mais crescem têm um plano unido de trabalho e um plano integrado de evangelismo.

26

27 Administração e Departamentais. O evangelismo é a prioridade dos líderes em todos os níveis. A melhor maneira de promover evangelismo é participar dele. Os administradores e departamentais dos campos devem falar uma só linguagem. O evangelismo é a prioridade dos líderes em todos os níveis. A melhor maneira de promover evangelismo é participar dele. Os administradores e departamentais dos campos devem falar uma só linguagem.

28 Planos claros e bem definidos. A improvisação conduz ao fracasso e à frustração. Ao planejar devem escolher as estratégias mais adequadas, os métodos mais efetivos, e levar em conta os recursos humanos e financeiros, etc. A improvisação conduz ao fracasso e à frustração. Ao planejar devem escolher as estratégias mais adequadas, os métodos mais efetivos, e levar em conta os recursos humanos e financeiros, etc.

29 Necessidade de alvos. Toda empresa que triunfa, trabalha orientada por alvos. A igreja deve estabelecer alvos: Toda empresa que triunfa, trabalha orientada por alvos. A igreja deve estabelecer alvos:

30 1. Alvos de pequenos grupos 2. Alvos de discípulos 3. Alvos de estudos bíblicos 4. Alvos de interessados 5. Alvos de campanhas de evangelismo 6. Alvos de batismos 1. Alvos de pequenos grupos 2. Alvos de discípulos 3. Alvos de estudos bíblicos 4. Alvos de interessados 5. Alvos de campanhas de evangelismo 6. Alvos de batismos Os alvos devem ser razoáveis para que possam ser alcançados.

31 Materiais. Devem prover materiais com antecedência para que a igreja tenha condições de trabalhar.

32 Recursos Financeiros O Evangelismo Integrado é o melhor investimento para a conquista de almas. Portanto devemos ter um orçamento integrado assim como o programa é integrado. O Evangelismo Integrado é o melhor investimento para a conquista de almas. Portanto devemos ter um orçamento integrado assim como o programa é integrado.

33 A igreja local como o foco do evangelismo. O principal foco do evangelismo deve ser a igreja local. Deve-se treinar os membros para evangelizar os amigos, parentes e vizinhos mais próximos. O evangelismo da amizade é a chave do trabalho. O principal foco do evangelismo deve ser a igreja local. Deve-se treinar os membros para evangelizar os amigos, parentes e vizinhos mais próximos. O evangelismo da amizade é a chave do trabalho.

34 Pastores. Orientar os pastores no evangelismo integrado e na organização da igreja. O pastor é o líder de evangelismo na igreja e sua responsabilidade é inspirar, desafiar, treinar e equipar a maior número possível de seus membros. Orientar os pastores no evangelismo integrado e na organização da igreja. O pastor é o líder de evangelismo na igreja e sua responsabilidade é inspirar, desafiar, treinar e equipar a maior número possível de seus membros.

35 Os Membros Os membros treinados e motivados são um potencial extraordinário no evangelismo. É erro fatal supor que a obra de salvar almas depende só do ministério. Serviço Cristão, 68 Os membros treinados e motivados são um potencial extraordinário no evangelismo. É erro fatal supor que a obra de salvar almas depende só do ministério. Serviço Cristão, 68

36 Avaliação. Deve ser objetiva, imparcial e freqüente. A avaliação ajuda a estabelecer com clareza as metas que queremos chegar. É vital ter reuniões de avaliação e coordenação de uma forma permanente. Deve ser objetiva, imparcial e freqüente. A avaliação ajuda a estabelecer com clareza as metas que queremos chegar. É vital ter reuniões de avaliação e coordenação de uma forma permanente.

37 A vontade suprema de Deus é que trabalhemos unidos e em harmonia: O segredo de nosso êxito na Obra de Deus encontrar-se-á na operação harmoniosa de nosso povo. Tem de haver uma ação concentrada. Todo o membro do corpo de Cristo tem que fazer sua parte na causa de Deus segundo a capacidade que Ele lhe deu. Temos que conjugar esforços contra as dificuldades y obstáculos, ombro a ombro, e unidos pelo coração. Serviço Cristão p, 75 O segredo de nosso êxito na Obra de Deus encontrar-se-á na operação harmoniosa de nosso povo. Tem de haver uma ação concentrada. Todo o membro do corpo de Cristo tem que fazer sua parte na causa de Deus segundo a capacidade que Ele lhe deu. Temos que conjugar esforços contra as dificuldades y obstáculos, ombro a ombro, e unidos pelo coração. Serviço Cristão p, 75


Carregar ppt "1. Façamos o Homem... 2. Não é bom que o homem esteja só... 3. Onde estiverem dois ou três reunidos... Mat.18:20. 4. Onde não há conselho fracassam os."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google