A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAPEL ESTRATÉGICO E OBJETIVOS DA PRODUÇÃO Como a função produção contribui para a competitividade ou para a direção estratégica da organização.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAPEL ESTRATÉGICO E OBJETIVOS DA PRODUÇÃO Como a função produção contribui para a competitividade ou para a direção estratégica da organização."— Transcrição da apresentação:

1 PAPEL ESTRATÉGICO E OBJETIVOS DA PRODUÇÃO Como a função produção contribui para a competitividade ou para a direção estratégica da organização.

2 OBJETIVOS Discussão a respeito de: w o papel da função produção no planos estratégicos da organização; w como a contribuição da função produção na competitividade da organização pode ser avaliada; w o significado dos cincos objetivos de desempenho da função produção: qualidade, rapidez, confiabilidade, flexibilidade e custo.

3 PAPEL DA FUNÇÃO PRODUÇÃO A função produção produz os serviços e bens demandados pelos consumidores. Três outros papéis parecem ser particularmente importantes para a função produção: como apoio para a estratégia empresarial; como implementadora da estratégia empresarial; como impulsionadora da estratégia empresarial.

4 APOIO PARA A ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Como apoiadora da estratégia global da organização desenvolve recursos de produção de maneira a torná-los apropriados, qualquer que seja a estratégia escolhida.

5 IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Como implementadora das estratégias organizacionais, a operação deve assegurar que a estratégia da empresa, realmente, funcione na prática.

6 IMPULSÃO DA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Como impulsionadora das estratégias organizacionais, deve atuar como líder da estratégia. Isso significa que a função produção deve fornecer à organização todos os aspectos de desempenho que ela necessita para atingir seus objetivos competitivos a longo prazo.

7 Cinco objetivos de desempenho A avaliação da contribuição de uma função produção pode ser feita através de cinco objetivos de desempenho: w qualidade; w rapidez; w confiabilidade; w flexibilidade; w custo.

8 OBJETIVO QUALIDADE Deseja-se fazer as coisas certas. Isto é, não é desejável a presença de erros. Deseja-se satisfazer os consumidores fornecendo bens e serviços isentos de erro, adequados a seus propósitos. Se a produção for bem-sucedida em proporcionar isso, estará dando uma vantagem de qualidade para a empresa.

9 Qualidade dentro da operação Bom desempenho de qualidade em uma operação não apenas leva à satisfação de consumidores externos. Como também torna mais fácil a vida das pessoas envolvidas na operação. Satisfazer aos clientes internos pode ser tão importante quanto satisfazer aos consumidores externos, tendo como conseqüências imediatas: Redução de custos. Aumento de confiabilidade.

10 Objetivo rapidez Deseja-se fazer as coisas com rapidez, minimizar o tempo entre o consumidor solicitar os bens e serviços e recebê-los. Fazendo isso, aumenta-se a disponibilidade de seus bens e serviços para os consumidores e estaria dando à empresa uma vantagem de rapidez.

11 Rapidez da operação interna Rapidez da operação interna também é importante. A resposta rápida aos consumidores externos é auxiliada sobretudo pela rapidez da tomada de decisão, movimentação de materiais e das informações internas da operação. Entretanto, a rapidez interna pode ter benefícios complementares: Rapidez reduz custos; pois, quanto mais rápido os materiais se moverem através da operação, mais provável que se estará fabricando o que realmente será exigido por seus consumidores.

12 OBJETIVO CONFIABILIDADE Deseja-se fazer as coisas em tempo para manter os compromissos de entrega assumidos com seus consumidores. Isso pode significar estar preparado para estimar, rigorosamente, uma data de entrega(ou, talvez, até aceitar a data de entrega exigida pelo consumidor), comunicá-la claramente ao consumidor e, depois, entregar, exatamente, em tempo. Se a produção fazer isso, estará proporcionando aos consumidores a vantagem de confiabilidade.

13 Confiabilidade na operação interna Os clientes internos julgarão o desempenho uns dos outros, analisando o nível de confiabilidade entre as microoperações na entrega pontual de materiais e informações. Isso resulta nas seguintes vantagens: Confiabilidade economiza tempo; Confiabilidade economiza dinheiro; Confiabilidade dá estabilidade.

14 OBJETIVO FLEXIBILIDADE Flexibilidade significa ser capaz de mudar a operação de alguma forma. Pode ser alterar o que a operação faz, como faz ou quando faz. Mudança é a idéia chave. A maioria das operações precisa estar em condições de mudar para satisfazer às exigências dos consumidores. Especificamente, a mudança exigida por eles deve atender a quatro tipos de exigências.

15 Exigências w flexibilidade de produto/serviço - produtos e serviços diferentes; w flexibilidade de composto(mix) - ampla variedade ou composto de produtos e serviços; w flexibilidade de volume - quantidades ou volumes diferentes de produtos e serviços; w flexibilidade de entrega - tempos de entrega diferente.

16 Flexibilidade de produto/serviço Flexibilidade de produto/serviço é a habilidade da operação introduzir novos produtos e serviços.

17 Flexibilidade de composto(mix) Flexibilidade de composto significa a habilidade de fornecer ampla variedade ou compostos de produtos e serviços. A maioria das operações produz mais de um produto ou serviço. Além disso,a maioria delas não produz seus serviços em volumes altos o suficiente para dedicar todas as partes de suas atividades exclusivamente a um único produto ou serviço. Isso significa que a maioria das partes de qualquer operação terá que processar mais de um tipo de produto ou serviço, e, então precisará, às vezes, deixar uma atividade para se dedicar a outra.

18 Flexibilidade de Volume w Flexibilidade de volume é a habilidade da operação alterar seu nível de output ou de atividade. Todas as operações necessitarão mudar seus níveis de atividades porque, em alguma extensão, terão que enfrentar demanda flutuante por seus produtos e serviços

19 Flexibilidade de entrega w Flexibilidade de entrega é a habilidade de mudar a programação do bem ou serviço. Geralmente, significa antecipar o fornecimento, por solicitação do cliente, dos bens ou serviços, embora possa significar também postergar a entrega. Geralmente, a última é a tarefa mais fácil.

20 Flexibilidade na operação interna O desenvolvimento de uma operação flexível pode também trazer vantagens aos clientes internos da operação, como: Flexibilidade agiliza a resposta: Freqüentemente, a habilidade de fornecer serviço rápido depende da flexibilidade da operação; Flexibilidade maximiza o tempo; Flexibilidade mantém a confiabilidade: A flexibilidade interna também pode ajudar a manter a operação dentro do programado quando eventos imprevistos perturbam os planos.

21 Objetivo custo Deseja-se fazer as coisas o mais barato possível, isto é, produzir bens e serviços a custo que possibilite fixar preços apropriados ao mercado e ainda permitir retorno para a organização. Alternativamente, se for uma organização que não visa lucro, fazer as coisas baratas significa dar bom valor aos pagadores de impostos ou aos mantenedores da operação. Quando a organização procura fazer isso, está proporcionando vantagem de custo a seus consumidores.

22 Custos da produção w custos de funcionários (dinheiro gasto com o pessoal empregado); w custos de instalações,tecnologia e equipamentos (dinheiro gasto em compra, conservação, operação e substituição de hardware de produção); w custos de materiais (dinheiro gasto nos materiais consumidos ou transformados na produção).

23 O custo afetado pelos demais objetivos da produção Cada um dos objetivos analisados de desempenho possui vários efeitos externos, afetando todos eles os custos. Isso acontece da seguinte forma:

24 Qualidade Operações de alta qualidade não desperdiçam tempo ou esforço de retrabalho nem seus clientes internos são incomodados por serviços imperfeitos. Em outras palavras, alta qualidade pode significar custos baixos.

25 Rapidez Operações rápidas reduzem o nível de estoque em processo, entre as micro operações, bem como diminuem os custos administrativos indiretos.Ambos esses efeitos podem reduzir o custo global da operação.

26 Confiabilidade Operações confiáveis não causam qualquer surpresa desagradável aos clientes internos. Pode-se confiar que suas entregas serão exatamente como planejado. Isso elimina o prejuízo de interrupção e permite que as outras micro operações trabalhem efetivamente.

27 Flexibilidade Operações flexíveis adaptam-se rapidamente às circunstâncias mutantes e não interrompem o restante da operação global. As operações microflexíveis podem também trocar rapidamente entre as tarefas, sem desperdiçar tempo e capacidade, reduzindo novamente os custos.

28 Conclusão Assim, como todas as organizações preocupam-se com o custo de suas operações para seus consumidores, devem também estar interessadas em qualidade, rapidez, confiabilidade e flexibilidade.

29 Unicastelo Administração da Produção Dimensões Competitivas em empresas manufatureiras: estratégias empresárias Prof.ª M.Sc. Luciana Helena Crnkovic

30 Conceito de Estratégia Corporativa É um conjunto de decisões em uma empresa que revelam seus objetivos e propósitos, geram as principais políticas e planos para atingi-los e define a área de negócio da empresa (Santos, 1999, p.21)

31 Hierarquia da estratégia w Estratégia corporativa, refere-se ao ambiente global, econômico político e social. w Estratégia de negócios, refere-se a cada unidade, define sua missão, visão e como a unidade pretende competir no mercado. w Estratégia funcional, refere-se a cada setor da unidade de negócio e determina a melhor forma de agir para apoiar as demais estratégias.

32 Conteúdo e processo da estratégia de produção O conteúdo refere-se as políticas planos e comportamentos que a produção escolhe seguir, nesse sentido três coisas são especialmente importantes: w As necessidades específicas dos grupos de consumidores da empresa; w As atividades dos concorrentes; w O estágio do ciclo de vida do produto

33 Aspectos que afetam a importância dos objetivos de desempenho Influencia dos consumidores da organização. Quais são os fatores ganhadores de pedido, qualificadores e menos importantes? Influencia dos concorrentes da organização. Como a operação reage as mudanças de comportamento dos concorrentes? Importância de cada objetivo de desempenho para a operação produtiva Estagio de ciclo de vida de produto ou serviço (introdução, crescimento, maturidade ou declínio)

34 Influencia do consumidor nos objetivos de desempenho Fatores competitivos Se os consumidores valorizam: Preço baixo Qualidade alta Entrega rápida Entrega confiável Produtos inovadores Ampla gama de produtos e serv. Habilidade de mudar quantidade, prazo de entrega de prod. ou serv. Objetivos de desempenho Então a operação precisará de excelência em: Custo Qualidade Rapidez Confiabilidade Flexibilidade (produto/serv.) Flexibilidade (mix) Flexibilidade (volume e/ou entrega)

35 Objetivos ganhadores de pedido w São direta e significativamente contribuem para a realização de um negócio, para conseguir o pedido. São as razões chaves para se comprar um produto. Aumentar o desempenho em um critério ganhador de pedido resulta em mais pedidos.

36 Critérios qualificadores w São aspectos da competitividade nos quais o desempenho da produção deve estar acima do nível determinado para sequer ser considerado pelo cliente. Qualquer melhora nos fatores qualificadores, acima do nível qualificador acrescentará benefícios competitivos relevantes

37 Critérios menos importantes w Não são qualificadores nem ganhadores de pedido. Não influenciam o cliente de forma significativa, mas podem ser importantes em outras partes da atividade de produção.

38 Influencia dos concorrentes nos objetivos de desempenho w A produção procurará igualar os movimentos de seus concorrentes, para obter a preferência dos consumidores. w Para isso pode-se mudar as prioridade dos objetivos de desempenho ou escolher competir de forma diferente para distinguir- se de seus rivais.

39 Influencia do ciclo de vida do produto ou serviço nos objetivos de desempenho 1. O produtos os serviços tem vida limitada; 2. As vendas passam por 4 estágios distintos, cada um colocando diferentes desafios ao produtos e vendedor; 3. Os lucros aumentam e diminuem nos diferentes estágios do ciclo de vida do produto; 4. Os produtos ou serviços exigem diferentes estratégias de marketing, finanças, manufatura, comprar e de pessoal em cada etapa do ciclo de vida.


Carregar ppt "PAPEL ESTRATÉGICO E OBJETIVOS DA PRODUÇÃO Como a função produção contribui para a competitividade ou para a direção estratégica da organização."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google