A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL PROFESSOR: OSNEI FRANCISCO ALVES FACULDADES SANTA CRUZ.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL PROFESSOR: OSNEI FRANCISCO ALVES FACULDADES SANTA CRUZ."— Transcrição da apresentação:

1 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL PROFESSOR: OSNEI FRANCISCO ALVES FACULDADES SANTA CRUZ

2 Delegação Delegação: é a transferência de determinado nível de autoridade de um chefe para seu subordinado,criando a correspondente responsabilidade pela execução da tarefa delegada.

3 Delegação Algumas considerações importantes sobre delegação são: A autoridade deve ser delegada até o ponto, e na medida necessária, para a realização dos resultados esperados (Koontz e ODonell, 1973:48); A autoridade deve ser proporcional ao nível de responsabilidade alocada no cargo e/ou função;

4 Delegação A responsabilidade não pode ser delegada, pois nem o chefe nem o subordinado podem livrar-se, totalmente, de suas obrigações, designando outros para realizá-las; e A clareza na delegação é fundamental, com designação precisa, entendida e aceita.

5 Delegação Obstáculos para a delegação: Do ponto de vista da empresa Filosofia de atuação estabelecida pela alta administração; Nível de controle; Barreiras legais.

6 Delegação Obstáculos para a delegação: Do ponto de vista do Chefe Medo de perder poder; Medo de perder o lugar (cargo); Falta de tempo para treinar os subordinados; Falta de subordinados capacitados e habilitados; Auto-valorização;

7 Delegação Gosta de fazer o trabalho do subordinado; Falta de habilidade de dirigir e coordenar; Desconfiança da capacidade e habilidade dos subordinados; Mania de perfeição (julgar que faz qualquer tarefa melhor do que o subordinado).

8 Delegação Obstáculos para a delegação: Do ponto de vista do subordinado Medo de assumir responsabilidades, por: Medo de críticas pelos erros; Falta de confiança própria.

9 Delegação Não se julga capacitado para a tarefa, por: Falta de conhecimento; Falta de informação necessária e de recursos.

10 Delegação Não tem tempo disponível para as novas tarefas; Preguiça, julgando que é mais fácil perguntar ao chefe do que decidir por si;

11 Delegação Possibilidade de não ser reconhecido; Incentivos inadequados; Falta de informações ou recursos necessários.

12 Centralização Centralização: é a maior concentração do poder decisório na alta administração de uma empresa.

13 Centralização Situações básicas as quais ocorrem a centralização: Para manter maior nível de integração das atividades da empresa; Para manter a uniformidade de decisões e ações; Para melhor administrar as urgências;

14 Centralização As principais vantagens da centralização podem ser resumidas da seguinte forma: Menor número de níveis hierárquicos; Melhor uso dos recursos humanos, materiais, equipamentos e financeiros;

15 Centralização Quando a estrutura organizacional da empresa não possibilita a descentralização; ou Para aumentar o nível de controle das atividades da empresa.: Quando o executivo não quer uma segunda pessoa que lhe faça sombra.

16 Centralização Melhor possibilidade de interação no processo de planejamento, controle e avaliação; Decisões estratégicas mais rápidas; e Maior segurança nas informações.

17 Descentralização Descentralização: é a menor concentração do poder decisório na alta administração da empresa, sendo, portanto, mais distribuído por seus diversos níveis hierárquicos.

18 Descentralização A descentralização, normalmente, ocorre nas seguintes situações: A carga de trabalho da alta administração está volumosa e/ou demasiadamente complexa; A situação anterior provoca morosidade no processo decisório; Pela ênfase que a empresa quer dar em relação produto versus mercado;

19 Descentralização Para encorajar o desenvolvimento gerencial de seus executivos lotados na média e baixa administração; e Para proporcionar maiores: participação, motivação e comprometimento.

20 Descentralização As principais questões a serem consideradas no processo de descentralização: Grau de confiança dos chefes sobre os subordinados; Capacidade do subordinado de lidar com as suas responsabilidades;

21 Descentralização Nível de treinamento e preparo da chefia; e Forma de atuação das unidades organizacionais de assessoria.

22 Descentralização As principais vantagens da descentralização podem ser resumidas da seguinte forma: Possibilidade de gerar maior especialização nas diferentes unidades organizacionais; Menor exigência de tempo nas informações e decisões; Maior tempo à alta administração para outras atividades;

23 Descentralização Possibilidade de gerar efeito competitivo, o que pode aumentar a produtividade; Maior facilidade de definição de objetivos e metas para as unidades organizacionais e pessoas; Possibilidade de maior desenvolvimento das pessoas nos aspectos administrativo e decisório;

24 Descentralização Possibilidade de maiores motivação e comprometimento; Possibilidade de maior participação; Possibilidade de atendimento mais rápido às necessidades da empresa e das unidades organizacionais; Melhor desenvolvimento da capacitação gerencial e profissional;

25 Descentralização Tomadas de decisão mais próximas da ocorrência dos fatos; Diminuição de conflitos entre os vários níveis hierárquicos da empresa; e Tendência a maior número de idéias inovadoras.


Carregar ppt "COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL PROFESSOR: OSNEI FRANCISCO ALVES FACULDADES SANTA CRUZ."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google