A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Integrantes: Aline Pena Duarte Maria Thereza Regiane Brugger.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Integrantes: Aline Pena Duarte Maria Thereza Regiane Brugger."— Transcrição da apresentação:

1 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Integrantes: Aline Pena Duarte Maria Thereza Regiane Brugger TRABALHO DE NUTRIÇÃO E METABOLISMO VITAMINAS E RDA NO CÂNCER Alkmim

2 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - CÂNCER O termo câncer provem da palavra grega caranguejo. Doença na qual as células de multiplicam de forma incontrolável.

3 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE BASE GENÉTICA DO CÂNCER Uma das mais importantes descobertas na pesquisa do câncer no final dos anos 70. Uma célula pode se tornar cancerígena quando, certos genes que controlam processos vitais, como divisão celular, são danificados. Esses genes defeituosos podem ser transmitidos hereditariamente. Podem sofrer mutações como conseqüência da exposição a substancias carcinogênicas, como a luz solar e o fumo.

4 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Mitose da célula tumoral.

5 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE TUMORES CANCEROSOS A maioria dos tipos de câncer se manifesta como tumores sólidos em determinadas partes do organismo como pele, mamas, pulmões, intestinos ou próstata. Um tumor canceroso (maligno) é um conjunto de células anômalas que se multiplicam de forma descontrolada. Podem penetrar nos tecidos vizinhos, infiltrando-se por entre as células saudáveis e se propagar para outras partes do corpo. As células cancerosas tem formas e dimensões muito irregulares e não se assemelham às células originais. As células cancerosas dividem muitas vezes e com maior freqüência do que a célula normal.

6 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Alterações Celulares

7 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE -ENVELHECIMENTO E CÂNCER O câncer é mais freqüente em idosos porque suas células tiveram mais tempo para acumular lesões genéticas. As proteínas do sistema imunológico, tornam-se menos eficientes com a idade. Um câncer que se desenvolveu numa fase inicial da vida pode levar anos para ser diagnosticado somente na velhice, visto que certos tumores podem levar anos para crescer o suficiente para causar sintomas evidentes.

8 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE COMO OS TUMORES OBTÊM NUTRIENTES Através do vasos sanguíneos adjacentes por um processo de difusão exterior, exatamente como fazem as células normais. A medida que o tumor aumenta de tamanho as células em seu interior vão ficando sem nutrientes O tumores invadem os vasos sanguíneos já existem ou estimulam a formação de novos vasos sanguíneos.

9 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE COMO O CÂRCER SE PROPAGA A característica que define um tumor canceroso é a capacidade de se propagar. A célula se separa do tumor e é transportada pelo fluxo sanguíneo ou linfático. Deve sobreviver aos ataques do sistema imunológico.

10 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE TRATAMENTO Durante dois mil anos os médicos tentaram curar o câncer removendo cirurgicamente os tumores visíveis. Esta abordagem é bem sucedida se o câncer não tiver propagado para os gânglios linfáticos ou outras partes do organismo. Para certos tipos de câncer, os que se espalham pelo o organismo, o tratamento com medicamentos antineoplásicos, denominados quimioterapia e radioterapia, pode ser utilizado como alternativa ou combinado com intervenção cirúrgica. Medicamentos antiangiogênicos, impedem o crescimento dos vasos necessários ao crescimento dos tumores, fazendo com que o tumor morra de fome.

11 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE INFLUÊNCIA DA NUTRIÇÃO NO CÂNCER A dieta é um fator notável para o desenvolvimento das formas mais comuns de Câncer. Estima-se que 35% dos tipos de câncer estejam vinculados a uma dieta inadequada. Como fator importante na promoção e manutenção da saúde, durante todo o curso da vida, a nutrição ocupa posição proeminente em atividades de prevenção.

12 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINAS NA PREVENÇÃO DE CÂNCER AS VITAMINAS As vitaminas são compostos orgânicos que variam amplamente quanto à estrutura química e atividade biológica. Discute-se atualmente a eficácia da ingestão de quantidades elevadas de vitaminas para atender demandas além das suas funções nutricionais,no sentido de prevenção de doenças crônicas tais como as doenças cardiovasculares e o câncer. As vitaminas mais investigadas como substâncias quimiopreventivas são as vitaminas A incluindo os carotenóides e as vitaminas C e E.

13 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE VITAMINA A (RETINOL) Família de substâncias denominadas retinóides. A atividade quimiopreventiva dos retinóides observada tanto em modelos experimentais de carcinogênese quanto em alguns tipos de cânceres em humanos, tem sido atribuída à ação do ácido retinóico sobre a expressão de genes envolvidos com a diferenciação e proliferação celulares.

14 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE -CAROTENÓIDES Constituem uma família de mais de 600 membros já identificados na natureza, sendo que cerca de 50 apresentam atividade pró-vitamínica A, ou seja, podem funcionar como precursores de vitamina A. Algumas das maiores fontes de carotenóides são: cenouras e abóboras,tomates e produtos derivados como extrato, polpa e molhos,goiaba vermelha,e espinafre.

15 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Habilidade em detoxicar substâncias carcinogênicas. Antioxidante Inibe a formação de nitrosaminas in vivo a partir de nitratos e nitritos usados como conservantes. Adicionada a muitos produtos alimentares industrializados para prevenir a formação desses compostos reconhecidamente carcinogênicos. VITAMINA C (ÁCIDO ASCÓBICO)

16 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Existente na natureza como tocoferóis e tocotrienóis. Antioxidante lipossolúvel mais efetivo encontrado na natureza. Fator de proteção contra a peroxidação lipídica nas membranas celulares e na circulação sanguínea. Fontes alimentares: Óleos vegetais e margarinas, amêndoas e amendoim. VITAMINA E

17 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE OMS sugere um consumo diário mínimo de 400 g de frutas e hortaliças, como uma estratégia de prevenção de doenças crônicas, especialmente o câncer. A suplementação de vitaminas e minerais, por sua vez, está preconizada somente no caso de aporte insuficiente na alimentação, não excedendo às quantidades recomendadas pelo Conselho Nacional de Pesquisa dos EUA (RDA). RDA - (Recommended Dietary Allowances) Ingestão diária recomendada. RECOMENDAÇÕES

18 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE -RDA VITAMINA C No caso da vitamina C, dados disponíveis indicam que a ingestão de 80 a 120 mg/dia pode reduzir o risco de doenças crônicas não-infecciosas, incluindo o câncer. Fumantes necessitam de um aporte mais elevado, de até 140 mg/dia. O consumo de vitamina C em doses mais elevadas pode ser deletério para o organismo, conforme observado através do aumento de lesões potencialmente mutagênicas em indivíduos saudáveis suplementados com 500 mg/dia durante 6 meses.

19 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE -RDA VITAMINA E A ingestão de vitamina E, na quantidade de 30 mg/dia, estabelecida no estudo SUVIMAX que corresponde a cerca de 3 vezes a quantidade recomendada (RDA) parece ser segura e eficaz na proteção contra doenças crônicas. SUVIMAX – O estudo da Suplementação com Vitaminas e Minerais Antioxidantes iniciado em 1994, na França. Trata-se de um estudo epidemiológico prospectivo, de intervenção, que tem como objetivo avaliar os efeitos do consumo concomitante de vitaminas e minerais antioxidantes, suplementados em doses mais fisiológicas sobre a mortalidade por câncer, por um período de 8 anos.

20 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE -RDA CAROTENÓIDES Em relação aos carotenóides, os relatos de estudos epidemiológicos observacionais sugerem que a ingestão de cerca de 4 mg/dia de carotenóides, quantidade presente em uma alimentação rica em frutas e hortaliças, pode proteger contra o câncer sem apresentar riscos à saúde. Recomenda-se ainda que a ingestão não exceda a 10 mg/dia especialmente no caso de fumantes.

21 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE O PODER DE PREVENÇÃO DOS ALIMENTOS

22 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Mantenha-se com os valores de massa corporal dentro dos limites ideais; Seja fisicamente ativo; Diminua o consumo de alimentos com alta intensidade energética e bebidas açucaradas; Consuma principalmente alimentos de origem vegetal; Limite o consumo de carnes vermelhas e evite carnes processadas; Limite o consumo de bebidas alcoólicas; Limite o consumo de sal; Não consuma suplementos alimentares; Amamentação exclusiva até 6 meses de idade RECOMENDAÇÕES ALIMENTARES PARA PREVENÇÃO DO CÂNCER

23 18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE CONCLUSÃO A ingestão de quantidades fisiológicas de antioxidantes, tais como as vitaminas C, E e os carotenóides, pode retardar ou prevenir o aparecimento de câncer. O consumo de uma dieta rica em frutas e hortaliças, contendo quantidades dessas substâncias próximas às recomendadas nutricionalmente, contribui com a defesa antioxidante do organismo, inibindo danos oxidativos em macromoléculas. O aporte de quantidades mais elevadas, na forma de suplementos, não está indicado, podendo inclusive ser deletério para o organismo.


Carregar ppt "18/11/09 Trabalho de Nutrição e Metabolismo - Uni Bh CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE Integrantes: Aline Pena Duarte Maria Thereza Regiane Brugger."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google