A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONCEITUANDO APRENDIZAGEM E INOVAÇÃO FLEURY, A. & FLEURY, M. T. (1995)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONCEITUANDO APRENDIZAGEM E INOVAÇÃO FLEURY, A. & FLEURY, M. T. (1995)"— Transcrição da apresentação:

1 CONCEITUANDO APRENDIZAGEM E INOVAÇÃO FLEURY, A. & FLEURY, M. T. (1995)

2 DEFININDO O QUE É APRENDIZAGEM Aprendizagem é um processo de mudança, resultante de prática ou experiência anterior, que pode vir, ou não, a manifestar-se em uma mudança perceptível de comportamento.(Fleury, 1995)....A aprendizagem é um processo que ocorre ao longo do tempo, bem como sua ligação com a aquisição de conhecimentos, uma compreensão mais profunda e melhor desempenho. (GARVIN, 2002).

3 Evento interno, não observável, inferido através do desempenho das pessoas (Fleury apud Lomônaco:1997).

4 APRENDIZAGEM INDIVIDUAL X ORGANIZACIONAL Aprendizagem Individual é: É um processo de mudança contínua baseado em agregar novos conhecimentos com objetivo de ascensão social e/ou profissional.

5 MODELOS DE APRENDIZAGEM INDIVIDUAL Behaviorista: Focado no comportamento, uma vez que é observável e mensurável. Parte do princípio de que a análise do comportamento é a base do relacionamento interpessoal. Cognitivo: Baseado na explicação dos fenômenos mais complexos e soluções dos problemas. Leva em consideração as crenças e percepções dos indivíduos que influenciam seu processo de apreensão da realidade.

6 Aprendizagem organizacional: O que é: A fusão da abordagem behavorista e cognitiva a aplicadas nas organizações. Não implica em mudanças comportamentais visíveis e mensuráveis. Envolve novos processos de cognição, possibilitando compreender melhor o que está ocorrendo no ambiente (interno e externo).

7 Conceito de organizações que ganham: São organizações que possuem a capacidade de: Criar, adquirir e transferir conhecimentos. Modificar comportamentos rotineiros. Refletir novos conhecimentos e insights (ver a situação de outra maneira). Focadas no aprendizado e não no controle. Devem desenvolver cinco disciplinas: Domínio pessoal. Modelos mentais. Visões partilhadas. Aprendizagem em grupo. Pensamento sistêmico.

8 O FOCO NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL. Domínio pessoal: Baseado no autoconhecimento (conhecimento pessoal). As pessoas aprendem a ver a realidade de forma objetiva Modelos mentais: Visão pessoal do mundo em que está inserido. Visão do mundo e suas atitudes. Construção de visão compartilhada: Quando as pessoas aprendem por vontade própria e não por obrigação. É decorrente de objetivos legítimos e concretos.

9 Aprendizagem em grupo: Ocorre quando a habilidade coletiva é maior que a individual. As pessoas aprendem a ver a realidade de forma objetiva. Visão sistêmica: Visão pessoal do mundo em que está inserido. Visão do mundo e suas atitudes.

10 Primeira Disciplina: Domínio pessoal. Através do domínio pessoal, as pessoas aprendem a clarear e aprofundar seus objetivos. É capaz de esclarecer o que realmente é importante para o indivíduo, onde deve concentrar suas energias, como desenvolver a paciência e como ver a realidade de maneira objetiva.

11 Segunda Disciplina: Modelos Mentais. São idéias profundamente arraigadas, generalizações e imagens que influenciam o modo das pessoas encararem o mundo e suas atitudes. Os modelos mentais tornam-se espelhos, aprendendo a desenterrar imagens interiores do mundo, trazendo-as à superfície.

12 Terceira Disciplina: Terceira Disciplina: Construção de visão compartilhada ou Objetivo Comum. Consiste em objetivos, valores e compromissos que sejam compartilhados em conjunto por membros da organização. Se a organização tem um objetivo comum, concreto e legítimo, seus membros dão tudo de si e aprendem, não por obrigação mas, espontaneamente.

13 Quarta Disciplina: Aprendizagem em grupo. As habilidades coletivas são maiores que as habilidades individuais. Através do diálogo, o grupo poderá desenvolver várias idéias relevantes para a organização. Quando o grupo aprende, além de produzir resultados extraordinários, seus integrantes se desenvolvem com maior rapidez no sentido individual.

14 Quinta Disciplina: Raciocínio sistêmico. Só é possível entender um sistema observando-o como um todo, não apenas uma de suas partes. O negócio e outros trabalhos são sistemas que devem ser analisados em conjunto. Raciocínio sistêmico é uma estrutura conceitual, uma integração de conhecimentos e instrumentos com o objetivo de tornar mais claro esse conjunto e mostrar modificações para melhorá-lo. É considerado a quinta disciplina pois integra as demais, mostrando que o todo pode ser maior que a soma de todas as partes isoladas.

15 TIPOS DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL 1. Aprendizagem em circuito único: apóia-se na habilidade de detectar e corrigir o erro com relação a um dado conjunto de normas operacionais; 2. Aprendizagem em circuito duplo: depende da capacidade de olhar duplamente asituação, ou seja, questionando a relevância das normas de funcionamento. (Argyris, C. Enfrentando defesas empresariais: facilitando o aprendizado organizacional.RJ: Campus, 1992).

16 Tipos de Aprendizagem Organizacional

17 A Organização que aprende A Organização que aprende organização que aprende é aquela que dispõe de habilidades para criar, adquirir e transferir conhecimentos, e é capaz de modificar seu comportamento, de modo a refletir os novos conhecimentos e idéias.organização que aprende é aquela que dispõe de habilidades para criar, adquirir e transferir conhecimentos, e é capaz de modificar seu comportamento, de modo a refletir os novos conhecimentos e idéias. (Garvin, D. Building a learning organization. Harvard Business Review, jul-ago, p , 1993).

18 Construção da Aprendizagem Organizacional Estágios da Aprendizagem Organizacional: 1. Conscientização; 2. Compreensão; 3. Ação e; 4. Análise. Tipos básicos de aprendizagem: 1. aprender como melhorar o conhecimento organizacional existente (aquisição); 2. aprender a criar um novo conhecimento organizacional, ou seja, inovar (criação); 3. disseminar ou transferir o conhecimento para as várias áreas da organização (disseminação).


Carregar ppt "CONCEITUANDO APRENDIZAGEM E INOVAÇÃO FLEURY, A. & FLEURY, M. T. (1995)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google