A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

® MANOEL ROMAN FILHO GESTÃO DE MUDANÇAS. ® MANOEL ROMAN FILHO as causas da resistência às mudanças o impacto das mudanças globais nas empresas e nas pessoas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "® MANOEL ROMAN FILHO GESTÃO DE MUDANÇAS. ® MANOEL ROMAN FILHO as causas da resistência às mudanças o impacto das mudanças globais nas empresas e nas pessoas."— Transcrição da apresentação:

1 ® MANOEL ROMAN FILHO GESTÃO DE MUDANÇAS

2 ® MANOEL ROMAN FILHO as causas da resistência às mudanças o impacto das mudanças globais nas empresas e nas pessoas como neutralizar a resistência às mudanças Identificar OBJETIVOS Marcondes & Consultores

3 ® MANOEL ROMAN FILHO Globalização da economia Fim da Guerra Fria Ricos x pobres Fim da utopia socialista Expansão do Islamismo Mudança eixo Leste-Oeste Norte-Sul Aumento da presença da mulher no mundo do trabalho O MUNDO MUDOU ! Marcondes & Consultores

4 ® MANOEL ROMAN FILHO E CONTINUARÁ A MUDAR! O MUNDO ESTÁ MUDANDO EXATAMENTE AGORA! Marcondes & Consultores

5 ® MANOEL ROMAN FILHO POR QUE É DIFÍCIL PARA AS EMPRESAS MUDAREM? AS EMPRESAS TAMBÉM PRECISAM MUDAR! Marcondes & Consultores

6 ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ® MANOEL ROMAN FILHO CONSERVA CULTURAL Marcondes & Consultores

7 ® MANOEL ROMAN FILHO CULTURA É CONSERVA! Marcondes & Consultores

8 ® MANOEL ROMAN FILHO Estabiliza o ambiente e reduz a ansiedade! aglutina pessoas, cria identidade dá significado e coerência às ações conserva as boas soluções, facilita escolhas e decisões FUNÇÕES DA CULTURA Marcondes & Consultores

9 ® MANOEL ROMAN FILHO CONSERVA CULTURAL Riscos Marcondes & Consultores Padronizar demais Rigidez (dogmas)Baixa diversidade Rejeitar a influência externa

10 ® MANOEL ROMAN FILHO CRISE Marcondes & Consultores Associados CONSERVA CULTURAL COMPORTA FORASTEIRO VISÃO PARADIGMAS mentos VALORES

11 ® MANOEL ROMAN FILHO Competências Motivação Recursos Plano Ação Visão Competências Motivação Recursos Mudança Confusão Ansiedade Mudança Lenta Frustração Indecisão Visão CompetênciasMotivação Recursos Plano Ação Visão Motivação Recursos Plano Ação Visão Competências Recursos Plano Ação Visão Competências Motivação Plano Ação ADMINISTRANDO MUDANÇAS Marcondes & Consultores

12 ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ® MANOEL ROMAN FILHO Ideologia Central Aceita erros honestos Cria e mantém ambiente estimulador da auto-estima Processo decisório - Concordância Voz e veto a todos os envolvidos nas decisões específicas Marcondes & Consultores CULTURA DA MUDANÇA

13 ® MANOEL ROMAN FILHO PARA MUDAR A EMPRESA-CONSERVA... Marcondes & Consultores...AS PESSOAS TAMBÉM PRECISAM MUDAR!

14 ® MANOEL ROMAN FILHO Qualidade & Produtividade Marcondes & Consultores Mudança ! Vale de Lágrimas! Líder Coach!

15 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a fraca forte ConsciênciaConsciência alta baixa RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores

16 ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ® MANOEL ROMAN FILHO Como neutralizar os estados emocionais decorrentes da mudança da cultura? MUDANÇA DA CULTURA OU CULTURA DA MUDANÇA Marcondes & Consultores Como gerar as condições de inclusão, pertinência, auto-estima, concordância e compromisso em torno de valores.

17 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a fraca ConsciênciaConsciência baixa RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores Inércia

18 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a forte ConsciênciaConsciência baixa RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores Rejeição

19 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a fraca RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores Indecisão ConsciênciaConsciência alta

20 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a forte ConsciênciaConsciência RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores alta Evolução

21 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a fraca forte ConsciênciaConsciência baixa RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores alta IndecisãoEvolução Inércia Rejeição

22 ® MANOEL ROMAN FILHO AGORA, VOCÊ DEVE PLANEJAR E EXECUTAR UM PROJETO EM 7 MINUTOS! Marcondes & Consultores

23 ® MANOEL ROMAN FILHO R e s p o s t a fraca forte ConsciênciaConsciência baixa RESPONDENDO ÀS MUDANÇAS Marcondes & Consultores alta IndecisãoEvolução Inércia Rejeição

24 ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ® MANOEL ROMAN FILHO Abaixo Acima CONTROLE Fora Dentro INCLUSÃO Fechado Aberto ABERTURACOMPETÊNCIAIMPORTÂNCIABEM QUERER Ser Ignorado Ser Humilhado Ser Rejeitado Marcondes & Consultores

25 ® MANOEL ROMAN FILHO Passado PresenteFuturo TRADICIONALTRADICIONAL NOVANOVA PLANEJAMENTO Marcondes & Consultores

26 ® MANOEL ROMAN FILHO FAÇA UMA DIFERENÇA! Marcondes & Consultores

27 ® MANOEL ROMAN FILHO Will Schutz Marcondes & Consultores COMPORTAMENTOS 5,93 7,03 5,2 6,74 5,41 5,73 4,4 3,71 4,61 5,01 5,47 5, População Eu incluo as pessoas Eu quero incluir as pessoas As pessoas me incluem Eu quero que as pessoas me incluam Eu controlo as pessoas Eu quero controlar as pessoas As pessoas me controlam Eu quero que as pessoas me controlem Eu sou aberto com as pessoas Eu quero ser aberto com as pessoas As pessoas são abertas comigo Eu quero que as pessoas sejam abertas comigo ELEMENTOCELEMENTOC

28 ® MANOEL ROMAN FILHO 5,53 6,24 5,79 7,38 5,33 7,02 4,78 6,85 5,79 7,42 6,23 7, Marcondes & Consultores Will Schutz SENTIMENTOS População Eu sinto que as pessoas são importantes Eu quero sentir que as pessoas são importantes As pessoas sentem que sou importante Eu quero que as pessoas que sou importante Eu sinto que as pessoas são competentes Eu quero sentir que as pessoas são competentes As pessoas sentem que sou competente Eu quero sentir que as pessoas são competentes Eu gosto das pessoas Eu quero gostar das pessoas As pessoas gostam de mim Eu quero que as pessoas gostem de mim ELEMENTOSELEMENTOS

29 ® MANOEL ROMAN FILHO Desempenho & Resultados Conhecimentos Habilidades Atitudes Informação Saber o quê Saber porquê Conceituais Técnicas Capacidade Saber como Querer fazer Identidade Comportamento Determinação COMPETÊNCIAS Liderança : Competências x Motivação x Desempenho Satisfação MOTIVAÇÃO Autor: Manoel Roman Filho Liderança AB C Negócio

30 ® MANOEL ROMAN FILHO GESTÃO DAS COMPETÊNCIAS É ADMINISTRAR AS COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS AO SUCESSO DO NEGÓCIO... E GARANTIR A MANUTENÇÃO DOS CONHECIMENTOS E HABILIDADES IMPORTANTES PARA O NEGÓCIO. PARA UMA ORGANIZAÇÃO : É o processo de identificação, avaliação, desenvolvimento e gestão de conhecimentos, atitudes e habilidades que agregam valor à organização.

31 ® MANOEL ROMAN FILHO MAPEAMENTO E INVENTÁRIO DE COMPETÊNCIAS MAPEAMENTO – DEFINIR AS COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS (EXIGIDAS) PARA CADA CARGO E FUNÇÃO INVENTÁRIO – LEVANTAR AS COMPETÊNCIAS EXISTENTES (ATENDIDAS) PARA CADA CARGO E FUNÇÃO GAP – DIFERENÇA ENTRE AS COMPETÊNCIAS EXIGIDAS E AS COMPETÊNCIAS ATENDIDAS.

32 ® MANOEL ROMAN FILHO CARGO E FUNÇÃO CARGO – TÍTULO COM O QUAL O FUNCIONÁRIO É REGISTRADO NA CIA. EX.: MECÂNICO DE MANUTENÇÃO ESPECIALIZADO FUNÇÃO – CONJUNTO DE ATIVIDADES QUE O FUNCIONÁRIO REALIZA ROTINEIRAMENTE. EXEMPLO: MECÂNICO DE MANUTENÇÃO ESPECIALIZADO I FABRICAÇÃO COTONETES MECÂNICO DE MANUTENÇÃO ESPECIALIZADO I FABRICAÇÃO DE ABSORVENTES DIÁRIOS.

33 ® MANOEL ROMAN FILHO ORGÃOS REGULATÓRIOS – O QUE AUDITAM (ISO, ANVIMA, ANVISA, FDA) DOCUMENTAÇÃO AS COMPETÊNCIAS EXIGIDAS PARA CADA CARGO E FUNÇÃO ESTÃO SENDO ATENDIDAS, E OS GAPS ESTÃO SENDO TRATADOS ? SERÁ ANALISADO EXIGIDO x ATENDIDO EM CADA COMPETÊNCIA NO GC EVIDÊNCIAS OBJETIVAS OS FUNCIONÁRIOS ESTÃO APTOS PARA AS TAREFAS QUE ESTÃO DESEMPENHANDO? PODE SER AVALIADO ALEATORIAMENTE NO LOCAL DE TRABALHO : A – A TAREFA EM EXECUÇÃO ESTÁ NO DIAGRAMA DE HABILIDADES DA FUNÇÃO? B - O FUNCIONÁRIO ESTÁ APTO PARA REALIZAR ESTA TAREFA (É 3 ) ? C - EXISTE EVIDÊNCIA OBJETIVA QUE O NÍVEL 3 DO FUNCIONÁRIO FOI AVALIADO FORMALMENTE?

34 ® MANOEL ROMAN FILHO EDUCAÇÃO NÍVEL INSTRUÇÃO EXIGIDO ESPECIALIDADE EXIGIDA CURSOS ACADÊMICOS EXPERIÊNCIA HABILIDADES APTIDÃO P/ EXERCER TAREFAS INDIVIDUAL AVALIAÇÃO FORMAL INDIVIDUAL EXIGIDAS POR EQUIPE TREINAMENTO EXIGIDO DA FUNÇÃO HABILIDADES EXIGIDAS FORMAS TREINAMENTO RELACIONADAS TREINAMENTOS ATENDIDOS P/ FUNCIONARIO ATENDE EXIGIDO? JUSTIFICADO? CONFORME NÃO CONFORME S S N N CARGO EXPERIÊNCIA ANTERIOR EXIGIDA CARGOS EXERCIDOS FUNÇÃO EQUIPE ATENDE EXIGIDO? EXISTE PLANO ADEQUAÇÃO? CONFORME NÃO CONFORME FUNCIONARIO EXECUTA TAREFA SEM ESTAR APTO? N N S S S N DEFINIÇÕES DAS COMPETÊNCIAS

35 ® MANOEL ROMAN FILHO A COMPETÊNCIA É A SOMATÓRIA DA: A PESSOA PODE TER A EDUCAÇÃO EXIGIDA, MAS NÃO TER A HABILIDADE NECESSÁRIA EDUCAÇÃO + EXPERIÊNCIA + HABILIDADES + TREINAMENTOS NO MERCADO EXISTEM 2 CAMINHOS: A EMPRESA PODE CONTRATAR O FUNCIONÁRIO, E PROVER OS TREINAMENTOS NECESSÁRIOS. A EMPRESA FAZ UMA ANÁLISE DO PERFIL DO FUNCIONÁRIO, IDENTIFICANDO A MELHOR ÁREA PARA ATUAÇÃO

36 ® MANOEL ROMAN FILHO FORMA COMO A APTIDÃO SERÁ ADQUIRIDA (TREINAMENTO)_ HABILIDADE EXIGIDA NÍVEL MÍNIMO (3) FUNCIONÁRIOS - TIME NÍVEL DE APTIDÃO DE CADA MEMBRO DO TIME MÍNIMO DE PESSOAS NECESSÁRIAS NO TIME APTAS NESTA HABILIDADE Máquinas

37 ® MANOEL ROMAN FILHO RESUMO - HABILIDADES/TREINAMENTO O DIAGRAMA DE HABILIDADES É MONTADO POR FUNÇÃO O FUNCIONÁRIO COM NÍVEL 3 É CONSIDERADO TOTALMENTE APTO PARA EXECUTAR A TAREFA O FUNCIONÁRIO COM NÍVEL ABAIXO DE 3 NÃO PODE EXECUTAR A TAREFA SE PARA UMA DADA HABILIDADE O TIME NÃO TEM O NR DE PESSOAS NECESSÁRIAS (APTAS) DEVERÁ TER UM PLANO DE TREINAMENTO. OS TREINAMENTOS PARA CADA HABILIDADES DEVERÃO ESTAR DISPONÍVEIS E ORGANIZADOS. TODOS OS TREINAMENTOS DEVERÃO INCLUIR UMA AVALIAÇÃO FORMAL, QUE ATESTE A APTIDÃO DO FUNCIONÁRIO PARA EXECUTAR A TAREFA, COM NOTA MÍNIMA P ATESTAR QUE O TREINAMENTO FOI ABSORVIDO.

38 ® MANOEL ROMAN FILHO

39 1.O SISTEMA DEVE ATENDER OS REQUISITOS DOS ORGÃOS REGULATÓRIOS. NÃO CONFORMIDADE COMO DEFINIDOEVIDÊNCIAS DA FALHACAUSAS COMUNSPREVENÇÃO Sistema com problemas – dados não consistentes ou faltando O sistema deve estar atualizado para todos os funcionários Os dados não são consistentes ou não tem dados O operador do sistema não atualiza corretamente O operador do sistema deve ser treinado – deve ser criado a função coordenador de Tpm na área O processo não está desenhado na área O papel de manutenção do sistema deve estar incorporado na área – avaliação individual deve estar atrelado Educação e experiência não stá atualizado Não existe exigência formal para educação e ou experiência para todos os cargos – O sistema não onde buscar estes dados A fábrica deve especificar requisitos para Educação e experiência formal para todos os cargos. Depto de RH deve controlar e exigir estes requisitos de novos funcionarios Treinamento e Habilidade não estão atualizados Tarefa não foi considerada relevante ou foi esquecida durante o mapeamento da função Quando mapeando a função, utilizar-se de fluxograma para cada funcionalidade, e avaliar se a atividade impacta na qualidade do produto, segurança e produtividade. Para os 2 primeiros critérios, não seja econômico na definição.

40 ® MANOEL ROMAN FILHO 2 - O SISTEMA DEVE AGREGAR VALOR AO NEGÓCIO NÃO CONFORMIDADE COMO DEFINIDO EVIDÊNCIAS DA FALHACAUSAS COMUNSPREVENÇÃO Executando tarefas capacitado mas com baixa eficávia ou com insegurança A evidência de estar capacitado é a execução excelente Atos inseguros, eficácia do processo comprometida Treinamento mal feito. Avaliação negligente por banalização do sistema. Mapear habilidades importantes para o desenenho da função do funcionário. Quando a tarefa for de ordem prática, a avaliação deve ser de ordem prática.- não esquecer – treinar em como fazer a tarefa. Sem treinamentoQuando mapeando a função, utilizar-se de fluxograma para cada funcionalidade, e avaliar se a atividade impacta na qualidade do produto, segurança e produtividade. Para os 2 primeiros critérios, não seja econômico na definição. A tarefa em questão não é contemplada no diagrama do funcionário Novas atividades agregadas à função ou modificação nas atividades da função Sistema deve ser atializado no mínimo 1 vez por mês. Modificações no perfil das funções devem ser atualizadas no sistema. Ninguem pode executar tarefas sem que a análise seja feita e se necessário a mesma seja incluído no sistema Tarefa não foi considerada relevante ou foi esquecida durante o mapeamento da função Quando mapeando a função, utilizar-se de fluxograma para cada funcionalidade, e avaliar se a atividade impacta na qualidade do produto, segurança e produtividade. Para os 2 primeiros critérios, não seja econômico na definição.

41 ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ® MANOEL ROMAN FILHO Motivação e Auto-Estima

42 ® MANOEL ROMAN FILHO -- Você parou para refletir sobre por que a maioria das pessoas é tão pouco criativa? -- Ou por que freqüentemente não se sentem suficientemente motivadas?

43 ® MANOEL ROMAN FILHO -- Você parou para pensar Por que nos deixamos dominar por pequenos problemas, ao invés de enfrentá-los com coragem e determinação? -- Ou quantas foram às vezes em que misturamos os contextos de nossa vida profissional com os de nossa vida pessoal? -- Ou ainda como é comum nos sentirmos ofendidos por qualquer coisa?

44 ® MANOEL ROMAN FILHO -- Será que não é chegado o momento para você rever suas ATITUDES e POSTURAS diante dos acontecimentos e [das] circunstâncias que a vida apresenta? -- De sua vida afetiva? Profissional? -- Dos problemas em geral? -- Dos colegas de trabalho? -- Da comunidade? -- Diante de sua família?

45 ® MANOEL ROMAN FILHO -- Abaixo relaciono uma série de recomendações, atitudes e ações que certamente ajudarão. Tenha sempre objetivos em sua vida. Estabeleça-os claramente (inclusive com datas) até que estejam fortemente presentes em seu sub-consciente. Valorize sua família e amigos. Trabalhe com alegria e sejá perseverante! Jamais saia do caminho da VERDADE e ouça sua intuição nos momentos de indecisão. Não tenha medo do desconhecido. Procure sempre prestar um excelente serviço em todas as circunstancias, pois o que realmente vale em nossa vida é aquilo que fazemos para os outros.

46 ® MANOEL ROMAN FILHO Estou seguro de que tudo o que comentei acima não representa nenhuma novidade e você já leu em algum lugar ou ouviu algum dia. Então pergunto: por que você não toma uma ATITUDE corajosa e coloca em pratica tudo isso? Experimente! Você vai descobrir uma nova MOTIVAÇÃO para sua vida! A hora é de ação! Seja feliz!

47 ® MANOEL ROMAN FILHO Obstáculos à motivação - São condições internas e externas a nós, que dificultam ou impedem a motivação. - Apresentam-se como barreiras - O que é motivação? Força interna que nos leva a buscar os ideais. - Quando ocorre a Motivação? Eu desejo algo. Eu desejo algo e recebo estímulos externos Eu desejo algo e busco estímulos externos Eu, a principio, não desejo algo, mas recebo estímulos externos.

48 ® MANOEL ROMAN FILHO Condições internas a nós Atitudes negativas -Pessimismo; -Insegurança; -Comodismo; -Passividade. -Problemas de saúde - física ou mental

49 ® MANOEL ROMAN FILHO Condições externas a nós Críticas destrutivas: Ofensivas Infundadas Mal-esclarecidas Os 3 Ds da desmotivação: Desconfiança Desvalorização Desprezo Situações que nos preocupam: Estar desempregado Problemas pessoais ou familiares Dificuldades financeiras Comportamento de pessoas que se omitem quando delas necessitamos: Não nos proporcionam reconhecimento (elogios) Não nos incentivam Não nos apóiam

50 ® MANOEL ROMAN FILHO Quando não ocorre a Motivação? -Eu desejo algo, mas não consigo agir (1). -Eu desejo algo, mas não consigo agir (2). -Eu recebo estímulos externos, mas não consigo agir. -Eu não quero, não me interesso, não acredito, desconheço...

51 ® MANOEL ROMAN FILHO Obstáculos à Motivação Profissional a)Auto-realização profissional: b)Condições do trabalho c)Políticas do Empregador d)Remuneração e)Relacionamentos f)Conduta gerencial Não informa Não delega Não ouve Não desenvolve Não pede sugestões É prepotente Não orienta Despreparado tecnicamente Não incentiva, elogia Desinteressado dos problemas pessoais

52 ® MANOEL ROMAN FILHO Auto-Estima Auto-EficiênciaAuto-Respeito Autoconfiança e Direito de ser feliz Confiança na própria capacidade de pensar e enfrentar problemas Certeza dos próprios valores, de poder amar, ser amado e respeitado Auto-Estima Egoísmo

53 ® MANOEL ROMAN FILHO O que é Auto-estima? Auto-Estima é a vivência de sermos apropriados á vida, de sentirmos a vida, estando de bem com ela. 1º- Confiança e enfrentar os desafios da vida; 2º-Direito de ser feliz, de expressar nossas necessidades e desejos e poder desfrutar dos resultados. Aspectos da Auto-estima: Auto-eficiência: capacidade de pensar, agir; Auto-respeito: direito, valores, vontades.

54 ® MANOEL ROMAN FILHO Por que precisamos de Auto-estima? Porque é a uma necessidade, que contribui para desenvolvimento normal e saudável do ser humano. Auto-estima positiva: encara as dificuldades, não desiste, podem até ser derrubas mas sua recuperação é rápida; Auto-estima negativa: não encara as dificuldades, desiste logo, e se sua recuperação é lenta, ou talvez nunca tenham essa recuperação.

55 ® MANOEL ROMAN FILHO Algumas práticas essenciais para se construir uma auto-estima elevada : 1.A prática de auto-aceitação: admitir os pensamentos, sentimentos e ações, sem fugir/negar ou justificá-las; 2.A prática de senso de responsabilidade: perceber que somos autores das escolhas e ações; que cada um é responsável pela própria vida; cooperar com outras pessoas; 3.A prática de viver conscientemente: participar intensamente daquilo que fazemos enquanto fazemos; buscar compreender o mundo interior e exterior;

56 ® MANOEL ROMAN FILHO Fontes interiores da Auto-Estima Racionalismo: lado esquerdo do cérebro, leva a pessoa agir com bom senso, respeita os fatos; Realismo: está relacionado a pessoa que identifica o real e o irreal; Intuição: Lado direito do cérebro, uso adequado das emoções; Criatividade:Pessoas que criam,sentem seus sinais, e apostam nisso. Independência: Prática de pensar em si mesmo; Flexibilidade: Ser flexível, reagir a mudanças; Disponibilidade para admitir (e corrigir) erros: Eu estava errada; Benevolência e cooperação: Ama ao teu próximo como a ti mesmo.

57 ® MANOEL ROMAN FILHO Para sua auto-estima e motivação

58 ORGANIZAÇÃO, SISTEMAS E MÉTODOS ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de desempenho

59 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho - Introdução Analise de desempenho Humano e de negócios; Desenvolvimento para monitoramento dos negócios e humanos; Monitoramento e aprimoramento do planejamento, metas; Estratégia bem sucedida – negócios e humano.

60 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho de Negócios Planejamento, definição de metas com o objetivo de estratégias bem sucedidas; Obtenção de informações armazenadas pela empresa, visualizando novas oportunidades; Organizações atentas ao desempenho;

61 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de desempenho de negócios Métodos Blanced ScoreCard – BSC Economic Value Added – EVA Key Perfonance Indicators – KPI´s Benchmarks – internos e externos

62 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho humano Deve proporcionar benefícios para a organização e para as pessoas; Principal motiva das organizações está voltada para medição, avaliação de aspectos principais; 1) Resultados concretos ou finais; 2) Desempenho; 3) Fatores críticos de sucesso;

63 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho humano - Objetivo As principais razões das organizações estão preocupadas em avaliar o desempenho de seus funcionários são; A avaliação do desempenho proporciona um julgamento sistemático para fundamentar aumentos salariais, promoções, transferências e, muitas vezes, demissões de funcionários; Pode se comunicar aos funcionários seu desempenho em suas atividades, sugerindo mudanças no comportamento, nas atitudes, habilidades ou conhecimentos; Permite que os subordinados conheçam aquilo que o chefe pensa a seu respeito.

64 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho humano Métodos de avaliar Oito métodos de avaliar o desempenho: Auto-avaliação do desempenho; O gerente; O indivíduo e o gerente; Equipe de trabalho; A avaliação 360 graus; A avaliação para cima; Comissão de avaliação de desempenho; O órgão do RH;

65 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho humano Métodos de avaliar Métodos de apresentação de avaliação; Método da escala gráfica; Método da escolha forçada; Método de pesquisa de campo; Método dos índices críticos; Método de comparação dos pares; Método de frases descritivas; Método da auto-avaliação; Método de avaliação por resultado; Métodos mistos;

66 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho humano Novos m étodos de avaliar Avaliação Participativa por Objetivos (APPO) a avaliação do desempenho segue seis etapas: Formulação de objetivos consensuais ; Comprometimento pessoal quanto ao alcance dos objetivos conjuntamente formulados; Negociação com o gerente sobre a alocação dos recursos e meios necessários para o alcance dos objetivos; Desempenho; Constante monitoração dos resultados e comparação com os objetivos formulados; Retroação intensiva e contínua avaliação conjunta;

67 ® MANOEL ROMAN FILHO Gestão de Desempenho Conclusão A avaliação trata de verificar quais objetivos foram alcançados e como o desempenho poderá ser melhorado para elevar cada vez mais as metas e os resultados qual foi o resultado alcançado e qual será a participação; Fator muito importante para estratégias de mercado e traçar metas e projeções futuras; Avaliação de desempenho – tanto pessoal como negócios – são de grande destaque em organizações.


Carregar ppt "® MANOEL ROMAN FILHO GESTÃO DE MUDANÇAS. ® MANOEL ROMAN FILHO as causas da resistência às mudanças o impacto das mudanças globais nas empresas e nas pessoas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google