A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Por Leonardo Roeder Aracaju/set 2010 Marketing de Baixo Custo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Por Leonardo Roeder Aracaju/set 2010 Marketing de Baixo Custo."— Transcrição da apresentação:

1 Por Leonardo Roeder Aracaju/set 2010 Marketing de Baixo Custo

2 Quem vai falar ? Leonardo Roeder é Especialista em Marketing/UFS, Publicitário/UNIT e Economista/UFS. É Professor da UNIT, lecionando as disciplinas mídia, promoção de vendas, merchandising, atendimento e comportamento do consumidor. Atuação em paralelo em Agência de Propaganda, na área de Planejamento e Execução de Mídia.

3 Cenário e importância da pequena empresa no contexto social.

4 Classificação dos estabelecimentos segundo porte PorteSetores Indústria(1)Comércio e Serviços Microempresaaté 19 pessoas ocupadasaté 9 pessoas ocupadas Pequena empresade 20 a 99 pessoas ocupadasde 10 a 49 pessoas ocupadas Fonte: Sebrae Elaboração: DIEESE

5 Número de estabelecimentos com e sem empregados, por porte Brasil e Grandes Regiões 2007 e 2008 (em nos absolutos) NordesteSergipe Micro Com empregados Sem empregados Divididos entre comercio, industria, serviços e construção. Fonte: Sebrae Elaboração: DIEESE

6 Número de empregos em microempresas, por setor de atividade econômica - Brasil, Grandes Regiões e Unidades da Federação 2008 ComércioServiçosIndústriaConstruçãoTotal Sergipe Fonte: MTE. Rais Elabora ção: DIEESE

7 REFLEXÃO

8 O Consumidor se empenha em comprar algo (um produto, serviço ou marca) que não fica sabendo que existe ?

9 Por que algumas pessoas compram a minha marca e outras compram a do meu concorrente ?

10 Por que o meu concorrente Vende mais do que eu ?

11 Por que alguns clientes estão mudando para o meu concorrente ?

12 Por que não consigo atrair os clientes do meu concorrente ?

13 Qual o meu limite máximo de atuação ? Existem limites ?

14 POR QUE INVESTIR EM MKT DE BAIXO CUSTO / PROPAGANDA ?

15 A propaganda exerce um papel fundamental no crescimento de uma empresa. Alguns fatores fazem dela ferramenta determinante para o sucesso de uma organização.

16 Posiciona e valoriza a marca junto ao público consumidor. Estabelece um elo de comunicação entre a empresa e o mercado.

17 Comunica benefícios funcionais e, criando benefícios emocionais, a propaganda ajuda a construir lealdade e diferencial a uma marca.

18 Desempenha efeito estabilizador em períodos de crise. As empresas que mantém a propaganda durante um período de recessão obtém melhor performance após a crise.

19 Gera lucros. Estimula a demanda de um produto, baixando os custos fixos do mesmo. Consumidores leais a marcas tornam-se menos sensíveis a preços.

20 Transmite segurança. Quando o consumidor vê o anuncio do produto comprado, reduz o nível de insegurança, aumentando o grau de satisfação.

21 Amplia o apelo dos produtos em lançamento, aumenta o período de sobrevida de um produto em maturação ou reativa produtos em declínio, além de facilitar o processo de relançamento e reposicionamento de produtos.

22 Mantém viva a marca na mente do consumidor. Um dos papéis da propaganda é o de condicionar o pensamento e a lembrança do consumidor.

23 Em mercados concorridos, pode gerar maior grau de proteção e real vantagem competitiva para a empresa.

24 Possibilita aos consumidores reconhecerem mais facilmente suas necessidades nos produtos anunciados, comunicando seus benefícios funcionais e emocionais.

25 É uma ferramenta de duas vias, ou seja: - da empresa para o mercado - do mercado para a empresa.

26 Mas antes vamos falar sobre o motivo do nosso encontro, pelo menos o que eu acho o principal:

27 QUEM COMPRA, QUEM DECIDE A COMPRA, QUEM INFLUENCIA A COMPRA

28 NO PASSADO CONHECÍAMOS NOSSOS CLIENTES PELO NOME; ONDE VIVIAM; QUE TIPO DE PRODUTOS NECESSITAVAM; COMO SERIAM ENTREGUES; COMO QUERIAM PAGAR E QUANTO DE DINHEIRO TINHAM PARA GASTAR.

29 E hoje ? Será que poderíamos precisar quem é o nosso cliente ? Custo de Comercial de 30 no JNAC em Sergipe: R$ 2.991,00 Quem é impactado pela comunicação ? Eles querem comprar um prédio de R$ ,00 ? Quem visualiza uma placa de outdoor ? Quem escuta rádio? Será que compra o produto anunciado ? Quem acessa o site? Compra ? Ou não ? Quem lê o jornal ? Procura emprego ? Carro ? Garota de Programa ?

30 Os compradores são exploradores. Eles estão em um safári procurando ofertas, novos produtos e itens diferentes para acrescentar empolgação a sua vida diária. 3 em cada 4 estão abertos a novas experiências. (Shimp, 2002)

31 Até hoje, a propaganda tradicional nos meios de comunicação de massa procura atrair a atenção de seus consumidores através da interrupção. FATO:

32 CONSUMIDOR

33

34

35 Se vamos interromper, que o interrompido tenha Interesse naquilo que estamos oferecendo. POR QUE ?

36 PARA ENTREGAR UM PRODUTO ADEQUADO AS NECESSIDADES DESSE CLIENTE. EVITANDO QUE O CONCORRENTE OFERECA O MESMO TIPO DE PRODUTO.

37 Mais do que desenvolver um bom produto e estabelecer preços atraentes, o marketing é responsável por levar estes aspectos ao público-alvo. Isto só ocorre (no nosso caso) com uma comunicação eficiente e direcionada.

38 Hierarquia dos clientes - Schimid Suspect Prospect Cliente de primeira compra Cliente de segunda compra Advogado da marca Tempo Nº de compras

39 Consumidor ou cliente? Na era do cliente, os consumidores querem voltar a ser clientes, para serem tratados como indivíduos, com suas necessidades entendidas e tratadas individualmente Bretzkes

40 Marketing Conjunto de atividades empresariais que visa a satisfação das necessidades e dos desejos de um, ou vários mercados, através da oferta de produtos e serviços, por meio de um processo de troca (Kotler) Marketing é primeiramente uma dimensão central do negócio inteiro. É o negócio como um todo visto do ponto de vista do seu resultado final, isto é, do ponto de vista do cliente. (Peter Drucker) Marketing é um processo de planejamento e execução de concepção, precificação, promoção e distribuição de idéias, bens e serviços para criar trocas que satisfaçam metas individuais e organizacionais. (AMA)

41 Ações do Marketing Desde o lançamento até o fim da vida do produto, uma série de atividades são desenvolvidas em torno do produto: Algumas delas são: Pesquisa, Levantamento de necessidades, Potencial de compra, Distribuição, Comercialização, Preços condizentes, Divulgação.

42 Pilares do Marketing Produto: Todo bem que pode ser ofertado a um ou vários mercados, visando a satisfação de uma necessidade do consumidor

43 Visão industrial... Produto é a combinação de matérias-primas, partes componentes, processos de produção e respectivos custos. Visão estratégica... Produto é o conjunto de atributos tangíveis e intangíveis que proporciona benefícios reais ou percebidos com a finalidade de satisfazer as necessidades e os desejos do consumidor. Semenik & Bomassy

44 Minha opinião...É o resultado final de expectativas, percepções e desejos do consumidor captado pela empresa.

45 Pilares do Marketing Preço: Valor que um produto tem ou apresenta em determinado mercado, representado por uma quantidade de moeda

46 Pilares do Marketing Ponto (distribuição) – conjunto de atividades estratégicas e de planejamento desenvolvido pela empresa para tornar um produto disponível à aquisição

47 Pilares do Marketing Promoção: Comunicação da empresa com seus diversospúblicos através de: Publicidade, Propaganda, Promoção de Vendas, Merchandising, Venda Pessoal, Assessoria, RRPP etc.

48 Onde investir em comunicação ?

49

50 Meio Rádio Rádio como veículo: - Cobertura local com picos de audiência; - Passível de segmentação (programa ou faixa). - Fonte de entretenimento a qualquer hora - Impacto pelo uso da sonoplastia – reforço do efeito da palavra, dando maior impacto aos textos publicitários -Não absorve atenção total – o ouvinte pode fazer outras coisas ao mesmo tempo - Horário Nobre: manhã – pico das 06 às 11h

51 TV Uma das únicas desvantagem para o pequeno anunciante: o preço. Contudo, regionalização da TV possibilita a entrada dos pequenos anunciantes (mercados de TV)

52 Sergipe Domicílios com TV 516 mil

53 Revista – Melhor Reprodução dos anúncios e melhor aparência – Uso de apliques: estímulo dos sentidos – Vida mais longa, são lidas com mais vagar, o que permite textos mais longos – Tem maior porcentagem de leitores por número; – São extremamente seletivas e adequadas.

54 Jornal - Apelo universal – alcança qualquer tipo de publico - maleabilidade: o anuncio pode ser inserido,trocado ou cancelado de um momento para o outro; - ação rápida e intensa: tende a provocar uma reação mais rápida. Permite inserções mais freqüentes de forma a imprimir intensidade a campanha - vida curta (exceto aos domingos) - leitura rápida (exceto aos domingos)

55 Cinema O ambiente de cinema gera um clima de expectativa O tamanho da tela causa alto-impacto A alta qualidade do som eleva a percepção Número limitado de comerciais resulta em maior percepção individual Audiência real;

56 Outdoor É um meio de grande impacto É um dos meios que mais exibe o produto e menos explica. O outdoor é quinzenal É instantânea, uma programação de colagem bem feita de uma campanha pode cobrir uma cidade do dia para a noite É um enorme display de preço É um veículo eminentemente urbano, estando ligado diretamente à população das cidades. Ninguém desliga um cartaz. Ele é uma mídia compulsória.

57 BUSDOOR Percorre uma média de 300km/dia, nas principais avenidas da cidade Quando o consumidor se locomove ele acompanha; Permite a escolha das linhas de ônibus que lhe interessam (segmentação). Tem um custo até 50% menor que os outros meios de comunicação. Por ser uma publicidade móvel, proporciona um maior tempo de visualização. Baixo custo por mil pessoas Atinge todas as classes sociais, desde quem dirige um carro importado até o pedestre.

58 Presença na net Criar um mailing listeficiente. Criar uma newsletter. marketing. Inserir vídeos sobre o negócio, gratuitamente, em sites como YouTube ou Google Vídeo. Criar chats para atendimento dos clientes. Blogs, twitter(exemplos)

59 REDES DE RELACIONAMENTO (Grátis) As comunidades, sites, blogs e fotologs permitem que as empresas interajam com os consumidores Você pode saber quais dos seus produtos e serviços fazem mais sucesso e divulgá-los na rede. As pessoas costumam espalhar pela rede a sua opinião sobre as marcas que lhes agradam ou decepcionam.

60 CUIDADO !!! Relacionamento inspira contatos efetivos e duradouros. Não adianta criar perfil do orkut, facebook e twitter sem um gerencimento do que se coloca naquele espaço.

61

62

63 Quando preparamos um plano de mídia offline, o foco é no veículo: Perfil do público do programa, praças, freqüência, cobertura e volume. Em um plano de mídia online, o foco muda para o consumidor: Região, sexo/idade/classe social, cobertura, freqüência, duração, dia/hora

64 Influência on line 70% busca 69% banners 59% interação e entretenimento

65

66

67 Fazer endomarketing Conceito É toda e qualquer ação de marketing voltada para a satisfação e aliança do público interno com o intuito de melhor atender aos clientes externos.

68 É O MEIO QUE MAIS CRESCE EM PENETRAÇÃO NO BRASIL. Já atinge aproximadamente 40% da população. Enquanto os meios tradicionais têm crescimento singelo ou declínio na sua penetração, a Internet cresce sem parar e em todos os públicos. Até mesmo no seu. Anuncie na Internet.

69 VOCÊ AINDA ACHA QUE BATER NA PORTA DO QUARTO DE UM ADOLESCENTE É A MELHOR FORMA DE FALAR COM ELE? Experimente a Internet: mais de 60% dos jovens estão online. Mais de 60% dos jovens de 10 a 24 anos estão online. Para se comunicar com eles, você precisa da Internet.

70 COMPUTADOR VIROU O OBJETO DE DESEJO. COITADINHO DO APARELHO DE TV. Em 2008, vendeu-se mais computadores do que TVs no Brasil. O computador se tornou um verdadeiro objeto de desejo. Só no ano passado, o número de computadores vendidos superou em 11% o número de TVs vendidas. Isso mostra que o mundo mudou. Faça o mesmo na hora de desenvolver o seu plano de mídia: anuncie na Internet.

71 NO BRASIL, QUEM ACESSA A INTERNET PASSA 3 VEZES MAIS TEMPO ONLINE DO QUE VENDO TV. Os internautas também passam mais tempo online do que vendo TV nos EUA, Japão, Alemanha e Reino Unido. No Brasil os internautas passam três vezes mais tempo online do que vendo TV. Faça como as maiores empresas do mundo: anuncie na internet.

72 Mídia Alternativa Uma infinidade de outras ferramentas segmentadas de comunicação

73

74

75

76

77

78

79 10 erros numa campanha de Publicidade 1) Não definir target 2) Não se distinguir da concorrência 3) Não conhecer o mercado alvo 4) Errar na mensagem 5) Prejudicar eficácia em prol da criatividade 6) Não ter em conta aspectos culturais 7) Escolher os meios/veículos errados 8) Não definir orçamento 9) Não confiar a campanha a profissionais 10) Não ter um critério claro na escolha da agência

80 Promoção de Vendas Ampliação da Demanda a curto prazo (Bursk)

81 PROPAGANDAPROMOÇÃO Atenção – Interesse – DesejoAção Cria preferência da marcaTraduz a preferência em decisão de compra Longa duração (freqüência)Curta duração (impacto) Ampla coberturaPequena cobertura (público restrito) Resultados conceituaisResultados mensuráveis Custo absoluto maiorCusto absoluto menor SubjetivaObjetiva AdjetivosSubstantivos Leva o comprador ao produtoLeva o produto ao comprador Cabeça do clienteMãos do cliente Onde está o consumidor e o dinheiroOnde está o consumidor, o dinheiro e o produto Custo relativo menorCusto relativo maior

82 A Promoção pode: Revigorar as vendas de uma marca madura; Facilitar o lançamento de produtos; Aumentar o espaço de comercialização; Neutralizar a concorrência; Compras de teste; Manter usuários, estimulando compras repetidas; Induzir o estoque; Reforçar a Propaganda e/ou vice versa.

83 A Promoção não pode: Compensar uma equipe mal treinada; Dar ao comércio ou aos consumidores qualquer razão convincente para continuar comprando a longo prazo; Deter permanentemente a tendência de declínio de vendas; Mudar a não aceitação de um produto indesejado.

84 A promoção pode ser aplicada em: Industria, varejo, serviços, dentro da própria empresa etc.

85 Mecânicas Promocionais Vale Brinde Concursos / Premiações / Sorteios Leve 3 pague 2 / Promoção conjunta Brinde anexo ao produto Brinde enviado pelo correio Coleções Junte-Troque Cupons / Amostragem Embalagem reutilizável

86 PDV É qualquer estabelecimento comercial que exponha serviços ou produtos para a venda aos consumidores. Exemplos: Supermercados, Farmácias, Shoppings, Padarias, Lojas, Bancas de Jornal, Bancos, Exposições, Barracas de Camelô, Feiras Livres, Lojas Virtuais na Internet.

87 Classificação dos Materiais em PDV Permanentes: displays e letreiros que levam a informação do produto (6 meses) Temporários: usados por menos de 6 meses Mídia dentro da loja: propaganda, rádio PDV, carrinho de compra.

88 Exibitécnica Boa embalagem Design do Produto Destaque na exposição da oferta Emprateileiramento técnico Arrumação racional das unidades Os dispenseres Display / expositores Decoração Vitrinismo

89 Erros em PDV 1. Descuidar da Vitrine 2. Iluminação Deficiente 3. Não Cuidar da Temperatura 4. Cores Desajustadas 5. Layout Inadequado 6. Não Renovar Regularmente a Imagem Geral 7. Não Cuidar dos Estoques

90

91 Merchandising Merchandising é qualquer técnica, ação ou material promocional usado no ponto de venda, que proporcione informação e melhor visibilidade a produtos, marcas ou serviços, com o propósito de motivar e influenciar as decisões de compra dos consumidores.

92 Não deixe de dar o primeiro passo. Só assim você vai sair do lugar.

93 Contatos msn:


Carregar ppt "Por Leonardo Roeder Aracaju/set 2010 Marketing de Baixo Custo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google