A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO À ECOLOGIA O que é ecologia? Deriva do grego oikos com sentido de casa e logos que significa estudo. Supervisiona parques florestais Avaliar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO À ECOLOGIA O que é ecologia? Deriva do grego oikos com sentido de casa e logos que significa estudo. Supervisiona parques florestais Avaliar."— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO À ECOLOGIA O que é ecologia? Deriva do grego oikos com sentido de casa e logos que significa estudo. Supervisiona parques florestais Avaliar impactos por obras/danos ao ambiente Trabalham em empresas como extração de petróleo Ecoturismo Professor/pesquisador O que fazem os ecólogos?

2 Homem primitivo x conhecimentos ecológicos. Era necessário? Na sociedade primitiva, para sobreviver, todos os indivíduos precisavam conhecer o seu ambiente, ou seja, as forças da natureza e os vegetais e os animais a sua volta. Hipócrates, Aristóteles e outros filósofos gregos: fazem referência a temas ecológicos em suas obras. Idade Média: visão aristotélica da natureza, isto é, a natureza sempre esteve em equilíbrio perfeito. HISTÓRICO

3 *Gaunt: pioneiro no estudo da demografia (mortalidade, razão sexual, taxa de nascimentos, etc). *Leeuwenhoeck (1632): importância das cadeias alimentares e a regulação das populações. *Richard Bradley: produtividade biológica. *Buffon (1756): princípio básico da regulação ecológica das populações. *Malthus (1798): populações podem crescer em ritmo exponencial enquanto os recursos necessários a essas populações crescem em ritmo aritmético. Alguns cientistas importantes:

4 a) muitas espécies foram extintas no decorrer dos tempos; b)existe competição causada por pressão populacional; c)a seleção natural e a luta pela existência são mecanismos evidenciáveis na natureza. *Darwin (1859) e Malthus mudaram a visão aristotélica e a base para essa mudança de pensamento baseou-se nos seguintes fatos:

5 *Ernest Haeckel, em 1866 na Alemanha, propôs pela primeira vez o termo ecologia – Estudo da casa Ecologia é o estudo de todas as inter-relações complexas denominadas por Darwin como as condições da luta pela existência. Ou, ainda, a ecologia era a ciência capaz de compreender a relação do organismo com o seu ambiente.

6 Apresenta: milhões de espécies diferentes, incontáveis, bilhões de indivíduos geneticamente distintos, todos vivos e interagindo em um mundo variado e sempre em transformação. A ecologia, sendo uma ciência... os ecólogos procuram explicar e compreender. Explicação imediata (aqui e agora) – a distribuição e abundância atuais de uma determinada espécie de ave pode ser explicada pelo ambiente físico que ela tolera, o alimento que consome e os parasitas e predadores que a atacam. Explicação final – da distribuição e abundância atuais dessa aves baseia-se nas experiências ecológicas de seus ancestrais. Antes de compreender algo... é preciso descrever o que desejamos entender. A ecologia não é uma ciência fácil. Porquê?

7 Os ecólogos tentam prever o que acontecerá com uma população de organismos sob um conjunto particular de circunstâncias e, baseados nessas previsões, procuram controlá-los ou explorá-los. O difícil papel de explicar!

8 Conceito importante que é o de níveis de organização, o qual pode ser entendido como um conjunto de entidades, sejam elas genes, células, ou mesmo espécies, agrupadas em uma ordem crescente de complexidade. Níveis de organização O que é um Ecossistema?

9 HIERARQUIA DOS NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO

10 Quanta vida na Terra!

11 DEFINIÇÕES BÁSICAS Espécie: dois ou mais organismos são considerados da mesma espécie, quando podem se reproduzir, originando descendentes férteis Populações: formadas por organismos da mesma espécie, isto é, um conjunto de organismos que podem se reproduzir produzindo descendentes férteis. Comunidades: conjunto de todas as populações que ocupam uma determinada área. A comunidade é dividida em componentes vivos que chamamos bióticos; em contrapartida, o conjunto formado por regime de chuvas, temperatura, luz, umidade, minerais do solo enfim, toda a parte não viva, é chamada de componentes abióticos.

12 Ecossistema: formada pela comunidade e o ambiente não vivo (abiótico). Todas as relações dos organismos entre si, e com seu meio ambiente, ou dito de outra forma, a todas as relações entre os fatores bióticos e abióticos em uma determinada área, chamamos ecossistema. Hábitat: Local onde uma ou mais espécie vive. Ex.: O hábitat do lobo guará é o cerrado. Nicho Ecológico: É a função ou papel desempenhado pelos organismos de determinada espécie em seu ambiente de vida. Unidade mais íntima da distribuição de uma espécie (modo peculiar a cada grupo de organismo de obter sua energia, dentro do seu hábitat)

13 BIOSFERA OU ECOSFERA : A terra é composta por vários ecossistemas sejam eles aquáticos, terrestres ou até mesmo aéreos. A soma de todos estes ecossistemas chamamos de biosfera. Portanto, a biosfera seria a parte na qual ocorre vida no planeta e na qual a vida tem o poder de ação sobre o mesmo. Biomas: subdivisões dos grandes ambientes da terra : mar (Talassociclo); água doce (Limnociclo) e terrestre (Epinociclo) que é caracterizados principalmente pelos componente vegetal. Ecótone: Transição entre duas ou mais comunidades distintas pertencentes a diferentes ecossistemas. Ex: transição entre o campo e um lago

14 ECOLOGIA TRÓFICA Este termo ecológico representa o vínculo existente entre um grupo de organismos presentes em um ecossistema, os quais são regulados pela relação predador-presa. É através da cadeia alimentar, ou cadeia trófica, que é possível a transferência de energia entre os seres vivos. 1.Cadeias alimentares Fluxo de energia e de nutrientes com elos (níveis tróficos) interligados entre organismos vivos. Cadeia Alimentar e Teia alimentar

15 PRODUTORES - São os organismos capazes de fazer fotossíntese ou quimiossíntese. Fotossíntese: produzem e acumulam energia através de processos bioquímicos utilizando como matéria prima a água, gás carbônico e luz. Ex: Plantas Quimiossíntese: utilizada para a síntese de matéria orgânica não é luz mas a energia liberada nas reações químicas de oxidação efetuadas nas células (como por exemplo em reações de oxidação de compostos de enxofre). Ex: bactérias A CADEIA OU REDE ALIMENTAR É CONSTITUÍDA PELOS SEGUINTES NÍVEIS:

16 CONSUMIDORES PRIMÁRIOS: São os animais que se alimentam dos produtores, ou seja, são as espécies herbívoras. Os consumidores primários podem ser desde microscópicas larvas planctônicas, ou invertebrados bentônicos (de fundo) pastadores, até grandes mamíferos terrestres como a girafa e o elefante. CONSUMIDORES SECUNDÁRIOS: São os animais que se alimentam dos herbívoros, a primeira categoria de animais carnívoros. CONSUMIDORES TERCIÁRIOS: São os grandes predadores como os tubarões, orcas e leões, os quais capturam grandes presas, sendo considerados os predadores de topo de cadeia. Tem como característica, normalmente, o grande tamanho e menores densidades populacionais. DECOMPOSITORES: São os organismos responsáveis pela decomposição da matéria orgânica, transformando-a em nutrientes minerais que se tornam novamente disponíveis no ambiente. Os decompositores, representados pelas bactérias e fungos, são os últimos elo da cadeia trófica, fechando o ciclo. ONÍVORO: Alimentam-se de tudo

17 O conjunto de indivíduos que se alimenta dos mesmos nutrientes estão colocados em um mesmo nível trófico. Os produtores estão colocados no 1º nível trófico Os consumidores primários, aqueles que se alimentam dos produtores, são herbívoros e constituem o 2º nível trófico Os consumidores secundários compõem o 3º nível trófico, sendo os carnívoros Após esses existe o 4º nível trófico e assim por diante Os decompositores ocupam sempre o último nível da transferência de energia formando um grupo especial que degrada tanto produtores quanto consumidores Níveis Tróficos

18 Cadeia alimentar

19 Entretanto, a cadeia alimentar não mostra o quanto complexas são as relações tróficas em um ecossistema. Para isso utiliza-se o conceito de teia alimentar, o qual representa uma verdadeira situação encontrada em um ecossistema, ou seja, várias cadeias interligadas ocorrendo simultaneamente 2. Teias alimentares

20

21 Rede alimentar hipotética

22 QUAL A IMPORTÂNCIA DE SE CONHECER AS CADEIAS ALIMENTARES? Uso natural de animais ou plantas que possam controlar ou equilibrar o ecossistema de forma a evitar o uso de pesticidas e quaisquer outras formas artificiais que possam desequilibrar em longo prazo o ambiente, ou ainda, provocar sérias reações nos animais e até os seres humanos que ali habitam. Exemplos de controle biológico: - peixes no controle da esquistossomose; - peixes no controle de larvas de Aedes aegypti ; - bactérias e vírus no controle de pragas e insetos.

23 3. Pirâmides ecológicas a- Pirâmides de números: considera-se apenas a densidade (n° indivíduo/área ou volume) em diferentes níveis tróficos. b- Pirâmides de biomassa: considera-se a biomassa (unidade de massa/área ou volume) c- Pirâmides energéticas: indica a magnitude energética das interações tróficas dentro de uma comunidade.

24

25 Década de 60 – surgimento das ONGs (em 1961). Década de 70 – surgem os agentes políticos e estatais – 1º Conferência sobre Meio Ambiente Humano (Suécia) 1974– 1º Conf. sobre População e Desenvolvimento (Romênia) Década de 80 – surge o ecodesenvolvimento e desenvolvimento sustentável – 2º Conf. sobre População e Desenvolvimento (México) – estabelece que a responsabilidade do controle da natalidade recai sobre os governos de cada país – surge o conceito de desenvolvimento sustentável com a publicação do documento Nosso Futuro Comum (ou Relatório Brundtland), elaborado pela Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Recentemente, quais foram os avanços da ecologia?

26 O QUE SE ENTENDE POR DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL? Atender às necessidades e aspirações do presente, sem comprometer a possibilidade de atende-las no futuro.

27


Carregar ppt "INTRODUÇÃO À ECOLOGIA O que é ecologia? Deriva do grego oikos com sentido de casa e logos que significa estudo. Supervisiona parques florestais Avaliar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google