A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TUTORIAL GESTÃO ESTRATÉGICA. INTRODUÇÃO / OBJETIVOS Este material foi produzido para apoiar o processo de disseminação das práticas de gestão estratégica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TUTORIAL GESTÃO ESTRATÉGICA. INTRODUÇÃO / OBJETIVOS Este material foi produzido para apoiar o processo de disseminação das práticas de gestão estratégica."— Transcrição da apresentação:

1 TUTORIAL GESTÃO ESTRATÉGICA

2 INTRODUÇÃO / OBJETIVOS Este material foi produzido para apoiar o processo de disseminação das práticas de gestão estratégica do ICMBio. Ele não pretende substituir a necessidade de aprofundar os conhecimentos sobre as metodologias, conceitos e ferramentas de gestão.

3 COMO USAR Estes slides podem ser usados para conduzir reuniões e exposições tendo como objetivo a apresentação da Gestão Estratégica do ICMBio A apresentação está dividida em subconjunto de slides que constituem temas complementares que podem ser trabalhados isoladamente ou em conjunto: Histórico Metodologia e Conceitos Modelagem Resultados SIGE Gestão a Vista

4 HISTÓRICO

5 A busca por um modelo institucional que favorecesse o cumprimento da sua missão fez com que o ICMBio já nascesse refletindo sobre a melhor maneira de fazer. Modelar uma instituição significa definir sua estratégia (propósito e resultados) e como alcançá-la, ou seja qual estrutura, quais processos de trabalho, quadro funcional, sistemas informacionais, dentre outros elementos do modelo de gestão. A Instituição estabeleceu duas parcerias para apoiar seu esforço de modelagem: Instituto Publix (2007 a 2008) NEXUCs (2010 a 2012).

6 Criação Instituto ModelagemPUBLIX Modelagem Resultados NEXUCs Planejamento Ciclo 2011 Giro Institucional PDCA PlanejamentoSIGE Ciclo 2012 Abril 2007 Setembro ºSemestre 2010 Abril 2011 Março 2012 Abril 2012 LINHA DO TEMPO HISTÓRICO

7 Modelagem PUBLIX: Modelagem da Estrutura e primeira etapa da Modelagem dos Resultados (Missão e Mapa Estratégico) Modelagem Resultados NEXUCs: Revisão do Mapa Estratégico e Desdobramento dos Resultados por todas as instâncias Planejamento Ciclo 2011: Primeiro Ciclo de Desdobramento dos Resultados por todas as instâncias com apoio das planilhas Excel®

8 HISTÓRICO Giro Institucional do PDCA: Análise crítica do rumo e desempenho institucional com o acordo dos novos rumos e desempenhos para Planejamento SIGE Ciclo 2012: Segundo Ciclo de Desdobramento dos Resultados por todas as instâncias com apoio do SIGE.

9 METODOLOGIA E CONCEITOS

10 METODOLOGIA e CONCEITOS Compreendendo a necessidade de construir um modelo de gestão legítimo e alinhado aos enormes desafios da conservação, o ICMBio escolheu o estado da arte da administração pública – a gestão para resultados. Gestão Orientada para Resultados é uma abordagem para a gestão de organizações que busca se orientar para construção de resultados possíveis e legítimos junto aos beneficiários, respeitando os princípios constitucionais da gestão pública: moralidade, legalidade, impessoalidade, publicidade e eficiência.

11 METODOLOGIA e CONCEITOS A modelagem institucional do ICMBio, que segue os princípios da gestão orientada para resultados, é um processo em construção que envolve o estabelecimento das bases para o seu funcionamento: Modelagem dos Resultados: definição dos resultados prioritários a serem alcançados e dos mecanismos para seu monitoramento. Modelagem da Estrutura: definição das instâncias, autoridade, responsabilidade e relações entre estas instâncias. Modelagem dos Processos: definição dos critérios para realização das operações e rotinas do Instituto.

12 METODOLOGIA e CONCEITOS A Gestão Orientada para Resultados se fundamenta também no Ciclo de Gestão ou Ciclo PDCA que estabelece as etapas para o gerenciamento: Planejar (Plan) Executar (Do) Monitorar (Check) Agir Corretivamente (Act)

13 CICLO PDCA P DC A PLANEJAMENTO Definição dos Resultados EXECUÇÃO Educação, Treinamento e Implementação das Ações MONITORAMENTOAcompanhamento dos Resultados APRENDIZADO Agir corretivamente

14 METODOLOGIA e CONCEITOS A Modelagem dos Resultados é realizada a partir da definição dos resultados e dos mecanismos para seu monitoramento e aprendizado. Algumas importantes ferramentas de gestão são utilizadas para este fim: Missão ou propósito é a razão de ser da organização. Informa o escopo de atuação, ou seja, que ela é e o que ela não é. Uma missão, para ser considerada consistente, necessita ser sucinta e comunicativa e deve identificar claramente a organização a que pertence.

15 METODOLOGIA e CONCEITOS Mapa Estratégico é um modelo que reúne um conjunto de objetivos de acordo com uma orientação (mapa) estratégica. Objetivo Estratégico é um resultado a ser alcançado pelo ICMBio, tangibilizado por um ou mais indicadores. Indicadores são métricas utilizadas para medir os objetivos estratégicos. Meta é a quantificação do objetivo usando a métrica proposta pelo indicador, dentro de um determinado prazo.

16 METODOLOGIA e CONCEITOS Indicadores de Desempenho são informações sobre o desempenho institucional que possuem metas relacionadas e constituem o painel institucional. Indicadores de Acompanhamento são variáveis de controle, sendo alimentados pelas diversas instâncias para fins de acompanhamento do desempenho.

17 MODELAGEM RESULTADOS

18 MISSÃO DO ICMBio Proteger o patrimônio natural e promover o desenvolvimento socioambiental.

19 MAPA ESTRATÉGICO

20 MODELAGEM DOS RESULTADOS OBJETIVOESTRATÉGICO Ampliar a quantidade e a qualidade dos bens e serviços ofertados pelo Instituto INDICADOR(Desempenho) Número de visitantes registrados nas unidades de conservação META Aumentar em 20% o número de visitantes em relação a 2011 até final de 2012

21 MODELAGEM DE RESULTADOS O alinhamento de toda a instituição na direção do foco estabelecido é construído por meio do processo de desdobramento dos resultados para todas as instâncias organizacionais. Desdobramento dos resultados consiste na distribuição coordenada dos resultados institucionais para as diversas instâncias (locus) de construção destes resultados, considerando as suas capacidades, potencialidades e particularidades.

22 DESDOBRAMENTO DOS RESULTADOS OBJETIVOESTRATÉGICO Ampliar a quantidade e a qualidade dos bens e serviços ofertados pelo Instituto INDICADOR(Desempenho) Número de visitantes registrados nas unidades de conservação METAINSTITUCIONAL Aumentar em 20% o número de visitantes em relação a 2011 até final de 2012

23 SIGE – Sistema Integrado de Gestão Estratégica

24 SIGE Sistema Integrado de Gestão Estratégica Realiza em tempo real todo o ciclo da gestão estratégica, planejando, executando e checando as metas institucionais (Ciclo PDCA). Durante a etapa de Planejamento, para realizar o desdobramento dos resultados: Os indicadores são posicionados em todas as instâncias capazes de contribuir com os resultados. As metas são negociadas entre as coordenações gerais, regionais, UAAFs e UCs.

25 SIGE

26 SIGE Sistema Integrado de Gestão Estratégica Adotando o princípio da transparência, todos na instituição têm acesso às informações sobre os resultados institucionais. Relatórios periódicos e customizáveis a serem utilizados como subsídio para tomadas de decisão pelos servidores, gestores e dirigentes. Geração de gráficos com diferentes periodicidades e agrupamentos para acompanhamento dos resultados.

27 SIGE

28 GESTÃO A VISTA

29 Gestão a Vista é uma ferramenta de comunicação visual dos resultados de uma organização. Ela se baseia no princípio de que todos na instituição devem ter acesso às informações sobre o desempenho para que possam participar e contribuir com sua melhoria. No ICMBio a gestão a vista é uma das ferramentas de comunicação, envolvimento e integração do conjunto de servidores ao processo de Modelagem dos Resultados.

30 PAINEL DE GESTÃO A VISTA

31 PASSOS PARA MONTAGEM DO PAINEL DE GESTÃO A VISTA 1.Selecione os resultados mais relevantes a serem acompanhados com o apoio da ferramenta (limite de 11 indicadores por Painel): Considere os indicadores de desempenho (possuem metas) nos quais a performance da sua unidade está sendo desafiada pelos resultados institucionais ou Considere ainda aqueles resultados que mais interferem hoje no relacionamento da sua unidade com as comunidades e grupos de interesse locais.

32 PASSOS PARA MONTAGEM DO QUADRO DE GESTÃO A VISTA 2.Identifique um local de fácil acesso dos servidores da unidade para colocação do Painel. É desejável que pessoas externas (comunitários, visitantes, pesquisadores, etc.) também tenham acesso às informações de desempenho, desde que não haja informações confidenciais, relacionadas por exemplo ás estratégias de proteção da UC. 3.Imprima os gráficos em formato paisagem, utilizando o SIGE, e os insira nos espaços do Painel. 4.Atualize mensalmente o Painel substituindo os gráficos de acompanhamento, de acordo com a periodicidade de cada um.

33 DESAFIO DA GESTÃO POR RESULTADOS O Planejamento, a Execução e o Monitoramento constituem os passos iniciais da Gestão Orientada para Resultados no ICMBio. O grande desafio agora é a partir do Monitoramento (realizado com o apoio do SIGE e do Painel de Gestão a Vista), trabalhar com sua equipe para: Reconhecer os resultados que não estão sendo alcançados. Identificar as variáveis e causas que interferiram no alcance dos resultados. Agir corretivamente sobre as variáveis e causas de forma a construir os resultados objetivados.


Carregar ppt "TUTORIAL GESTÃO ESTRATÉGICA. INTRODUÇÃO / OBJETIVOS Este material foi produzido para apoiar o processo de disseminação das práticas de gestão estratégica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google