A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LEITURA E ANÁLISE DE TEXTOS CONCEIÇÃO REIS. LEITURA Ler conhecer, interpretar, decifrar, ampliar, aprofundar. Importância: fator decisivo e imprescindível.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LEITURA E ANÁLISE DE TEXTOS CONCEIÇÃO REIS. LEITURA Ler conhecer, interpretar, decifrar, ampliar, aprofundar. Importância: fator decisivo e imprescindível."— Transcrição da apresentação:

1 LEITURA E ANÁLISE DE TEXTOS CONCEIÇÃO REIS

2 LEITURA Ler conhecer, interpretar, decifrar, ampliar, aprofundar. Importância: fator decisivo e imprescindível investigação

3 Natureza da leitura Entretenimento distração cultura geral informativa Aproveitamento formativa

4 Operações envolvidas ( LAKATOS ) Reconhecer entender o significado dos símbolos gráficos utilizado no texto; Organizar entrosar o significado das palavras na frase, nos parágrafos, nos capítulos; Elaborar estabelecer significados adicionais em torno dos significados imediatos e original dos símbolos gráficos utilizados no texto; Valorar cotejar os dados da leitura com os meios ideais, conceitos e sentimentos, a fim de aceitar ou refutar as afirmações ou supostas verdades.

5 Leitura Proveitosa atençãoassimilação e apreensão Interaçãoconseguir proveito intelectual reflexãoconsiderar / ponderar espírito crítico avaliar: julgar, comparar, aprovar análisedividir tema / determinar relações sínteseReconstituir velocidade

6 MUITAS FACES DA LEITURA (BARBOSA, JOSÉ JUVÊNCIO. Alfabetização e leitura. 2. Ed. São Paulo: Cortez,1994. Distingue, nas situações de leitura possíveis, seis grandes grupos: 1.Leitura de informação 2.Leitura de consulta 3.Leitura para a ação 4.Leitura reflexiva 5.Leitura de distração 6.Leitura da linguagem poética

7 Leitura de informação É a situação de comunicação por excelência; A mensagem é visada para completar uma lacuna ao nosso conhecimento sobre aspectos da vida cotidiana Exemplo: a leitura informativa dos jornais, revistas, instruções diversas, coleta de dados para fins utilitários, normas, regimentos etc.

8 Leitura de consulta É utilizada todas as vezes que procuramos uma informação pontual num conjunto complexo de informações Exemplos: dicionários, anuários, enciclopédias, guias de endereços, catálogos. etc.

9 Leitura para a ação É extremamente freqüente e mecânica; antecede, orienta ou modifica um comportamento ou ação. É a leitura de placas de sinalização, de orientação, de avisos, de instrução. Exemplos: leitura de cartazes de rua, das receitas de bolo, das regras de um jogo, dos manuais técnicos de montagem etc

10 Leitura reflexiva É uma leitura mais densa, caracterizada por momentos de apreensão do conteúdo do texto e momentos de pausa na leitura para reflexão. É uma leitura de prestígio, normalmente relacionada ao trabalho intelectual e aos estudos superiores: teses, ensaios, obras filosóficas, literárias.

11 Leitura de distração O objetivo é o relaxamento, a distensão, a evasão, a aventura, o prazer, sem nenhuma função utilitária. É uma leitura que exige do leitor um domínio perfeito do ato de ler. O leitor não realiza muito esforço para a sua efetivação.

12 Leitura da linguagem poética É aquela em que o leitor, além de visar o conteúdo veiculado no texto, busca se deleitar com a sonoridade das palavras. Exemplo: é a leitura da poesia cujo prazer do conteúdo está ligado também ao prazer da forma, a dimensão musical das palavras ou texto.

13 Leitura e Interpretação de Textos Estratégias de Leitura

14 ATIVIDADE DE LEITURA Processo cognitivo Processo interativo

15 TEXTOTEXTO autor compreensão coerência leitor decodificação semântica episódica PROCESSO INTERATIVO

16 COMPREENSÃO Decodificação episódica semântica gostos repertório História pessoal Ativação de Conhecimentos prévios Aquisição de vocabulário Localização e Comparação de informações Predição de conteúdo Inferências locais e globais generalizações Checagem de Hipóteses

17 Capacidades cognitivas Percepção Inferência Dedução Memória locaisglobais recuperaçãoarmazenamentoRetenção

18 Capacidades de Decodificação Compreender diferenças entre escrita e outras formas gráficas (outros sistemas de representação); Dominar as convenções gráficas; Conhecer o alfabeto; Saber decodificar palavras e textos escritos; Saber ler reconhecendo globalmente as palavras; Ampliar a sacada do olhar para porções maiores de texto que meras palavras, desenvolvendo fluência e rapidez de leitura.

19 ANALISAR TEXTOS Análise estudar, decompor, dissecar, dividir, interpretar.

20 FINALIDADES DA ANÁLISE Aprender a ler, a ver, a escolher o mais importante; Reconhecer a organização e estrutura de uma obra; Interpretar o texto, familiarizando com idéias, estilos, vocabulários Chegar a níveis mais profundos de compreensão; Reconhecer o valor do material; Desenvolver a capacidade de distinguir fatos, hipótese e problemas; Encontras as idéias principais ou diretrizes e as secundárias; Perceber como as idéias se relacionam; Identificar as conclusões e as bases que as sustentam.

21 Procedimento para leitura e análise de textos Escolher obras:visão do todo; Reler: assinalando vocabulário; Destacar idéia principal ou palavra-chave; Localizar idéias / compará-las entre si; Agrupar por semelhança importante/organizá-las em ordem de hierarquia; Interpretar as idéias / fenômenos – conclusões.

22 Referências Bibliográficas BAKHTIN, M. M. O discurso no romance. In: Questões de Literatura e de Estética – A teoria do romance, p SP: Hucitec/EdUNESP, KLEIMAN, A. (1989a) Texto & Leitor: Aspectos cognitivos da leitura. Campinas: Pontes, ____ (1992) Oficina de Leitura: Teoria e prática. Campinas: Pontes/EdUNICAMP, LAKATOS, Eva Maria. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1991.


Carregar ppt "LEITURA E ANÁLISE DE TEXTOS CONCEIÇÃO REIS. LEITURA Ler conhecer, interpretar, decifrar, ampliar, aprofundar. Importância: fator decisivo e imprescindível."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google