A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTUDO DE CASO E.M.E.E.F. PROF. ELYSEU PAGLIOLI PROFESSORA SANDRA FERREIRA ALUNO: J.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTUDO DE CASO E.M.E.E.F. PROF. ELYSEU PAGLIOLI PROFESSORA SANDRA FERREIRA ALUNO: J."— Transcrição da apresentação:

1 ESTUDO DE CASO E.M.E.E.F. PROF. ELYSEU PAGLIOLI PROFESSORA SANDRA FERREIRA ALUNO: J.

2 CARACTERÍSTICAS DO PNE: NOME: J. IDADE: 9 ANOS. ESCOLARIDADE: I CICLO – INFANTIL. CARACTERISTICAS: Paralisia Cerebral de tipo espástica de topografia hemiplégica, com coordenação parcial de membros superiores, acompanhados de espasticidade e hiper-reflexia. Apresenta disartria, com dificuldades no ritmo e na emissão vocal, entretanto consegue se comunicar verbalmente com clareza e coerência, apresentando um vocabulário compatível com sua idade cronológica.

3 INFORMACÕES FORNECIDAS PELA FAMÍLIA: Mãe usuária de drogas, não vive com ele. Nascido com lesão cerebral, anoxia. Adotado pela avó. Dependente em suas rotinas diárias. Alimenta-se com ajuda, come de tudo. Não utiliza medicamento. Fisioterapia e fonoaudiologia 2 x por semana no turno da manhã. Atendimento oftalmológico. Comunicativo, curioso, gosta de assistir tv e conversar.

4 DADOS ESCOLARES: Ingresso na escola: abril/2005. Componentes do currículo: ed. Física, artes, música, informática, sala de simbolização/brinquedo, multimeios, sala de aula com ensino infantil generalista. Atendimento extra escolar com fisioterapia, fonoaudiologia. Acompanhamento com oftalmologista: Utiliza óculos apresentando miopia com perda da acuidade visual e leve estrabismo. Próximo ano letivo irá para o II Ciclo – Infanto-juvenil.

5 CAPACIDADES/ POTENCIALIDADES E DIFICULDADES: Aluno atento e comunicativo, utiliza linguagem verbal com suficiente clareza e coerência fazendo-se compreender, apesar de suas dificuldades fono-articulatórias: disartria. Tetraplegia, com ficuldade na coordenacao dos movimentos amplos e finos mais acentuado no hemicorpo direiro, tonus muscular com espasticidade e hipertonia, reflexo tonico-labirintico. Demonstra boa compreensão, responde perguntas com coerência, demonstra curiosidade intelectual, reconta histórias, relata fatos breves.

6 Demonstra desejo e disposição em aprender, solicita ajuda, pede a vez, demonstra interesse pelo que está sendo estudado. Gosta de brincar, pede ajuda para explorar os brinquedos: carrinhos, bolas, jogos de montar amplos. Gosta de colorir com giz de cera e pintar com guache(papel fixado sobre a mesa), apresentando garatujas ordenadas. Utiliza o computador com ajuda, explorando jogos de cd e internet. Participa com interesse nas aulas de música, explora os instrumentos musicais com ajuda e adora cantar.

7 CONHECIMENTOS: Discrimina as cores básicas. Reconhece tamanhos (pequeno/grande). Reconhece formas (quadrado, redondo) Identifica os diferentes espaços e objetos da escola. sabe o nome das professoras e colegas. Identifica os animais. Identifica os meios de transportes. Repete uma história em sequencia. Reconhece seu nome e o de alguns colegas escrito.

8 AÇÕES VEM SENDO IMPLEMENTADAS PARA IMPULSIONAR SEU DESENVOLVIMENTO Considerando seu potencial cognitivo, a professora regente de J. considera que este aluno teria condições de estar em uma escola regular, recebendo o atendimento especializado e as necessárias adaptações ao seu pleno desenvolvimento escolar e inclusão. Será avaliada em conselho de classe esta possibilidade.

9 Proposição tecnológica/ de baixa tecnologia: Uso de tesoura adaptada e com suporte fixo. Engrossadores de lápis, canetinha, rolo de espuma. Seguir adaptando o plano inclinado para leituras com livros adaptados, desenhos, escrituras... Jogos de estímulo a leitura, escrita e calculo com cartões de papelão fixados com velcro em pastas fixas ou móveis. Material visuais e táteis em grande dimensões, coloridos, resistentes ao manejo, impermeáveis e sempre com a possibilidade de fixar com velcro. Prancha de letras e figuras e Prancha de números e quantidades com as mesmas características dimensões. Utensílios de alimentação pessoal adaptados (colher, copo).

10 Proposição tecnológica/ de alta tecnologia: Utilização do software escrevendo com símbolos. Seguir na adaptação a um alternativo pequeno com teclas maiores, diferentes com funções e características diferentes. Alguns permitem que o usuário programe o teclado de acordo com as suas necessidades, como o IntelliKeys, que também permita que o teclado numérico seja usado como um mouse/ MagicWand. Utilizar a função Teclas do mouse (em Opções de Acessibilidade), com cada número do teclado numérico adquirindo uma função do mouse. (A instrução para Windows pode ser encontrada em: support. microsoft.com/default.aspx?scid=kb;en- us;139517).

11 Alinhamento e estabilidade corporal: Poltrona postural que permita brincar sentado no chão com os colegas. Colchonetes, triângulos de espuma para apoio e rolos de apoio para brincar no chão. Plano inclinado: uso da atividades de mesa e do teclado. Material escolar e pedagógico colocado em uma altura que favoreça o aluno a olhar para frente, sendo que os objetos e pessoas devem ser apresentados na altura dos olhos desse aluno, evitando assim que ele tenha que baixar a cabeça ou olhar muito para cima.

12 Este aluno encontra-se em pleno desenvolvimento escolar e necessita urgentemente estar acessando novos conhecimentos com maior eficiência e chance de êxito. Os recursos de baixa e alta tecnologia propostos são básicos e irão contribuir para a ampliação de seus modos de aprendizagem, possibilitando-lhe maior autonomia e controle de movimentos. Entretanto, o educador deverá insistir na utilizacã0 destes recursos, fazendo as adaptações necessárias, buscando construir com o aluno habilidades e habituações, criando estratégias funcionais. Justificativa das proposições feitas:

13 As orientações posturais para o trabalho pedagógico com este aluno são muito importantes, porque irão refletir em todo o trabalho posterior. Se trata de um aluno que ainda não desenvolveu/aprendeu estratégias de movimento para o aprendizado, suas habilidades funcionais escolares (uso das mãos) estão ainda muito limitadas. Contatar com o profissional fisioterapeuta para sanar dividas quanto a utilização de estratégias de inibição do tônus anormal e dos reflexos é fundamental. Somente com a estruturação de um trabalho de alinhamento e estabilidade postural correto, poderemos perceber o desenvolvimento pleno de processos ensino-aprendizagem com este aluno. Justificativa das proposições feitas:


Carregar ppt "ESTUDO DE CASO E.M.E.E.F. PROF. ELYSEU PAGLIOLI PROFESSORA SANDRA FERREIRA ALUNO: J."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google