A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MARCAS Construção e Gerenciamento de Marcas. Para os leigos, marca é a mesma coisa que logotipo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MARCAS Construção e Gerenciamento de Marcas. Para os leigos, marca é a mesma coisa que logotipo."— Transcrição da apresentação:

1 MARCAS Construção e Gerenciamento de Marcas

2 Para os leigos, marca é a mesma coisa que logotipo.

3

4

5 O objetivo principal de uma marca é, além da identificação e diferenciação, conquistar a fidelidade do consumidor

6 Recentemente, num leilão, foi oferecido o valor de US$ por uma saca de café. O bom conhecedor de café sabe que o produto brasileiro é o melhor do mundo, mas o colombiano leva a fama em função do investimento que se faz em cima de sua imagem.

7 A marcas mais valiosas do mundo best global brands 2010 Interbrand (UK)

8

9 Ranking das Brasileiras 2011

10

11 Coca-Cola Como as marcas são tratadas

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23 Marcas: Pra que servem?

24 O que pode levar uma pessoa a pagar R$ 2600,00 por uma calça da DIESEL se ela pode comprar um jeans com a mesma qualidade por 20 vezes menos? E pagar R$ 2000,00 por uma camiseta da Christian Dior? E que tal um guarda chuva inglês da Burberry por R$ 500,00?

25 Estes consumidores não estão interessados na calça, na camiseta ou no guarda-chuva.

26 Eles querem a etiqueta, querem o status que a marca carrega, o comportamento, o estilo de vida.

27 Estas marcas ultrapassam a barreira do lógico, do racional Mas o que seria comprar roupa pela razão?

28 O que leva a Diesel ser chamada para criar o design do carro 500da Fiat?

29 ÁGUA É EM QUALQUER LUGAR DO PLANETA H 2 O Água é um commoditie

30 Commodities Mercadorias, produtos de origem primária com ou sem um pequeno grau de industrialização.

31

32 Mas quando se trata de uma marca, a água ganha um componente novo que é o V H 2 OV X São os Valores

33

34

35

36

37

38

39

40 Pode existir grife de carne bovina?

41

42 Uma marca bem posicionada pode ocupar uma posição estratégica competitiva se for sustentada por associações fortes. Associações que criam um alicerce forte e seguro na mente do consumidor.

43 A marca ocupando 2 espaços O Físico e o Perceptual

44

45 Como se constrói uma marca? São vários os elementos envolvidos no processo de construção de uma marca. Uma marca não se constrói da noite para o dia.

46 O processo de construção de uma marca é comparado ao da formação de uma rocha sedimentar.

47 A construção da marca não se dá pelo coletivo, mas de maneira única em cada consumidor.

48 As marcas são construídas a partir da vivência de cada um, de suas lembranças, dos momentos agradáveis, da fala de formadores de opinião, dos comerciais que marcaram, mas também dos momentos negativos, como escândalos e situações observadas de maneira não agradável pelo consumidor.

49

50 É neste ponto que entram os publicitários como co-responsáveis na gestão de uma marca. Esta responsabilidade acontece paralelamente ao gerenciamento que os departamentos de marketing exercem. Os gerentes de mkt cuidam da imagem do produto mas, antes disso, cuidam para que o produto esteja sempre disponível no mercado, com preço justo e com suas características originais preservadas. Gerenciando os 4ps

51 E o que se espera com isso?

52 Num primeiro momento Consumidores fidelizados

53 Que faz um casal contrair matrimônio numa Apple Store? E mais. O suposto padre estava vestindo o mesmo modelo de roupa usado por Steve Jobs, ex CEO da marca quando dos lançamentos da empresa.

54

55 E depois disso? Qual o estágio que vai além da fidelidade do consumidor à marca?

56 Para atingirmos o objetivo máximo que é esta fidelidade, é necessário o conhecimento global da marca e de sua capacidade de conquistar seguidores e fazer destes, verdadeiros EVANGELISTAS.

57 Performa 6320 a bomba

58 Conhecendo um pouco mais a marca e suas associações Para que uma marca ocupe uma posição estratégica forte e competitiva, ela precisa estar sustentada por fortes associações que podem ser apresentadas de diversas maneiras:

59 CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO As empresas utilizam-se da propaganda para falar das características de seus produtos e com frases ou mesmo através dos textos publicitários, as características do produto são citadas. Se é __________ é bom. O_________foi feito pra você. ______. Você, sem fronteiras. ________desce redondo __________. Completo. __________.Connecting People.

60 O CASO SNOB Merchandising no programa da Hebe

61 ATRIBUIÇÕES INTANGÍVEIS É impossível sustentar a fidelidade do consumidor a um produto apenas por suas características e qualidades. O acesso dos fabricantes a centros de pesquisa torna a competição pela ponta cada vez mais acirrada. O diferencial precisa estar no intangível. As marcas podem ostentar slogans que as diferenciem: Qualidade de vida, sucesso, status liderança tecnológica, vitalidade, jovialidade.

62 BENEFÍCIOS AO CONSUMIDOR O benefício ao consumidor pode ser percebido através da: CARACTERÍSTICA DO PRODUTO e NECESSIDADE DE SATISFAÇÃO DO CONSUMIDOR

63 PREÇO RELATIVO Muitas marcas são respeitadas pelo seus preços. Poucos anos após a chegada dos carros importados no Brasil, a Suzuki colocou um anúncio de revista onde eram apresentados os carros importados da marca e seus respectivos preços. A exibição dos preços como forma de valorizar a marca.

64 Será que todas as marcas podem trabalhar com esta associação de preço?

65 mensais

66 O caso coppertone

67 USUÁRIO OU COMPRADOR A associação da marca com o usuário ou comprador é uma estratégia interessante quando estamos segmentando nosso mercado. PROTETOR SOLAR COPPERTONESPORT: Produto criado para atender ao segmento de praticantes de esporte ao ar livre, encontrou dificuldades quando tentou-se inserí-lo em públicos distintos a este.

68 Os lutadores de jiu- jitsu identificam-se com a marca Bad Boy. Os tenistas identificam-se com a marca Head.

69

70 O grande problema desta identificação se dá quando a marca deseja buscar novos nichos de mercado, perfis diferentes de consumidores. O Club Med entrou no mercado com um perfil de lugar de lazer para pessoas solteiras teve dificuldade de readaptação quando implantou seis unidades destinadas a receber crianças. Algumas marcas acabam envelhecendo junto com seus usuários, dificultando o acesso natural das novas gerações. Muitas marcas acabam pecando com este problema, devendo Investir altas quantias em comunicação com o objetivo de rejuvenescer a marca, citando valores Como: modernidade,dinamismo, juventude.

71 CELEBRIDADES

72 Quer pagar quanto? Fabiano Araújo virou celebridade ao ser exposto pela marca Casas Bahia e depois emprestou sua identidade para alavancar as vendas da empresa.

73 'Bom para sua família e Malvado para os insetos

74 Existe o lado negativo desta associação quando o garoto propaganda envolve-se em escândalos como de MICHAEL JACKSON que tinha suas turnês patrocinadas pela PEPSI. Ele sofreu uma série de acusações de abuso sexual de menores. Reflexo negativo na imagem da marca. Existe o lado negativo desta associação quando o garoto propaganda envolve-se em escândalos como de MICHAEL JACKSON que tinha suas turnês patrocinadas pela PEPSI. Ele sofreu uma série de acusações de abuso sexual de menores. Reflexo negativo na imagem da marca.

75 Petrobrás dispensa Gugu de campanha A Petrobrás cancelou a participação do apresentador Gugu Liberato, do SBT, nas comemorações dos 50 anos da empresa depois de descoberta sua participação na armação feita contra homens públicos e cuja a suposta autoria seria do PCC. Fonte: Blue Bus, 18 de setembro de 2003

76

77 TIM rompe com Ronaldo Fenômeno depois de polêmica com travestis A TIM, empresa de telefonia, formalizou o rompimento do contrato com Ronaldo Fenômeno, com base numa cláusula que prevê a rescisão caso o contratado se envolva em fatos que possam gerar imagem negativa à marca Fonte: O Globo, maio de 2008

78 ESTILO DE VIDA A associação da marca a um estilo de vida ou personalidade acaba sendo um diferencial de seus concorrentes.

79 Campanha criada pela Loducca para HD

80

81

82

83 LOGOTIPOS – Principal representante da marca

84 QUANTO VALE UM LOGOTIPO?

85 Em 1980, ano de fundação do canal de tv CNN dos Estados Unidos, foi paga a quantia de US$ 2.800,00 pelo logo. A encomenda foi entregue em 48 horas. O Valor inicial cobrado pela Communication Trends foi US$ 5.000,00, mas negociado e fechado por pouco mais que a metade deste valor.

86 A marca na prática O primeiro passo na criação de uma marca é a composição do nome. O nome é importante pois será pronunciado, será lido, é a identidade da marca. Este nome pode entrar basicamente em 2 categorias: NOMES DESCRITIVOS OU ARBITRÁRIOS

87 DESCRITIVOS Os nomes descritivos, como o próprio nome já diz, descrevem o que é a marca ou pelo menos situam o consumidor sobre alguma característica do produto. Ex.: Fresh Clean Tecno

88

89

90

91 ARBITRÁRIOS As marcas arbitrárias são nomes inventados através de junção de letras etc. Ex.: Kodak Nananana

92

93

94 O caso HAVAIANAS

95 +I+ Criadas em 14 de junho de 1962 foram inspiradas no Zori, Sandália japonesa.

96 Foram criadas com o objetivo de atingir as classes B e C. O nome Havaianas lembra Hawai, local Frequentado naquela época pelos ricos e famosos.

97 Surgiram as cópias das Havaianas, as imitações, e a propaganda foi o instrumento usado para combatê-las. Foi criado o termo fajutas, depois incorporado no dicionário Aurélio.

98 As únicas que não deformam, não têm cheiro e não soltam as tiras. acesso em março de acesso em novembro de acesso em março de 2003 Agradeço ao Diretor de Comunicação e Mídia, das Alpargatas, Sr. Rui Porto, pela gentileza de ter-me enviado em novembro de 2002, cópia da patente n.5891 das sandálias havaianas

99 Sensação em Mônaco: Sandálias também fazem parte do mundo fashion europeu e chegam a custar US$ 24 Capas das principais revistas do mundo

100

101

102 Tente Imaginar o McDonalds sendo uma pessoa.

103 Por que a consciência coletiva imagina que, se o Mc Donalds fosse uma pessoa, ela torceria para o São Paulo?

104 Conhecendo a alma das marcas. Utilizando as ferramentas - Inventário Perceptual e - Personalidade da marca

105 As sopas Campbells

106 Os consumidores norte-americanos foram questionados sobre esta que é uma sopa tradicional daquela país: - O que passa pela sua cabeça ao pensar nas Sopas Campbell? - Que imagens, sentimentos e associações de ideias você relaciona com as Sopas Campbell?

107 Os americanos pensam assim É um produto de qualidade, um produto conhecido. Um produto com o qual fui criado. Quando penso na Sopa Campbell, penso em crianças. Imagino mamãe levando à mesa um prato cheio e quente de Sopa Campbell num dia de chuva. Penso nas crianças (garotas propaganda da sopa) alegres e saudáveis Penso em bondade. As Sopas Campbell deixam em mim uma sensação de calor e de ternura. Associo-as com amor de mãe e carinho.

108 A percepção sobre o produto Qualidade Confiança Grande marca americana Espírito nacional Andy Warhol Mamãe Filhos Almoço Quando estou doente Dia chuvoso Afago Amor de mãe

109 Com a análise desta pesquisa chega-se à alma da marca Campbell O AMOR DE MÃE E SENSAÇÕES DE CARINHO

110 Buscando conhecer a personalidade da marca Ela é uma mulher, uma mãe com dois ou três filhos… Comanda uma patrulha de bandeirantes e participa ativamente das reuniões de pais e professores. Dirige uma caminhonete ou um utilitário e está levando os filhos para um jogo da Liga Infantil. Os consumidores imaginam a Sopa como uma supermãe americana típica

111 QUANDO VOCÊ PENSA EM GUARANÁ ANTARCTICA DO QUE VOCÊ LEMBRA?

112

113 INVETÁRIO PERCEPTUAL O entrevistador deverá solicitar aos consumidores quais as palavras que vêem à mente com relação ao Guaraná Antarctica tradicional extrovertido dinâmico pipoca gelado filme calor cachorro quente ProdutoUsoUsuárioValores mata a sede família alegria bate-papo festa sede amigos lanches gelado jovens alegres modernos diferentes tribos festeiros pessoas divertidas pessoas de cabeça aberta esportes radicais saboroso matar a sede prazer refrescância Nacionalismo natural satisfação

114 PERSONALIDADE DA MARCA O entrevistador deverá solicitar aos consumidores que imaginem a marca Antarctica como sendo uma pessoa. Como ela seria? 1. Se a marca fosse uma pessoa, quais seriam suas características físicas? Mulher, 20 anos, morena, olhos claros, 1,70m 2. Quais seriam suas principais características? Moderna, descolada, independente, Bonita, pertence à classe B 3. Como se vestiria? Moda básica 4. Como passa seu tempo livre? Com os amigos, internet (orkut, messenger) 5. Quais são seus hobbies? Baladas, barzinhos 6. Que tipo de carro ela dirige? corsa 7. Que tipo música ela gosta? Pop Rock 8. Onde gosta de passar as férias? Guarujá, Praia, Campos do Jordão.

115 Um caso interessante de boa gestão da marca e que leva em conta aspectos culturais acontece com a Perdigão. PERDIGÃO – BRASIL PERDIX – ESTADOS UNIDOS BORELLA (ARÁBIA SAUDITA) FAZENDA - RÚSSIA

116 A perdigão comercializa seus produtos na Rússia através da marca "fazenda". Numa pesquisa encomendada pela empresa, foram solicitados aos entrevistados quais as imagens que estavam associadas ao Brasil. Céu azul, belas praias, sol e a novela escrava Isaura. Esta última teve como cenário uma fazenda.

117 SUA VIDA TE TROUXE ATÉ AQUI

118 Criada pela McCann Erickson, a campanha tem como target homens e mulheres que estão na faixa dos 25 aos 35 anos, e utiliza personagens da cultura pop que marcaram época na década de 70 e 80

119 A pesquisa revelando o que está na mente dos consumidores PRISMA

120

121

122 Criação de uma peça publicitária para a próxima aula a partir da pesquisa que deverá ser preenchida através de formulário on-line


Carregar ppt "MARCAS Construção e Gerenciamento de Marcas. Para os leigos, marca é a mesma coisa que logotipo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google