A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Will Richardson Blogs: pedagogia e prática Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET-MG Mestrado em Estudos de Linguagens Apresentação: Mariana Dutra.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Will Richardson Blogs: pedagogia e prática Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET-MG Mestrado em Estudos de Linguagens Apresentação: Mariana Dutra."— Transcrição da apresentação:

1 Will Richardson Blogs: pedagogia e prática Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET-MG Mestrado em Estudos de Linguagens Apresentação: Mariana Dutra In: Blogs, Wikis, Podcasts, and other Powerful Web Tools for Classrooms

2 O autor é autor também do livro Learning on the Blog, cujo capítulo 2 tem como título Learning is anytime, anywhere, anyone. tem uma empresa que implementa tecnologias da Read/Write Web em salas de aula da educação básica (K-12 classrooms) Tablets at restaurants: Applebee's, Chili's race to eliminate human interaction. (Post do Twitter em 04/12/2013)

3 Blogs Engajam leitores com ideias e questões e links. Convidam os leitores a pensar e a responder. Demandam interação.

4 Ideas and Thoughts Os comentários em geral são de professores que compartilham suas experiências e buscam estender o diálogo com o autor. Blog de Dean Shareski (professor e blogger)

5 Blogs Blog é um gênero que engaja estudantes e adultos em um processo de reflexão. Usado em sua verdadeira forma, o blog pode ter um impacto muito positivo sobre os estudantes.

6 Blogs nas escolas Através do processo de blogar, os estudantes aprendem a ler mais criticamente, a pensar sobre o que leram mais analiticamente e a escrever mais claramente. E no ambiente do blog eles ainda constroem relacionamentos com os pares, com professores e com profissionais de diversas áreas.

7 Como educadores têm utilizado o blog em suas escolas?

8 Portal da Turma Pode servir para comunicar informações sobre as aulas, para arquivar o material do curso, para publicar o programa do curso, o plano de estudos, comunicados, tarefas… Enquanto algumas escolas investem em ambientes de aprendizagem como o Moodle, os blogs podem fazer quase o mesmo por um custo muito menor.

9 Portal da Turma Vantagens: pais adoram transparência e a possibilidade de poder acessar os materiais das aulas facilita a comunicação com professores que podem estar trabalhando o mesmo conteúdo

10 Repositório de arquivos online Um repositório de arquivos online é um espaço para um portfólio de cada aluno. Junto com um portal da turma, pode provocar uma grande redução da quantidade de papel utilizada.

11 Repositório de arquivos online Vantagens: os estudantes nunca vão perder seus trabalhos - e nem os professores os perderão com os trabalhos organizados em um único lugar, os estudantes podem refletir sobre seu processo de aprendizagem os trabalhos em um blog são compartilhados com pais, professores e colegas que enriquecem o processo se registrarem feedbacks

12 Site da Escola A maior queixa sobre sites de escolas diz respeito a sua falta de atualização. Se cada departamento e cada grupo da escola tiver um blog, estes podem ser mais facilmente atualizados. O site da escola pode sair de um conteúdo estático para um conteúdo dinâmico, atualizado diariamente.

13 Meriwether Lewis Elementary School

14 Blog Ms. Elissa's Classroom

15 A Pedagogia dos Blogs O material desenvolvido pelos professores em um blog passa a fazer parte do vasto conhecimento disponível na internet. Ele é pesquisável, pessoas podem achá-lo e utilizá-lo. Esse público potencial é um aspecto importante porque gera a ideia de que a relevância dos trabalhos desenvolvidos não se encerra quando os alunos saem da sala de aula.

16 A Pedagogia dos Blogs Por expandir os muros da escola, os blogs tornam a colaboração muito mais acessível e diversa, o que pode incluir pessoas da própria escola e externas a ela. E aprender a trabalhar com um vasto grupo de colaboradores é um importante letramento para os profissionais do mundo atual.

17 A Pedagogia dos Blogs Blogs podem ensinar aos alunos novos letramentos necessários para a vida na sociedade da informação. Eles auxiliam os alunos a desenvolver as habilidades de análise e gestão do conhecimento.

18 A Pedagogia dos Blogs Os blogs são democráticos - todos possuem voz na conversa. Blogs arquivam o trabalho desenvolvido por professores e alunos, facilitando reflexões e análises. O uso de blogs pode fazer com que os alunos se especializem em determinado assunto, criando um banco de dados que pode continuar em construção.

19 Um novo gênero de escrita A leitura e a escrita online estão tão conectadas que é impossível separá-las: nós lemos online como autores e escrevemos online como leitores. (Donald Leu)

20 Um novo gênero de escrita Blogs facilitam uma escrita conectante (connective learning). Quem participa dessa escrita lê mais cuidadosamente e criticamente porque enquanto lê pensa naquilo que vai escrever. A escrita não é apenas para comunicar, é também para conectar-nos a outras pessoas.

21 Um novo gênero de escrita A publicação no blog não é o passo final, a escrita conectante continua. Leitores podem interagir com a postagem. Essa diferença muda o propósito da escrita. Os comentários são um forte motivador para a escrita de estudantes.

22 Um novo gênero de escrita Nem toda postagem é uma escrita conectante. Postar uma tarefa não é blogar. Postar um link com uma análise do conteúdo é uma forma simples de blogar. Postar um link com uma análise e uma síntese, articulando um conhecimento profundo do conteúdo e escrevendo com o público potencial em mente, isso é realmente blogar.

23 Blogando através do programa do curso Embora a natureza dos blogs faça deles uma ferramenta óbvia para o ensino de leitura e escrita, educadores estão utilizando blogs em diversas áreas do conhecimento.

24 AP Calculus Blog de um professor de matemática que utiliza o espaço para introduzir novos conceitos, compartilhar ideias e promover discussões sobre as aulas. Um verdadeiro post nunca termina.

25 Blogs como recursos É preciso orientar os estudantes sobre como utilizar blogs como fontes de informação, abordando questões sobre precisão e confiabilidade. E já que até o New York Times comete erros terríveis, essa se torna uma tarefa árdua.

26 Blogs como recursos Quais critérios então podem ser utilizados? Conhecer o máximo possível sobre o autor do blog Qual é sua formação? E sua profissão? De onde vem sua autoridade no assunto? Conhecer a reputação do autor em seu meio Como são os sites que têm links para o blog? Conhecer a rede do autor A quais outras páginas o blog está vinculado? Estas páginas parecem confiáveis? Conhecer outras publicações do autor no blog Existem comentários? O que as pessoas dizem?

27 Salas de aula usando blogs A melhor forma de entender o impacto da Read/Write Web é se tornando parte dela. Você pode criar um blog em forma de diário para refletir sobre suas práticas didáticas e registrá-las. Você pode criar um blog da sua turma para postar calendário, eventos, tarefas e materiais diversos e convidar seus alunos a comentar, dando voz a eles. Você pode estimular seus alunos a blogar para que eles registrem suas ideias e opiniões sobre os tópicos discutidos em aula. Você pode estimular seus alunos a criar um blog próprio para que eles aprendam a blogar, construam um portfólio de seus trabalhos e expressem suas opiniões.

28 Referências RICHARDSON, W. Blogs, wikis, podcasts, and other powerful web tools for classrooms. 2. ed. Thousand Oaks/California: Corwin Press – a SAGE Company, Blogs citados (por ordem de aparição): Will Richardsons Blog: Dean Shareskis Blog: Meriwether Lewis Elementary School: Ms. Elissa's Classroom: AP Calculus:


Carregar ppt "Will Richardson Blogs: pedagogia e prática Centro Federal de Educação Tecnológica – CEFET-MG Mestrado em Estudos de Linguagens Apresentação: Mariana Dutra."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google