A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LOGÍSTICA EMPRESARIAL. VAMOS RELEMBRAR ? ? ? ? ? ? ? ? ?? ? ? ? ? ? ? ?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LOGÍSTICA EMPRESARIAL. VAMOS RELEMBRAR ? ? ? ? ? ? ? ? ?? ? ? ? ? ? ? ?"— Transcrição da apresentação:

1 LOGÍSTICA EMPRESARIAL

2 VAMOS RELEMBRAR ? ? ? ? ? ? ? ? ?? ? ? ? ? ? ? ?

3 Centro de Distribuição (CD) Local utilizado para armazenar produtos provenientes de diferentes plantas e empresas, mantendo um certo nível de estoque, buscando com isso a redução de custos e o atendimento mais rápido e racional das solicitações dos clientes. 3

4 ATIVIDADES BÁSICAS DA ARMAZENAGEM RECEBIMENTO ESTOCAGEM ADMINISTRAÇÃO DE PEDIDOS EXPEDIÇÃO 4

5 Funções Básicas do CD

6 Estudo da Localização: Fábricas e Depósitos Objetivo: a) Minimizar os custos de uma rede logística; b) Definir as posições mais racionais para as edificações; O estudo deve ser baseado na Previsão de Demanda e no Nível de Serviço estabelecido 6

7 FATORES QUE INFLUENCIAM NA DECISÃO 1. Estabilidade política e econômica do Governo; 2. Mão-de-obra; 3. Incentivos e restrições governamentais; 4. Oferta de energia; 5. Transporte; 6. Disponibilidade de materiais e suprimentos; 7. Clima; 8. Telecomunicações;

8 MÉTODOS MATEMÁTICOS PARA LOCALIZAÇÃO As cidades ou os mercados estão localizados nos vértices das estradas. Momentos – Método baseado nas distâncias (km) para o abastecimento dos mercados e no custo de transporte.

9 MÉTODOS MATEMÁTICOS PARA LOCALIZAÇÃO As retas representam graficamente o custo total de cada cidade envolvida na escolha do local para instalação da empresa. Ponto de Equilíbrio – Método baseado na avaliação dos custos totais de uma empresa, considerando os custos fixos e os variáveis. CT=(CF+CV)

10 Pesquisa Operacional A Pesquisa Operacional (PO) consiste no estudo de métodos matemáticos, usualmente implementados por programas de computador, que podem ser utilizados para resolver problemas gerenciais relacionados à tomada de decisão e controle de sistemas.

11 Pesquisa Operacional Formulação do problema; Coleta de dados; Construção do modelo matemático; Desenvolvimento de estratégias para determinar soluções a partir do modelo proposto; Validação do modelo; Implementação. ETAPAS DA MODELAGEM

12 Pesquisa Operacional Manufatura Dimensionamento de lotes (Lot-Sizing Problem) Otimização de layouts (Facility Layout Problem) Formação de células de fabricação APLICAÇÕES

13 Pesquisa Operacional Sistemas de Transporte e Distribuição Roteamento de veículos (Vehicle Routing Problem) Otimização de tabela de horários de ônibus urbano Programação de tripulações de ônibus urbano (Bus Crew Scheduling) APLICAÇÕES

14 Pesquisa Operacional Instituições de ensino Programação de Horários em Escolas (School Timetabling); Alocação de Salas de Aula (Classroom Assignment) APLICAÇÕES

15 Pesquisa Operacional Hospitais Programação de horários de enfermeiras (Nurse scheduling) Construção Otimização de estruturas metálicas APLICAÇÕES

16 Pesquisa Operacional Finanças Análise de risco Agricultura Planejamento da produção agrícola Outros Problema da Alocação de Jogos de competições esportivas APLICAÇÕES

17 LOGÍSTICA REVERSA Arnaldo B. Cassiano Jacira Zanatta Jane de Oliveira SENAC- SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU – LOGÍSTICA 16/ Setembro /2011

18 LOGÍSTICA REVERSA Planeja, opera e controla o fluxo e as informações logísticas correspondentes ao retorno dos bens (ou serviços) de pós-venda e pós-consumo ao ciclo de negócios ou ao ciclo produtivo. Bowersox e Closs (2001)

19 LOGÍSTICA REVERSA

20 RETORNAR AO FORNECEDOR REVENDER RECONDICIONAR RECICLAR DESCARTE EMBALARCOLETAREXPEDIR PROCESSO LOGÍSTICO REVERSO MATERIAIS SECUNDÁRIOS

21 Importância econômica da logística reversa Produção alumínio primário 15KWh/Kg Produção alumínio reciclado 0,75KWh/Kg

22 Níveis de aproveitamento pela logística reversa 80% do material do automóvel; 80% de baterias automotivas; 50% do ferro/aço; 30% do alumínio; 30% a 60% de papeis e 15% de plásticos Leite (2003)

23 Fonte: Sampaio e Fogaça (2008)

24 BENS DE PÓS-VENDA Retorno por qualidade ou por garantia

25 BENS DE PÓS-CONSUMO Reaproveitamento de componentes/materiais Incentivo à nova aquisição Revalorização ecológica

26 VANTAGENS Competitiva: Custos menores Melhora do serviço ao consumidor

27 MOTIVOS Legislação ambiental ( Brasil Política nacional de resíduos sólidos - lei /2010)Legislação ambiental ( Brasil Política nacional de resíduos sólidos - lei /2010) Benefícios econômicos- Produtos que retornam ao processo (alto custo do descarte do lixo) Conscientização ambiental

28 MOTIVOS ESTRATÉGICOS Razões competitivas Limpeza do canal de distribuição Proteção da margem de lucro Recaptura de valor e recuperação de ativos

29 DIFICULDADES Falta de planejamento Tensões entre varejistas e fabricantes

30 DIFICULDADES Pouca importância frente as demais atividades da empresa Política da empresa Falta de sistemas de informações Recursos financeiros Recursos humanos Normas legais DIFICULDADES

31 Vídeo Coleta lixo em Barcelona na Espanha

32 Pergunta-se: Conceitue Logística Reversa O que logística de pós consumo e de pós venda; Quais os principais itens reciclados na atualidade; Como é feita a reciclagem de lixo em sua cidade.

33 AVALIAÇÃO SOBRE LOGÍSTICA REVERSA, CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO E PESQUISA OPERACIONAL DIA 03/10/2013 Na próxima aula teremos

34 LOGÍSTICA REVERSA Arnaldo B. Cassiano Jacira Zanatta Jane de Oliveira SENAC- SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU – LOGÍSTICA 16/ Setembro /2011


Carregar ppt "LOGÍSTICA EMPRESARIAL. VAMOS RELEMBRAR ? ? ? ? ? ? ? ? ?? ? ? ? ? ? ? ?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google