A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Educação Corporativa e a Revolução Digital IBGE Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos FGV Online Rio de Janeiro, 03 de dezembro de 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Educação Corporativa e a Revolução Digital IBGE Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos FGV Online Rio de Janeiro, 03 de dezembro de 2010."— Transcrição da apresentação:

1 A Educação Corporativa e a Revolução Digital IBGE Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos FGV Online Rio de Janeiro, 03 de dezembro de 2010

2 Tópicos FGV Online Gestão do Conhecimento e da Aprendizagem na Era Digital Universidade Corporativa Considerações finais

3 FGV Online

4 Missão Desenvolver e gerenciar tecnologias, metodologias e soluções específicas de educação a distância, sob a responsabilidade acadêmica das escolas e dos institutos da FGV, no âmbito nacional e internacional, liderando e inovando em serviços educacionais de qualidade. Visão Ser referência internacional na distribuição de produtos e serviços educacionais inovadores e de alta qualidade na educação a distância. missão e visão

5 FGV Online

6 soluções e competências FGV Online Fábrica de Conteúdos Cursos e Treinamentos Semipresenciais Cursos Via Satélite Cursos de Extensão, Atualização e Aperfeiçoamento Cursos e Treinamentos Via Web MBAs a Distância e Blended (MEC – 2003) Gestão de Universidades Corporativas Ferramentas de e-Learning Cursos e Treinamentos Corporativos Curso Superior em Tecnologia TV Corporativa Grupos de Pesquisa em EAD Banco de Relatórios Virtual Ambiente Colaborativo Material Didático Multimídia Linguagem Adequada/ Desenho Instrucional Mecanismos de Avaliação On-line Projeto Acadêmico Específico Comunidade de Prática Suporte técnico e Acadêmico Tutoria Especializada Biblioteca Virtual

7 Gestão do conhecimento e da aprendizagem na Era Digital

8 Aprendizagem organizacional O conhecimento é um processo constante de movimento e mudança, voltado para o futuro, na medida em que influencia a tomada de decisão e implica ação de significado relevante. Fonte: CARBONE, Pedro Paulo et alii. Gestão por competências e gestão do conhecimento. RJ: Editora FGV, O conhecimento pode levar à criação de valor porque......está voltado para o futuro gera inovação e melhorias para produtos e serviços...influencia a tomada de decisão pode ser comercializado como um produto ou um serviço...implica ação de significado relevante gera benefícios práticos à percepção dos clientes

9 A Revolução Digital Não se trata da organização em rede da tecnologia, mas da organização em rede dos seres humanos através da tecnologia. Não se trata de uma era de máquinas inteligentes, mas de seres humanos que, através das redes, podem combinar a sua inteligência Don Tapscott

10 Novas metodologias e ferramentas Gestão do conhecimento e aprendizagem plataformas para gerir o ciclo de aprendizagem e aplicação de conhecimento Ferramentas Web 2.0 Mecanismos de comunicação interpessoais, eletrônicos e integrados Formais e informais Interação pessoal/sistemas TICs

11 Novo Ciberespaço de Comunicação e Redes Sociedade em Rede mediada por computadores e demais tecnologias da informação e comunicação (TICs) estabelece novas sociabilidades construídas em um ambiente de comunicação integrado Nova dimensão de Comunicação - Ciberespaço espaço bastante heterogêneo que compreende uma complexidade de formas de interação funciona como uma extensão das relações que estabelecemos no mundo real

12 Redes Sociais Conceitos uma rede serve como metáfora para apreender padrões de conexão de um grupo social, onde não é possível isolar os atores sociais e nem as relações (conexões) estabelecidas (Recuero, 2009) redes sociais são pessoas interagindo segundo um padrão de organização de rede distribuída. Uma rede social necessariamente tem uma topologia mais distribuída do que centralizada e hierárquica e apresenta o maior número de conexões possíveis (Franco, 2009) as redes sociais não são somente um grupo de pessoas reunidas, mas sim o elo que as une, o conteúdo que há entre os membros, independente se de forma virtual ou presencial

13 Alguns Fatos e Dados De acordo com o jornal The New York Times, o aumento de frequentadores de redes sociais cresceu 24% em relação ao mesmo período do ano passado, atualmente os usuários passam em média seis horas na rede, antes passavam somente três horas e meiaThe New York Times Em pesquisa feita pelo Instituto Nielsen, constatou-se que 86% dos usuários brasileiros de internet passam em média cinco horas mensais conectados a alguma rede social. O país recordista é a Austrália, onde os usuários passam 7 horas e 20 minutos (abril/2010)Instituto Nielsen Segundo o Mapa Mundial das Redes Sociais, publicado anualmente pelo blog italiano Vincos, cuja versão 2010 foi disponibilizada em junho, no Brasil o site de relacionamento que se destaca em número de usuários é o Orkut, enquanto que o domínio mundial é do Facebook. Entretanto, em relação ao número de usuários, o site QQ, da China, ainda é o recordista. Apesar do grande número de usuários do Orkut, as principais marcas de redes sociais aqui no país são o Facebook e o YouTube.Mapa Mundial das Redes Sociais VincosOrkutFacebook QQFacebookYouTube Fonte: CTAE/FGV

14 Alguns Fatos e Dados O primeiro vídeo da série Social Revolution foi divulgado pelo Socialnomics, através do YouTube, em 30 de julho de A abordagem foi feita de forma instigante e os dados colocados de uma forma que poucos espectadores teriam analisado. Através de uma série de estudos e pesquisas, Qualman afirma que a evolução social causada pela internet pode ser considerada a maior mudança desde a Revolução Industrial. Em 2010 a chamada Geração Y já pode ser considerada maior que os BabyBoomers e 96% dela já está nas redes sociaisBabyBoomers Para atingir 50 milhões de usuários o rádio demorou 38 anos; a TV 13 anos; a internet 4 anos; o Ipod 3 anos; o Facebook atingiu 100 milhões em apenas 9 meses, tempo que também foram feitos mais de 1 bilhão de dowloads de aplicativos para Ipod/Iphone Se o Facebook fosse um país teria o 4º maior população do mundo, entre o EUA e a Indonésia. As redes sociais também estão interferindo diretamente no mercado de trabalho, empresas do mundo todo atualmente preferem as mídias sociais para achar candidatos para preencher suas vagas. Fonte: CTAE/FGV

15 Alguns Fatos e Dados A atualização das redes sociais é feita de qualquer lugar através de dispositivos móveis por mais de 80% dos usuários. O que acontece em qualquer lugar do mundo está just in time, ou seja, em tempo real e em diversos locais da rede. Para a Geração Y, o é uma ferramenta totalmente ultrapassada. O YouTube hoje é o segundo maior mecanismo de busca, disponibilizando mais de 100 milhões de vídeos. O primeiro lugar é totalmente dominado pelo Google, tanto em número de acessos quanto na quantidade de conteúdo disponível.Google Na Wikipédia, enciclopédia de construção colaborativa, estão mais de 13 milhões de artigos, suas informações são mais precisas do que a Enciclopédia BritânicaWikipédiaEnciclopédia Britânica Já existem mais de 20 milhões de blogs sobre os mais distintos assuntos e 54% dos usuários de internet atualizam blogs ou alguma rede social diariamente. Fonte: CTAE/FGV

16 Alguns Fatos e Dados Atualmente as notícias chegam até nós de formas tão diversas que não temos mais a necessidade de irmos buscá-las por conta própria. Até mesmo os maiores jornais impressos, em todo o mundo, sofreram quedas na circulação em detrimento aos leitores via web. O marketing das empresas é feito agora primeiro pensando em ouvir o cliente e depois em vender. 34% postam nas redes sociais opiniões sobre marcas e produtos. 78% dos consumidores confiam mais no que é dito on-line por pessoas comuns do que em anúncios pagos. Conclusão : As mídias sociais não podem mais ser consideradas como um modismo, mas sim forma básica de comunicação. Fonte: CTAE/FGV

17 Redes Sociais na Educação INTERATIVO + COLABORATIVO = EDUCATIVO redes sociais não são apenas um grupo de pessoas aleatórias, mas sim o elo entre elas, essas redes são feitas por diferentes capitais sociais, ou seja, é onde cada um dos integrantes aplica seus próprios conhecimentos em prol de algo ou algum tema que os une, a própria rede social Fonte: CTAE/FGV

18

19 desenvolver soluções customizadas, visando... agregar valor à organização por meio do desenvolvimento de seu capital humano facilitar os processos de aprendizagem organizacional alinhar os programas à visão estratégica da organização missão da área de modelagem e gestão de UCs

20 Referenciais educacionais estratégia primária experiente especialista convergências de iniciativas ROSENBERG pilares da educação UNESCO compartilhar ser conhecer fazer conhecedor iniciante mostre-me como fazer ajude-me a fazer melhorajude-me a achar o que precisocriarei meu próprio caminho

21 Trilhas de desenvolvimento Conjunto integrado e sistemático de dinâmicas e soluções de desenvolvimento, recorrendo a múltiplas formas de aprendizagem, que visam à aquisição e ao desenvolvimento de competências (conhecimentos, habilidades, atitudes e compartilhamento) requeridas para o desempenho das pessoas no dia-a-dia, e ao fortalecimento dos eixos estratégicos que viabilizarão o alcance dos objetivos estratégicos de negócios da empresa.

22 Dimensões da aprendizagem

23 conhecedor experiente especialista on-line formas orais formas escritas formas audiovisuais modelos formas formas híbridas avaliar sintetizar analisar aplicar compreender interação produção estratégias iniciante plano de ação conhecer recepção Plano de ação

24 iniciante conhecer recepção conhecedor experiente on-line formas orais formas escritas formas audiovisuais modelos formas formas híbridas sintetizar analisar aplicar compreender interação estratégias Plano de ação especialista avaliar produção plano de ação

25 Etapas 1.identificação das necessidades atuais e futuras de conhecimento da organização 2.gerenciamento da oferta do programa na organização 3.avaliação do programa, dos processos e do desempenho dos participantes

26 compromisso da direção com o projeto - governança; compreensão do papel da universidade corporativa – change management; definição do público-alvo, bem como dos produtos e serviços que serão oferecidos; indicação dos parceiros e da tecnologia, e de como esta deverá ser utilizada; desenvolvimento de ferramentas para avaliar as economias de custo proporcionadas; criação de estratégias de marketing e de comunicação. Fatores críticos de sucesso

27 Gestão do Conhecimento e da Aprendizagem

28 Considerações Finais Processo sem volta – nova dimensão de comunicação Surgimeno de redes sociais verticalizadas – UCs Maior movimento de democratização de conhecimento da história Necessidade de adequação da legislação educacional Novos modelos de cadeias de valor na educação

29 A Construção do Patrimônio Educacional O único capital insubstituível que uma organização possui é o conhecimento de seus colaboradores e sua capacitação. A produtividade deste capital depende da relação de eficácia, entre o compartilhamento da competência de cada um com aqueles que possam utilizá-la. Andrew Carnegie

30 Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos Diretor Executivo FGV Online (21) Obrigado!


Carregar ppt "A Educação Corporativa e a Revolução Digital IBGE Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos FGV Online Rio de Janeiro, 03 de dezembro de 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google