A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério da Fazenda 1 1 O Brasil e a Superação da Crise Internacional APRESENTAÇÃO ELABORADA PARA A XVI CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE MINISTROS DO TRABALHO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério da Fazenda 1 1 O Brasil e a Superação da Crise Internacional APRESENTAÇÃO ELABORADA PARA A XVI CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE MINISTROS DO TRABALHO."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério da Fazenda 1 1 O Brasil e a Superação da Crise Internacional APRESENTAÇÃO ELABORADA PARA A XVI CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE MINISTROS DO TRABALHO (XVI CIMIT) Antonio Henrique P. Silveira Secretário de Acompanhamento Econômico Ministério da Fazenda 7 de outubro de 2009

2 Ministério da Fazenda 2 O Brasil no limiar da crise internacional Crescimento acelerado, liderado pela demanda (5,1% de crescimento do PIB em 2008); Taxa de investimento crescente (de 15,3% em 2003 para 19% do PIB em 2008) Baixa alavancagem do sistema bancário; Superávit primário de 4,07% do PIB em 2008; Inflação baixa, em relação aos demais países emergentes em 2008 (IPCA = 5,9%) Reservas internacionais na casa dos US$ 205 bilhões;

3 Ministério da Fazenda 3 Algumas Características Estruturais Regulação prudencial e limites à alavancagem financeira (o índice médio de adequação de capital, ponderado pelo risco foi de 18%) Importante sistema bancário estatal – BNDES, BB, Caixa e Bancos Regionais de Desenvolvimento (BNB e BASA); Direcionamento de Crédito (Agricultura, Habitação, etc.); Empresas estatais de grande porte no segmento energético – Petrobrás, Eletrobrás; Razão crédito privado – PIB relativamente baixa(cerca de 40% in 2008).

4 Ministério da Fazenda 4 Impactos da Crise Aumento das incertezas macroeconômicas; Retração do crédito externo e interno; Forte retração dos preços das ações; Desvalorização cambial; Retração do comércio exterior. Queda da taxa de crescimento do PIB; Queda na geração de empregos formais;

5 Ministério da Fazenda 5 IMPACTOS DA CRISE - CÂMBIO Desvalorização abrupta causada pela brusca restrição da liquidez mundial e reversão dos fluxos de capital

6 Ministério da Fazenda 6 IMPACTOS DA CRISE – INDÚSTRIA E COMÉRCIO Fonte: IBGE.Elaboração: MF/SPE

7 Ministério da Fazenda 7 Impactos da Crise - PIB (Acumulado nos últimos 4 trimestres/ 4 trimestres imediatamente anteriores: em %) Fonte: IBGE.Elaboração: MF/SPE.

8 Ministério da Fazenda 8 8 CRIAÇÃO LÍQUIDA DE POSTOS DE TRABALHO (variação absoluta – em milhares) Fonte: MTE/CAGEDElaboração: MF/SPE.

9 Ministério da Fazenda 9 9 TAXA DE DESEMPREGO* */ Nas 6 principais regiões metropolitanas. Fonte: IBGE. Elaboração: MF/SPE

10 Ministério da Fazenda 10 Fonte: IBGE/PME.Elaboração: MF/SPE TAXA DE DESOCUPAÇÃO (% da PEA)

11 Ministério da Fazenda 11 Folha de pagamento real por trabalhador e Produtividade* (taxa de crescimento acumulada em 12 meses) * Produção total / Horas trabalhadas na produção Fonte: IBGE Elaboração: MF/SPE

12 Ministério da Fazenda 12 Restauração das Condições de Crédito: Interbancário, crédito externo, capital de giro, crédito agrícola, financiamento à exportação e ao investimento. Reforço dos Estabilizadores Automáticos: Aumento do Bolsa Família, aumento do salário mínimo, aumento dos prazos e valores do seguro desemprego Programas de Investimento Público: PAC, Programa Minha Casa, Minha Vida (habitacional) Desonerações e Compensações Tributária Imposto de Renda Pessoal Física, Imposto sobre Produtos Industrializados, Imposto sobre Operações Financeiras, PIS/COFINS, Compensação a Estados e Municípios Respostas do Governo

13 Ministério da Fazenda 13 IMPACTO EM 2009 DAS PRINCIPAIS MEDIDAS DE DESONERAÇÃO TRIBUTÁRIA ADOTADAS EM RESPOSTA À CRISE Fontes: MF/SRFB.Elaboração: MF/SPE TOTAL: 0,4% do PIB em 2009

14 Ministério da Fazenda 14 AUMENTO DOS GASTOS FISCAIS 14 Fonte: MF/STNElaboração: MF/SPE TOTAL: 0,6% do PIB em 2009

15 Ministério da Fazenda 15 ESTIMATIVA DE SUBSÍDIOS E DE DESPESAS COM EQUALIZAÇÃO DE JUROS 15 Fonte: MF/STN/COPEC/GERAG TOTAL: 0,2% do PIB em 2009

16 Ministério da Fazenda 16 RESPOSTAS DE POLÍTICA FISCAL À CRISE INTERNACIONAL ESTÍMULO FISCAL * (% do PIB) */Medidas discricionárias relacionadas com a crise com efeitos fiscais em 2009 e Fonte: FMIElaboração: MF/SPE

17 Ministério da Fazenda 17 Considerações Finais O Brasil teve sucesso em reverter os efeitos negativos da crise num período curto e a um custo baixo, quando comparado a outros países, em particular os industrializados; O desempenho brasileiro deve ser creditado tanto às iniciativas de política econômica interna, quanto ao esforço coordenado, em escala global, para mitigar a possibilidade de depressão; O sucesso inicial não deve, no entanto, diluir a percepção de que são necessários profundos ajustes na economia mundial: Mecanismos mais eficientes de regulação financeira; Maior coordenação das políticas econômicas para a redução dos desequilíbrios globais; Maior ênfase nos desenhos anti-cíclicos das políticas nacionais, respeitadas as especificidades de cada país.

18 Ministério da Fazenda 18 Obrigado!


Carregar ppt "Ministério da Fazenda 1 1 O Brasil e a Superação da Crise Internacional APRESENTAÇÃO ELABORADA PARA A XVI CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE MINISTROS DO TRABALHO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google