A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

KM Brasil 2011 10º Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento GC no setor de energia A experiência da CCEE São Paulo 06/10/2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "KM Brasil 2011 10º Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento GC no setor de energia A experiência da CCEE São Paulo 06/10/2011."— Transcrição da apresentação:

1 KM Brasil º Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento GC no setor de energia A experiência da CCEE São Paulo 06/10/2011

2 Agenda Objetivos Contextualização Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico Implantação do Plano de Gestão do conhecimento Ações de Gestão do Conhecimento na CCEE

3 Introdução Objetivo: Apresentar elementos para responder a questão: Como a CCEE tem fortalecido o seu Programa de Gestão do Conhecimento-GC. Objetivos de GC na CCEE Criar condições para identificar, manter e disseminar o conhecimento gerado pela organização. Promover a gestão do conhecimento, visando contribuir para a excelência organizacional.

4 Contextualização Características do Setor de Energia Ciclos longos: Resultados e aprendizagem ocorrem no longo prazo, exigindo capacidade de compartilhamento de conhecimentos entre gerações. Privatizações e fusões: As privatizações, fusões e aquisições trouxeram oportunidades promissoras de combinação de conhecimentos, porém geram perda de capital humano. Viés técnico: Alta valorização do conhecimento técnico, o que pode alavancar iniciativas de GC, porém pode levar pessoas e empresas do setor a menosprezar conhecimentos menos técnicos. Regulação: Há necessidade de esforços adicionais para garantir a criação e o aproveitamento de oportunidades de experimentação e inovação. Características da CCEE Associação civil privada e sem fins lucrativos: Todas as suas ações são reguladas pela Agência Nacional de Energia Elétrica. (10 anos) O conhecimento é um elemento central para o negócio da empresa: Sua principal atividade é efetuar a contabilização e a liquidação financeira das operações realizadas no mercado de curto prazo. A infraestrutura, os processos transacionais da organização no mercado e o fluxo de informação constituem a base do conhecimento: possui qualificado quadro de pessoal, tecnologia orientada ao negócio e inquestionável potencial de aprendizado e conhecimento específico na comercialização de energia elétrica. Está sujeita a perda de pessoas : pelo aumento do mercado e pela especialidade no conhecimento de Comercialização de Energia Elétrica.

5 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

6 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

7 Desafios estratégicos de GC

8 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

9 Critérios de Priorização RELEVÂNCIA ESTRATÉGICA RISCO DE PERDA IMPACTO NO NEGÓCIO Qual o grau de contribuição direta do conhecimento para os resultados imediatos da empresa? RELEVÂNCIA PARA O FUTURO Qual o potencial de contribuição direta do conhecimento considerando os resultados futuros da empresa? COMPLEXIDADE DE AQUISIÇÃO Qual o grau de dificuldade de aquisição ou desenvolvimento do conhecimento? RISCO DE PERDA Qual a probabilidade de perda deste conhecimento no curto ou médio prazo? CRITICIDADE DAS ÁREAS DE CONHECIMENTO

10 Conhecimentos críticos mapeados CONHECIMENTOS CRÍTICOS Medição de Energia Regras e procedimentos de Comercialização Processos, ferramentas e sistemas de operação do mercado Liquidação e Garantias Financeira Contabilização do mercado de curto prazo Contratação de energia no ambiente Livre e Regulado Planejamento e Operação do Setor Elétrico Brasileiro com enfase nos aspectos comerciais Legislação e normas específicas do setor elétrico

11 Detalhamento das áreas de Conhecimento Critico

12 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

13 Práticas de conhecimento - iniciativas Estabelecimento da meta de promover a Gestão de Conhecimento no Planejamento Estratégico. Associação à SBGC (Associação Brasileira de Gestão do conhecimento). Iniciativa de Mapeamento das Competências (GC – competência essencial). Mapeamento dos processos. Instalação da CEDOC (Central de Documentação). Instalação da Biblioteca. Elaboração de Cartilhas e Treinamentos técnicos.

14 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

15 Diretrizes de Gestão do Conhecimento

16 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

17 Portfólio de Iniciativas

18 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

19 Processos mapeados no Plano Diretor Processos definidos com o objetivo de implantar a sistemática de GC: Gerir Estratégia da Gestão do Conhecimento Gerir Cubo da Gestão do Conhecimento Gerir Ferramentas e Conteúdos da Gestão do Conhecimento Gerir Práticas e Ações de Gestão do Conhecimento Gerir Desempenho de GC O conhecimento na CCEE será gerido pela Arquitetura de Gestão do Conhecimento (GC). A Arquitetura de GC é composta pelos processos de GC e pelos direcionadores para aplicação da GC.

20 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

21 Modelo de Governança de GC Núcleo de GC: poucas pessoas, mais agilidade Apoio Estratégico: alinhamento em nível gerencial Voluntários Representantes Núcleo Apoio Estratégico Núcleo Gestor: Propõe e inicia ações de GC. 5 a 8 pessoas, dedicação de 4h+/semana. Representantes de áreas: Discutem, validam e disseminam ações do Núcleo Gestor. Equipes de Projeto: Implementam ações específicas, com prazo e entrega definidos. Voluntários: Interessados em se envolver com atividades de GC. Apoio Estratégico: participação de gerentes para alinhamento com iniciativas das áreas

22 Contexto do Negócio Práticas de conhecimento Desafios Estratégicos Conhecimentos Críticos Diretrizes Estratégicas de GC Portfólio de Iniciativas Processos de GC Organizacional Modelo e Plano Diretor de GC Governança de GC Plano de Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

23 © TerraForum Consultores Direcionamento Estratégico Infraestrutura, Ferramentas, Tecnologia GCI Criar / Inovar Capturar / Codificar Organizar Compartilhar Disseminar Proteger Taxonomia / Classificação Conhecimentos Governança Fontes externas: outros setores Fontes internas: conhecimento existente Fontes externas: setor energia Fontes internas: desafios e oportunidades Fontes externas: academia Novas competências Melhores processos Melhor desempenho Capacidade de articulação de conhecimentos Novas estratégias Gestão do Conhecimento e Planejamento Estratégico

24 Evolução dos Produtos do Modelo de GC

25 Roadmap de implementação do Plano Diretor

26 Práticas Existentes de GC Documentação do NSCL e processo de desenvolvimento Controle de qualidade na documentação Processos de desenvolvimento estruturado e documentados Reformulação dos procedimentos estruturados e documentados Reorganização e consolidação do conteúdo Facilidade de atualização Tipedia Registro de rotinas e práticas da área de TI Construção compartilhada de conteúdo Reunião semanal de Gerentes e comunicação em cascata Encontros para alinhamento de diretrizes e ações Disseminação para as equipes das áreas pelo gestor Curso Interno de formação no setor elétrico Especialistas da CCEE disseminam seu conhecimento e experiência Compreensão das particularidades da CCEE favorece o aprendizado Reuniões de contabilização (pré, durante pós) Conversas ente áreas envolvidas para solução de problemas Contribui para entendimento das realidades de cada área

27 Ações Estruturantes - práticas A GC é uma das competências essenciais da empresa. Consultoria de GC: Modelo e Plano Diretor de GC; Implementação do Plano de GC. Apoio, alinhamento e acompanhamento; Formação da Equipe em conceitos de Gestão do Conhecimento: Programa de Ideias; Storytelling: História da CCEE – vídeo institucional; Avaliação de outros temas. Lideranças envolvendo a Gestão do Conhecimento. Consultoria de GD: Plano Diretor de GD e Política de GD. Implantar os processos de GC: Uma semana para os assuntos de GC com toda a organização. Semana de GC.

28 Ações Pontuais e Outras Iniciativas Correlatas - práticas A dimensão de Gestão do Conhecimento foi inserida na fase inicial de projetos: Melhorias nos processos de adesão e desligamento. Retenção de Colaboradores X Levantamento de práticas existentes: Melhores práticas – recomendações. Cursos de Energia Elétrica CCEE; Semana de GC.

29 Semana de Gestão do Conhecimento – Panorama Geral Painéis de GC - CCEE Debate Setor Elétrico Período: 12/09 a 16/09 Destaques: Abertura – CAd e Ilan Brehman (contador de histórias) Painéis de GC Job Rotation Debate sobre Novas Tendências – Maurício Tolmasquim Fechamento - Café Cultural

30 Considerações Finais GC no setor de energia - A experiência da CCEE: A presença do Consultor/Grupo de GC - trabalho conjunto: metodologia, velocidade, qualidade e independência; A formação de um grupo comprometido e dedicado: Planejamento, discussão e implementação de práticas de GC; A capacitação: Conceitos básicos, nivelamento e qualidade; A visão técnica x a visão intangível: Pragmático frente ao intangível; Eventos participativos: conscientização, envolvimento, conhecimento e sedimentação da cultura de GC; Apoio da alta administração: foca o assunto, patrocina o projeto e sensibiliza. Gradual, sistemático e permanente: necessita Gestão de Mudança (ciclo longo - cultura); Comunicação permanente: disseminação das informações e práticas, contribui para o avanço; e Movimentos botton up: proporciona engajamento do grupo.

31 Contato Fone:


Carregar ppt "KM Brasil 2011 10º Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento GC no setor de energia A experiência da CCEE São Paulo 06/10/2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google