A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fósforo Vitória Souza José Aurélio. Introdução O fósforo, um dos elementos mais essenciais, está em 2º lugar depois do cálcio em abundância nos tecidos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fósforo Vitória Souza José Aurélio. Introdução O fósforo, um dos elementos mais essenciais, está em 2º lugar depois do cálcio em abundância nos tecidos."— Transcrição da apresentação:

1 Fósforo Vitória Souza José Aurélio

2 Introdução O fósforo, um dos elementos mais essenciais, está em 2º lugar depois do cálcio em abundância nos tecidos humanos.

3 Concentração Conteúdo total de fósforo no organismo: 700g Desses, 80% está presente no esqueleto Apenas o fósforo inorgânico e quantificado na rotina clínica

4 Constituinte essencial dos: -ácidos nucleicos - fosfolipídios -fosfoproteínas Essencial também para: -contratibilidade normal dos músculos -funções neurológicas -transporte de eletrólitos -carreador de oxigênio pela hemoglobina

5 Está presente em praticamente todos os alimentos. Principalmente em laticínios, cereais, ovos e carne. Concentrações mais elevadas ocorrem em crianças na fase de crescimento. Os valores são influenciados pela ingestão na dieta, refeições e exercícios físicos.

6 A rota primária de excreção de fósforo é a renal. É filtrado pelos glomérulos e reabsorvido em grande parte pelo túbulo proximal, de modo que apenas cerca de 10 a 15% do fósforo filtrado alcança o túbulo distal. Nos casos de lesão renal, à medida que à taxa de filtração glomerular diminui, o fósforo é retido, reduzindo discretamente o nível de cálcio sérico, o que estimula as paratireóides a secretar o paratormônio (PTH). A ação do PTH no sistema tubular reduz a reabsorção, na tentativa de restaurar os níveis normais de cálcio e de fósforo.

7 Os mecanismos de regulação do cálcio afetam também os níveis de fósforo, sendo seus valores diretamente relacionados: a elevação de um significa a diminuição do outro. Os níveis séricos de fósforo oscilam ao longo do dia: valores mínimos são observados entre as 9 e as 12 horas, aumentando gradativamente até atingir um platô à tarde, e apresentando um discreto pico em torno da meia-noite.

8 As taxas de fósforo são mais altas em crianças, e tendem a elevar-se nas mulheres após a menopausa. Elevam-se também com exercício e na desidratação. Valores séricos diminuem com a ingestão de carboidratos e aumentam com a ingestão de fósforo, sendo portanto de fundamental importância que a coleta seja realizada em jejum.

9 Hiperfosfatemia Insuficiência renal crônica Hipoparatireoidismo Intoxicação por vitamina D Rabdomiólise Hipertermia maligna Quimioterapia antiblática Cristais de fosfato podem bloquear artérias, levando à arteriosclerose, derrames, ataque cardíaco e má circulação sangüínea.

10 Tratamento Administração de sais ligadores de fosfato- cálcio, magnésio

11 Hipofosfatemia Deficiência de vitamina D Raquitismo renal Hiperparatireoidismo Intoxicação pelo chumbo Alimentação parenteral Dor óssea Osteomalácia Miopatias Observa-se discreta redução do fósforo sérico no último trimestre de gravidez

12 Tratamento Controle da doença subjacente Remoção de drogas lesivas Correção de anormalidade eletrolíticas

13 Bibliografia Henry, John Bernard: Diagnósticos clínicos e tratamento por dados laboratoriais, 19ª edição, Ed. Monole Ltda, Guyton, Arthur C.: Tratado de Fisiologia Médica, 11ªedição, Ed. Guanabara/Koogan, Semiologia Médica,4ª edição,Editora guanabara Koogan S.A.,2001

14 OBRIGADAOBRIGADA


Carregar ppt "Fósforo Vitória Souza José Aurélio. Introdução O fósforo, um dos elementos mais essenciais, está em 2º lugar depois do cálcio em abundância nos tecidos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google