A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Carvão Recursos Energéticos Energia Primária Não RenováveisRenováveis O que é e para que serve o carvão? O carvão provém de florestas enterradas em épocas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Carvão Recursos Energéticos Energia Primária Não RenováveisRenováveis O que é e para que serve o carvão? O carvão provém de florestas enterradas em épocas."— Transcrição da apresentação:

1 Carvão Recursos Energéticos Energia Primária Não RenováveisRenováveis O que é e para que serve o carvão? O carvão provém de florestas enterradas em épocas remotas. A madeira que se compõe fundamentalmente de três elementos químicos – Carbono, Oxigénio e Hidrogénio – perdeu ao longo do tempo (muitos milhões de anos) quase todo o oxigénio e hidrogénio, pelo que ficou praticamente reduzida ao carbono. Assim, o carvão é fundamentalmente carbono no estado amorfo. As principais aplicações são: - a construção de um bom combustível para fornos e caldeiras; - a possibilidade de obtenção de muitos produtos químicos (que também se obtêm do petróleo); - a capacidade para gerar energia eléctrica nas centrais termoeléctricas; - o fabrico de coque para a produção do ferro e do aço. O carvão que perdeu muito terreno face ao petróleo, volta agora a ganhá-lo devido aos grandes aumentos de preços e perturbações no abastecimento de petróleo que têm ocorrido nos últimos anos.

2 PetróleoCarvão Energia Primária Não RenováveisRenováveis Recursos Energéticos O que é e para que serve o petróleo? O petróleo bruto, também designado por ramas petrolíferas ou crude, é uma mistura de substâncias compostas por carbono e hidrogénio, chamados hidrocarbonetos. Encontra-se acumulado em várias regiões do globo terrestre, no subsolo, a profundidades de centenas ou milhares de metros, quer da superfície continental, quer do fundo dos lagos ou mares. O petróleo bruto teve a sua origem na decomposição da matéria orgânica vegetal e animal, que se foi acumulando especialmente no fundo de oceanos e depois enterrada a grandes profundidades devido aos movimentos que a crusta terrestre sofreu ao longo de milhões de anos. As altas temperaturas e pressões existentes a tais profundidades facilitaram a decomposição da matéria orgânica e, consequentemente, a formação do petróleo e, também de gás natural. As principais aplicações do petróleo são: - Gases – como o Butano e o Propano que se utilizam nas cozinhas, aquecimento doméstico e nas fábricas; - Gasolinas – para automóveis, motocicletas e pequenos aviões; - Gasóleo – necessário para as viaturas, geradores eléctricos, aquecimento central, etc; - Aromáticos – utilizados no fabrico de borracha sintética, insecticidas, fibras têxteis, detergentes, explosivos, etc.; - Lubrificantes – necessários para os veículos, motores e máquinas; - Asfaltos – empregues na pavimentação das nossas estradas e no fabrico de produtos impermeabilizantes; etc..

3 PetróleoCarvão Energia Primária Não RenováveisRenováveis Recursos Energéticos Gás Natural O que é e para que serve o gás natural? O gás natural (metano – CH 4 ) resulta da decomposição da matéria orgânica nos fundos marinhos, durante milhões de anos, acabando por ficar retido por uma camada impermeável. O gás natural pode aparecer em dois tipos de jazigos: nos jazigos secos, onde existe exclusivamente gás natural e nos jazigos de petróleo, estando associado a este. As principais aplicações do gás natural são: - no aquecimento de habitações e outros edifícios; - nas cozinhas e no aquecimento de água nas habitações; - nas centrais térmicas para produção de energia eléctrica; - na produção de gasolina, etc.. Hidrocarbonetos Energias ou combustíveis fósseis Petróleo Gás natural Camada impermeável Derrick

4 O que é o urânio e para que serve a energia nuclear? As sucessivas descobertas, a partir do início deste século, sobre o interior do átomo e sobre a enorme quantidade de energia nele acumulada, têm feito com que essa energia seja vista, por alguns, como uma milagrosa alternativa para as energias tradicionais. Em alguns países há já produção de energia eléctrica em grande escala, à custa da energia nuclear, em centrais nucleares. O processo actualmente utilizado nas centrais nucleares é a cisão ou fissão nuclear que utiliza como combustível o Urânio, mas também outros elementos radioactivos como o Tório ou o Plutónio. O principal problema da cisão nuclear, e que tem levado a enormes contestações, é a segurança. Segurança, não só relativa às instalações onde ocorrem os processos nucleares (reactores e centrais nucleares), mas também no que diz respeito aos desperdícios radioactivos. As radiações que emitem para a atmosfera são altamente poluentes, causando alterações no ambiente. As principais aplicações são: - produção de energia eléctrica em centrais térmicas; - propulsão de submarinos e barcos; investigação científica. PetróleoCarvão Energia Primária Não RenováveisRenováveis Recursos Energéticos Gás Natural Urânio Recursos minerais que se retiram do subsolo

5 PetróleoCarvão Energia Primária Não RenováveisRenováveis Recursos Energéticos Gás Natural UrânioGeotérmicaSolarHídricaBiomassaEólica Biogás Resíduos florestais Culturas energéticas Rios Ondas Marés Energia Final CombustíveisElectricidade Energias alternativas; energias verdes; energias limpas ou energias não poluentes.

6 RecursoEnergiaVantagensDesvantagensClassificação CarvãoQuímica Barato Existência de reservas consideráveis Muito poluente Esgota-se Difícil extracção e transporte Energias não renováveis PetróleoQuímica Elevado rendimento e eficácia Fácil transporte por oleodutos e petroleiros Dá origem a muitos combustíveis que são fáceis de usar Poluente Esgota-se Sujeito às flutuações da economia Desigual distribuição no planeta Originam guerras pelo seu controle Gás NaturalQuímica Barato Pouco poluente Fácil de transportar por gasodutos Poluente (embora pouco) Esgota-se Difícil transporte por metaneiros Sujeito às flutuações da economia UrânioNuclear Barato Elevado rendimento Emite radiações perigosas Produção de resíduos radioactivos poluentes Esgota-se Exige instalações muito caras Água dos rios (hídrica) Hídrica Não poluentes Não se esgotam Estão melhor distribuídas no planeta Elevados custos com a construção e manutenção das barragens As barragens têm um grande impacto ambiental Energias renováveis (também designadas correntemente por energias alternativas; energias verdes; energias limpas ou energias não poluentes) Marés e ondas (hídrica) Hídrica Elevados custos com a instalação e manutenção dos equipamentos Baixos rendimentos Impacto visual dos painéis solares e aerogeradores As culturas energéticas ocupam grandes extensões de solos que são necessários para alimentar uma população crescente Não permitem uma produção contínua de energia (hídrica, solar, eólica). Sol (solar)Solar Calor da Terra (Geotérmica) Geotérmica (térmica) Vento (eólica)Eólica Biomassa (química) Obs.: Este quadro substitui o quadro 6 da página 42. Principais características das energias renováveis e não renováveis

7 Espero que tenham gostado porque esta apresentação deu muito trabalho a fazer!! Agora vamos ler o texto das páginas 39 a 42, como síntese e revisão das energias renováveis. As páginas 34 a 38 são para ler em casa e esclarecer, na próxima aula, as dúvidas que surgirem.

8 PetróleoGeotérmicaCarvão Recursos Energéticos Energia Primária Não RenováveisRenováveis Gás Natural UrânioSolarHídricaBiomassaEólica Biogás Resíduos florestais Culturas energéticas Rios Ondas Marés Energia Final CombustíveisElectricidade


Carregar ppt "Carvão Recursos Energéticos Energia Primária Não RenováveisRenováveis O que é e para que serve o carvão? O carvão provém de florestas enterradas em épocas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google