A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Execução da obrigação de fazer ou de não fazer. Entrega de coisa.Declaração de vontade. As prestações de fato Prestação positiva Prestação negativa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Execução da obrigação de fazer ou de não fazer. Entrega de coisa.Declaração de vontade. As prestações de fato Prestação positiva Prestação negativa."— Transcrição da apresentação:

1 Execução da obrigação de fazer ou de não fazer. Entrega de coisa.Declaração de vontade. As prestações de fato Prestação positiva Prestação negativa

2 Efetivação da tutela antecipada Art § 3 o A efetivação da tutela antecipada observará, no que couber e conforme sua natureza, as normas previstas nos arts. 588, 461, §§ 4 o e 5 o, e 461-A. (Redação dada pela Lei nº , de 2002) (Redação dada pela Lei nº , de 2002) § 4 o A tutela antecipada poderá ser revogada ou modificada a qualquer tempo, em decisão fundamentada

3 Pedido de penalidade para hipótese de descumprimento de decisão Art Se o autor pedir que seja imposta ao réu a abstenção da prática de algum ato, tolerar alguma atividade, prestar ato ou entregar coisa, poderá requerer cominação de pena pecuniária para o caso de descumprimento da sentença ou da decisão antecipatória de tutela (arts. 461, § 4 o, e 461- A). (Redação dada pela Lei nº , de 2002)(Redação dada pela Lei nº , de 2002)

4 Tutela específica Art Na ação que tenha por objeto o cumprimento de obrigação de fazer ou não fazer, o juiz concederá a tutela específica da obrigação ou, se procedente o pedido, determinará providências que assegurem o resultado prático equivalente ao do adimplemento. (Redação dada pela Lei nº 8.952, de 1994) (Redação dada pela Lei nº 8.952, de 1994) Chiovenda: tudo aquilo e realmente o que é devido

5 Conversão em perdas e danos Art § 1 o A obrigação somente se converterá em perdas e danos se o autor o requerer ou se impossível a tutela específica ou a obtenção do resultado prático correspondente. (Incluído pela Lei nº 8.952, de 1994) (Incluído pela Lei nº 8.952, de 1994) § 2 o A indenização por perdas e danos dar-se-á sem prejuízo da multa (art. 287). (Incluído pela Lei nº 8.952, de 1994) (Incluído pela Lei nº 8.952, de 1994)

6 Tutela liminar Art § 3 o Sendo relevante o fundamento da demanda e havendo justificado receio de ineficácia do provimento final, é lícito ao juiz conceder a tutela liminarmente ou mediante justificação prévia, citado o réu. A medida liminar poderá ser revogada ou modificada, a qualquer tempo, em decisão fundamentada. (Incluído pela Lei nº 8.952, de 1994) (Incluído pela Lei nº 8.952, de 1994)

7 Astreintes Art § 4 o O juiz poderá, na hipótese do parágrafo anterior ou na sentença, impor multa diária ao réu, independentemente de pedido do autor, se for suficiente ou compatível com a obrigação, fixando-lhe prazo razoável para o cumprimento do preceito § 2 o A indenização por perdas e danos dar-se-á sem prejuízo da multa (art. 287

8 Especificação da tutela § 5 o Para a efetivação da tutela específica ou a obtenção do resultado prático equivalente, poderá o juiz, de ofício ou a requerimento, determinar as medidas necessárias, tais como a imposição de multa por tempo de atraso, busca e apreensão, remoção de pessoas e coisas, desfazimento de obras e impedimento de atividade nociva, se necessário com requisição de força policial. (Redação dada pela Lei nº , de 2002)(Redação dada pela Lei nº , de 2002) § 6 o O juiz poderá, de ofício, modificar o valor ou a periodicidade da multa, caso verifique que se tornou insuficiente ou excessiva. (Incluído pela Lei nº , de 2002)(Incluído pela Lei nº , de 2002)

9 Aplicação subsidiária dos arts. 632 e segs. Art A sentença relativa a obrigação de fazer ou não fazer cumpre-se de acordo com o art. 461, observando-se, subsidiariamente, o disposto neste Capítulo. (Redação dada pela Lei nº , de ) (Redação dada pela Lei nº , de )

10 Citação Execução do título extrajudicial contendo obrigação de fazer ou não fazer: Art Quando o objeto da execução for obrigação de fazer, o devedor será citado para satisfazê-la no prazo que o juiz Ihe assinar, se outro não estiver determinado no título executivo. Impugnação, aplicação subsidiária do art. 475-L

11 Apuração de perdas e danos Art Se, no prazo fixado, o devedor não satisfizer a obrigação, é lícito ao credor, nos próprios autos do processo, requerer que ela seja executada à custa do devedor, ou haver perdas e danos; caso em que ela se converte em indenização. Parágrafo único. O valor das perdas e danos será apurado em liquidação, seguindo-se a execução para cobrança de quantia certa. Art Se o fato puder ser prestado por terceiro, é lícito ao juiz, a requerimento do exeqüente, decidir que aquele o realize à custa do executado. (Redação dada pela Lei nº , de 2006).(Redação dada pela Lei nº , de 2006). Parágrafo único. O exeqüente adiantará as quantias previstas na proposta que, ouvidas as partes, o juiz houver aprovado

12 Cumprimento ou descumprimento Art Prestado o fato, o juiz ouvirá as partes no prazo de 10 (dez) dias; não havendo impugnação, dará por cumprida a obrigação; em caso contrário, decidirá a impugnação. Art Se o contratante não prestar o fato no prazo, ou se o praticar de modo incompleto ou defeituoso, poderá o credor requerer ao juiz, no prazo de 10 (dez) dias, que o autorize a concluí-lo, ou a repará-lo, por conta do contratante.

13 Realização de obras Art Se o credor quiser executar, ou mandar executar, sob sua direção e vigilância, as obras e trabalhos necessários à prestação do fato, terá preferência, em igualdade de condições de oferta, ao terceiro. Parágrafo único. O direito de preferência será exercido no prazo de 5 (cinco) dias, contados da apresentação da proposta pelo terceiro (art. 634, parágrafo único). (Redação dada pela Lei nº , de 2006).(Redação dada pela Lei nº , de 2006). Art Nas obrigações de fazer, quando for convencionado que o devedor a faça pessoalmente, o credor poderá requerer ao juiz que Ihe assine prazo para cumpri-la. Parágrafo único. Havendo recusa ou mora do devedor, a obrigação pessoal do devedor converter-se-á em perdas e danos, aplicando-se outrossim o disposto no art. 633.

14 Obrigação de não fazer Art Se o devedor praticou o ato, a cuja abstenção estava obrigado pela lei ou pelo contrato, o credor requererá ao juiz que Ihe assine prazo para desfazê-lo. Art Havendo recusa ou mora do devedor, o credor requererá ao juiz que mande desfazer o ato à sua custa, respondendo o devedor por perdas e danos. Parágrafo único. Não sendo possível desfazer-se o ato, a obrigação resolve-se em perdas e danos.

15 Obrigação constante de título extrajudicial Art Na execução de obrigação de fazer ou não fazer, fundada em título extrajudicial, o juiz, ao despachar a inicial, fixará multa por dia de atraso no cumprimento da obrigação e a data a partir da qual será devida. (Redação dada pela Lei nº 8.953, de )(Redação dada pela Lei nº 8.953, de ) Parágrafo único. Se o valor da multa estiver previsto no título, o juiz poderá reduzi-lo se excessivo

16 Entrega de coisa Art. 461-A. Na ação que tenha por objeto a entrega de coisa, o juiz, ao conceder a tutela específica, fixará o prazo para o cumprimento da obrigação. (Incluído pela Lei nº , de 2002)(Incluído pela Lei nº , de 2002) Razoabilidade do prazo

17 Individualização Art. 461-A... § 1 o Tratando-se de entrega de coisa determinada pelo gênero e quantidade, o credor a individualizará na petição inicial, se lhe couber a escolha; cabendo ao devedor escolher, este a entregará individualizada, no prazo fixado pelo juiz. (Incluído pela Lei nº , de 2002) (Incluído pela Lei nº , de 2002)

18 Busca e apreensão § 2 o Não cumprida a obrigação no prazo estabelecido, expedir-se-á em favor do credor mandado de busca e apreensão ou de imissão na posse, conforme se tratar de coisa móvel ou imóvel. (Incluído pela Lei nº , de 2002)(Incluído pela Lei nº , de 2002) § 3 o Aplica-se à ação prevista neste artigo o disposto nos §§ 1 o a 6 o do art. 461.(Incluído pela Lei nº , de 2002)(Incluído pela Lei nº , de 2002)

19 Hipoteca judiciária Art A sentença que condenar o réu no pagamento de uma prestação, consistente em dinheiro ou em coisa, valerá como título constitutivo de hipoteca judiciária, cuja inscrição será ordenada pelo juiz na forma prescrita na Lei de Registros Públicos.

20 Sentença constitutiva Art. 466-A. Condenado o devedor a emitir declaração de vontade, a sentença, uma vez transitada em julgado, produzirá todos os efeitos da declaração não emitida. (Incluído pela Lei nº , de 2005) (Incluído pela Lei nº , de 2005) Art. 466-B. Se aquele que se comprometeu a concluir um contrato não cumprir a obrigação, a outra parte, sendo isso possível e não excluído pelo título, poderá obter uma sentença que produza o mesmo efeito do contrato a ser firmado. (Incluído pela Lei nº , de 2005)(Incluído pela Lei nº , de 2005)

21 Prévia interpelação Art Concluído o contrato preliminar, com observância do disposto no artigo antecedente, e desde que dele não conste cláusula de arrependimento, qualquer das partes terá o direito de exigir a celebração do definitivo, assinando prazo à outra para que o efetive. Parágrafo único. O contrato preliminar deverá ser levado ao registro competente.

22 Exceção de inadimplemento Art. 466-C. Tratando-se de contrato que tenha por objeto a transferência da propriedade de coisa determinada, ou de outro direito, a ação não será acolhida se a parte que a intentou não cumprir a sua prestação, nem a oferecer, nos casos e formas legais, salvo se ainda não exigível. (Incluído pela Lei nº , de 2005). Exceptio non adimpleti contractus.(Incluído pela Lei nº , de 2005) Código Civil, Art Nos contratos bilaterais, nenhum dos contratantes, antes de cumprida a sua obrigação, pode exigir o implemento da do outro. Código Civil, Art Se, depois de concluído o contrato, sobrevier a uma das partes contratantes diminuição em seu patrimônio capaz de comprometer ou tornar duvidosa a prestação pela qual se obrigou, pode a outra recusar-se à prestação que lhe incumbe, até que aquela satisfaça a que lhe compete ou dê garantia bastante de satisfazê-la.Exceptio non rite adimpleti contractus.

23 Impugnação As exceções de inadimplemento e de garantia de adimplemento realizam-se por meio de impugnação, aplicando-se as disposições do art. 475-L.

24 Bibliografia Assis, Araken de. Cumprimento da Sentença.Rio de Janeiro:Forense, 2006,pp 46/65, 217/235. Didier Jr, Freddie e outros. Curso de Direito Processual Civil, vol. 5. Salvador:Podium, 2011, pp 406/507.


Carregar ppt "Execução da obrigação de fazer ou de não fazer. Entrega de coisa.Declaração de vontade. As prestações de fato Prestação positiva Prestação negativa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google