A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAECO – PATRULHA EDUCOLÓGICA – Santo Antonio do Caiuá-Pr OFICINA DE SABÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAECO – PATRULHA EDUCOLÓGICA – Santo Antonio do Caiuá-Pr OFICINA DE SABÃO."— Transcrição da apresentação:

1 PAECO – PATRULHA EDUCOLÓGICA – Santo Antonio do Caiuá-Pr OFICINA DE SABÃO

2 COORDENADORES : NÉLIS C. DE C. COSTA; PAULO SÉRGIO DO S. XAVIER. COLABORADORES ATUANTE : ELIANE PEREIRA, MARIA JOVENTINA, ELOAH, MARIA HELENA, FLAVIO, MARIA DA CONCEIÇÃO ANTAL., MARIA A. C. DE SOUZA, AURORA DE CARVALHO SOARES, ANTONIO E JOÃO ANTAL Projeto desenvolvido PAECO, apresentado à Prefeitura Municipal de Santo Antonio do Caiuá-Pr, para o desenvolvimento de um trabalho junto à comunidade, de Sustentabilidade AmbientaL

3 RESUMO DO PROJETO Este Projeto visa inserir a conscientização da preservação ambiental com a simples atitude de separar em depósitos apropriados o óleo de cozinha utilizado em frituras. O projeto busca sensibilizar a população a respeito dos danos causados ao meio ambiente quando se lança esses resíduos gordurosos na rede de esgoto. Serão inseridas ações

4 CONTINUAÇÃO primeiramente educativas, palestras, vídeos, distribuição de folhetos, atividades de interação através de oficinas preparando o sabão. Essa Oficina de sabão será realizada apenas com pessoas adultas

5 1- JUSTIFICATIVA A questão do lixo está se tornando um dos problemas mais graves da atualidade. A reciclagem é uma forma muito atrativa de gerenciamento de resíduos, pois transforma o lixo em insumos, com diversas vantagens ambientais. Pode contribuir para a economia dos recursos naturais, assim como para o bem estar da comunidade. Embora a tecnologia atual já permita reciclar com eficiência diversos materiais amplamente consumidos, no Brasil, a reciclagem não é ainda um hábito1: reciclamos 1,5% do lixo urbano orgânico sólido produzido, 10% da borracha consumida, 15% das garrafas PET, 18% dos óleos lubrificantes, 35% das embalagens de

6 CONTINUAÇÃO vidro e de latas de aço. Os números mais favoráveis estão na reciclagem das latas de alumínio, 65% e na de papel, 71%. Muitos estabelecimentos comerciais (restaurantes, bares, lanchonetes, pastelarias, hotéis) e residências jogam o óleo comestível (de cozinha) usado na rede de esgoto. O óleo mais leve que a água, fica na superfície, criando uma barreira que dificulta a entrada de luz e a oxigenação da água, comprometendo assim, a base da cadeia alimentar aquática, os fitoplânctons. Além de gerar graves problemas de higiene e mau cheiro, a presença de óleos e gorduras na rede de esgoto, causa o entupimento da mesma, bem como o

7 CONTINUAÇÃO mau funcionamento das estações de tratamento. Para retirar o óleo e desentupir são empregados produtos químicos altamente tóxicos, que acaba criando uma cadeia perniciosa. Além de causar danos reparáveis ao meio ambiente constitui uma prática ilegal punível por lei. Portanto, é diante deste contexto, que sentimos a importância de desenvolver um trabalho com a comunidade em prol da conscientização ambiental, pois sabemos que não podemos mais ter uma relação com a natureza de meros expectadores; somos parte integrante da natureza, e temos o dever de minimizar impactos e buscar alternativas de melhoria de condições de vida.

8 2- PROBLEMÁTICA – Porque jogar o óleo de cozinha no ralo da pia, no esgoto, no solo, colaborando com isso com mais poluição se você pode reciclá-lo?

9 3- DESENVOLVIMENTO Esse projeto será desenvolvido com o pessoal do Projeto Patrulha Educológica – PAECO-Santo Antonio do Caiuá-Pr, e também com pessoas da comunidade que se interessarem; As oficinas acontecerão uma vez na semana, em horário noturno, O óleo usado será coletado na comunidade, com pontos de coletas nas escolas, postos

10 CONTINUAÇÃO De saúde, posto de gasolina, prefeitura, etc, O material a ser usado nas primeiras oficinas serão doados pelos próprios integrantes do projeto e também por pessoas ou entidades que queiram ser parceiros. A pessoa que fizer a doação do óleo comestível usado será cadastrada, e receberá bônus. Com esse bônus ela receberá sabão em troca do óleo que ela entregou.

11 MATERIAIS UTILIZADOS Óleo de cozinha usado Alcool Soda Fubá Caixa de papelão Bacia de plástico Balde de plástico

12 CONTINUAÇÃO Fogão Mesa Prateleira Faca Bandejas de plástico Máquina de lavar roupas(tanquinho)

13 OBJETIVO GERAL Desenvolver um método alternativo para reciclagem de óleo comestível usado, uma vez que seu descarte na rede de esgoto, no solo, no ralo da pia, tem provocado graves problemas ambientais.

14 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Conscientizar a sociedade através de palestras, seminários, sobre a importância da preservação ambiental; Reciclar o óleo comestível usado, transformando-o em sabão; Reconhecer que o óleo de cozinha usado depositado inadequadamente contribuirá para a degradação ambiental do Planeta;

15 CATARSE FINAL O Projeto PAECO com parceria de profissionais da área, realizará palestras de conscientização ambiental com a comunidade, e ofertará também oficinas para mostrar como reciclar o óleo coméstivel usado, transformando-o em sabão em pedaço, detergente e sabão líquido. E através desse trabalho espera-se que as pessoas se conscietizem e passem a utilizar esse óleo de maneira sustentável.

16 ANEXOS Nélis, Eliane, Maria J., Lena Rogowski, Maria Aparecida, Ana e Maria Helena

17 FOTOS Mexendo o sabão ainda líquido

18 Despejando o sabão

19 O sabão já está quase pronto, tem que esperar esfriar

20 Maria mexendo os ingredientes

21 Lena colocando óleo

22 O óleo é despejado em uma vasilha

23 Sabão feito com óleo reciclado

24 Pessoal do Projeto no P.Ecológico no Município de Cruzeiro do Sul: Luzia, Eloah, Ana e Nélis

25 RECEITAS Sabão feito com óleo de cozinha Ingredientes 2 litros de óleo de cozinha usado 350 g de soda cáustica em escama 350 ml de água Modo de preparo Dissolva a soda cáustica na água em uma vasilha reforçada, pode ser uma lata de tinta

26 de 18 litros. Reserve. Coloque o óleo, já coado, em um recipiente e leve ao fogo até aquecer em temperatura aproximada a 60ºC. Apague o fogo e, em seguida, acrescente a soda, já dissolvida, e mexa até engrossar por 20 a 30 minutos. Despeje o conteúdo em fôrmas de sabão e aguarde a secagem. IMPORTANTE: ao dissolver a soda cáustica, use luvas e óculos de proteção para evitar acidentes. LEMBRE-SE: deixe o sabão em descanso depois de pronto por alguns dias, antes de usá-lo.

27 Sabão caseiro 1 kg de soda em flocos. 1 litro de água fervente. 1 de álcool de posto. 4 litros de óleo filtrado (de fritura.) 1 frasco de detergente glicerinado. Pode usar um pouco de essência.

28 Modo de fazer: Coloque a soda num balde, em seguida a água fervendo, depois o álcool. Junte o óleo e por ultimo o detergente. Mexa por uns 5 minutos no Maximo e despeje em forma ou caixa de leite. Deixe esfriar de um dia para o outro e corte os pedaços que você vai usar, mantendo

29 assim as embalagens (caixa de leite) em local seco e arejado, sem ter que estar fatiando toda massa. Receita enviada por: Marli B Liduena Atenção: Cuidado no manuseio da soda e não deixe crianças por perto na hora de fazer o sabão. SABÃO DA MARIA DO DOCA ( integrante do projeto) 1 LITRO DE SODA LÍQUIDA I FRASCO DE DETERGENTE (500 ML) QUALQUER FRAGÂNCIA 5 LITROS DE ÓLEO USADO MORNO 1 LITRO DE ÁGUA (TEMPERATURA NATURAL} MODO DE FAZER 1º) COLOQUE A SODA EM UMA BACIA DE PLÁSTICO E MISTURA A ÁGUA, MEXA: 2ºCOLOQUE O ÓLEO E MEXA UM POUQUINHO PARA MISTURAR; 3º)COLOQUE O DETERGENTE E MEXA DURANTE 40 MINUTOS SEM PARAR; 4º) DESPEJE EM UMA CAIXA DE PAPELÃO FORRADA COM UM PLÁSTICO E POR ÚLTIMO CORTE NO DIA SEGUINTE, SE FIZER À TARDEZINHA OU À TARDE DE FIZER DE MANHÃ (QUANDO COLOCAR A MÃO E SENTIR QUE JÁ ESTÁ FIRME). Obs: Fica um ótimo sabão.

30 SABÃO DA MARIA DO DOCA 1 LITRO DE SODA LÍQUIDA I FRASCO DE DETERGENTE (500 ML) QUALQUER FRAGÂNCIA 5 LITROS DE ÓLEO USADO MORNO 1 LITRO DE ÁGUA (TEMPERATURA NATURAL} MODO DE FAZER 1º) COLOQUE A SODA EM UMA BACIA DE PLÁSTICO E MISTURA A ÁGUA, MEXA:

31 2ºCOLOQUE O ÓLEO E MEXA UM POUQUINHO PARA MISTURAR; 3º)COLOQUE O DETERGENTE E MEXA DURANTE 40 MINUTOS SEM PARAR; 4º) DESPEJE EM UMA CAIXA DE PAPELÃO FORRADA COM UM PLÁSTICO E POR ÚLTIMO CORTE NO DIA SEGUINTE, SE FIZER À TARDEZINHA OU À TARDE DE FIZER DE MANHÃ (QUANDO COLOCAR A MÃO E SENTIR QUE JÁ ES TÁ FIRME). Obs: Fica um ótimo sabão.


Carregar ppt "PAECO – PATRULHA EDUCOLÓGICA – Santo Antonio do Caiuá-Pr OFICINA DE SABÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google