A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Meio Ambiente & Sociedade Quinta feira 04.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Meio Ambiente & Sociedade Quinta feira 04."— Transcrição da apresentação:

1 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Meio Ambiente & Sociedade Quinta feira 04 de agosto de 2011

2 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Modulo I = Sociedade 1º momento = conteúdo = Modulo I: Sociedade: acepções do termo; História da sociedade; principais pensadores (Locke, Rousseau e outros); 2º momento = indicação de texto para debate na próxima aula; 3º momento = formação de grupos; discussão sobre trabalho, projeto e seminário.

3 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE Origem: do latim societas = societate = "agrupamento de seres que vivem em estado gregário (Aurélio). Os membros compartilham interesses ou preocupações mútuas sobre objetivos comuns. Fonte: Várias informações extraídas de Wikipédia. Verbete: sociedade. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Aurélio Buarque de Holanda Verbete: sociedade

4 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Societas é derivado de socius. Significa "companheiro". Sociedade = sinônimo de coletivo dos cidadãos de um país.

5 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE É objeto de estudo comum entre as ciências sociais, especialmente a Sociologia, a História, a Antropologia e a Geografia.

6 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade na acepção sociologica: conjunto de pessoas (indivíduos) que compartilham propósitos, gostos, preocupações e costumes. Interagem entre si constituindo uma comunidade.

7 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade na acepção da biologia (Sociobiologia): grupo de animais que vive em conjunto, tendo algum tipo de organização e divisão de tarefas. Ex. formigas = vivem em colônias, com funções e tarefas diferenciadas.

8 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade (outras perspectivas) grupo de indivíduos que formam um sistema semi-aberto, no qual a maior parte das interações é feita com outros indivíduos pertencentes ao mesmo grupo. É uma rede de relacionamentos entre pessoas. Uma comunidade interdependente. Grupo de pessoas vivendo juntas numa comunidade organizada.

9 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade conjunto de pessoas que vivem em certa faixa de tempo e de espaço, que se submetem a normas e regulamentos comuns, e que são unidas pelo sentimento de consciência do grupo; Fonte: Pequeno Dicionário Jurídico. Antonio de Paulo. DP & A, Verbete: sociedade

10 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade corpo social; grupo de indivíduos que vivem por vontade própria sob normas comuns; comunidade;

11 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade corpo orgânico estruturado em todos os níveis da vida social, com base na reunião de indivíduos que vivem sob determinado sistema econômico de produção, distribuição e consumo, sob um dado regime político, e obedientes a normas, leis e instituições necessárias à reprodução da sociedade como um todo; coletividade.

12 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade pessoas de várias nações unidas por tradições, crenças ou valores políticos e culturais comuns. São chamadas, por exemplo, sociedade Judaico-Cristã, Oriental, Ocidental etc. Neste contexto o termo compara duas ou mais "sociedades" cujos membros representam visões de mundo alternativas, competidoras e conflitantes.

13 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade (pessoa jurídica, contratual = acordo de vontades ) associação de interesses membros associados sob uma denominação jurídica, tal como: Sociedade Americana de Matemática, Sociedade Beneficente Madre Deus, Sociedade Exportadora de Alfinetes.

14 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Sociedade Contrato em que duas ou mais pessoas se obrigam a unir esforços ou recursos para a consecução de um fim comum = geralmente o lucro = sociedade comercial

15 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler História da sociedade

16 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE PRIMITIVA designa as sociedades que representam os primórdios da civilização. sociedades e as culturas tidas como elementares e originais. as sociedades evoluiriam dos estados primitivos (homogêneos) aos estados modernos pela diferenciação das partes e a especialização das funções. de acordo com a perspectiva evolucionista as sociedades primitivas eram consideradas inferiores e selvagens. sociedades tornarem-se civilizadas: a escrita, um conjunto de idéias, valores, leis, artes, técnicas e condições materiais que possibilitaram a urbanização, o surgimento de um domínio político e do Estado, o ensino, etc. Fonte:

17 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler As sociedades ditas primitivas são, neste sentido, sociedades mais simples, ou sociedades sem Estado. A ausência de Estado nas sociedades primitivas não equivale a uma ausência do político. A sociedade primitiva exerce um poder absoluto e completo sobre tudo o que a compõe (Clastres). SOCIEDADE PRIMITIVA

18 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler As sociedades designadas primitivas caracterizaram-se pela oralidade na transmissão do conhecimento: não havia escrita. Dispunham de técnicas rudimentares. Daí a expressão de sociedades arcaicas. SOCIEDADE PRIMITIVA

19 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADES ANTIGAS (MESOPOTÂMIA / EGITO a.C) Localizadas: Entre os rios Tigre e Eufrates; ao longo do rio Nilo, norte da Africa. Principal atividade: agricultura. Estes povos viviam cercados pelas águas. Daí o controle sobre as águas, construção de reservatórios e canais de irrigação, além dos depósitos de alimentos. Isto representava poder. Para isso usavam a mão de obra das populações camponesas, submetidas ao pagamento de impostos ao soberano. Ou mão de obra escrava. Fonte:

20 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Produção agrícola variada: cevada, trigo, lentilha, linho, tâmaras e outros produtos. Criavam-se cabras, carneiros e ovelhas (carne, leite e lã). Bois puxavam arados e realizavam outros serviços. Do couro bovino faziam correias e sapatos. Do leite de vaca fabricavam coalhadas e queijos finos. Mais tarde domesticaram cavalos para montaria e para a guerra. SOCIEDADES ANTIGAS (MESOPOTÂMIA / EGITO a.C)

21 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Nas cidades: atividade artesanal; tecelagem; cerâmica; fabricação de armas; jóias; objetos de metal etc. A localização da Mesopotâmia favoreceu o desenvolvimento do comércio. Comerciantes deslocavam- se para outras regiões, transportando todo tipo de produtos. Até o século VI a.C., a cevada e os metais eram utilizados como padrão de valor nas trocas comerciais. SOCIEDADES ANTIGAS (MESOPOTÂMIA / EGITO a.C)

22 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE GREGA – a.C. Fonte: Divide-se em três períodos: pré-homérico (séc. XX a.C. – XII a.C.); homérico (séc. XII a.C. – VIII a.C.); arcaico (séc. VIII a.C. – VI a.C.) A civilização grega concentrou-se ao sul da Península Balcânica, nas ilhas do mar Egeu e no litoral da Ásia Menor. O isolamento proporcionado pelas montanhas e ambientes insulares facilitou o desenvolvimento de cidades-Estado na Grécia antiga.

23 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE GREGA – a.C. Fonte: A sociedade fundou-se no comércio com outras regiões vizinhas, principalmente o Egito. O desenvolvimento da civilização grega se caracteriza nas artes e na cultura: teatro, filosofia, arquitetura, escultura e política. É da Grécia que vem a democracia = governo do povo.

24 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE ROMANA – a.C. – 500 d.C. Fonte: Os homens livres se dividiam em: patrícios = descendentes das famílias dos antigos chefes tribais que constituíam a classe dirigente; plebeus = não tinham linhagem aristocrática e não possuíam direitos políticos.

25 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE ROMANA – a.C. – 500 d.C. Fonte: No século III a.C. surgiram novas camadas sociais: cavaleiros ou homens novos = plebeus enriquecidos no comércio e Clientes = dependentes dos patrícios. A partir daí, a organização social já não se estabelecia em função do nascimento, mas sim da riqueza.

26 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE ROMANA – a.C. – 500 d.C. Fonte: Os Romanos desenvolvem instituições sólidas, como o Senado, oriundo da classe patrícia. Esta classe detinha o controle sobre as grandes e férteis propriedades agrícolas. Com o passar do tempo a hegemonia econômica desta elite permitiu a formação de um regime republicano. O Senado assumia as principais atribuições políticas. Entre os séculos VI e I a.C. o regime republicano orientou a vida política dos cidadãos romanos.

27 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE ROMANA – a.C. – 500 d.C. Fonte: A desigualdade social é flagrante numa sociedade com diferentes classes sociais e que passava a depender cada vez mais da força de trabalho de seus escravos. As conquistas territoriais enriqueciam as elites romanas e determinavam a dependência de uma massa de plebeus que não encontravam oportunidades de trabalho. As tensões sociais eram constantes e indicavam as diferenças do mundo romano.

28 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE ROMANA – a.C. – 500 d.C. Fonte: As tensões sociais se alargaram com a ascensão de líderes militares (generais) que cobiçavam tomar a frente do Estado Romano. O poder republicano desmorona e transforma Roma no maior Império de todos os tempos. Durante o Império os romanos seguiram com sua expansão territorial. Os líderes se embebiam do poder conquistado. No século I d.C.o desenvolvimento do cristianismo transformou o Império, questionando o expansionismo, o politeísmo e o escravismo.

29 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE ROMANA – a.C. – 500 d.C. Fonte: O advento das invasões bárbaras e a interrupção da expansão dos territórios caminham a favor da dissolução do império romano. Apesar da queda, Roma influenciou o mundo ocidental com suas práticas, conceitos e saberes. Ex. Latim é língua morta (não falada por qualquer povo), ainda assim permeia vários idiomas.

30 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MEDIEVAL – séc. V – séc. XIV da era cristã. Fonte: A sociedade medieval era hierarquizada e a mobilidade social era praticamente inexistente. Costuma-se dividir essa sociedade em três ordens: a do CLERO = cabia cuidar da salvação espiritual de todos; a dos GUERREIROS = cabia zelar pela segurança; e a dos SERVOS = cabia executar o trabalho nos feudos.

31 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MEDIEVAL – séc. V – séc. XIV da era cristã. Fonte: No mundo medieval, a posição social dos indivíduos era definida pela posse ou propriedade da terra, principal expressão de riqueza daquele período. O Senhor feudal tinha a posse legal da terra, o poder político, militar, jurídico e até mesmo religioso, se fosse um padre, bispo ou abade. Os servos não tinham a propriedade da terra e estavam presos a ela por uma série de obrigações devidas ao senhor e à igreja.

32 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MEDIEVAL – séc. V – séc. XIV da era cristã. Fonte: Embora não pudessem ser vendidos, como se fazia com os escravos no Mundo Antigo, os servos não podiam abandonar a terra sem a permissão do senhor. Havia também os vilões: geralmente descendentes de pequenos proprietários romanos que, não podendo defender suas propriedades, entregavam-nas a um senhor em troca de proteção.Recebiam um tratamento diferenciado, com maiores privilégios e menos deveres que os servos.

33 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Renascença Fonte: Período da história européia caracterizado por um renovado interesse pelo passado greco-romano clássico, especialmente pela sua arte. Começa na Itália, no século XIV, e difundiu-se por toda a Europa, durante os séculos XV e XVI. O termo Renascimento foi empregado para referir-se ao descobrimento do Mundo e do homem no século XVI.

34 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Renascença Fonte: É o renascimento da humanidade e da consciência moderna, após um longo período de decadência na época medieval, considerada a época das trevas, donde o conhecimento se concentrava nas mãos da igreja e com pouca difusão. O Renascimento é um fenômeno urbano, produto das cidades que floresceram no centro e no norte da Itália, como Florença, Ferrara, Milão e Veneza, resultado de um período de grande expansão econômica e demográfica dos séculos XII e XIII.

35 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Renascença Fonte: A idéia renascentista do humanismo pressupunha uma outra ruptura cultural com a tradição medieval. Redescobriram-se a história, filosofia e política grega, que inspira a criação de seres humanos livres e civilizados, pessoas de requinte e julgamento, cidadãos, mais que apenas sacerdotes e monges. Os estudos humanísticos e as grandes conquistas artísticas da época foram fomentadas e apoiadas economicamente por grandes famílias de comerciantes.

36 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Renascença Fonte: A geografia se transformou graças aos conhecimentos empíricos adquiridos através das explorações e dos descobrimentos de novos continentes e pelas primeiras traduções das obras de Ptolomeu e Estrabão. A invenção da imprensa (séc. XV) revolucionou a difusão dos conhecimentos e o uso da pólvora transformou as táticas militares, entre os anos de 1450 e 1550.

37 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Renascença Fonte: No campo do direito procurou-se ampliar a interpretação das fontes (direito romano). Os renascentistas afirmaram que a missão central do governante era manter a segurança e a paz. Maquiavel sustentava que a virtú (a força criativa) do governante era a chave para a manutenção da sua posição e o bem-estar dos súditos.

38 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Renascença Fonte: O clero renascentista ajustou seu comportamento à ética e aos costumes de uma sociedade laica. As atividades dos papas, cardeais e bispos somente se diferenciavam das usuais entre os mercadores e políticos da época. Ao mesmo tempo a cristandade manteve-se como um elemento vital e essencial da cultura renascentista, aproximando o humanismo com a teologia e as Escrituras, fato que gerou um poderoso impacto entre os católicos e protestantes.

39 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Revolução Industrial Fonte: A Revolução Industrial designa um processo de profundas transformações econômico-sociais que se iniciou principalmente na Inglaterra, em meados do século XVIII. Caracteriza-se pela passagem da manufatura à indústria mecânica. A introdução de máquinas fabris multiplica o rendimento do trabalho e aumenta a produção global. A Inglaterra adianta sua industrialização em 50 anos em relação ao continente europeu e sai na frente na expansão colonial.

40 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Revolução Industrial Fonte: Entre as principais características da sociedade industrial, podemos citar: a organização das mais diversas atividades humanas pelo capital; a predominância da indústria na atividade econômica e o crescimento da urbanização.

41 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler SOCIEDADE MODERNA – séc. XIV aos dias de hoje Revolução Industrial Fonte: Com essa revolução surgiram também novas formas de energia, como a eletricidade e os combustíveis derivados do petróleo. A velha Europa agrária foi se tornando uma região com cidades populosas e industrializadas. Com o tempo, a Revolução Industrial influenciou profundamente a vida de milhões de pessoas em todas as regiões do planeta. A partir daqui a sociologia entra em ação.

42 FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler 2º momento = indicação de texto para debate na próxima aula; PRINCIPAIS PENSADORES DA SOCIEDADE Locke, Rousseau etc. 3º momento = formação de grupos; discussão sobre trabalho, projeto e seminário. 10 grupos de 12 ou 12 grupos de 10 = decidam!


Carregar ppt "FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS Bacharelado em Humanidades Meio Ambiente & Sociedade - Prof. Dr. Evandro Sathler Meio Ambiente & Sociedade Quinta feira 04."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google