A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Certificação Ambiental Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina: Ciências do Ambiente Professora:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Certificação Ambiental Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina: Ciências do Ambiente Professora:"— Transcrição da apresentação:

1 Certificação Ambiental Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina: Ciências do Ambiente Professora: Márcia Ribeiro Mestrando: Danniel Cláudio de Araújo

2 CERTIFICAÇÕES AMBIENTAIS - SISTEMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL 2 ISO

3 Normas Ambientais O QUE SÃO ? O QUE SÃO ? Uma norma ambiental visa homogeneizar conceitos, ordenar atividades e criar padrões e procedimentos que sejam reconhecidos por aqueles que estejam envolvidos com alguma atividade produtiva que gere impactos ambientais. Uma norma ambiental visa homogeneizar conceitos, ordenar atividades e criar padrões e procedimentos que sejam reconhecidos por aqueles que estejam envolvidos com alguma atividade produtiva que gere impactos ambientais. POR QUE SURGIRAM ? POR QUE SURGIRAM ? Para estabelecer um conjunto de procedimentos e requisitos que relacionam o meio ambiente com:

4 Por que a necessidade de se aplicar normas ambientais ? Para que servem ?

5 Certificação Ambiental Certificação Ambiental Comprovação de que determinado órgão empreendedor que se utiliza do meio ambiente para produzir está em conformidade com a Lei do Meio Ambiente n°6938/81, deixando-o na melhor condição possível a fim de obter um desenvolvimento sustentável. Comprovação de que determinado órgão empreendedor que se utiliza do meio ambiente para produzir está em conformidade com a Lei do Meio Ambiente n°6938/81, deixando-o na melhor condição possível a fim de obter um desenvolvimento sustentável.

6 Vantagens da Certificação Ambiental Melhor imagem junto a clientes e consumidores; Melhor imagem junto a clientes e consumidores; Maior qualidade do produto; Maior qualidade do produto; Adotada como estratégia de marketing, como uma oportunidade de mercado para diferenciar- se dos concorrentes; Adotada como estratégia de marketing, como uma oportunidade de mercado para diferenciar- se dos concorrentes; Contribui para inserção da marca em novos nichos de mercado com alta exigência ambiental; Contribui para inserção da marca em novos nichos de mercado com alta exigência ambiental;

7

8

9 CERTIFICAÇÃO ISO 14001: MUNDO 1 JAPÃO: UK: ALEMANHA: SUÉCIA: EUA: ESPANHA: TAIWAN: CHINA: CORÉIA: TAILÂNDIA: ÍNDIA: BRASIL ARGENTINA: JAPÃO: UK: ALEMANHA: SUÉCIA: EUA: ESPANHA: TAIWAN: CHINA: CORÉIA: TAILÂNDIA: ÍNDIA: BRASIL ARGENTINA: 145 FONTE: ISO (10 TH cycle); ISO WORLD

10

11

12 ISO A ISO (International Organization for Standartization) é um organismo não governamental, cuja sede está na cidade de Genebra na Suíça. No Brasil, a única representante da ISO e um dos seus fundadores é a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). As normas da ISO são uma família de normas que buscam estabelecer ferramentas e sistemas para a administração ambiental de uma organização, estabelecendo normas para a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). A ISO (International Organization for Standartization) é um organismo não governamental, cuja sede está na cidade de Genebra na Suíça. No Brasil, a única representante da ISO e um dos seus fundadores é a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). As normas da ISO são uma família de normas que buscam estabelecer ferramentas e sistemas para a administração ambiental de uma organização, estabelecendo normas para a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA).

13 POR QUE ADOTAR A SÉRIE ISO 9000 ? A série ISO 9000 estabelece um modelo para especificação, documentação e manutenção de um sistema da qualidade, econômico e eficaz, o qual demonstra claramente que a empresa é capaz de atender às necessidades dos clientes. A série ISO 9000 estabelece um modelo para especificação, documentação e manutenção de um sistema da qualidade, econômico e eficaz, o qual demonstra claramente que a empresa é capaz de atender às necessidades dos clientes. É uma norma aceita internacionalmente e consiste em bom senso colocado no papel de forma organizada. É uma norma aceita internacionalmente e consiste em bom senso colocado no papel de forma organizada. É, também, um passaporte para a exportação e um mecanismo de sobrevivência dentro da atual política industrial. É, também, um passaporte para a exportação e um mecanismo de sobrevivência dentro da atual política industrial. Finalmente, é um instrumento para uso como evidência em processo do código de defesa do consumidor (inversão do ônus da prova). Finalmente, é um instrumento para uso como evidência em processo do código de defesa do consumidor (inversão do ônus da prova).

14 POR QUE ADOTAR A SÉRIE ISO 1400 ? – Vantagens competitivas – Vantagens competitivas – Pressões de mercado – Pressões de mercado – Facilidade de financiamento – Facilidade de financiamento – Aliviar pressões legais – Aliviar pressões legais – Reduzir prêmios de seguro – Reduzir prêmios de seguro – Minimizar passivos ambientais – Minimizar passivos ambientais – Credibilidade perante partes interessadas – Credibilidade perante partes interessadas – Maiores benefícios internos – Maiores benefícios internos – Minimizar barreiras comerciais – Minimizar barreiras comerciais

15 SÉRIE ISO 9000 X SÉRIE ISO 14000

16 Similaridades: Estabelecimento e publicação de política Estabelecimento e publicação de política Definição de objetivos e metas Definição de objetivos e metas Criação de um sistema de controle e elaboração Criação de um sistema de controle e elaboração de documentos de documentos Necessidade de Treinamento Necessidade de Treinamento Auditorias do Sistema Auditorias do Sistema Revisões e Análises Críticas Revisões e Análises Críticas Certificação Certificação

17 SC.1: SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL SC.1: SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL NORMAS ISO WG 1: ESPECIFICAÇÕES (14001) WG 2: DIRETRIZES GERAIS (14004) SC.2: AUDITORIAS AMBIENTAIS E INVESTIGAÇÕES AMBIENTAIS RELACIONADAS WG 1: PRINCÍPIOS GERAIS DE AUDITORIA (14010) WG 2: PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA (14011/1) WG 3: CRITÉRIO DE QUALIFICAÇÃO DE AUD (14012) WG 4: AVALIAÇÕES AMBIENTAIS DE SÍTIOS (14015) SC.4: AVAL. DE DESEMPENHO AMBIENTAL WG 1 E 2: AVAL DESEMPENHO AMBIENTAL (14031) SC.5: ANÁLISE DE CICLO DE VIDA (LCA) WG 1: PRINCÍPIOS E ESTRUTURA DO LCA (14040) WG 2 E 3: ANÁL DE INVENTÁRIO DE CICLO DE VIDA...(14041) WG4: AVAL DE IMPACTOS DO CICLO DE VIDA (14042) WG 5: INTERPRETAÇÃO DO LCA (14043) SC.6: TERMOS E DEFINIÇÕES WG 1: TERMOS E DEFINIÇÕES (14050) WG 1: GUIA PARA A INCLUSÃO DE ASPECTOS AMBIENTAIS EM NORMAS DE PRODUTOS - (GUIA 64) SC.3: SELOS AMBIENTAIS WG 1: PRINCÍPIOS, PRÁTICAS E CRITÉRIOS ORIENTATIVOS PARA PROGRAMAS BASEADOS EM CRITÉRIO MÚLTIPLO (14024) WG 1: SELO TIPO III (14025) WG 2: AUTO DECLARAÇÃO - TERMOS E DEFINIÇÕES...(14021) WG 2: SELOS ECOLÓGICOS - SÍMBOLOS (14022) WG 2: METODOLOGIAS DE ENSAIO E VERIFICAÇÃO....(14023) WG 3: OBJETIVOS E PRINCÍPIOS (14020)

18 POR QUE A SÉRIE ISO FOI CRIADA ? Crescentes pressões das comunidades de diferentes países Preocupação com a proteção ao meio ambiente Surgiram várias padronizações regionais e nacionais com respeito à Gestão e Rotulagem Ambiental (Globalização): BS-7750 Inglaterra Norma BS-7750 sobre Gestão Ambiental. Canadá, a Canadian Standards Association, normalizou um modelo próprio de Gestão Ambiental. C.E.E. - Comunidade Econômica Européia, formulou normas para rotulagem, gestão e auditoria ambiental. Países como EUA, Alemanha e Japão criaram programas nacionais de rotulagem ambiental. 18

19 O ORGANISMO DE NORMALIZAÇÃO (ISO) Internacional Organization for Standardization ISO significa Internacional Organization for Standardization Organização Internacional de Normalização Setor privado, com sede em Genebra, Suíça Fundada em 1947 Sua atribuição é promover a harmonização e o desenvolvimento de normas para produtos, processos, sistemas de gestão etc. 19

20 Objetivos da ISO Através da ISO cria-se a certificação por meio de rótulos ecológicos, possibilitando identificar aquelas empresas que atendem à legislação ambiental e cumprem os princípios de desenvolvimento sustentável.

21 O QUE A NORMA ISO REQUER? COMPROMISSO À MELHORIA CONTÍNUA COMPROMISSO À MELHORIA CONTÍNUA COMPROMISSO À PREVENÇÃO DA POLUIÇÃO COMPROMISSO À PREVENÇÃO DA POLUIÇÃO COMPROMISSO AO CUMPRIMENTO DA LEGISLAÇÃO E OUTROS REQUISITOS COMPROMISSO AO CUMPRIMENTO DA LEGISLAÇÃO E OUTROS REQUISITOS NÃO EXIGE A ADOÇÃO DA MELHOR TECNOLOGIA DISPONÍVEL NÃO EXIGE A ADOÇÃO DA MELHOR TECNOLOGIA DISPONÍVEL

22 Benefícios da ISO Existe um comprometimento da administração para atender às disposições de sua política, objetivos e metas; Existe um comprometimento da administração para atender às disposições de sua política, objetivos e metas; É dada maior ênfase à prevenção do que às ações corretivas; É dada maior ênfase à prevenção do que às ações corretivas; Podem ser oferecidas evidências de atuação cuidadosa e de atendimento aos requisitos legais; Podem ser oferecidas evidências de atuação cuidadosa e de atendimento aos requisitos legais; A concepção de sistemas incorpora o processo de melhoria contínua. A concepção de sistemas incorpora o processo de melhoria contínua.

23 FARMACÊUTICA BRISTOL - MYERS SQÜIB FLORESTAL BAHIA SUL CELULOSE DURATEX RIOCELL CENIBRA PAPELES BIO-BIO (CHILE) SANTA FÉ (CHILE) MINERAÇÃO E METALURGIA CVRD (CARAJÁS - PA) CVRD (SUTEC) CBMM (ARAXÁ - MG) REFERÊNCIAS BUREAU VERITAS EMPRESAS CERTIFICADAS ISO 14001

24 QUÍMICA E PETROQUÍMICA OPP COPESUL PETROQUÍMICA CUYO (ARGENTINA) HENKEL SIDERURGIA USIMINAS BELGO-MINEIRA TRATAMENTO DE EFLUENTES CETREL VIDROS CEBRACE BLINDEX REFERÊNCIAS BUREAU VERITAS EMPRESAS CERTIFICADAS ISO PNEUS FIRESTONE PIRELLI

25 REFERÊNCIAS BUREAU VERITAS EMPRESAS CERTIFICADAS ISO AUTOMOBILÍSTICO SCANIA LATIN AMERICA FIAT AUTOMÓVEIS BEBIDAS SPAL (COCA-COLA) BRAHMA (MG) ELETRO-ELETRÔNICA NEC DO BRASIL ABB (CRAVINHOS-SP) ABB (GUARULHOS-SP) ABB (CAHOEIRINHA-RS) PETRÓLEO PETROBRAS E&P - AM PETROBRAS E&P - RN/CE PETROBRAS SEGEN-CONOR PETROBRAS FRONAPE IPIRANGA MÁQUINAS XEROX

26 SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL - SGA (SÉRIE ISO )

27 Gestão Ambiental : Consiste em conjunto de medidas e procedimentos definidos e adequadamente aplicados que visam a reduzir e controlar os impactos introduzidos por empreendimento sobre o meio ambiente. Gestão Ambiental : Consiste em conjunto de medidas e procedimentos definidos e adequadamente aplicados que visam a reduzir e controlar os impactos introduzidos por empreendimento sobre o meio ambiente.

28 ISO Gestão Ambiental A série ISO pode ser resumida, para gestão ambiental, em seis grupos de normas divididos em dois grandes blocos,um direcionado para o produto, outro para a organização. Avaliação da Organização: Sistema de Gestão Ambiental;Auditoria Ambiental;Avaliação do Desempenho Ambiental. Avaliação da Organização: Sistema de Gestão Ambiental;Auditoria Ambiental;Avaliação do Desempenho Ambiental. Avaliação do produto : Rotulagem Ambiental; Análise do ciclo de vida; Aspectos Ambientais de Normas de Produtos. Avaliação do produto : Rotulagem Ambiental; Análise do ciclo de vida; Aspectos Ambientais de Normas de Produtos.

29 Normas ISO para organizações Normas ISO para organizações

30 Normas ISO para produtos Normas ISO para produtos

31 Sistema de Gestão Ambiental O Sistema da Gestão Ambiental é o conjunto de responsabilidades organizacionais, procedimentos, processos e meios que adotam para a implantação da uma política ambiental em determinada empresa ou unidade produtiva. Um SGA é a sistematização da gestão ambiental por uma organização determinada. É o método empregado para levar uma organização a atingir e manter-se em funcionamento de acordo com as normas,estabelecidas, bem como para alcançar os objetivos definidos pela em sua política ambiental

32 Vantagens da Gestão Ambiental Melhora no desempenho ambiental; Melhora no desempenho ambiental; Redução do consumo de recursos energéticos; Redução do consumo de recursos energéticos; Redução nos custos em geral; Redução nos custos em geral; Otimização do processo produtivo; Otimização do processo produtivo; Melhora as relações indústria/governo; Melhora as relações indústria/governo; Entre outras; Entre outras;

33 Implantação do Sistema de gestão Ambiental A família de normas ambientais tem como eixo central a norma ISO , que estabelece os requisitos necessários para a implantação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA). E tem como objetivo conduzir a organização dentro de um SGA certificável, estruturando e integrando à atividade geral de gestão, especificando os requisitos que deve apresentar e que sejam aplicáveis a qualquer tipo e tamanho de organização.

34

35 De um modo bastante simplificado, o SGA deve cumprir requisitos quanto a: Política ambiental Política ambiental Planejamento Planejamento Implementação e operação Implementação e operação Verificação e ação corretiva Verificação e ação corretiva Revisão pela gerência Revisão pela gerência

36 a) Seja apropriada a natureza, escala e impactos ambientais da suas atividades, produtos ou serviços; b)Inclua o comprometimento com a melhoria contínua e com a prevenção da poluição; c)Inclua o comprometimento com o atendimento à legislação e às normas ambientais aplicáveis e aos demais requisitos subscritos pela organização; d)Forneça a estrutura para o estabelecimento e a revisão dos objetivos e das metas ambientais; e)Seja documentada, implantada, mantida e comunicada a todos os empregados; f)Esteja disponível para o público.

37 a)Estabelecer e manter procedimento(s) para identificar os aspectos ambientais de suas atividades, produtos ou serviços que tenham impactos significativos no meio ambiente; b)Identificar e ter acesso à legislação e a outros requisitos, aplicáveis aos aspectos ambientais de suas atividades, produtos e serviços; c)Estabelecer e manter objetivos e metas ambientais documentados; d)Manter programa de gestão ambiental para atingir os objetivos;

38 a)As funções,responsabilidades e autoridades devem ser definidas para facilitar a gestão. b)Treinamento, conscientização e competência para todo o pessoal envolvido. c)Comunicação:com relação aos seus aspectos ambientais e sistema de Gestão Ambiental,a organização deve estabelecer e manter procedimentos para a comunicação interna entre vários níveis e funções da organização; d)Controle operacional:identificação daquelas operações e atividades associadas aos aspectos ambientais significativos identificados com sua política,objetivos e metas. e)Preparação e atendimento a emergências:através de procedimento para identificar e atender a acidentes e situações de emergência.

39 a)Monitoramento e medição: manter procedimentos documentados para monitorar e medir suas operações e atividades de significação ambiental. b)Não-conformidade e ações corretivas e preventivas para mitigar quaisquer impactos imprevistos; c)Registros de treinamentos e resultados de auditorias e análises críticas; d)Auditorias periódicas do Sistema de Gestão Ambiental.

40 Quanto à revisão pela gerência, a alta administração da organização, em intervalos por ela determinados, deve analisar criticamente o sistema de gestão ambiental, para assegurar sua conveniência, adequação e eficácia contínuas. A análise crítica deve abordar a eventual necessidade de alterações na política, objetivos e outros elementos do sistema de gestão ambiental, da mudança das circunstâncias e do comprometimento com a melhoria contínua.


Carregar ppt "Certificação Ambiental Universidade Federal de Campina Grande – UFCG Unidade Acadêmica de Engenharia Civil Disciplina: Ciências do Ambiente Professora:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google