A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Questionário Sociolinguístico Projeto Urbanização da Cidade de São Paulo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Questionário Sociolinguístico Projeto Urbanização da Cidade de São Paulo."— Transcrição da apresentação:

1 Questionário Sociolinguístico Projeto Urbanização da Cidade de São Paulo

2 Objetivo do trabalho Coletar dados sobre os falares presentes no centro da Cidade de São Paulo, bem como compreender quem habita esse centro urbano.

3 Hipótese de Trabalho A partir de relatos será possível entender os fluxos migratórios que caracterizam a cidade de São Paulo como uma cidade acolhedora (expressão de José Armênio – em palestra no Colégio Santa Cruz ).

4 Princípios da entrevista Lembre-se que a coleta de dados pertence à pesquisa de campo, cuja função é: verificar como o os assuntos, os objetivos, os problemas discutidos no trabalho se comportam na vida real. Portanto, o propósito da entrevista e do questionário (assim como as outras formas de coletas de dados) é verificar e demonstrar os objetivos estabelecidos no trabalho, a saber: a caracterização das pessoas que vivem na cidade de São Paulo. Por isso, tenha à sua frente, durante todo o tempo de composição do instrumento de coleta de dados, os objetivos colocados no trabalho.

5 Indicações Crie cerca de 2 a 3 perguntas para atender o objetivo. O número de perguntas pode variar em função do número de objetivos, para que a entrevista não se alongue demais. Deve-se contemplar com mais cuidado o objetivo geral. Para cada objetivo colocado, faça as seguintes perguntas: o que eu quero saber sobre esse objetivo? Para discutir e demonstrar o que está proposto, o que deve ser perguntado ao entrevistado? Lembre-se de utilizar os seus sentidos durante o processo de entrevista, para verificar informações que estão no ambiente, no clima, nos gestos do entrevistado, etc. Esta forma de coleta de dados é a OBSERVAÇÃO DIRETA (Lembre-se você não é turista nesta cidade, ela é sua!).

6 Exemplo: Objetivo do trabalho: identificar o fluxo migratório. Questões elaboradas: 1)Você nasceu em São Paulo? 2)Se não, onde nasceu? Por que veio para São Paulo? 3) Conte uma breve história do lugar onde nasceu (pode ou não ser da Cidade de São Paulo – se for na cidade de São Paulo, caracterizar o bairro)

7 Como elaborar as questões QUESTÕES FECHADAS As respostas são limitadas, fechadas. O questionário se presta para obter dados, descontextualizados de emoção; dados quantitativos, informações sobre fluxo de processos, datas, dados históricos, números, percentuais, etc. Prefira perguntas como: Como se dá o processo de...? Quantos...? Quando....? Qual o percentual de...? NOSSAS QUESTÕES FECHADAS: 1) Nome? 2) Idade? 3) Estado Civil? 4) Onde mora? Com quem (grau de parentesco) 5) Trabalho formal, informal, desempregado, aposentado...

8 QUESTÕES ABERTAS: Numa entrevista o momento é de coletar opiniões, sentimentos, clima, informações que vão ajudá-lo na análise dos objetivos. Prefira apresentar situações práticas relacionadas com os objetivos. De um modo geral, o que você precisa saber do entrevistado será obtido se as perguntas seguirem a linha abaixo: Na sua opinião....? Em que situação....? O que você pensa sobre...? O que você acha de...? Já houve casos...? Quando houve como você agiu...? Por que você acha que....? você já teve (foi obrigado a) que...? Quando acontece... o que você faz? Na sua avaliação...? Por que você acha que as pessoas....? Como as pessoas respondem (ou reagem) quando....? O que você acha que deveria ser feito no caso de...? Na sua opinião, as pessoas...? NOSSAS QUESTÕES ABERTAS: Na sua opinião o que deveria mudar em São Paulo? Na sua avaliação o aspecto TEMA DO GRUPO é...?

9 Problemas comuns nos questionários Saiba que uma entrevista muito longa e com perguntas muito repetitivas, desconcertantes ou vazias fazem diminuir o entusiasmo do entrevistado, diminuindo o valor das suas respostas. Assim: Faça as perguntas para outra pessoa (preferencialmente, colegas que conheçam o assunto), para verificar se a resposta dada será, realmente, de valia para a sua análise. Se a resposta não agregar valor ao seu objetivo, retire a pergunta. Lembre-se de que não há respostas certas ou erradas. O que você vai medir é se houve entendimento do que foi perguntado ou não, e se a resposta vai lhe servir para discutir o objetivo. Lembre-se de que nem sempre conseguimos explicitar aquilo que realmente estamos querendo ou pensando. Portanto, faça um pré-teste do seu instrumento de coleta de dados. Assim: Faça a pergunta para outra pessoa qualquer, para verificar se a sua pergunta foi bem interpretada, ou seja, não gerou ambiguidade ou interpretação diferente do que você pretendia. Se você perguntou uma coisa e a pessoa entendeu uma coisa, a resposta não vai lhe servir. Lembre-se de que entrevista não é sabatina. Seu propósito não é saber se o entrevistado sabe a matéria dada em sala de aula. Evite utilizar conceitos acadêmicos, discutidos na teoria. O seu entrevistado não necessariamente possui a competência teórica para entender sua linguagem e poderá se fechar no colóquio. Portanto, não faça perguntas como: O que é....? O que significa....?

10 Na hora da entrevista: Apresentação; Respeito; Educação; Disponibilidade de escuta; Entrevistar 2 pessoas por dupla do grupo;


Carregar ppt "Questionário Sociolinguístico Projeto Urbanização da Cidade de São Paulo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google