A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Quinolonas Gisela Cipullo Moreira. Principais Agentes Antibacterianos – Classificação 1- Inibidores da síntese ou da ação do folato Sulfonamidas Sulfonamidas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Quinolonas Gisela Cipullo Moreira. Principais Agentes Antibacterianos – Classificação 1- Inibidores da síntese ou da ação do folato Sulfonamidas Sulfonamidas."— Transcrição da apresentação:

1 Quinolonas Gisela Cipullo Moreira

2 Principais Agentes Antibacterianos – Classificação 1- Inibidores da síntese ou da ação do folato Sulfonamidas Sulfonamidas Trimetoprim Trimetoprim 2- Antibióticos Beta-Lactâmicos (inibidores da síntese da parede microbiana) Penicilinas Naturais Penicilinas Naturais Penicilinas Semi-Sintéticas Penicilinas Semi-Sintéticas Cefalosporinas Cefalosporinas Outros antibióticos (Monobactans) Outros antibióticos (Monobactans) 3- Antibióticos inibidores das sínteses proteícas Tetraciclinas e Cloranfenicol Tetraciclinas e Cloranfenicol Aminoglicosídeos Aminoglicosídeos Macrolídeos Macrolídeos Outros Outros

3 Principais Agentes (continuação) 4- Antibióticos que afetam a DNA girase (Topoisomerase) 4-Fluor Quinolonas 4-Fluor Quinolonas 5- Antimicobacterianos Isoniazida Isoniazida Rifampicina Rifampicina Etambutol Etambutol Estreptomicina Estreptomicina Dapsona Dapsona Rifampicina Rifampicina Clofazimina Clofazimina 6- Antifúngicos Tratamento da Tuberculose Tratamento da Hanseníase

4

5 Quinolonas 1962 – descoberta acidental do Ac. Nalidíxico Mecanismo de ação: Inibe a DNA girase das bactérias Espectro de ação Enterobactérias G (-) [trato urinário] Cocos G (+) e G(-) Clamydia sp, Mycoplasma pneumoniae Anaeróbios bactericida Andriole, VT- The Quinolones; 1998

6 FLUOR-QUINOLONAS ANTIBIÓTICOS SINTÉTICOS QUE AFETAM A TOPOISOMERASE II (DNA girase) O - COOH N F - N CiprofloxacinaCiprofloxacina PRINCIPAIS DROGAS ÁCIDO NALIDÍXICO Primeira Quinolona descoberta CIPROFLOXACINA OFLOXACINA NORFLOXACINA PEFLOXACINA PRINCIPAIS DROGAS ÁCIDO NALIDÍXICO Primeira Quinolona descoberta CIPROFLOXACINA OFLOXACINA NORFLOXACINA PEFLOXACINA São antibióticos de amplo espectro e bactericidas

7 Quinolonas 2a2a 4a4a 3a3a 1a1a fluorquinolonas Ac. nalidíxico 1962 Norfloxacina Ciprofloxacina 1980 Ofloxacina Levofloxacina Gatifloxacina Moxifloxacina 1990

8 QUINOLONAS – ESPECTRO DE AÇÃO Amplo espetro (atinge Gram + / Gram - ) - Escherichia coli - Pseudomonas - H. influenzae - Staphylococcus sp (alguma resistência) - N. gonorrhaeae - Streptococcus sp - Mycobacterium tuberculosis - Campylobacter É uma opção quando não temos respostas terapêuticas com as Cefalosporinas e Aminoglicosídeos, ou na presença de sensibilidade aos Beta-lactâmicos

9 QUINOLONAS - FARMACOCINÉTICA Exemplo: Ciprofloxacina ( Boa Biodisponibilidade ) São absorvidas pelo TGI ( Boa Biodisponibilidade ) Distribui e atinge concentrações séricas consideráveis nos aparelhos: - urogenital (inclusive próstata) - respiratório (líquido pleural) - baixa concentração no líquor (exceto Ofloxacina) – fígado (P-450) Biotransformação – fígado (P-450) Excreção renal Obs: Podem ser utilizadas por via parenteral quando necessário

10 QUINOLONAS ESPECTRO: 1) Primeira geração (ácido nalidíxico): G- aeróbios, menos pseudomonas 2) Segunda geração ( ácido pipemídico): G- aeróbios, incluindo pseudomonas 3) Terceira geração(fluoroquinolonas: norfloxacin, ciprofloxacin): G-( inclusive pseudomonas ) e G+ 4) Quarta geração( fluoroquinolonas respiratórias: levo/gati e moxifloxacina)): atuam também sobre alguns anaeróbios Infecções crônicas por multirresistentes, tais como osteomielite, ITU, gonorréia, GECAs, ITR ( inclusive DPOC)

11 INDICAÇÃO DE DOENÇAS E ESPECTRO DE AÇÃO Norfloxacina Infecções do trato urinário baixo Gonorréia não-complicada Prostatite bacteriana Descontaminação seletiva do trato gastrintestinal (profilaxia de infecções por Gram-negativos em pacientes ganulocitopênicos e profilaxia de peritonite espontânea em hepatopatas crônicos)

12 Ciprofloxacina, Pefloxacina e Ofloxacina Infecções urinárias altas Gonorréia Pneumonias por Gram-negativos Associado a aminoglicosídeos na fibrose cística Diarréia do viajante Infecções de pele, tecidos moles e osteomielites

13 Levofloxacina Apresenta meia-vida longa e outras características farmacocinéticas que permitem a administração a cada 24 horas Cocos Gram-positivos (Streptococcus pneumoniae) Enterobactérias Bacilos Gram-negativos não-fermentadores

14 PAC - consenso 2000 SBPT Tratamento empírico ambulatorial com ou sem comorbidades: - lactâmico macrolídeo [claritromicina] fluorquinolona [levofloxacina, gatifloxacina, moxifloxaciana]

15 Tratamento empírico hospitalar em enfermaria: Cefalosporina 2 a /3 a geração ou amoxicilina/ ac. clavulânico ou ampicilina/ sulbactam ± macrolídeo ou ciprofloxacina Quinolona 3 a /4 a geração PAC - consenso 2000 SBPT

16 Tratamento empírico hospitalar na UTI: Cefalosporina 3 a /4 a geração ou amoxicilina/ ac. Clavulânico + Ciprofloxacina ou macrolídeo PAC - consenso 2000 SBPT

17 Indicação quinolona: Diarréia aguda infecciosa 1) Hidratação oral/ parenteral 2)Atb quando necessário: norfloxacina 400mg 2x 5dias ciprofloxacina 500mg VO 2x 5 dias 3-4 dias Leucócitos nas fezes disenteria Múltiplas evacuações Atenção para pacientes com diarréia após uso de antimicrobianos

18

19 QUINOLONAS – INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS Infecções das vias urinárias que não respondem aos aminoglicosídeos Norfloxacina / Ofloxacina Infecções respiratórias por Gram + / Gram – Otite externa Gonorréia ( Norfloxacina ou Ofloxacina ) Prostatite bacteriana ( Norfloxacina ) Pode ser usada em pacientes imunocomprometidos Como anti-séptico urinário (com reservas), o Ácido Nalidíxico já foi muito utilizado, isoladamente ou associado a um Gentamicina Infecções das vias urinárias que não respondem aos aminoglicosídeos Norfloxacina / Ofloxacina Infecções respiratórias por Gram + / Gram – Otite externa Gonorréia ( Norfloxacina ou Ofloxacina ) Prostatite bacteriana ( Norfloxacina ) Pode ser usada em pacientes imunocomprometidos Como anti-séptico urinário (com reservas), o Ácido Nalidíxico já foi muito utilizado, isoladamente ou associado a um Gentamicina

20

21 QUINOLONAS – EFEITOS INDESEJÁVEIS 1- Náuseas e vômitos – desconforto gástrico 2- Sonolência e tonturas 3- Os efeito indesejáveis aumentam se associados a Teofilina Teofilina 4- O Ácido Nalidíxico não deve ser utilizado em crianças com menos de 10 anos com menos de 10 anos 5- Pode ocorrer anemia hemolítica (def. da G-6-PD) 1- Náuseas e vômitos – desconforto gástrico 2- Sonolência e tonturas 3- Os efeito indesejáveis aumentam se associados a Teofilina Teofilina 4- O Ácido Nalidíxico não deve ser utilizado em crianças com menos de 10 anos com menos de 10 anos 5- Pode ocorrer anemia hemolítica (def. da G-6-PD) PRINCIPAIS APRESENTAÇÕES FARMACÊUTICAS Ofloxacina Floxstat – comprimidos de 200 mg Pefloxacina Peflacin – comprimidos de 400 mg e ampolas de 400 mg Ciprofloxacina Cipro – comprimidos de 250 e 500 mg


Carregar ppt "Quinolonas Gisela Cipullo Moreira. Principais Agentes Antibacterianos – Classificação 1- Inibidores da síntese ou da ação do folato Sulfonamidas Sulfonamidas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google