A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I A ORIGEM – O LATIM ESTRATO SÉCULO III A.C. História da Língua Portuguesa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I A ORIGEM – O LATIM ESTRATO SÉCULO III A.C. História da Língua Portuguesa."— Transcrição da apresentação:

1 I A ORIGEM – O LATIM ESTRATO SÉCULO III A.C. História da Língua Portuguesa

2 O LATIM VULGAR A Romanização Colonos Legiões Construção de templos, praças de comércio, tribunais. escolas, teatros, termas Vias romanas (coincidentes com o traçado dos caminhos ferroviários e rodoviários) Religião Língua: Latim (Lacio) / Latim Vulgar (oral) os romances: falares locais O latim culto ou erudito (língua comum em todo o império – modelo oficial - escrito) Via popular / via erudita: a maioria das palavras latinas entraram no português por via popular No renascimento foram introduzidos novos vocábulos por via erudita. latim clássico (literatura, Garcia de Resende, Camões…). Estas palavras são conhecidas como latinismos.

3 Romanização

4

5 Chama-se étimo latino à palavra latina que deu origem à palavra portuguesa. Um mesmo étimo latino pode ter originado duas palavras portuguesas. Uma por via popular e outra por via erudita. A que sofreu mais transformações é a que entrou na língua por via popular. Chamam-se palavras divergentes àquelas que têm o mesmo étimo latino, mas que têm significados e formas diferentes. Também existem palavras convergentes que são aquelas que têm étimos latinos diferentes, significação diferentes, mas que se realizam da mesma maneira.

6 Palavras Divergentes ÉTIMO LATINOPORTUGUÊS (VIA POPULAR) (PORTUGUÊS (VIA ERUDITA) Arenaareiaarena Actuautoacto Palatiupaçopalácio Delicatudelgadodelicado Plenucheiopleno Recitarerezarrecitar Directudireitodirecto Solitariusolteirosolitário Planuchãoplano

7 Palavras Divergentes ÉTIMO LATINOPORTUGUÊS (VIA POPULAR) (PORTUGUÊS (VIA ERUDITA) Granugrão filiufilho noctenoturno Lunalua Pluviachuva lanalãlanífero pedepedestre lacteleite mediummeio

8 Palavras Convergentes PortuguêsÉtimo Latino São (adj /verbo)Sanu / sanctu (adj)Sunt (verbo) Fio (nome/verbo)Filo (nome)Fido (verbo) Rio (nome /verbo)Rivu (nome)Rido (verbo) Como (conjunção/verbo)Quomodo (conjunção)Comedo (verbo)

9 Evolução Semântica PalavraSignificado inicialSignificado atual solteiroDe solitário;Anónimo de casado paçoDe palácio (monte palatino)Paço episcopal calamidade(nicialmente relacionada com «calamus» (cana de cereal, hástia de trigo ou de outro cereal), por essa via começou a designar qualquer fenómeno físico que originasse prejuízos pela perda das colheitas. Este sentido expandiu-se para o de qualquer espécie de desgraça, infelicidade, desventura, calamidade. Ministroem latim significava «o que serve, ou que ajuda» ou mesmo «escravo». Todavia, esta humilde palavra veio a designar, na linguagem política, uma função elevada: Ministro da Economia, Ministro da Cultura, etc. senhorproveniente do étimo é «seniore», comparativo de «senex, senis» (velho), significava inicialmente "mais velho". Forma de tratamento saláriocorrespondia à importância concedida aos soldados para comprarem a sua ração de sal. Posteriormente, por alargamento de sentido, passou a significar soldo, ordenado, salário gestoAtitude, em Camões rostoMovimento, aceno.

10 Línguas latinas

11 II A ORIGEM - SUBSTRATOS IBEROS, CELTAS, FENÍCIOS, GREGOS E CARTAGINESES ANTES DO SÉCULO III A.C História da Língua Portuguesa

12 III A ORIGEM – SUPERSTRATOS INVASÃO DOS POVOS BÁRBAROS GERMÂNICOS (ALANOS, SUEVOS, VÂNDALOS E VISIGODOS) SÉCULO V História da Língua

13 Palavras de origem dos povos bárbaros (visigodos) Palavras relacionadas com aspetos bélicos Brandir; vassalo; elmo; estribo; guerra; raça; luva; Ricardo; brecha; orgulho; barriga

14 III A ORIGEM – SUPERSTRATOS ÁRABES SÉCULO VII História da Língua

15 Vocabulário de origem árabe A maioria dos vocábulos que o nosso idioma absorveu desse povo caracterizam-se pelo prefixo AL, que corresponde ao artigo definido árabe, como documentam os seguintes exemplos: álgebra, algibeira, álcool, alcatifa, alface, algarismo, alfazema, alcachofra, almofada, alfinete, algema, algodão, alqueire, etc. Vocábulos relacionados com agricultura.

16 Evolução da Língua Portuguesa Fase do português pré-histórico (entre o séc. V e o séc. IX – romance lusitânico.Encontram-se documentos apenas em latim vulgar) Fase do Português Proto-histórico (séc. IX a XIII – já se encontram palavras escritas dos romances locais) Fase histórica da língua Português arcaico (séc. XII a XV – 1º texto escrito em português) Português moderno (do séc XVI aos nossos dias – 1572 Os Lusíadas – primeiras gramáticas.)

17 Evolução da Língua Arcaísmos – palavras que deixam de se usar abondo = suficiente; asinha = depressa; cafuso = por acaso; coita = aflição, pena, dor; ande = daí; chus = mais; filhar = tomar; leixar = deixar; nado = nascido; palmeirim = peregrino; sages = prudente;

18 Evolução da língua Neologismos – novas palavras introduzidas na língua África : missanga; macaco; cachimbo; banana; samba; carimbo; tanga… Ásia: leque; chá; pagode; canja; chávena; soja; biombo… América: ananás; piroga; canoa; chocolate; batata; amendoim; furacão… Francês: boné; chefe; blusa; gravata; cachecol; duche; garagem; cassete; hotel… Espanhol: bolero; tejadilho; sapatilha; sangria; passeio… Inglês: bife, futebol; bar; cheque; ténis; líder; póster… Italiano: cantata; piano; maestro; saldo; carnaval Etc.


Carregar ppt "I A ORIGEM – O LATIM ESTRATO SÉCULO III A.C. História da Língua Portuguesa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google