A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelação Aula T19 Modelação Conceptual de Sistemas A Estrutura do Sistema José Borbinha.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelação Aula T19 Modelação Conceptual de Sistemas A Estrutura do Sistema José Borbinha."— Transcrição da apresentação:

1 Modelação Aula T19 Modelação Conceptual de Sistemas A Estrutura do Sistema José Borbinha

2 Programa T01-T03 – Módulo 1 –Introdução à Modelação de Sistemas T04-T07 – Módulo 2 –Modelação Conceptual de Sistemas T08-T11 – Módulo 3 –Ontologias T12 – Correcção do Teste 1 T13-T15 – Módulo 4 –Modelação de Sistemas: Comportamento T16+T19 – Módulo 5 –Modelação de Sistemas: Arquitectura (A Estrutura do Sistema…) T20-T23 – Módulo 6 –Temas avançados 19 aulas com presenças: T3-T16 + T19-T23 16 resumos com melhores notas 2Modelação

3 Modelação da estrutura de sistemas em UML e SysML 3Modelação

4 UML - Diagramas de Estrutura 4Modelação

5 Modelação da estrutura de sistemas em UML 5Modelação

6 6 Pacotes (Packages) Pacotes são um mecanismo genérico para organizar elementos em grupos, facilitando a modelação parcial do sistema Um pacote pode conter outros elementos, incluindo: classes, interfaces, … e mesmo outros pacotes. Mas qualquer elemento é definido em apenas um único pacote!!! Um pactoe providencia um contexto, logo um suporte para um espaço de nomes (X::A é diferente de X::Y:A, diferente de Z::A,...)

7 7 Diagramas de Componentes Um diagrama de componentes ilustra as peças de software que compõem um sistema. Pode ilustrar ainda as dependências entre os componentes. Nota: Um diagrama de componentes representa apenas tipos de componentes e nunca instâncias (para ilustrar instâncias de componentes devem ser usados diagramas de instalação)

8 8 Diagramas de Estrutura em UML –A descrição física do software: Os diagramas de componentes são usados para modelar a arquitectura de um sistema na perspectiva dos seus componentes de software (e.g., ficheiros de código fonte, de executáveis, de configuração, tabelas de dados, documentos de gestão do projecto), explicitando principalmente as suas múltiplas dependências. –A descrição física do hardware: Os diagramas de instalação, por outro lado, são usados para modelar a arquitectura de um sistema na perspectiva dos seus componentes de hardware (e.g., computadores, adaptadores de rede, impressoras, routers, cablagem), explicitando as suas dependências de comunicação. –A integração do software com o hardware: Os diagramas de instalação com componentes são usados para modelar um determinado ambiente de execução com componentes, através da identificação de instâncias de componentes que são instaladas em determinada instância de nó computacional.

9 9 Diagramas de Instalação (deployment) Mostram a configuração de hardware de um sistema, identificando: –nós (computadores, periféricos, …) –instâncias de componentes de software –objectos –canais de comunicação existentes entre os nós...

10 10 Diagrama de Estrutura Composta em UML (Composite Structure Diagram) Diagrama para representar a estrutura interna de alguns elementos (classes, componentes, nós,...) usando: Partes (instâncias que compõem o elemento) Portos (pontos de interacção entre as Partes) Conectores (links entre Partes ou Portos) Podem ser equivalentes aos diagramas de classes, mas mostram as partes individuais das classes, em vez das classes no seu todo...

11 SysML... 11Modelação

12 Modelação da estrutura de sistemas em SysML 12Modelação

13 Modelação da estrutura de sistemas em SysML 13Modelação

14 SysML V1.0 Modelação14

15 Blocos (Block) O elemento estrutural mais elementar em SysML é o bloco (block). A arquitectura de um sistema é descrita por blocos e pelas suas relações. Blocos em SysML correspondem ao estereótipo > do elemento UML class Modelação15 > Carro > Servidor > Base de Dados > Tesouraria > Block

16 Notação para blocos Modelação16 > Carro Podem ser definidos compartimentos para representar (textual e/ou graficamente) várias perspectivas do bloco…

17 Tipos de dados como blocos Modelação17 Imagens retiradas de (acompanhamento ao livro Systems Engineering with SysML UML Blocos podem ser usados para representar qualquer tipo de elemento estrutural (físico, funcional ou humano). Blocos não precisam representar apenas entidades físicas, podendo representar tanto entidades concretas como abstractas!

18 Diagramas de blocos (bdd – Block Definition Diagram) Modelação18 Estes diagramas de blocos representam assim os domínios dos sistemas…

19 Associações entre blocos Modelação19 Imagem retirada de (acompanhamento ao livro Systems Engineering with SysML UML

20 Diagramas de blocos (ibd – Internal Block Diagram) Modelação20 Definem a estrutura interna de um bloco, em termos de propriedades e ligações…

21 Diagramas internos podem detalhar o sistema a vários níveis… Modelação21

22 Blocos e interfaces Modelação22 Algumas imagens retiradas de (acompanhamento ao livro Systems Engineering with SysML UML

23 Blocos e interfaces Modelação23 Algumas imagens retiradas de (acompanhamento ao livro Systems Engineering with SysML UML

24 Portos atómicos e não atómicos Um atomic flow port é uma interface pela qual circula apenas um tipo de item (físico, imformação, energia, etc.). Um nonatomic flow port é uma interface pela qual podem circular vários tipos de itens (água ou gasolina, vários tipos de dados, etc.), segundo o declarada numa especificação associada. Modelação24

25 Portos e fluxos… Modelação25

26 Conjugated flow Um conjugated flow port é um porto que inverte a ordem de circulação dos itens (será um porto oposto a um porto normal, bastando especificar nesse as propriedades da interface…) Modelação26

27 Conjugated flow Modelação27

28 Diagramas Paramétricos (Parametric Diagram) Por vezes pode ser necessário especificar constrangimentos a propriedades do sistema para processos de análise de desempenho, segurança, etc. Esses constrangimentos representam-se através de blocos de confrangimentos especiais e são organizados em diagramas paramétricos, que são uma variante dos diagramas internos de blocos. Modelação28

29 Diagramas Paramétricos (Parametric Diagram) Modelação29

30 Diagramas Paramétricos (Parametric Diagram) Estes constrangimentos não devem ser confundidos com requisitos não funcionais, pois representam limitações do sistema devidas a propriedades naturais dos seus elementos (f=m.a; a=dv/dt, …) ou decisões de desenho visando controlar o seu custo, tempo de desenvolvimento, etc. Os diagramas paramétricos podem ser agrupados em pacotes específicos (par)… Modelação30 Imagens retiradas de (acompanhamento ao livro Systems Engineering with SysML UML

31 Diagramas Paramétricos (Parametric Diagram) Modelação31 Exemplo retirado do documento de especificação do SysML V1.0

32 Diagramas Paramétricos (Parametric Diagram) Modelação32

33 Alocações (Allocations) Uma alocação é um conceito genérico para relacionar diferentes áreas do modelo, podendo ser aplicado em qualquer diagrama. Modelação33 Imagens retiradas de (acompanhamento ao livro Systems Engineering with SysML UML Estes diagramas cumprem, em SysML, um propósito semelhante aos diagramas de instalação em UML…

34 Alocações (Allocations) Modelação34

35 Um exemplo… "The SysML Modelling Language", Matthew Hause, Fifteenth European Systems Engineering Conference, Sept ' 2006 Acessível em: Modelação35

36 Requisitos (para um sistema de purificação de água por destilação…)… Modelação36

37 Diagrama de Actividades (com requisitos)… Modelação37

38 Estrutura… Modelação38

39 Estrutura Interna… Modelação39

40 Diagrama Paramétrico… Modelação40

41 Diagrama de Actividades com Alocação Modelação41

42 Diagrama de Estrutura com Alocação Modelação42


Carregar ppt "Modelação Aula T19 Modelação Conceptual de Sistemas A Estrutura do Sistema José Borbinha."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google