A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANOS DE CUIDADOS SOLANGE CASSIANO BORGES 2008. FASES DO PLANEJAMENTO Estabelecimento de prioridades Formulação de metas Prescrição de intervenções de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANOS DE CUIDADOS SOLANGE CASSIANO BORGES 2008. FASES DO PLANEJAMENTO Estabelecimento de prioridades Formulação de metas Prescrição de intervenções de."— Transcrição da apresentação:

1 PLANOS DE CUIDADOS SOLANGE CASSIANO BORGES 2008

2 FASES DO PLANEJAMENTO Estabelecimento de prioridades Formulação de metas Prescrição de intervenções de enf.

3 Estabelecimento de Prioridades Categorias: Problemas urgentes Problemas que devem constar no plano de cuidados Problemas que são importantes, mas cujo tratamento pode ser adiado sem comprometer a saúde do indivíduo

4 Problemas urgentes Não podem esperar Necessitam de atenção imediata, ou a condição do doente ficará pior Ex: Vc verifica que não houve eliminação urinária, pelo cateter vesical, durante 1 hora; o enfº deve ser avisado imediatamente

5 Problemas que devem constar no plano de cuidados Esses problemas ou riscos de problemas devem ser controlados em ordem para que o indivíduo progrida Alguns são padronizados para as condições do pcte Outros D.E. e problemas colaborativos são acrescentados devido aos dados sobre o seu pcte.

6 Exemplo: Ele não pode virar-se - Ele deve ser auxiliado a virar-se no leito para evitar as úlceras de pressão

7 Problemas que são importantes, mas cujo tratamento pode ser adiado sem comprometer a saúde do indivíduo Uma mulher recuperando-se de cirurgia - Ela é obesa - Essa condição não necessita de atenção durante a permanência no hospital, mas o enfº pode encaminhá-la a um recurso comunitário

8 Dica de Carp: A identificação de prioridades é difícil para o acadêmico de enf. de semestres iniciais. Peça ajuda a seu instrutor na seleção de problemas para o palno de cuidados. Havendo dúvida sobre a urgência de um problema, procure ajuda.

9 Exercício interativo: Indique: urgente, plano de cuidados ou encaminhar. Sangramento da incisão Medo antes da cirurgia Problemas conjugais Aumento da FC Risco de quedas Problemas de transporte

10 Problemas do Plano de Cuidados Não são só os D.E. ou os P. Colaborativos São condições que exigem cuidados de enfermagem ou o pcte ficará pior A maioria dos D.M. ou condições cirúrgicas tem um grupo de diagnósticos

11 Grupo de DE e PC para alguém c/ c. abdominal Risco de Padrão Respiratório Ineficaz relacionado à imobilidade secundária ao estado pós anestésico e à dor Risco de infecção relacionada à interrupção cirúrgica das estruturas orgânicas, flatulência e imobilidade Risco de Nutrição Desequilibrada:Menos que as necessidades corporais relacionada ao aumento das exigências de ptns e vit. Para a cicatrização e à diminuição da ingesta secundária à dor,náusea, vômitos e restrições dietéticas

12 Risco de Nutrição relacionada à diminuição do peristaltismo secundária à imobilidade e aos efeitos da anestesia e dos narcóticos Intolerância à atividade relacionada à dor e fraqueza secundárias a anestesia, hipóxia dos tecidos e ingesta insuficiente de líquidos e nutrientes

13 Problemas Colaborativos CP = Complicação Potencial CP- Hemorragia CP- Hipovolemia/Choque CP- Evisceração/Deiscência CP - Infecção (peritonite) CP - Retenção Urinária CP- Tromboflebite

14 Dica de Carp Os problemas urgentes, às vezes, podem não estar no plano de cuidados. Esses são, com frequência, problemas colaborativos que pioram e exigem atenção imediata. Alguns problemas, como os respiratórios e cardíacos, podem não constar no plano, mas são urgentes, pois modificam ou pioram as condições do paciente.

15 Formulação de Metas Tipos de metas: As metas são medidas usadas para avaliar o processo do pcte na melhora do problema ou se este foi prevenido ou controlado. 1 - Metas do pcte ou resultados esperados 2 - Metas de enfermagem

16 Metas do Paciente São um comportamento mensurável que significa que ele, sua família ou o grupo mudaram para um estado favorável ou o mantiveram. Objetivos das metas do paciente: - Orientar as intervenções - Avaliar a eficácia das intervenções

17 As metas do pcte descrevem o que vc espera ver ou ouvir para determinar se ele melhorou ou se beneficiou com o cuidado de enf. As in- dicações podem ser mais específicas para auxiliar o enfº a fazer um julgamento sobre as condições do pcte.

18 Ex: D.E. Sentimento de Pesar Meta O indivíduo deve expressar seu pesar. (metas de longo prazo) Indicadores (metas de curto prazo) - Descrever o significado da morte ou da perda para o pcte. - Compartilhar seu pesar com as pessoas próximas.

19 Metas de Enfermagem As metas de enf. são afirmações que descrevem ações mensuráveis que determinam a responsabilidade do enfº pelos problemas colaborativos. Essa responsabilidade é compartilhada c/os médicos e c/ os enfº especializados. Os problemas colaborativos apresentam metas de enf. que refletem a responsabilidade da enfermagem em relação a:

20 Monitorar a instabilidade fisiológica Iniciar as prescrições médicas para a situação Notificar o médico ou o enfº especializado para prescrições adicionais associadas à intervenção Realizar ações específicas para controlar e reduzir a gravidade do evento Avaliar a resposta do pcte e, se insatisfatória, responder apropriadamente.

21 Os indicadores das Metas de enfermagem são diferentes dos indicadores dos Diag. De Enf. Ex: O pcte manterá PA 90/60 e 140/90. Se a PA do pcte for 170/100, o que o enfº pode prescrever para modificar isso? NADA. O médico deve ser consultado. A responsabilidade do enfº é monitorar a PA e comunicar as mudanças. Os indicadores para as metas de enf. são os indicadores fisiológicos de estabilidade.

22 Exemplo: CP: Hipo/Hiperglicemia Meta de Enfermagem: O enfº monitora os sinais e sintomas de hipo/hiperglicemia e intervém em colaboração para estabilizar o pcte. Indicadores: Glicose sanguínea em jejum: 70 a 115mg/dL

23 Exercício: Leia as seguintes metas: O pcte deve: Apresentar PA 90/60 e 140/90 Apresentar FC entre 60 e 100 bpm Apresentar a pele seca e quente

24 Enquanto vc cuida de seu pcte a FC de vai p/ 130 bpm e a PA diminui de 120/80 para 90/58 O que vc pode fazer? 1- Modificar o plano de cuidados de enfermagem 2- Revisar as metas 3- Chamar o médico ou o enfº especialista

25 Metas p/ Diagnósticos de Enf. Características dessas metas: Comportamento mensurável Específicas em conteúdo e tempo Atingíveis durante o período de tempo dos Cuidados OBS: Os D. E. têm metas e resultados focados no comportamento do pcte.

26 Comportamento mensurável Para redigir metas c/ comportamento mensurável, a meta deve conter um verbo ou indicadores qeu possam ser ouvidos ou vistos. Ex: vc não pode ver nem ouvir: O pcte apresentará menos medo, mas pode ouvir: O pcte relatará menos medo.

27 Leia as seguintes metas. Sim se for mensurável e não se a meta não for mensurável. 1-Entender os sintomas de baixa glicose sanguínea. 2-Compartilhar seus sentimentos sobre a morte da mãe. 3- Administrar corretamente uma injeção de insu- lina 4-Aceitar o diagnóstico de câncer 5-Identificar 2 técnicas p/ reduzir a fadiga 6-Listar os alimentos ricos em sal

28 Específicas em conteúdo e tempo A meta deve indicar o que o pcte necessita fazer, dizer ou aprender Modificadores podem ser adicionados para indicar como, onde, o quê ou quanto

29 Ex: O pcte beberá mais líquido. -O que significa mais? Um copo? Seis copos? Seria mensurável se a meta fosse escrita: O pcte beberá 1500 ml a cada 24 horas.

30 A meta deve ter um prazo para ser atingida Até a alta: O pcte saberá injetar-se corretamente até a alta. Contínua: O pcte apresentará pele íntegra continuamente. Com data: O pcte andará sem assistência até sexta-feira à noite.

31 Dica de CARP: Determinar o prazo para a aquisição de uma meta é difícil para o estudante com o tempo limitado na unidade clínica. Pergunte ao seu instrutor se é possível redigir metas que possam ser atingidas em 1 ou 2 dias para o pcte que lhe foi destinado.

32 Garantir que a meta seja realista e atingível Existe tempo suficiente? O pcte concorda com a meta? O pcte é capaz de atingir a meta?

33 Atingível Critérios p/ as metas do pcte Tempo especificado Dirigida ao pcte Conteúdo específico Mensurável Mapa conceitual p/critérios de metas ou resultados


Carregar ppt "PLANOS DE CUIDADOS SOLANGE CASSIANO BORGES 2008. FASES DO PLANEJAMENTO Estabelecimento de prioridades Formulação de metas Prescrição de intervenções de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google