A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ação Estratégica – 2013 Plano Setorial da Diretoria Geral de Saúde Por: Alberto Alves Borges Cel PM Med – Diretor Geral de Saúde Apresentação: André Luis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ação Estratégica – 2013 Plano Setorial da Diretoria Geral de Saúde Por: Alberto Alves Borges Cel PM Med – Diretor Geral de Saúde Apresentação: André Luis."— Transcrição da apresentação:

1 Ação Estratégica – 2013 Plano Setorial da Diretoria Geral de Saúde Por: Alberto Alves Borges Cel PM Med – Diretor Geral de Saúde Apresentação: André Luis Barreira Ten Cel Med – Chefe do Núcleo de Saúde Coletiva (DGS/4) Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde

2 Ação Estratégica 2013 Implantação do Projeto de Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S (Projeto vencedor do concurso da SENASP em 2012) Implantação do Projeto do Prontuário Eletrônico (Projeto vencedor do concurso da SENASP em 2012) Implantação do Projeto do Call Center para marcação de consultas ambulatoriais Concurso para QOS com 137 vagas (Medicina) Concurso para QPMP-6 com 692 vagas (Profissionais de Saúde de nível técnico) Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde

3 Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 1 1

4 Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S I.Maior número de obesos que a população geral II.Maior número de hipertensos que a população geral III.Maior número de diabéticos que a população geral Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 1 1

5 Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 1 1 Sedentarismo Condições de trabalho Estresse Alimentação Cultura institucional Falta de atenção à saúde

6 Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 1 1

7 Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 1 1

8 Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S I.Acompanhamento contínuo do Policial Militar pelo Sistema de Saúde. II.Enfoque da Saúde Preventiva do Policial da Ativa (como ocorre nas modernas instituições e previsto pela legislação) III.Atenção à exposição a diferentes tipos de riscos relacionados a cada função. IV.Melhor preparação da alimentação, da saúde física e mental Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 1 1 (O SAS é uma ação integrada da DGS com a SESEG, DGO, CSMFD, Serviço de Nutrição, Serviço de Psicologia) Hoje também faz parte do Programa do Uso Controlado da Força.

9 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Jan FevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez X Definição das localizações das unidades fixas junto ao EMG Envio das plantas para DL3 e EMG e Revisão das Instruções Normativas Publicação das Instruções Normativas e Apresentação de Seminários de Implantação do SAS aos Cmts, Ch e Dir Seleção do staff para treinamento. Início das Obras dos SAS Fixos Início dos cursos. Elaboração do material educativo e de divulgação. Aquisição de equipamentos Instalação de equipamentos Aguardando os médicos generalistas para implementação das Unidades dos SAS Cronograma de Implantação Serviço de Atenção à Saúde - S.A.S 1 1 Financiamento Ganhador do Edital de Valorização Profissional do SENASP

10 Prontuário Eletrônico Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Extravio dos prontuários; Localização demorada e falha; Falta de integração nas informações entre as diversas unidades de saúde; Re-solicitação de exames; 2 2 Perda dos dados do acompanhamento ambulatorial (no HCPM e nas PPM); Muitas vezes os prontuários são duplicados e até mesmo triplicados; Não há integração simultânea com os dados do FUSPOM

11 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Prejuízo ao médico perante as demandas judiciais; Inconformidade com a legislação; Prontuário Eletrônico 2 2 Atraso no diagnóstico das doenças; Insatisfação e revolta do usuário; Aumento gigantesco dos custos;

12 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde FARMÁCIA PRONTUÁRIOS LABORATÓRIO CONTROLE DE LEITOS CONTROLE DE LEITOS ALMOXARIFADO JUNTA DE SAÚDE Prontuário Eletrônico 2 2 Sistema de Informação Clínico e Gerencial

13 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Jan FevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez X Definição das localizações das unidades fixas junto ao EMG Envio das plantas para DL3 e EMG e Revisão das Instruções Normativas Publicação das Instruções Normativas e Apresentação de Seminários de Implantação do SAS aos Cmts, Ch e Dir Seleção do staff para treinamento. Início das Obras dos SAS Fixos Início dos cursos. Elaboração do material educativo e de divulgação. Aquisição de equipamentos Instalação de equipamentos Aguardando os médicos generalistas para implementação das Unidades dos SAS Cronograma de Implantação Prontuário Eletrônico 2 2 Financiamento Ganhador do Edital de Valorização Profissional do SENASP

14 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Call Center 3 3

15 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Call Center 3 3 Filas diárias

16 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 3 3 Call Center Funcionários estressados e sem treinamento

17 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Agendamento por telefone deficiente 3 3 Call Center

18 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde marcações/dia2.000 confirmações/dia 1 atendimento / 3 min. 160 atendimentos / dia 26 postos de atendimento operações /dia (com sucesso) QUALIDADE PRODUTIVIDADE CUSTO Call Center 3 3

19 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Jan FevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez X Nomear Comissão para Implementação do Call Center Elaboração de Termo de Referência (CCI) Tomada de preços Análise do Custo de implementação pelo EMG Liberação do Edital para Licitação Licitação e Contratação Início da execução Acompanhamen to e Avaliação pela Comissão Cronograma de Implantação Call Center 3 3 Financiamento

20 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Concurso para Médicos - QOS Cenário Atual: Aumento do tempo de espera para atendimento nos setores de emergência, ambulatórios e filas para cirurgias. Objetivos: I.Recomposição da Junta de Saúde II.Implantação do SAS (Sistema de Atenção à Saúde do Policial Militar) III.Recomposição do atendimento ambulatorial por Médicos Generalistas desafogando os Especialistas IV.Reestruturação do Setor de Emergência do HCPM V.Reestruturação do Setor Emergência do HPM-NIT VI.Reestruturação do GRH (Grupamento de Remoção Hospitalar) VII.Recomposição do Serviço de Psiquiatria Causas: I.Saída de médicos do quadro através da baixa precoce e insucesso do último concurso II.Crescimento acelerado das fileiras da Corporação III.Expansão do atendimento de emergência e do número de leitos hospitalares. 4 4

21 Lei de fixação do efetivo Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Concurso para Médicos - QOS 4 4

22 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Jan FevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez X Nomeação de uma comissão de concurso Solicitação de impacto financeiro (DOR), e Revisão do Edital Justificativa do concurso e Revisão do Edital. Montagem do processo de liberação do concurso e encaminhamento para o EMG EMG encaminha para o Setor Jurídico da PMERJ EMG encaminha para a Casa Civil Retorno do processo aprovado pelo Governador e retorno à Casa Civil e encaminha- se para o CRSP Ajstes do Edital, Elaboração de provas e gabaritos (Terceirizado) e Publicação do Edital InscriçõesProva e Recursos Avaliação de Saúde, Física, Psicológica, Social e Documental Início EPAO Cronograma de Implantação Concurso para Médicos - QOS 4 4 Financiamento

23 Concurso para QPMP-6 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde 5 5 Técnico de Enfermagem Técnico de Raio X Instrumentador Cirúrgico Técnico de Laboratório Auxiliar de Saúde Bucal

24 Concurso para QPMP-6 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Cenário Atual: Não há concurso para este quadro há mais de 10 anos e sua defasagem está paralisando vários setores da saúde. Há uma dificuldade de manter contratos terceirizados e uma cobrança do Tribunal de Contas do Estado para que estes profissionais sejam concursados. Objetivo: Reposição de 692 vagas de Profissionais de Saúde de nível técnico. 5 5

25 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Jan FevMarAbrMaiJunJulAgoSetOutNovDez X Nomeação de uma comissão de concurso Solicitação de impacto financeiro (DOR) e Revisão do Edital Justificativa do concurso e Revisão do Edital. Montagem do processo de liberação do concurso e encaminhamento para o EMG EMG encaminha para o Setor Jurídico da PMERJ EMG encaminha para a Casa Civil Retorno do processo aprovado pelo Governador e retorno à Casa Civil e encaminha- se para o CRSP Ajstes do Edital, Elaboração de provas e gabaritos (Terceirizado) e Publicação do Edital InscriçõesProva e Recursos Avaliação de Saúde, Física, Psicológica, Social e Documental Início CFCES Cronograma Concurso para QPMP Financiamento

26 Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Diretoria Geral de Saúde Na saúde, como na segurança pública, acreditamos que ações imediatas são necessárias, porém só a prevenção poderá nos garantir um futuro melhor.


Carregar ppt "Ação Estratégica – 2013 Plano Setorial da Diretoria Geral de Saúde Por: Alberto Alves Borges Cel PM Med – Diretor Geral de Saúde Apresentação: André Luis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google