A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL COMO INSTRUMENTO DE PROFISSIONALIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: A experiência do Estado de Minas Gerais A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL COMO INSTRUMENTO DE PROFISSIONALIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: A experiência do Estado de Minas Gerais A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL."— Transcrição da apresentação:

1 A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL COMO INSTRUMENTO DE PROFISSIONALIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: A experiência do Estado de Minas Gerais A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL COMO INSTRUMENTO DE PROFISSIONALIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: A experiência do Estado de Minas Gerais 2º RH-RIO 2º Encontro dos Dirigentes de Recursos Humanos do Estado do Rio de Janeiro

2 A Certificação Ocupacional busca mensurar as capacidades e o potencial de desempenho de indivíduos aptos a compor bancos de potenciais orientados aos cargos de recrutamento amplo, com livre nomeação e exoneração, considerados estratégicos pelo Estado. CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

3 O objetivo é dotar o Poder Executivo de um mecanismo eficiente de recrutamento e alocação de pessoas que comprovadamente possuam as capacidades técnicas e comportamentais adequadas aos cargos escolhidos. CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

4 A criação do instrumento baseou-se no modelo de Gestão por Competências. Optou-se por um método dedutivo de identificação das mesmas a partir de uma perspectiva futura. Para tanto, utilizou-se o conceito de competência projetada. CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

5

6 Escolha da função a ser referência no processo; Criação da comissão de acompanhamento; Definição do número candidatos para aplicação dos exames; Mapeamento das competências projetadas essenciais à função, cujo produto é o Mapa de Elementos Normativos da mesma; ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

7 Publicação do Edital de Certificação Filtro de seleção para os candidatos à Certificação; Divulgação da lista de candidatos aptos à participação nos exames; ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

8 Aplicação dos exames pela Entidade Certificadora externa (exame de conhecimentos, dinâmica situacional e entrevista individual); Publicação da lista de pessoas certificadas. Homologação do processo. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

9 Escolha da função a ser referência no processo: Consiste em escolher as funções entendidas como estratégicas dentro do macro planejamento governamental. Dessa forma, privilegiam-se cargos cujas funções sejam fundamentais para o atingimento das metas dentro da lógica do Estado para Resultados. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

10 Criação da Comissão de Acompanhamento Composta por representantes da SEPLAG, da Entidade Certificadora e do órgão da área de atuação do cargo. Tem como finalidade estabelecer critérios, acompanhar e validar os processos de Certificação Ocupacional. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

11 Definição do número de candidatos para aplicação dos exames, mediante análise do quantitativo desejável para função: Definição do número de exames que serão contratados junto à Entidade Certificadora externa, mediante a estimativa da quantidade de candidatos certificados desejável para a formação do banco de potencial que atenda às necessidades da função; ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

12 Mapeamento da função: Mapa de Elementos Normativos Mapeamento da função a partir da ótica de ocupantes do cargo a ser certificado, seus superiores hierárquicos, seus clientes internos e externos; Definição das competências necessárias para o desempenho da função. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

13 Mapeamento da função: Mapa de Elementos Normativos Validação do mapa pela direção do órgão responsável pela planejamento das ações e aferição dos resultados da unidade administrativa do cargo em foco. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

14 Utilização do Mapa de Elementos Normativos Capacitação: o mapa mostra as áreas de conhecimento, bem como os comportamentos a serem desenvolvidos pelos profissionais, servindo como base para a formação dos cursos e outras ações; Provimento: usado no Processo de Certificação, o Mapa é a ferramenta principal na construção dos exames; Avaliação: o Mapa é um excelente referencial técnico para a avaliação de desempenho, uma vez que possibilita enxergar a função em toda sua plenitude. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

15 Publicação do Edital Todo o processo torna-se público por meio do Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, de forma a assegurar a observação da transparência e da legitimidade do processo. Neste documento estão inseridas todas as informação relativas ao processo bem como os critérios definidos para a seleção e escalonamento prévio dos candidatos que participarão dos exames. Nele está presente o primeiro filtro da Certificação Ocupacional. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

16 Inscrição dos candidatos Os candidatos efetuam a pré-inscrição no site da Entidade Certificadora, depois de conhecerem as normas que regem o processo, informando todos os dados curriculares que sejam relevantes à função, de acordo com os critérios definidos pela Direção do órgão afim e publicadas no Edital. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

17 Inscrição dos candidatos Em seguida, os candidatos enviam a documentação comprobatória dos dados, a qual será analisada pelo Comitê Técnico de Certificação. Após analisar a documentação, o Comitê Técnico atribui a pontuação adequada ao currículo do candidato, sendo que os currículos mais pontuados, mediante o número de vagas e os critérios definidos no Edital, serão selecionados para participarem dos exames. ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

18 Os candidatos pré-selecionados são então convocados para dinâmica de grupo, entrevista individual e exames de conhecimento. Toda esta etapa é realizada por entidade certificadora externa contratada para este processo, a fim de assegurar a imparcialidade e a isenção do órgão demandante. Aplicação dos Exames pela Entidade Certificadora externa ETAPAS DO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

19 FINALIZAÇÃO DO PROCESSO Ao final da etapa de aplicação dos exames, cada candidato tem acesso ao seu desempenho e, mediante a comparação com os parâmetros estabelecidos pelas competências elencadas no mapa funcional, é certificado ou não. CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

20 PROCESSOS Foram concluídos 4 processos até o momento: dois do Superintendente de Planejamento, Gestão e Finanças; Gestores Regionais de Saúde e Diretores de Atendimento Sócioeducativos. Dois processos encontram-se em fase de conclusão: Diretores de Hemocentros e Diretores de Recursos Humanos. Até 2010, serão realizados mais 4 processos. CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

21 EVOLUÇÃO O alto índice correlação entre o desempenho no exame de conhecimentos e nos exames comportamentais sugere que a o primeiro possa ser utilizado como filtro de pré-seleção dos candidatos, simplificando o processo. CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

22 No futuro, a tendência é a construção de uma certificação baseada em áreas de atuação no Estado (Planejamento, orçamento, Gestão de Pessoas, TI, etc.). O intuito é o de construir o processo seguindo diversos níveis de complexidade dentro de cada uma destas áreas. EVOLUÇÃO CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

23 FIM Webert Meireles Pacheco – Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental – SEPLAG - (0XX31) CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL


Carregar ppt "A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL COMO INSTRUMENTO DE PROFISSIONALIZAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: A experiência do Estado de Minas Gerais A CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google