A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ser professor no século XXI Simone Monteiro Agosto- 2008 4º Encontro Internacional RIOMÍDIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ser professor no século XXI Simone Monteiro Agosto- 2008 4º Encontro Internacional RIOMÍDIA."— Transcrição da apresentação:

1 Ser professor no século XXI Simone Monteiro Agosto º Encontro Internacional RIOMÍDIA

2 Algumas reflexões... Professor do século XX Ser professor no século XXI ???!!!...

3 O que falam os professores Ser professor no século XXI é contribuições: 149 (74%)-DESAFIO, mudança, abertura ao novo, ressignificar a prática (50%)- TIC, Mídias, novas tecnologias, diferentes linguagens...

4 20 (10%)- pensar no ALUNO, estar conectado ao aluno (9%)- compreender este TEMPO, se relacionar com ele... 7 (3,5%)- ser HUMANO, gostar de gente... 5 (3%)- ser Herói, ter poderes sobrenaturais 3 (1,5%)- reivindicações, críticas...

5 DESAFIO...Acreditar na capacidade de todos, numa escola para todos (Mª do Carmo) Conscientizar-se da importância da construção coletiva do conhecimento, do compartilhamento, da colaboração em rede... (Marylice) Sermos plurais, vários, diversos e paradoxais, muitas vezes... (Jacqueline)...Estar conectado ao universo digital sem nunca desligar-se do real. Estar atento às mudanças do mundo sem perder-se das raízes, valores, sentimentos, vivências e sabedorias populares... (Verônica)

6 DESAFIO...Inserir as evoluções tecnológicas em sua prática como rotina e não como atividade. (Rita) Dialogar com o novo, estar aberto às novas tecnologias, trabalhar em parceria, criar espaços de integração e sonhar com os pés no chão. (Rosália) Enfrentar um up grade, clicando no desejo, saindo sem travar, do lay out analógico, para linkar no aluno super digital, em velocidade banda larga com tecnologia 3G. (Isis) Novas tecnologias.avi

7

8 TEMPO Estar conectado ao seu tempo. (Josefa) Estar inserido no mundo globalizado.( Rosália) Estar a frente de seu tempo (Andréa) Viver no século XXI (Aline)

9

10 A TV, o Computador,o celular... e a nova des-ordem cultural: Transformações nos modos de circulação da informação na família e na escola.

11 Um dos paradoxos da sociedade da informação é que, quanto mais vasta é a informação potencialmente disponível, mais seletiva é a informação efetivamente posta à disposição dos cidadãos. E, como nesse tipo de sociedade o exercício ativo da cidadania depende mais do que nunca da informação que o sustenta, a luta democrática mais importante é a luta pela democratização dos critérios da seleção da informação Boaventura Souza Santos Folha de SP,15/03/98

12 O Aluno... Estar sempre conectado ao coração do aluno. (Nadiejda) Fazer do olho do aluno a janela que irá mostrar o horizonte que se descortina a sua frente. (Mª Aparecida) Romper com paradigmas absolutos, que não deixavam nossos alunos entrarem em ação no processo... (Suely) Não esquecer que gostar de gente é condição fundamental dessa profissão. (Vitor)

13

14

15 A Escola...

16 Da centralidade da cultura letrada (oral e escrita) à velocidade e multiplicidade fragmentária de formas e sentidos

17 Algumas coisas mudaram...

18

19 Mas não é apenas a introdução de novas tecnologias que garante a Modernidade...

20 Tecnologia_e_Metodologia.avi

21 E o professor?

22 O Professor... Ser extremamente humano (Evaldo) Permanecer acreditando que nosso agir continuará fazendo a diferença. (Leila) Ter prazer de sempre aprender e ensinar (Mª de Fátima) Ser alegre, gostar de gente, ter e reconhecer suas responsabilidades (Jacqueline C.)

23 Contrato de uma professora americana, redigido nos anos de 1920: Este é um acordo entre Miss __________, professora e o Quadro de Educação da Escola, pelo que Miss __________ concorda ensinar durante um período de oito meses, com início em 1 de Setembro de O Quadro de Educação concorda em pagar a Miss ________ a soma de _____por mês. Miss __________ concorda em: 1. Não casar. Este contrato torna-se imediatamente nulo se a professora casar 2. Não andar na companhia de homens

24 3. Estar em casa entre as 8 horas da noite e as 6 da manhã, a não ser que esteja a desempenhar funções na escola. 4. Não passar as tardes nas sorveterias. 5. Não deixar a cidade, em nenhuma circunstância, sem a permissão do presidente do Conselho de Administração. 6. Não fumar cigarros. Este contrato torna-se imediatamente nulo se a professora for apanhada a fumar. 7. Não beber cerveja, vinho ou whisky. Este contrato torna-se imediatamente nulo se a professora for apanhada a beber cerveja, vinho ou whisky.

25 8. Não passear de carruagem ou automóvel com nenhum homem exceto com o irmão ou pai. 9. Não vestir de cores extravagantes. 10. Não pintar o cabelo. 11. Vestir pelo menos duas combinações. 12. Não usar vestidos mais curtos do que duas polegadas acima do tornozelo. 13. Manter a sala de aulas limpa a) varrer o chão sala pelo menos uma vez por dia; b) esfregar o chão da sala pelo menos uma vez por semana; c) limpar o quadro pelo menos uma vez por dia;

26 d) acender o lume às 7 h. para que a sala esteja aquecida às 8 h., quando as crianças chegam. 14. Não usar pó de arroz nem pintar os lábios. Apple, 1987 citado por Pokewitz, 1987, 73.

27 Decreto-Lei nº , de 24 de Novembro de 1936: Artº 8º É exigido comportamento moral irrepreensível para o exercício do magistério primário... § único Será demitido o funcionário pertencente aos serviços do ensino primário que dê escândalo público permanente ou assuma atitude contrária à ordem social estabelecida pela Constituição Política de Foi recomendada às professoras e regentes de postos escolares toda a compostura nos trajes e proibido o uso de pinturas. (Abílio Fernandes, 1958, 271)

28

29 Estamos diante de uma mudança nos protocolos e processos de leitura, que não significa a simples substituição de um modo de ler por outro, senão a articulação complexa de um e outro, da leitura de textos e da de hipertextos, da dupla inserção de uns em outros, com tudo o que isso implica de continuidades e rupturas, de reconfiguração da leitura como conjunto de modos muito diversos de navegar pelos textos, pois é por essa pluralidade de escritas que passa, hoje, a construção de cidadãos, que saibam ler tanto jornais como noticiários de televisão, videogames, videoclipes e hipertextos. Barbero,2001,p.62

30 Alguns pressupostos: TIC: mais que meras ferramentas de apoio, constituem uma dimensão que atravessa as relações sociais Refletir sobre as bases teóricas que fundamentam a ação educativa Redimensionar os padrões de interação na escola (autoria e parceria)

31 Alguns pressupostos: O desafio é de todos os educadores. Nem apocalípticos, nem integrados... Compreender os processos pelos quais os próprios professores e seus alunos estabelecem múltiplas relações para acessar, interpretar, criticar e produzir informações e conhecimentos.

32 Só existe saber na invenção, na reinvenção, na busca inquieta, impaciente, permanente, que os homens fazem no mundo e com os outros. Paulo Freire

33 Vídeos: –O problema com novas tecnologias: YouTube (18/08/2008) (http://br.youtube.com/watch?v=qp9-C1EDxzk)http://br.youtube.com/watch?v=qp9-C1EDxzk –Tecnologia e Metodologia: YouTube (18/08/2008) (http://br.youtube.com/watch?v=IJY-NIhdw_4)http://br.youtube.com/watch?v=IJY-NIhdw_4 Secretaria Municipal de Educação -RJ Departamento de Mídia-Educação (E/DGED/DME) (21 55) / 2319


Carregar ppt "Ser professor no século XXI Simone Monteiro Agosto- 2008 4º Encontro Internacional RIOMÍDIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google