A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Setor de Alimentos e Bebidas do ES TOTAL DAS INDUSTRIAS 13.036100,0%180.570100,0% Sindicatos Número de EmpresasNúmero de Empregos Valor Absoluto Participação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Setor de Alimentos e Bebidas do ES TOTAL DAS INDUSTRIAS 13.036100,0%180.570100,0% Sindicatos Número de EmpresasNúmero de Empregos Valor Absoluto Participação."— Transcrição da apresentação:

1

2 O Setor de Alimentos e Bebidas do ES TOTAL DAS INDUSTRIAS ,0% ,0% Sindicatos Número de EmpresasNúmero de Empregos Valor Absoluto Participação Percentual Valor Absoluto Participação Percentual SINDIPÃES ,1%9.0175,0% SINCONGEL1291,0%1.2760,7% SINDIMASSAS810,6%1.7361,0% SINDIBEBIDAS68 0,5% ,1% SINDIFRIO680,5%3.2421,8% SINDICACAU570,4%3.3371,8% SINCAFÉ330,3%4070,2% TOTAL DO SETOR ,4% ,6%

3 O que é uma PME Classificação das empresas segundo Resolução MERCOSUL GMC n 0.59/98 Fonte: Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

4 Desempenho de Exportação Sindicatos Grandes EmpresasPeq. e Médias Empresas Número Exportação 2008 Número Exportação 2008 SINDIPÃES SINCONGEL SINDIMASSAS--81- SINDIBEBIDAS SINDIFRIO1SIM67- SINDICACAU1SIM56- SINCAFÉ--33- TOTAL EXPORTAÇÃO

5 Características das PMEs Características dos ProcessosEstudos Centralidade do papel do empresário (empreendedor). Marchini (1995), Bull e Willard (1996). Ausência de contraste entre os objetivos pessoais do empresário e objetivo da organização. Gervais (1978), Haahti (1989), Boldizzoni (1996). A natureza adaptativa e flexível do processo de decisão e simplicidade do modelo organizacional. MacMillan (1975), Padroni (1993), Amin (1996) Informalidade dos processos. Stevenson (1983), Pavitt et al. (1997). Estratégia é um processo de aprendizado segundo uma lógica incremental. Mintzberg (1987, 1990, 1991)

6 Dificuldades das PMEs e sua rede de relações DificuldadesEstudos Entidades incompletas, por não possuírem recursos internos para desenvolver suas competências a longo prazo. Huppert ( 1981), Marc (1982), Nagel (1981) O processo de decisão é elementar, baseado quase que exclusivamente na capacidade do grupo de empreendedores. Padroni ( (1993) Não desenvolve atividades estratégicas tais como formação de recursos humanos, marketing e P&D. Raffa e Zollo (1998) É forçada a procurar complementaridade com os recursos disponíveis no ambiente externo. Dodgson (1990), Oakey (1984), Brown e Schwab (1984) Podem compensar algumas de suas incapacidades por meio do mecanismo de aprendizado coletivo no âmbito das suas relações externas. Grepme (1994), Lesca et al. (1999), Albino (1997)

7 Fatores que Impactam a Capacidade Exportadora Fatores internos: recursos e capacidades dentro do controle da empresa. Orientação Empreendedora (PATEL e DSOUZA, 2009) Fatores externos: conjunturais, fora do controle da empresa. Contexto Regional (WIGNARAJA, 2003)

8 Contexto Regional Contexto macroeconômico previsível e estável; Regime tributário claro; Organizações promovendo assistência de mercado; Modernização da regulação que afeta as PMEs; Aumento da capacitação no nível das PMEs; Tecnologia compreensível as PMEs nas áreas de gestão da qualidade, produtividade e metrologia; Programa de fomento a alguns clusters selecionados.

9 Orientação Empreendedora Dimensões: 1. Capacidade inovadora; 2. Pro atividade 3. Avidez ao risco.

10 Estudo: Alavancagem da Orientação Empreendedora Modelo de Patel e DSouza (2009) Inovatividade Impedimentos Funcionais Proatividade Tomador de Risco Desempenho na Exportação Impedimentos de Mercado 0,26 0,32 0,03 0,02 0,21 0,10 0,13 0,17 0,10 0,09

11 Considerações: PMEs pro ativas são mais efetivas na redução de impedimentos porque estão habilitadas a trazer novos produtos rapidamente ao mercado; PMEs pro ativas estão melhor habilitadas em antecipar futuras demandas, o que pode significar a vantagem do primeiro movimento; PMEs tomadoras de risco mais arrojadas em estratégias que as afastam do status quo,. Maior engajamento em processos de desenvolvimento de novos produtos ou serviços, técnicas inovadoras de marketing, etc.

12 Gibson Barcelos Reggiani


Carregar ppt "O Setor de Alimentos e Bebidas do ES TOTAL DAS INDUSTRIAS 13.036100,0%180.570100,0% Sindicatos Número de EmpresasNúmero de Empregos Valor Absoluto Participação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google