A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRICO E ORIENTAÇÕES TEÓRICAS Psicologia Ambiental Zulmira Bomfim.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRICO E ORIENTAÇÕES TEÓRICAS Psicologia Ambiental Zulmira Bomfim."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRICO E ORIENTAÇÕES TEÓRICAS Psicologia Ambiental Zulmira Bomfim

2 ORIGEM DA PSICOLOGIA AMBIENTAL Raízes internas e externas a psicologia Raízes internas e externas a psicologia Psicologia: Kurt Lewin Psicologia: Kurt Lewin

3 Histórico - Primeira Etapa – Pré –história da psicologia ambiental - Início do Século até a década de 60 Psicologia, os estudos sobre estímulos físicos e percepção (Fenchner e Wundt) e Escola de Chicago. Teoria de Campo de Kurt Lewin Psicologia, os estudos sobre estímulos físicos e percepção (Fenchner e Wundt) e Escola de Chicago. Teoria de Campo de Kurt Lewin Sociologia - Escola de Ecologia Humana em Chicago sobre a vida urbana Sociologia - Escola de Ecologia Humana em Chicago sobre a vida urbana Psicologia ecológica – Barker Wirght (1947); Mapas Cognitivos –Tolman (1948) Psicologia ecológica – Barker Wirght (1947); Mapas Cognitivos –Tolman (1948) The silent Language- Hall (1959); Kelvin Lynch (1960)- Mapas cognitivos na planificação urbana. The silent Language- Hall (1959); Kelvin Lynch (1960)- Mapas cognitivos na planificação urbana.

4 Segunda Etapa –Institucionalização da psicologia ambiental (1960 a 1984) – 1969 – Primeira revista científica sobre o campo - Enviromental and Behavior 1969 – Primeira revista científica sobre o campo - Enviromental and Behavior 1970- Primeira revisão bibliográfica no Anual Review of Pshychology de psicologia ambiental 1970- Primeira revisão bibliográfica no Anual Review of Pshychology de psicologia ambiental 1973- Consolidação da psicologia ambiental como disciplina;. 1973- Consolidação da psicologia ambiental como disciplina;. 1976 - Simpósio de Psicologia Ecológica em Paris 1976 - Simpósio de Psicologia Ecológica em Paris 1979 - Exaltação da natureza frente à vida urbana – Proshanky e Altman 1979 - Exaltação da natureza frente à vida urbana – Proshanky e Altman 1981- Journal of Environmental Psychology 1981- Journal of Environmental Psychology

5 Terceira Etapa – Consolidação e desenvolvimento da psicologia ambiental (1986 até hoje) - Aportes mais holísticos e atitudinais 1981- Aparecimento da revista Journal of Environmental Psychology em Londres 1981- Aparecimento da revista Journal of Environmental Psychology em Londres 1987- Handbook of Environment Psychology 1987- Handbook of Environment Psychology 1992- Eco 92 no Rio de Janeiro consolidando a psicologia ambiental como disciplina rumo à sustentabilidade buscando soluções para problemática ecológica mundial 1992- Eco 92 no Rio de Janeiro consolidando a psicologia ambiental como disciplina rumo à sustentabilidade buscando soluções para problemática ecológica mundial

6 Perspectivas teóricas no estudo da PA Interacional - A pessoa e o entorno físico e social são tratadas como entidades separadas com interação entre as partes. Tem em conta as relações entre três campos diferentes que atuam de forma relacionada: os processos psicológicos, os marcos ambientais e os fatores contextuais. Ë mais comum que o primeiro seja definido como variável dependente e os outros dois como variável independente Interacional - A pessoa e o entorno físico e social são tratadas como entidades separadas com interação entre as partes. Tem em conta as relações entre três campos diferentes que atuam de forma relacionada: os processos psicológicos, os marcos ambientais e os fatores contextuais. Ë mais comum que o primeiro seja definido como variável dependente e os outros dois como variável independente

7 Perspectivas teóricas no estudo da PA Organismica - Compreende-se a psicologia como estudo da dinâmica e sistemas psicológicos holísticos em que pessoa e ambiente apresentam relações e influencias recíprocas e complexas. A enfase está nas relações estabelecidas. Ë uma visão de caráter sistêmico, onde pessoas e ambiente se compõem de elementos que se relacionam. As interações entre pessoa e ambiente são consideradas como um todo que é mais do que a soma das partes Organismica - Compreende-se a psicologia como estudo da dinâmica e sistemas psicológicos holísticos em que pessoa e ambiente apresentam relações e influencias recíprocas e complexas. A enfase está nas relações estabelecidas. Ë uma visão de caráter sistêmico, onde pessoas e ambiente se compõem de elementos que se relacionam. As interações entre pessoa e ambiente são consideradas como um todo que é mais do que a soma das partes

8 Perspectivas teóricas no estudo da PA Transacional – A este enfoque corresponde a uma psicologia cujo estudo seriam as relações de transformação entre os aspectos psicológicos ambientais das unidades holísticas. Neste enfoque o todo não está composto de elementos separados, senão que é uma confluência de fatores inseparáveis que dependem uns dos outros para sua mesma definição e significado. O fenômeno estudado é parcialmente definido dependendo das qualidades e da percepção do observador.Os estudos tranculturais são focos desta perpectiva. Transacional – A este enfoque corresponde a uma psicologia cujo estudo seriam as relações de transformação entre os aspectos psicológicos ambientais das unidades holísticas. Neste enfoque o todo não está composto de elementos separados, senão que é uma confluência de fatores inseparáveis que dependem uns dos outros para sua mesma definição e significado. O fenômeno estudado é parcialmente definido dependendo das qualidades e da percepção do observador.Os estudos tranculturais são focos desta perpectiva.


Carregar ppt "HISTÓRICO E ORIENTAÇÕES TEÓRICAS Psicologia Ambiental Zulmira Bomfim."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google