A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E LOGÍSTICA AQUISIÇÃO DOS RECURSOS PATRIMONIAIS GESTÃO DE COMPRAS PLT - CAPÍTULO 4 PROFESSOR: FERNANDO HENRIQUE DIAS AULA 06.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E LOGÍSTICA AQUISIÇÃO DOS RECURSOS PATRIMONIAIS GESTÃO DE COMPRAS PLT - CAPÍTULO 4 PROFESSOR: FERNANDO HENRIQUE DIAS AULA 06."— Transcrição da apresentação:

1 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E LOGÍSTICA AQUISIÇÃO DOS RECURSOS PATRIMONIAIS GESTÃO DE COMPRAS PLT - CAPÍTULO 4 PROFESSOR: FERNANDO HENRIQUE DIAS AULA 06 12/09/2013

2 2 INTRODUÇÃO A função compras, assume verdadeiramente o papel estratégico nos negócios de hoje. A visão moderna de suprimentos, fez com que esse departamento evoluísse na cadeia de suprimentos, deixando de ser visto como: Burocrático; Atividades repetitivas; Centro de despesas e não centro de lucros.

3 3 DADOS IMPORTANTES O valor gasto nas compras de insumos para a produção, seja do produto ou serviço final varia de: 50% a 80% do total das receitas brutas; Na indústria esse número alcança a casa do 57%. Com a grande evolução da tecnologia da informação dentro das empresas nos últimos anos, surgiram a necessidade de: Novos relacionamentos com fornecedores; A valorização das pessoas que trabalham nesse setor (compras, suprimentos ou aquisição); Habilidades interpessoais e dinamismo.

4 4 A FUNÇÃO COMPRAS A FUNÇÃO COMPRAS DENTRO DA ORGANIZAÇÃO VISTO COMO PARTE DO PROCESSO LOGÍSTICO DAS EMPRESAS PARTE INTEGRANTE DA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN PARTE INTEGRANTE

5 5 A FUNÇÃO COMPRAS – UTILIZAÇÃO DE SISTEMA FIGURA 1: Evolução dos sistemas Adaptado pelo Autor

6 6 A FUNÇÃO COMPRAS A área de compras, também compete o cuidado com os níveis de estoque da empresa, pois embora altos níveis de estoque possam significar poucos problemas com a produção, acarretam um custo exagerado para sua manutenção gerando despesas.

7 7 A FUNÇÃO COMPRAS Desvantagens de alto volume de estoque 1. Espaço ocupado; 2. custo do capital investido; 3. Pessoal de Almoxarifado; 4. Controles. Vantagens de baixo volume de estoque 1.Just-in-time; 2.Trabalhar com estoque mínimos cadastrados no sistema ERP; 3.Trabalhar com provisão; 4.Bom relacionamento com o fornecedor entre outros. Devemos nos atentar que os riscos serão inevitáveis, tanto para um estoque com alto volume, quanto para um estoque com baixo volume.

8 8 SISTEMA DE INFORMAÇÃO TRADICIONAL EM SUPRIMENTOS COMPUTADOR PEDIDOS RELATÓRIOS ORDENS DE COMPRA ARQUIVO DO MATEIRIAL COMPRADO INFORMAÇÃO DE CONTROLE DE INVENTÁRIO FICHA DO FORNECEDOR ARQUIVO DO HISTÓRICO DE PREÇOS ARQUIVO DO DE PEDIDOS EM ABERTO NOME, ENDEREÇO, INSTRUÇÕES DA EMPRESA PARA AS ÚLTIMAS 5 – 10 COMPRAS INPUT´S DE INFORMAÇÕES Setas de cor preta: Representa as saídas do computador Setas de cor vermelha: Representa as entradas ao computador

9 9 SISTEMA DE INFORMAÇÃO MODERNO MATRIZ Escritório central que acessa os dados da matriz utilizando serviços de telecomunicações. LIGAÇÕES À DISTÂNCIA Mantém as empresas ligadas on-line às filiais Wide Area Network Rede de Área Alargada. FÁBRICAS As várias unidades ligam-se à matriz para ter acesso a correio eletrônico e compartilhar dados gerenciais financeiros, como resultados, pedidos e faturamentos. Acessam as bases de dados da empresa para consultar informações sobre estoques, notas, pedidos, crédito e faturamento. VENDEDORES Munidos de Notebooks, tablet´s. Objetivo conectar-se a empresa para tirar pedidos e acessar correio eletrônico, obter informações sobre estoque, faturamento, situação de crédito e carteira de pedidos. FORNECEDORES Estão todos ligados à empresa, utilizando o padrão EDI- Electronic Data Interchange ou transferência Eletrônica de Dados. TRANSPORTADORES A fim de agilizar a comunicação, a empresa está conectada às transportadoras, controlando o romaneio de cargas e notas fiscais. UNIDADES DE VENDAS E REPRESENTANTES Acessam todo o sistema da matriz via Renpac - Rede Nacional de Comunicação de Dados por Comutação de Pacotes.

10 10 CLASSIFICAÇÃO DE COMPRAS COMPRAS COMPRAS DE RECURSOS DE MATERIAIS COMPRAS DE RECURSOS PATRIMONIAIS Interface do Departamento de Compras com as Outras Áreas da Empresa Entradas: contratos assinados, pareceres sobre processo de compra, assessoria jurídica. Saídas: solicitações de pareceres, informações sobre fornecedores. JURÍDICO Entradas: informações sobre novas tecnologias, assessoria na utilização de EDI, , intranet´s, extranets, softwares de compras. Saídas: informações sobre fornecedores, cópias de solicitações de compras e de pedidos de compra, cópias de contratos de fornecimento de serviços. INFORMÁTICA

11 11 CLASSIFICAÇÃO DE COMPRAS Interface do Departamento de Compras com as Outras Áreas da Empresa Entradas: condições do mercado de compradores, novos concorrentes, novos produtos, novas tecnologias d produtos e de processos. Saídas: custos de promoções, condições do mercado fornecedor. MARKETING E VENDAS Entradas: custos das compras, disponibilidade de caixa, assessoria nas negociações e condições de pagamento. Saídas: orçamento de compras, compromissos de pagamento, custos dos itens comprados, informações para subsidiar estudo da relação benefícios sobre custos. CONTABILIDADE E FINANÇAS

12 12 Bibliografia MARTINS, Petrônio Garcia, LAUGENI, Fernando Piero. Administração de Materiais e Logística Ed. Especial Anhanguera – São Paulo: Saraiva, Referências Bibliográficas Complementar MOREIRA, Daniel Augusto. Administração da Produção e Operações. 2ª ed. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

13 OBRIGADO


Carregar ppt "ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E LOGÍSTICA AQUISIÇÃO DOS RECURSOS PATRIMONIAIS GESTÃO DE COMPRAS PLT - CAPÍTULO 4 PROFESSOR: FERNANDO HENRIQUE DIAS AULA 06."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google