A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria Funcionalista: Primeira Parte - Teoria da Bala Mágica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria Funcionalista: Primeira Parte - Teoria da Bala Mágica."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria Funcionalista: Primeira Parte - Teoria da Bala Mágica

2 Contexto 1ª teoria que se preocupa em estudar e explicar qual seriam as relações entre sociedade e meios de comunicação; Período entre guerras; EUA, Escola de Chicago; Vários autores, inclusive alguns contrários entre si; Teoria de apelo matemático, positivista; Base behavorista (estímulo – resposta) Harold Laswell ( ) lança em 1927 o livro Propaganda tecnique in the World War. Surgimento do conceito de Meios de Comunicação de Massa. Teoria da bala mágica/ agulha hipodérmica/ correia de transmissão. Início na década de 20 e término na década de 40, já com as críticas dos próprios integrantes da teoria funcionalista.

3 Uma teoria post hoc A evolução teórica nos primeiros anos foi descoordenada e mesmo caótica. Ela não acompanhou o modelo ordeiro e preciso de uma ciência em desenvolvimento, onde investigadores subsequentes sistematicamente testam as deixas dos que os precederam. Assim, diversas teorias aqui citadas (teoria da bala mágica, da agulha hipodérmica...) são, em muitos casos, criações retrospectivas. Pelo menos alguns destes nomes não são encontrados na bibliografia do período inicial por não existirem então. Foram reunidos, sintetizados e rotulados post hoc. (DEFLEUR, M., 1993, p. 187)

4 Por que funcionalista? O funcionalismo estabelece uma analogia entre o corpo social e o biológico, através da ideia de que cada parte ajuda a preservar o todo (da mesma forma que um órgão mantém a vida no ser humano, o indivíduo ou a instituição mantém a ordem social vigente (SANTOS, R. E., 1994, p. 16) Para lembrar: as formas de desenvolver uma tese (positivismo, fenomenologia e marxismo)

5 A propaganda segundo Laswell: Para Lasswell, a propaganda tem quatro objetivos prioritários: 1) mobilizar o ódio contra o inimigo, por meio de histórias de grande atrocidade; 2) manter a amizade dos aliados; 3) preservar a amizade e procurar a cooperação dos que se mantêm neutros; 4) desmoralizar o inimigo. A propaganda, segundo Lasswell, é a técnica de influenciar a acção humana através da manipulação das representações, como símbolos, por meio de rumores, relatos, imagens e outras formas de comunicação social. EUA: de uma população contra guerra para uma população pró-guerra.

6

7 Paradigma de Laswell (1948)

8 Um sujeito chamado Orson Welles ( ) A Guerra dos Mundos 30/10/1938; Cerca de uma hora de pânico e 1,2 milhões de pessoas acreditando na farsa (verossimilhança);

9 Para a próxima aula: Obrigatório: Ler o texto I, disponível no xérox. Ler o conto O homem das multidões, de Edgar Allan Poe, disponível no xérox (texto 2) e também em vários sites da internet. Sonho de consumo: Assistir aos filmes Cidadão Kane e Muito além do Cidadão Kane.


Carregar ppt "Teoria Funcionalista: Primeira Parte - Teoria da Bala Mágica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google