A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 Conceitos Logísticos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 Conceitos Logísticos."— Transcrição da apresentação:

1 LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 Conceitos Logísticos

2 CONCEITO DE LOGÍSTICA É uma evolução do planejamento É uma evolução do planejamento e das estratégias militares, e das estratégias militares, do uso dos recursos disponíveis do uso dos recursos disponíveis para alocar tropas nas frentes de para alocar tropas nas frentes de batalha e supri-las de armazenamentos, batalha e supri-las de armazenamentos, munições e alimentos. munições e alimentos. MARCILIO CUNHA

3 LOGÍSTICA - DEFINIÇÃO AMPLIADA É o método para colocar É o método para colocar o produto adequado, na hora certa, o produto adequado, na hora certa, na quantidade exata, no lugar correto, na quantidade exata, no lugar correto, ao menor custo possível. ao menor custo possível. MARCILIO CUNHA

4 LOGÍSTICA O termo LOGÍSTICA começou a ser utilizado por empresas de países tecnologicamente avançados em meados do século XX. MARCILIO CUNHA

5 LOGÍSTICA NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE ACERTO DE USO : O fato de NOÉ ter tido que terminar de construir a ARCA antes do dilúvio começar e, ao mesmo tempo, ARCA antes do dilúvio começar e, ao mesmo tempo, conseguir reunir animais de diferentes lugares. conseguir reunir animais de diferentes lugares. MARCILIO CUNHA

6 LOGÍSTICA NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE ACERTO NO USO : CRISTÓVÃO COLOMBOCABRALprecisaram dimensionar CRISTÓVÃO COLOMBO e CABRAL precisaram dimensionar a quantidade exata de víveres e o tamanho das tripulações a quantidade exata de víveres e o tamanho das tripulações para viagens que durariam meses, sem possibilidade de para viagens que durariam meses, sem possibilidade de reabastecimento, ao longo desse tempo. reabastecimento, ao longo desse tempo. MARCILIO CUNHA

7 LOGÍSTICA NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE GRAVE ERRO LOGÍSTICO :, ao contar com o reabastecimento das tropas NAPOLEÃO, ao contar com o reabastecimento das tropas pelo espólios conseguidos durante a invasão à RUSSIA, pelo espólios conseguidos durante a invasão à RUSSIA, ele acabou vendo seus exércitos derrotados pela fome ele acabou vendo seus exércitos derrotados pela fome e pelo frio. e pelo frio. As provisões foram queimadas pelos russos, que As provisões foram queimadas pelos russos, que abandonavam os campos invadidos antes que os abandonavam os campos invadidos antes que os soldados invasores chegassem. soldados invasores chegassem. MARCILIO CUNHA

8 LOGÍSTICA EM TODOS OS TEMPOS Todos esses eventos tem em comum: A gestão de recursos finitos. Limites escassos de tempo. Estrutura complexas. Soluções simples. MARCILIO CUNHA

9 LOGÍSTICA EM TODOS OS TEMPOS a impossibilidade de erro. a impossibilidade de erro. a inexistência da hipótese a inexistência da hipótese de uma segunda tentativa. de uma segunda tentativa. MARCILIO CUNHA Fatores determinantes:

10 LOGÍSTICA PALAVRA DE ORIGEM FRANCESA, TEM O SIGNIFICADO DO AMPLO DE SUPRIR, ABASTECER E SUA DERIVAÇÃO GEROU A PALAVRA LOGISTIQUE, FRANCES. MARCILIO CUNHA

11 LOGISTIQUE SIGNIFICAVA O CONJUNTO DE AÇÕES E OPERAÇÕES NECESSÁRIAS AO ABASTECIMENTO DE TROPAS. SIGNIFICAVA O CONJUNTO DE AÇÕES E OPERAÇÕES NECESSÁRIAS AO ABASTECIMENTO DE TROPAS. PARTE INTEGRANTE DA ARTE MILITAR, JUNTO COM A TÁTICA E A ESTRATÉGIA. PARTE INTEGRANTE DA ARTE MILITAR, JUNTO COM A TÁTICA E A ESTRATÉGIA. MARCILIO CUNHA

12 LOGÍSTICA Em inglês : LOGISTICS Em inglês : LOGISTICS Teve um desenvolvimento extraordinário através Teve um desenvolvimento extraordinário através das forças aliadas. das forças aliadas.. Mobilizaram cientistas e pesquisadores das Universidades.. Desenvolvimento de modelos matemáticos complexos otimizando o sistema de produção e abastecimento de otimizando o sistema de produção e abastecimento de armazenamento. armazenamento. MARCILIO CUNHA

13 LOGÍSTICA AO FINAL DA GUERRA DÉCADA DE 50 NOS EUA : Expansão empresarial com a explosão mercadológica. mercadológica. Necessidade de novas técnicas de marketing Necessidade de novas técnicas de marketing e distribuição. e distribuição. Consolidação do varejo com muitas redes como Consolidação do varejo com muitas redes como J. C. PENNEY, SEARS, K-MART, sendo modelos J. C. PENNEY, SEARS, K-MART, sendo modelos para outros países. para outros países. MARCILIO CUNHA

14 LOGÍSTICA NA DÉCADA DE 60 ORIENTADA PARA DISTRIBUIÇÃO DE MERCADORIAS PELO SETOR DE MARKETING ORIENTADA PARA DISTRIBUIÇÃO DE MERCADORIAS PELO SETOR DE MARKETING. UTILIZAÇÃO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO E FERROVIÁRIO. UTILIZAÇÃO DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO E FERROVIÁRIO. MARCILIO CUNHA

15 LOGÍSTICA NA DÉCADA DE 70 Fenômenos mundiais que mudaram a direção desse sistema : Fenômenos mundiais que mudaram a direção desse sistema : Crise do petróleo com elevação dos custos de transportes. custos de transportes. Início da era cibernética, com uso cada vez Início da era cibernética, com uso cada vez mais popular dos computadores. mais popular dos computadores. Invasão comercial japonesa acompanhada Invasão comercial japonesa acompanhada de inovações técnicas ( JUST-IN-TIME, KANBAN, de inovações técnicas ( JUST-IN-TIME, KANBAN, KAIZEN,QUALIDADE TOTAL ) KAIZEN,QUALIDADE TOTAL ) MARCILIO CUNHA

16 LOGÍSTICA NA DECADA DE 80 Explosão da micro – informática. O mundo começou suas grandes O mundo começou suas grandes transformações do século. transformações do século. A partir daí a vida nunca mais A partir daí a vida nunca mais seria como antes. seria como antes. MARCILIO CUNHA

17 LOGíSTICA NA DECADA DE 90 Foi constituída pela grande batalha comercial denominada Foi constituída pela grande batalha comercial denominada MERCADO GLOBAL ou GLOBAL SOURCING. MERCADO GLOBAL ou GLOBAL SOURCING. Constitui-se a palavra COMPETITIVIDADE. Constitui-se a palavra COMPETITIVIDADE. As grandes armas : As grandes armas : TECNOLOGIA MARKETING TECNOLOGIA MARKETING LOGÍSTICA LOGÍSTICA MARCILIO CUNHA

18 EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE LOGÍSTICA DECADA 70 : TRANSPORTE ARMAZENAGEM e ARMAZENAGEM e DISTRIBUIÇÃO DISTRIBUIÇÃO DECADA 80 : SISTEMA INTEGRADO SISTEMA INTEGRADO DECADA 90 / 00 : SERVIÇO AO CLIENTE MARCILIO CUNHA

19 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 Nos países mais desenvolvidos a superação do Nos países mais desenvolvidos a superação do SUPPLY CHAIN sobre a LOGÍSTICA INTEGRADA. SUPPLY CHAIN sobre a LOGÍSTICA INTEGRADA. É mais abrangente com GESTÃO em três focos : ESTRATÉGIA PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO OPERAÇÃO OPERAÇÃO MARCILIO CUNHA

20 LOGÍSTICA É a parcela do processo da cadeia de suprimento que É a parcela do processo da cadeia de suprimento que PLANEJA, IMPLANTA e CONTROLA o fluxo consciente PLANEJA, IMPLANTA e CONTROLA o fluxo consciente e eficaz de matérias-primas, estoque em processo, produtos e eficaz de matérias-primas, estoque em processo, produtos acabados e informações relacionadas, desde seu ponto de acabados e informações relacionadas, desde seu ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender aos requisitos dos clientes. atender aos requisitos dos clientes. Fonte :Concil of Logistics Management MARCILIO CUNHA

21 LOGÍSTICA EMPRESARIAL Pode ser segmentada em duas grandes áreas : ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS DISTRIBUIÇÃO FÍSICA DISTRIBUIÇÃO FÍSICA MARCILIO CUNHA

22 ATIVIDADES LOGÍSTICAS PRIMÁRIAS : TRANSPORTES. MANUTENÇÃO DE ESTOQUES. PROCESSAMENTOS DE PEDIDOS. MARCILIO CUNHA

23 ATIVIDADES LOGÍSTICAS SECUNDÁRIAS : ARMAZENAGEM. # ARMAZENAGEM. # MANUSEIO DE MATERIAIS. # EMBALAGEM DE PROTEÇÃO. # OBTENÇÃO DE MATERIAIS. # PROGRAMAÇÃO DE PRODUÇÃO. # MANUTENÇÃO DE INFORMAÇÃO # MANUTENÇÃO DE INFORMAÇÃO. MARCILIO CUNHA

24 LOGÍSTICA Envolve estratégias e todas as operações relacionadas a : Gestão de materiais e mercadorias. # Gestão de materiais e mercadorias. # Planejamento e Controle de Produção. # Movimentação de Materiais. # Embalagem. # Armazenagem e Expedição. # Distribuição Física. # Transporte # Sistemas de Informação. MARCILIO CUNHA

25 LOGÍSTICA APLICADA Uso intenso da Tecnologia : Gestão / Operação Gestão / Operação Merchandising. Merchandising. Controle / Segurança. Controle / Segurança. Informática / Internet / Softwares Informática / Internet / Softwares Marketing ( Promoção,Programas de Lealde ). Marketing ( Promoção,Programas de Lealde ). Comunicação (Multimidia) Comunicação (Multimidia) MARCILIO CUNHA

26 LOGÍSTICA APLICADA Maximizar Posicionamento Competitivo : MARCILIO CUNHA Definir Foco. Definir Foco. Selecionar o Alvo. Selecionar o Alvo. Concentrar Forças. Concentrar Forças.

27 LOGÍSTICA APLICADA Planejamento, Organização e Controle do conjunto de atividades de movimento e armazenamento que facilitam o fluxo de materiais e produtos desde dos fornecedores ao cliente ou ao consumidor, para satisfazer a demanda ao menor custo incluídos a demanda ao menor custo incluídos os fluxos de informação e controle. MARCILIO CUNHA

28 LOGÍSTICA NAS EMPRESAS Porque as empresas necessitam da Logística ? # Devido a maior competitividade global. # Escassez da matéria-prima. # Falta mão de obra qualificada. # Ineficiência na distribuição. # Necessidade de uma maior ocupação do mercado. MARCILIO CUNHA ?

29 PRINCIPAL PROBLEMA DA LOGÍSTICA INCREMENTO DOS CUSTOS ASSOCIADOS À SUAS ATIVIDADES, QUE PODERÁ SER SOLUCIONADO ATRAVÉS DO ATENDIMENTO DAS NECESSIDADES DAS ORGANIZAÇÕES CLIENTES. MARCILIO CUNHA

30 As empresas operam dentro de um ambiente que muda constantemente, devido aos avanços tecnológicos, às constantemente, devido aos avanços tecnológicos, às alterações na economia e na legislação, e a disponibilidade alterações na economia e na legislação, e a disponibilidade de recursos. de recursos. Portanto, a filosofia da Administração se altera com o Portanto, a filosofia da Administração se altera com o tempo, de forma a se adaptar as novas exigências de tempo, de forma a se adaptar as novas exigências de desempenho para as empresas. desempenho para as empresas. A logística, assim representa uma nova visão empresarial. A logística, assim representa uma nova visão empresarial. Uma nova ordem das coisas. Uma nova ordem das coisas. Ronald H. Ballou COMENTÁRIO SOBRE LOGÍSTICA

31 OPÇÕES DO SISTEMA LOGÍSTICO Fatores na distribuição: Número e localização de depósitos e armazéns. Número e localização de depósitos e armazéns. A localização geográfica dos mercados. A localização geográfica dos mercados. Quantidade e tipos de produtos em linha comercialização. Quantidade e tipos de produtos em linha comercialização. Número, tamanho e localização das unidades fabris. Número, tamanho e localização das unidades fabris. Disposição do produto em estoque. Disposição do produto em estoque. A frequência de compra pelos clientes. A frequência de compra pelos clientes. MARCILIO CUNHA

32 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 SAI DE UMA SOLUÇÃO QUE GERENCIA UMA SAI DE UMA SOLUÇÃO QUE GERENCIA UMA EMPRESA PARA UMA SOLUÇÃO QUE GERENCIA EMPRESA PARA UMA SOLUÇÃO QUE GERENCIA RELAÇÕES ENTRE MUITAS EMPRESAS. RELAÇÕES ENTRE MUITAS EMPRESAS. MARCILIO CUNHA

33 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 Incremento no desempenho baseado no tempo. O crescimento da demanda será substituído pela aceleração no fluxo dentro das atuais estruturas da cadeia de abastecimento. MARCILIO CUNHA

34 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 POSSIBILITA DE FORMA SISTEMÁTICA : Eliminação de desperdícios. Redução de custos. Otimização dos processos de compra. Produção e distribuição de mercadorias. Influencia cada uma das etapas ao longo da cadeia produtiva. MARCILIO CUNHA

35 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 Através da logística se define : O local mais adequado para instalar uma Fábrica ou um Centro de Distribuição. Aspectos de suprimento das linhas de produção. Escoamento das mercadorias até os consumidores. MARCILIO CUNHA

36 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 Métodos para melhoria do gerenciamento de estoques e frota. Planejamento Programação e Controle da Produção. Metodologias de separação e expedição de produtos.

37 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 AO EMPREGAR ALGUNS CONCEITOS A EMPRESA TEM : Condições de dimensionar melhor seus Condições de dimensionar melhor seus estoques. estoques. Domínio total dos seus negócios. Domínio total dos seus negócios. Como desenvolver clientes. Como desenvolver clientes. Como oferecer melhores serviços. Como oferecer melhores serviços. MARCILIO CUNHA

38 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 # O reabastecimento do mercado consumidor está baseado nas compras efetivas do está baseado nas compras efetivas do consumidor, sendo mais rápido e flexível consumidor, sendo mais rápido e flexível flexível em função de uma combinação flexível em função de uma combinação de práticas operacionais na logística. de práticas operacionais na logística. MARCILIO CUNHA

39 LOGíSTICA NOS ANOS 2000 IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA DA LOGÍSTICA IMPLEMENTAÇÃO DA GESTÃO ESTRATÉGICA DA LOGÍSTICA : Orientada para o aumento do valor agregado em logística, que indica como as ferramentas logísticas são capazes de agregar valor ao em logística, que indica como as ferramentas logísticas são capazes de agregar valor ao negócio. negócio.

40 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 CUSTOMIZAÇÃO DO ATENDIMENTO: Incremento tanto nas entregas Incremento tanto nas entregas de cargas fracionadas, como de cargas fracionadas, como nas cargas paletizadas. nas cargas paletizadas. As empresas irão solicitar pedidos mais As empresas irão solicitar pedidos mais frequentemente, em quantidades menores frequentemente, em quantidades menores e um maior número de ítens. e um maior número de ítens. MARCILIO CUNHA

41 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 ARMAZÉNS # Transição da função de estocacagem tradicional para um papel de transferência. # Isso será facilitado pelo investimento em tecnologias, como empilhadeiras terminais de dados via rádio com terminais de dados via rádio codigo de barras e o codigo de barras, conexões EDIcross-doking via EDI,cross-doking e parceiros da cadeia de abastecimento. MARCILIO CUNHA

42 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 ABASTECIMENTO A necessidade de sincronizar A necessidade de sincronizar o abastecimento de produtos o abastecimento de produtos o mais próximo da demanda o mais próximo da demanda real do cliente será um dos real do cliente será um dos fatores críticos. fatores críticos. MARCILIO CUNHA

43 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 PADRONIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO # Intensificar o de : recursos físicos ( como paletes, embalagens, sistemas de armazenagem, transporte ). lógicos (softwares,comunicação) humanos (competências). MARCILIO CUNHA

44 # A entrega do pedido perfeito, combina múltiplos indicadores combina múltiplos indicadores do processo logístico, entre os do processo logístico, entre os quais produto certo, tempo certo, quais produto certo, tempo certo, sem danos, separação correta sem danos, separação correta e documentação correta, será e documentação correta, será a meta das organizações. a meta das organizações. LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 PADRONIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO

45 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 VANTAGEM COMPETITIVA SUTENTÁVEL # Baseada em custo e serviço. # Qualidade tanto do produto, como no atendimento ao cliente, continuará a sendo pré – requisito. # Gerenciamento orientado para o fluxo de materiais e informações globais, e não para os indicadores operacionais locais. MARCILIO CUNHA

46 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 TERCEIROS Maior envolvimento, cuja principal fonte de competência seja funções logísticas, como armazenagem e transporte. Atender às necessidades das empresas cuja principal competência marketing, vendas é marketing, vendas e/ou manufatura. MARCILIO CUNHA

47 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 ARMAZENAGEM Operadores Logísticos # Crescimento do uso de Operadores Logísticos como integrantes de um processo de racionalização do canal de distribuição. # Maior utilização de armazéns gerais para estocagem em períodos sazonais. # Localizações dos armazéns em áreas periféricas às cidades, com acessos a entroncamentos rodoviários. MARCILIO CUNHA

48 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 ARMAZENAGEM # A centralização levará a novas oportunidades mecanização e automação. para aumento da mecanização e automação. # Serão responsáveis por serviços agregados : embalagens especiais aos clientes, exigências de identificação e fixação de etiquetas com preços, entre outros. # Informações em tempo real reduzirá de forma expressiva os níveis em estoques e previsões. MARCILIO CUNHA

49 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 AUTOMAÇÃO Irá continuar o processo de automação e mecanização das diversas operações mas, mecanização das diversas operações mas, permanecerá dependente das pessoas. permanecerá dependente das pessoas. Sistemas aplicados na movimentação Sistemas aplicados na movimentação e armazenagem de materiais serão e armazenagem de materiais serão usados na melhoria da competitividade usados na melhoria da competitividade da cadeia logística. da cadeia logística. MARCILIO CUNHA

50 LOGÍSTICA NOS ANOS 2000 CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO Criação dos centros de cargas hubs que possibilitarão o cross – docking de grandes veículos (multimodais) para veículos de menor porte. MARCILIO CUNHA

51


Carregar ppt "LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 LOGÍSTICA EMPRESARIAL – 1 Conceitos Logísticos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google